13452
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - A relação texto-imagem em campanhas publicitárias e seus efeitos de sentido

POR: Lilian Bárbara Cavalcanti Cardoso 25/11/2018
Código: LPO2_06SQA03

2º ano / Língua Portuguesa / Sequência de Atividades

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF15LP02) Estabelecer expectativas em relação ao texto que vai ler (pressuposições antecipadoras dos sentidos, da forma e da função social do texto), apoiando-se em seus conhecimentos prévios sobre as condições de produção e recepção desse texto, o gênero, o suporte e o universo temático, bem como sobre saliências textuais, recursos gráficos, imagens, dados da própria obra (índice, prefácio etc.), confirmando antecipações e inferências realizadas antes e durante a leitura de textos, checando a adequação das hipóteses realizadas.

(EF15LP04) Identificar o efeito de sentido produzido pelo uso de recursos expressivos gráfico-visuais em textos multissemióticos.

(EF02LP21) Explorar, com a mediação do professor, textos informativos de diferentes ambientes digitais de pesquisa, conhecendo suas possibilidades.

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do Fundamental sobre a relação texto-imagem em campanhas publicitárias

 

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a terceira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero campanha publicitária de conscientização infantil (textos) e no campo de atuação vida pública / estudo e pesquisa / todos os campos. A aula faz parte do módulo de leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Computador com acesso à internet e projetor multimídia.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade de leitura de textos escritos e compreensão da finalidade dos textos disponibilizados.

Referências sobre o assunto:

COLOMER, Tereza; CAMPS, Anna. Ensinar a ler e ensinar a compreender. Trad. Fátima Muirad- Porto Alegre: Artmed,2002.

IRANDÉ. Antunes. Aula de Português: encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

KOCH, Ingedore V. e ELIAS, Vanda M. Ler e Compreender os Sentidos do Texto. São Paulo: Contexto, 2006.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de Leitura. 6.ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

1. Antes de aplicar esta atividade, leia atentamente o plano inteiro, observando as etapas que estão organizadas em introdução, desenvolvimento e fechamento. Para cada etapa, há um tempo estipulado para execução, que deve ser adaptado à medida que você achar necessário. Esta aula deve ser conduzida de maneira que os alunos construam saberes sobre os gêneros textuais publicitários, sendo estimulados a pensar, inicialmente, sobre o que já sabem sobre esses textos a partir de questões geradoras, que estão como sugestões e que você deve fazer durante a aplicação. Você pode, também, realizar outras perguntas mediadoras, de acordo com a necessidade/interesse da sua turma.

2. Inicie explicando aos alunos o que será abordado nesta aula, fazendo o seguinte questionamento:

  • Vocês sabem o que é uma campanha publicitária de orientação para o trânsito?

3. Ouça dois ou três alunos e siga para a introdução da aula.

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula organizando os alunos em uma grande roda sentados em suas carteiras. Estar em roda é importante para que todos possam se ver.
  • Após a organização, apresente a placa de trânsito que sinaliza a faixa de pedestre. Você pode fazer isso projetando-a ou trazendo uma imagem para colocá-la na lousa.
  • Depois da exposição, faça algumas perguntas aos estudantes para que eles analisem o texto em questão e compreendam que se trata de uma comunicação não-verbal:

  • Vocês sabem o que é essa imagem? (aqui espera-se que os alunos comentem que se trata de uma placa de trânsito).
  • Já viram em algum lugar?
  • Que ideia/mensagem ela quer transmitir? (possivelmente aqui as crianças comentaram que é para os pedestres passarem na faixa, no entanto, esse não é o significado real da placa, que é: advertir ao condutor do veículo da existência, adiante, de local sinalizado com faixa de travessia de pedestres. Considere as respostas das crianças, no entanto, complemente com o significado real da placa, adaptando a linguagem).
  • Essa placa de trânsito se destina a quem?
  • Este texto consegue transmitir sua mensagem sem palavras? (aqui é importante lembrar a quem se destina esse texto (motoristas), comentando que, para dirigir um veículo, as pessoas precisam fazer um curso (para tirar a carteira) e lá estudam todas as placas de trânsito, por isso, para quem é motorista, o significado da placa é conhecido).
  • Sabendo onde esse tipo de texto é utilizado, por que será que não há palavras e somente imagens? (aqui espera-se que as crianças percebam que, por estarem dirigindo, as pessoas não têm condição de ler muito texto, daí a necessidade da informação ser rápida).
  • O que é a faixa de pedestres? Onde ela geralmente fica? Para que serve? Por que ela é importante?
  • Será que todos os motoristas respeitam essa faixa? E os pedestres? Será que todos a utilizam adequadamente?
  • Quando ela não é respeitada/utilizada, o que será que pode acontecer com os pedestres e motoristas? (lembrar aqui das multas, dos acidentes, etc.).

Observação: A ideia das perguntas anteriores associadas à placa pretende mostrar para os alunos a relação entre linguagem verbal e não- verbal, para que eles façam a interpretação relacionado texto-imagem em campanhas publicitárias e seus efeitos de sentido. Além disso, as perguntas devem seguir a dinâmica de uma roda de conversa ou bate-papo sem se prolongar muito nas falas.

  • Após a escuta de 3 ou 4 alunos, siga para o desenvolvimento.

Materiais complementares: placa de trânsito .

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

1. Após apresentar a placa de trânsito, será feita a exploração de campanhas publicitárias em ambientes virtuais de pesquisa que abordam a temática: faixa de pedestre. Neste momento, você deve estar com o computador ligado, com acesso à internet e com a tela sendo projetada no telão ou quadro (é necessário o uso do projetor multimídia).

2. Antes de ministrar esta aula, você precisa fazer um levantamento de sites que abordam a temática e que tenham textos publicitários sobre a faixa de pedestre. O ideal é que sejam sites de diferentes fontes, como: sites de jornais, blogs sobre orientação para o trânsito, sites governamentais (pode ser o site do DETRAN do seu estado), entre outros. Escolha campanhas publicitárias que estejam direcionadas para o pedestre e para o condutor. Seguem algumas sugestões de campanhas sobre a faixa de pedestre com seus respectivos links (aqui).

3. A pesquisa será feita pelo site do Google Imagens. Segue uma sugestão de link (aqui) com várias campanhas publicitárias sobre o uso e respeito à faixa de pedestre. É importante ressaltar que as imagens e sites dos ambientes virtuais são muito voláteis, podem ficar disponíveis por tempo determinado, por isso é importante que você faça uma pesquisa e selecione campanhas que estejam de acordo com a finalidade desta aula e a realidade da escola em que ela vai ser aplicada. Isso pode ser feito por meio do registro do título do texto da página, ou de uma palavra-chave, etc. Essa seleção prévia é importante para, no caso da demonstração na aula, não corrermos o risco de encontrarmos alguma campanha/imagem inapropriada para a faixa etária. Os links aqui disponíveis com campanhas e o material complementar são sugestões que podem não estar mais disponíveis depois de um tempo.

4. Comece fazendo o seguinte comentário:

  • Como vimos, a placa de trânsito (com o desenho de um boneco atravessando na faixa de pedestre) adverte ao motorista sobre a existência, um pouco mais para frente, de uma faixa de travessia de pedestres. Discutimos um pouco que, muitas vezes, as pessoas não respeitam essa faixa (sejam os motoristas, sejam os próprios pedestres). Sabendo da importância dessa faixa e do quanto, muitas vezes, ela não é respeitada, será que há textos, que circulam no nosso dia a dia, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o uso e respeito à faixa?
  • Que tipo de textos vocês acham que poderiam ser esses? (aqui espera-se que as crianças falem das campanhas, já que na aula passada já tiveram acesso a esse tipo de texto, verificando seu objetivo. Se não chegarem a mencionar as campanhas, vá mediando até que as tenham como possibilidade)
  • Onde será que poderíamos pesquisar, para verificarmos se, realmente, existem esse tipo de texto? (ouvir todas as hipóteses das crianças).
  • E se usássemos o computador que temos aqui? Onde será que poderíamos procurar para verificar se achamos algum texto nesse sentido? (ouvir as crianças e orientar quanto à existência dos sites de busca - Google, Yahoo, Cadê?. Comentar que o mais utilizado hoje é o Google, por isso, iremos tê-lo como referência)
  • Vocês já usaram ambientes digitais de pesquisa antes? Se sim, como realizaram a pesquisa? (aqui é importante orientar as crianças em relação à necessidade da presença de um adulto, de como digitar as palavras, de como verificar a confiabilidade do que está sendo procurado, etc.)
  • Toda pesquisa deve ter uma meta ou objetivo, por isso vamos estabelecer a meta de encontrar uma campanha direcionada para o pedestre e outra para motoristas (aqui você pode ir conduzindo para o estabelecimento das palavras-chave que conseguirão direcionar às campanhas selecionadas).

5. Escute 2 ou 3 estudantes e, antes de abrir o Google imagens, explore um pouco a página do Google, comentando sobre o que conseguimos encontrar nele (textos de forma geral, imagens, vídeos). Explore o caminho para conseguirem encontrar apenas imagens e não textos verbais. Em seguida, abra a página do google imagens, faça algumas indagações aos alunos sobre como pesquisar as campanhas:

  • Como poderíamos pesquisar no Google campanhas publicitárias de orientação ao uso da faixa ou respeito a essa faixa? Poderia ser : campanhas publicitárias de respeito à faixa de pedestre? Ou campanha sobre o uso da faixa de pedestre? (aqui você pode ir conduzindo para o estabelecimento das palavras-chave que conseguirão direcionar às campanhas selecionadas).

Observação: À medida que for digitando as frases ou palavras-chave na espaço de busca da página do google, vá fazendo algumas observações relacionadas ao cuidado de acessar sites de confiança e de checar a veracidade das informações, tendo sempre a presença de um adulto no uso da internet (seja no computador, seja por outros instrumentos). Pode também aproveitar o momento para questionar como se escreve determinada palavra, pedir para eles ditarem uma parte do que será escrito, etc.

Orientações:

4. Ao abrir os resultados da pesquisa, selecione duas campanhas (uma direcionada aos motoristas e outra aos pedestres), explorando-as com os alunos, fazendo algumas observações:

  • Vejam quantas campanhas de orientação para o uso da faixa de pedestre e de respeito à faixa de pedestre existem! (faça esse comentário rolando com a barra lateral direita para que eles possam ver todos os resultados disponíveis).
  • Lembrando que temos como meta encontrar 2 campanhas, uma direcionada para os pedestres e outra para os motoristas. Como podemos selecioná-las? (ouvir as sugestões dos alunos e ir abrindo uma ou outra indicada por eles).

Orientações:

5. Após ir ouvindo as sugestões das crianças, vá até as imagens das campanhas que você já tinha pesquisado previamente, que devem aparecer nos resultados da pesquisa. Caso verifique que alguma das sugestões dadas pelas crianças também seja adequada, você pode utilizá-la perfeitamente, apenas tenha o cuidado de analisar seu conteúdo (texto e imagens), verificando não só a adequação para a faixa etária, como também a confiabilidade.

6. Clique na imagem da campanha selecionada e comente com as crianças sobre essa busca (o site de busca traz várias imagens, mas, para termos acesso a elas, precisamos clicar duas vezes nelas. Ao realizarmos isso, somos direcionados à página inicial da campanha, isto é, onde, “originalmente” ela foi publicada). Foque bem na campanha (ampliando-a ou então deixando-a bem enquadrada na tela, de modo que fique bem nítida para as crianças). Peça, então, para um aluno fazer a leitura em voz alta da parte escrita e, depois, realize algumas perguntas para que os alunos compreendam, a partir de elementos explícitos no texto, a ideia geral da campanha publicitária e o objetivo do autor. Faça isso com os dois textos selecionados (o destinado ao condutor e o destinado aos pedestres).

  • Qual é a ideia que esse texto quer transmitir? Como vocês descobriram isso?
  • Há alguma palavra/item no texto que ajuda a termos essa interpretação?
  • Possivelmente, quem é o autor deste texto? (você deve ter em mente que essas campanhas geralmente são de iniciativa governamental, por exemplo, podem ser dos DETRANs de localidades diferentes, por isso deve-se pensar na possibilidade do emissor não estar diretamente explícito no texto analisado, pode aparecer como uma sigla).
  • Para quem esse texto foi escrito? (essa pergunta deve ser refeita para retomar a relação entre emissor-mensagem- receptor, já que a pergunta anterior faz referência ao autor. Além disso, é importante ter em mente que o destinatário de um texto publicitário não é uma pessoa, mas um conjunto de indivíduos desconhecidos, o emissor, ao elaborar sua mensagem, projeta um perfil idealizado de seu público alvo, e apela para esse perfil para sustentar seu diálogo)
  • Qual é a temática da campanha?
  • Além de estar disponível na internet, onde será que esse texto poderia ser publicado para que as pessoas o recebessem/vissem e seu objetivo fosse, assim, atingidos?

8. Após ouvir 2 ou 3 alunos, siga com as questões sobre a composição e estrutura dos textos :

  • Olhando para as partes do texto, quais elementos foram utilizados pelo autor para transmitir essa mensagem?
  • No texto, como as palavras estão escritas? Há formas diferentes de letras, tamanhos e cores? (espera-se que o aluno identifique se há diferenças na escrita observando a forma típica dos textos publicitários, em que os autores escrevem as palavras de maneira que chamem a atenção do receptor da mensagem transmitida).
  • Por que será que eles quiseram destacar algumas palavras?
  • Existe personagem na campanha? Quais são? Ou qual é? (Essa questão não se aplica a todos os textos, mas ela será feita para que os alunos compreendam que existem textos que usam personagens e outros não. Além disso, comentar aqui sobre o efeito de sentido pretendido ao usar imagens nas campanhas).

9. Após trabalhar os dois textos, siga com as questões que abordam a linguagem verbal e não-verbal relacionando à placa de trânsito apresentada na introdução:

  • Qual é relação destes textos com a placa que foi apresentada? Há alguma diferença entre esses textos (placa e campanhas)? (Professor, ajude as crianças a perceberem que os dois textos possuem a linguagem não-verbal em sua composição e a temática dos dois é similar, isto é, falam sobre a faixa de pedestre, inserindo-se no contexto do trânsito, no entanto, os destinatários são diferentes, isto porque a placa, cujo significado é passagem sinalizada de pedestres, destina-se, exclusivamente aos motoristas, já as campanhas ora dirigem-se exclusivamente para os pedestres, ora para os condutores e pedestres. Além disso, os objetivos são diferentes: a placa adverte ao condutor do veículo da existência, adiante, de local sinalizado com faixa de travessia de pedestres e as campanhas buscam levar seus destinatários a respeitarem e usarem a faixa como medida de segurança ao atravessarem as ruas. Como muitas crianças, provavelmente, não conhecem o significado real da placa, podem achar que os dois tipos de textos têm o mesmo objetivo, daí a necessidade de mediação).

10. Para auxiliar as crianças nessa conclusão, retome a ideia central dos textos da aula e, se necessário, destaque trechos das campanhas pesquisadas.

11. Para cada pergunte ouça alunos diferentes para que todos possam participar e explorar o texto publicitário analisado.

Materiais complementares: Campanhas publicitárias sobre orientações no trânsito impressas.

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Para finalizar a aula, faça algumas perguntas:

  • O que aprendemos com os textos vistos nessa aula?
  • Acham que é importante fazer campanhas para orientação para o trânsito? Por quê?
  • Vocês acham que essas campanhas são eficientes?
  • A forma como essas campanhas são escritas (textos, imagens), ajudam para o seu objetivo? (chamar a atenção do leitor para determinada temática e tentar convencê-lo a usar/respeitar a faixa)
  • Vocês costumam usar a faixa de pedestre?
  • Por que mesmo é importante usá-la/respeitá-la?

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Lílian Bárbara Cavalcanti
Mentor: Gislaine Magnabosco
Especialista: Tânia Rios

Título da aula: A relação texto-imagem em campanhas publicitárias e seus efeitos de sentido.

Finalidade da aula: Interpretar diferentes exemplares de campanhas publicitárias, analisando os recursos expressivos gráficos-visuais, a relação texto-imagem, bem como seu texto escrito, para compreender como essa composição interfere nos efeitos de sentido pretendidos.

Ano: 2º ano do Ensino Fundamental

Gênero: Campanha publicitária de conscientização infantil (textos); reportagens, notícias, slogans, cartazes, anúncios publicitários, textos expositivo de divulgação científica.

Objeto(s) do conhecimento: Estratégia de leitura / Compreensão em leitura/ Pesquisa

Prática de linguagem: Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)

Habilidade(s) da BNCC: EF15LP02, EF15LP04, EF02LP21

Sobre esta aula: esta é a terceira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero campanha publicitária de conscientização infantil (textos) e no campo de atuação vida pública / estudo e pesquisa / todos os campos. A aula faz parte do módulo de leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Computador com acesso à internet e projetor multimídia.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade de leitura de textos escritos e compreensão da finalidade dos textos disponibilizados.

Referências sobre o assunto:

COLOMER, Tereza; CAMPS, Anna. Ensinar a ler e ensinar a compreender. Trad. Fátima Muirad- Porto Alegre: Artmed,2002.

IRANDÉ. Antunes. Aula de Português:  encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

KOCH, Ingedore V. e ELIAS, Vanda M. Ler e Compreender os Sentidos do Texto. São Paulo: Contexto, 2006.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de Leitura. 6.ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

1º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

2º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes