15638
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Produção de textos

Plano de aula - A produção de textos de cordel

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do Fundamental sobre produção textual de cordel

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Fabiana Raquel Pita Moreira Vaz Ferreira

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados
Necessários: canais de envio de mensagens, vídeos e áudios, como WhatsApp ou similares. Dependendo da realidade de cada escola, você também pode encaminhar o material como documento.

Opcionais: Google Meet (tutorial disponível aqui) e Google Sala de Aula (tutorial disponível aqui).

Tema
Apresente a aula aos alunos compartilhando que, neste momento, farão a produção de textos de cordel. A produção terá como finalidade a construção de um livreto de cordel a ser exposto. Em tempos de aulas remotas, será necessário criar grupos de WhatsApp com as turmas para facilitar a comunicação, ou utilizar o e-mail ou o Google Sala de Aula (veja em Recursos Opcionais). A exposição final do material produzido também precisará ser digital.

Introdução
Para iniciarmos a aula de produção, devemos retomar com os alunos, através de um meio de comunicação em tempo real (WhatsApp, reunião online etc.), algumas características do gênero. Encaminhe um slide com a inscrição: Produção de Cordel. Por onde começar? Solicite que respondam com as informações solicitadas, disponível aqui. Espera-se que eles se aproximem das respostas a seguir, conversem e discutam sobre as mesmas:
O que é? Texto tipicamente oral que conta em rimas uma históra.
Estrutura: texto escrito em rimas perfeitas, com versos geralmente de 7 sílabas poéticas (redondilha maior).
Finalidade: o cordel é escrito para contar histórias de heróis, fatos reais ocorridos em determinada região, fatos políticos ou para descrever o estilo de vida do sertanejo (suas emoções e tristezas).
Meios de circulação: os folhetos são vendidos geralmente em feiras. Em alguns locais, são ainda pendurados em varais para exposição.
Peça que socializem as respostas com você, pelo WhatsApp, através de fotos.

Desenvolvimento
Após o levantamento dos conhecimentos prévios, faça a montagem das oficinas de produção. Nesta etapa, explique aos alunos que eles deverão fazer o planejamento das produções dos cordéis (escolha dos temas, rimas, versos, título etc.). Inicie a oficina conversando, pelo WhatsApp, sobre a escolha do tema. Você poderá sugerir que os alunos façam um cordel sobre sua região, falando a respeito do lugar onde moram, suas características, emoções e vivências, ou a partir de um fato ocorrido recentemente que virou notícia. Talvez seja mais fácil para eles algo direcionado, mas, se preferir, pode deixar o tema livre para a escolha dos alunos. Depois, os alunos deverão utilizar os conhecimentos adquiridos sobre rimas e versos para a montagem dos textos. Peça que relembrem o que já foi estudado nas aulas anteriores, a importância das rimas (perfeitas) e a construção dos versos (redondilha maior). Acompanhe o processo de produção mediando as possíveis dúvidas dos alunos, tanto no privado, pelo WhatsApp, quanto no grupo da turma. Nesse momento, eles farão apenas os rascunhos dos textos. Na próxima aula, serão direcionados para a análise e reescrita textual. Encaminhe aos alunos, como anexo, as folhas de rascunhos (disponível aqui) para que imprimam ou para que utilizem como modelo para fazer no caderno de aula, e solicite que comecem o esboço do texto.

Fechamento
Para o fechamento da aula, solicite que os alunos que se sentirem à vontade socializem com os colegas algumas partes do texto já produzido, e discutam sobre as principais dificuldades encontradas para a produção do cordel. A discussão pode ser oral (por áudio) ou por mensagens.

Convite às famílias
Os familiares podem ser convidados a auxiliar os alunos em suas produções textuais, participando com sua experiência e com o olhar sobre o local onde moram ou sobre as notícias atuais.

Sugestão Enviada Por: Michele Batista


Código: LPO8_03SQA13

(EF69LP51) Engajar-se ativamente nos processos de planejamento, textualização, revisão/ edição e reescrita, tendo em vista as restrições temáticas, composicionais e estilísticas dos textos pretendidos e as configurações da situação de produção – o leitor pretendido, o suporte, o contexto de circulação do texto, as finalidades etc. – e considerando a imaginação, a estesia e a verossimilhança próprias ao texto literário.

(EF89LP35) Criar contos ou crônicas (em especial, líricas), crônicas visuais, minicontos, narrativas de aventura e de ficção científica, dentre outros, com temáticas próprias ao gênero, usando os conhecimentos sobre os constituintes estruturais e recursos expressivos típicos dos gêneros narrativos pretendidos, e, no caso de produção em grupo, ferramentas de escrita colaborativa.

(EF89LP36) Parodiar poemas conhecidos da literatura e criar textos em versos (como poemas concretos, ciberpoemas, haicais, liras, microrroteiros, lambe-lambes e outros tipos de poemas), explorando o uso de recursos sonoros e semânticos (como figuras de linguagem e jogos de palavras) e visuais (como relações entre imagem e texto verbal e distribuição da mancha gráfica), de forma a propiciar diferentes efeitos de sentido.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 8º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas