Blog de Alfabetização

Troque experiências e boas práticas sobre o processo de aquisição da língua escrita.

3 atividades para trabalhar textos jornalísticos na alfabetização

Gênero é previsto na BNCC em diferentes habilidades e pode ser proposto no ensino remoto para turma

POR:
Mara Mansani

Uma boa maneira de combinar leitura, oralidade e meios digitais no ensino remoto, e ainda promover a aprendizagem dos nossos alunos, é explorar o uso de textos jornalísticos, como notícias e reportagens. E são muitas as possibilidades de criar situações de aprendizagem desde o 1º ano na alfabetização.

Para começar é preciso selecionar bons conteúdos jornalísticos, de preferência voltados para crianças. Se não for possível, selecione em jornais e revistas, notícias e reportagens com temas que sejam do interesse e próximas do universo infantil.

Na internet há edições gratuitas de materiais jornalísticos voltados para crianças, com a possibilidade de assinaturas impressas e online.

O jornal Joca é um deles. Ele disponibiliza amostras de dois guias: o guia para uso do jornal em projetos interdisciplinares do 1º ao 3 º ano e outro para 4º e 5º. Há também um Almanaque com uma compilação de textos jornalísticos com temas variados e bem interessantes para crianças. Confira aqui

.

NA bncc os textos jornalísticos estão no campo da vida pública

O que é o campo da vida pública?
Campo de atuação relativo à participação em situações de leitura e escrita, especialmente de textos das esferas jornalística, publicitária, política, jurídica e reivindicatória, contemplando temas que impactam a cidadania e o exercício de direitos. Alguns gêneros textuais deste campo: notas, álbuns noticiosos, notícias, reportagens, cartas do leitor (revista infantil), comentários em sites para criança, textos de campanhas de conscientização, Estatuto da Criança e do Adolescente, abaixo-assinados, cartas de reclamação, regras e regulamentos.

Veja abaixo as habilidades que podemos explorar em atividades de compreensão em leitura, e produção de texto oral.

Compreensão em leitura
(EF12LP08) Ler e compreender, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, fotolegendas em notícias, manchetes e lides em notícias, álbum de fotos digital noticioso e notícias curtas para público infantil, dentre outros gêneros do campo jornalístico, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.

Escrita compartilhada
(EF12LP11) Escrever, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, fotolegendas em notícias, manchetes e lides em notícias, álbum de fotos digital noticioso e notícias curtas para público infantil, digitais ou impressos, dentre outros gêneros do campo jornalístico, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.

Produção de texto oral
(EF02LP19) Planejar e produzir, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, notícias curtas para público infantil, para compor jornal falado que possa ser repassado oralmente ou em meio digital, em áudio ou vídeo, dentre outros gêneros do campo jornalístico, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.
(EF05LP15) Ler/assistir e compreender, com autonomia, notícias, reportagens, vídeos em vlogs argumentativos, dentre outros gêneros do campo político-cidadão, de acordo com as convenções dos gêneros e considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.
(EF15LP03) Localizar informações explícitas em textos.
(EF35LP04) Inferir informações implícitas nos textos lidos.

Mas quais as atividades podemos propor para a realização em estudo remoto no contexto familiar?

Para o 1º ano: Escrita de legendas para fotos
Em casa, um adulto responsável lê para a criança uma notícia e ou reportagem, enviada pelo professor, explorando oralmente os detalhes das imagens que acompanham os textos e sua relação com o texto. A proposta é que a criança escreva uma nova legenda para as fotos, com apoio e orientação da família. Para eles também pode propor a leitura das manchetes. Para isso envie tutoriais para as famílias para que realizem da melhor maneira possível a atividade com sua criança. Esse tutorial pode ser escrito ou também gravado em vídeos e/ou áudios.

Do 2º ao 3º ano: Leitura e compreensão de textos jornalísticos
Para alunos desses anos, pode-se propor a leitura autônoma. Os alunos leem uma reportagem e/ou notícia e respondem pelo menos quatro perguntas para localizar informações explícitas e inferir informações implícitas. O fato de lerem sozinhos não quer dizer que não devem ser acompanhados pelo adulto responsável em casa. Oriente a família para que ouçam a leitura feita pela criança, tire dúvidas, acompanhando todo o desenvolvimento da atividade.

Ensinar a ler e escrever a distância é possível, sim!

O ensino remoto tem sido desafiador para os professores. Nesta edição de NOVA ESCOLA BOX, você pode conferir sugestões de atividade para incluir no seu planejamento a distância, como fazer e gravar histórias para as crianças, como estreitar o relacionamento com as famílias de seus alunos e muito mais.

Para todos os anos (1º ao 5º ano)
É possível também montar um mural fotográfico jornalístico com fotos e/ou desenhos enviados pelas crianças que remetam aos temas de notícias e reportagens lidas. É uma forma de ir aprendendo a pensar e fazer relações e ir construindo sua leitura de mundo. Além das legendas, as crianças podem também escrever textos com suas opiniões sobre os textos jornalísticos explorados. Isso tudo pode compor um mosaico bem rico de compartilhamento de informações e opiniões de todos.

Talvez a atividade que traga mais participação das crianças de todos os anos e repercussão para a aprendizagem seja a criação por elas de um jornal gravado em vídeos, onde eles seriam mini jornalistas apresentando um telejornal falado apresentando as noticias e reportagens estudadas. Além de muito divertido é uma ótima oportunidade de explorar os talentos de nossos alunos em diferentes linguagens.

Todo material produzido pode ser compartilhado em um canal da escola ou da turma. Pode-se também criar um telejornal com notícias da comunidade. Outra possibilidade é criar com os alunos podcasts com as notícias da comunidade.  Os alunos menores produzem de acordo com a complexidade permitida em sua idade. Sucesso na certa!

Veja alguns exemplos de telejornal infantil aqui, aqui e também aqui

Tirando o telejornal, todas as atividades podem ser exploradas no formato offline, mas com os devidos tutoriais e acesso das crianças ao material impresso. As atividades podem ser enviadas pelos canais de comunicação da escola. O WhatsApp pode ser um canal eficiente nesse sentido.

Essas são algumas possibilidades, mas há muitas outras propostas de atividades. Uma boa maneira para desenvolvê-las é criar uma sequência didática com atividades diferenciadas e com níveis de complexidade diferentes.

E aí, gostaram das atividades? Viram como os textos jornalísticos podem proporcionar muita aprendizagem? Mas se já vem explorando esse gênero no ensino remoto nos conte aqui nos comentários.

Um abraço e até próxima.

Mara

Mara Mansani é professora há quase 30 anos, lecionou em vários segmentos, da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, passando também pela Educação de Jovens e Adultos (EJA). Em 2006, teve dois projetos de Educação Ambiental para o Ensino Básico publicados pela ONG WWF, no livro “Muda o Mundo, Raimundo”. Em 2014, recebeu o Prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita, na área de Alfabetização, com o projeto Escrevendo com Lengalenga.

Tags

Guias

Tags

Guias