14980
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Oralidade

Plano de aula - Planejar a contação de um mito

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Planejar a contação de um mito

Plano 11 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Matheus Seiji Bazaglia Kuroda

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a décima primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Mito e no campo de atuação artístico literário. A aula faz parte do módulo de oralidade. É desejável que os alunos já tenham sido apresentados ao gênero mito para que consigam realizar de forma mais produtiva esta aula. Além disso, é importante destacar que é necessário que os alunos já tenham tido algum tipo de contato com a oralização de algum mito (vídeos da internet, contação etc.).

Materiais necessários:

  • Computador, projetor e tela.
  • Internet para pesquisa.
  • Acervo de livros da Biblioteca Escolar.
  • Material para escrita: caderno, lápis, borracha etc.

Informações sobre o gênero: Narrativa pedagógica de tradição oral que explica os diferentes fenômenos naturais e sobrenaturais utilizando uma linguagem simbólica.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldades em escolher os gestos, a entonação e as expressões extralinguísticas mais adequadas aos sentidos do mito porque podem não ter muita experiência com práticas de contação de história.

Referências sobre o assunto:

ROJO, Roxane. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos et all. Gêneros orais: Conceituação e caracterização. In: XIV Simpósio Nacional de Letras e Linguística e IV Simpósio Internacional de Letras e Linguística (SILEL), Anais, vol. 3, n.1. Uberlândia: EDUFU, 2013. Disponível em: <http://www.ileel.ufu.br/anaisdosilel/pt/arquivos/silel2013/1528.pdf>. Acesso em: 1 nov. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta da aula aos alunos: nesta aula, os alunos irão planejar a contação de um mito indígena selecionado por eles, ensaiando a apresentação, considerando também elementos paralinguísticos e cinésicos (sons, gestos, expressões etc.).
  • Para instigar os alunos, visando uma maior produtividade da aula, inicie um pequeno debate coletivo sobre o tema da aula: “Vamos contar um mito?”. Para isso, peça que os alunos digam, rapidamente, quais foram as suas experiências prévias sobre contação de histórias, recordando como era esse processo.
  • A ativação dos dos conhecimentos prévios, neste momento, auxiliará os alunos a planejar as suas próprias contações.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Organize a sala em grupos. Nesta aula, os alunos terão que planejar um contação; esta organização, em sala de aula, auxiliará na troca e no auxílio mútuo para que haja uma maior produtividade durante a realização das atividades.
  • Inicie uma conversa para ser debatida em cada dupla, respondendo à pergunta “O que o contador pode fazer para contar um mito?”. Peça que eles listem três informações pertinentes sobre esse questionamento.
  • Depois disso, quando finalizado, inicie uma breve exposição das respostas aos questionamentos iniciais, pedindo que um aluno de cada dupla conte para a turma as respostas anotadas.
  • A cada resposta fornecida, registre-a no quadro, ampliando a discussão e fornecendo mais informações aos alunos. Caso julge necessário, em uma discussão, acrescente novos itens.
  • Peça que todos os alunos registrem a lista no caderno.
  • Respostas possíveis/ desejáveis:
  • Planejar a contação.
  • Escolher a história mais adequada ao público-alvo.
  • Escolher a entonação adequada.
  • Planejar as vozes dos personagens, se houver falas.
  • Pensar nos gestos e nas expressões mais adequados ao mito.
  • Fazer contato visual com o público.
  • Planejar o cenário para construir um clima de contação.
  • Utilizar objetos para representar personagens.
  • Quando possível, fazer barulhos representando o movimento dos personagens e/ou do cenário.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações:

  • Inicie dizendo que os alunos, considerando os elementos elencados na atividade anterior, irão planejar e ensaiar a contação de um mito.
  • Para isso, peça que os alunos façam uma pesquisa de mitos indígenas sobre a “Origem das Coisas” (mandioca, rios, lua, rede, montanha, do sol etc. ) no acervo da Biblioteca Escolar ou na internet, escolhendo um texto para a contação.
  • Chame a atenção dos alunos para a necessidade da escolha de um mito que seja adequado ao público da contação (alunos do fundamental 2) e sobre a origem do mito (indígena).
  • É importante que seja feita, por parte do professor, uma pré-seleção de livros, indicando algumas possibilidades de mitos do acervo escolar. Isso garantirá ganho de tempo, pois os alunos terão uma busca direcionada. Além disso, caso alguns alunos prefiram buscar mitos na internet, indique sites confiáveis ou oriente os alunos a buscar textos em fontes seguras.
  • Durante a pesquisa dos alunos, os acompanhe, auxiliando e fornecendo algumas possibilidades interessantes de mitos.
  • O tempo médio para realizar este procedimento é de aproximadamente 10 minutos.

Material Complementar:

  • Caso julgue necessário, apresente o site Xapuri Socioambiental, que apresenta uma coletânea de mais de 40 mitos e lendas indígenas. Para isso, clique aqui.
  • Caso haja disponível na Biblioteca Escolar, é recomendável a utilização do livro: LISBOA, H. Literatura oral para a infância e a juventude: lendas, contos e fábulas populares no Brasil. São Paulo: Peirópolis, 2002.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Agora que os alunos já escolheram seus textos, peça que as duplas leiam em silêncio para que haja um bom entendimento do mito.
  • Peça que as duplas retomem a lista de comportamentos do contador produzida no início da aula e, a partir disso, comecem a planejar a sua contação, fazendo anotações no texto: gestos, sons, expressões, entonação e etc.
  • É interessante que os alunos façam testes, em suas duplas, para verificar quais recursos extralinguísticos são mais interessantes para enriquecer o momento da contação e mais apropriados ao mito. Ex.: escolha da modulação da voz (aguda/ grave, alta/baixa etc.).
  • Oriente os alunos para planejar a execução de pequenos sons durante a contação, a depender do contexto do mito, como por exemplo barulho de chuva, de vento, de chocalho, de folhas, de trovão etc.
  • É necessário, na escolha dos recursos não linguísticos, cuidado para que não haja uma estereotipação da figura do indígena e da sua cultura. Oriente os alunos a evitar a utilização de sons guturais, o uso de objetos que remetem ao arco e flecha, a reprodução de comportamentos ou gestos “primitivos” e de expressões estereotipadas (“Uga-uga” e o uso do “mim” para conjugar verbo). Vale lembrar, ainda, que não se trata de uma teatralização, mas sim de um contação de histórias. Dê liberdade aos alunos, mas fique atento aos possíveis exageros e, além disso, garanta uma atividade que valorize a diversidade cultural.
  • Peça que os alunos que, assim que montarem os seus roteiros - com os recursos já selecionados - decorem o texto, ensaiando a contação.
  • O tempo médio para a realização deste passo-a-passo (deste slide) é, de aproximadamente, dentro do desenvolvimento da aula, 18 minutos.

Material Complementar:

  • Caso julgue necessário, disponibilize o roteiro disponível aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Peça que os alunos, ainda em grupos, organizem uma lista com três informações pertinentes sobre as conclusões da aula, apontando dicas para uma boa contação.
  • Em seguida, peça que as duplas verbalizem as suas respostas.
  • Registre as respostas no quadro.
  • Pós-aula: Como atividade pós-aula, peça que os alunos continuem o ensaio da contação do mito escolhido por eles, podendo ser contado posteriormente, em outra aula.
  • Respostas possíveis/ desejáveis: Resposta pessoal. Sugerimos, no entanto, um conjunto de tópicos possíveis:
  • Faça contato visual.
  • Interaja com o público.
  • Escolha a entonação adequada.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a décima primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Mito e no campo de atuação artístico literário. A aula faz parte do módulo de oralidade. É desejável que os alunos já tenham sido apresentados ao gênero mito para que consigam realizar de forma mais produtiva esta aula. Além disso, é importante destacar que é necessário que os alunos já tenham tido algum tipo de contato com a oralização de algum mito (vídeos da internet, contação etc.).

Materiais necessários:

  • Computador, projetor e tela.
  • Internet para pesquisa.
  • Acervo de livros da Biblioteca Escolar.
  • Material para escrita: caderno, lápis, borracha etc.

Informações sobre o gênero: Narrativa pedagógica de tradição oral que explica os diferentes fenômenos naturais e sobrenaturais utilizando uma linguagem simbólica.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldades em escolher os gestos, a entonação e as expressões extralinguísticas mais adequadas aos sentidos do mito porque podem não ter muita experiência com práticas de contação de história.

Referências sobre o assunto:

ROJO, Roxane. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos et all. Gêneros orais: Conceituação e caracterização. In: XIV Simpósio Nacional de Letras e Linguística e IV Simpósio Internacional de Letras e Linguística (SILEL), Anais, vol. 3, n.1. Uberlândia: EDUFU, 2013. Disponível em: <http://www.ileel.ufu.br/anaisdosilel/pt/arquivos/silel2013/1528.pdf>. Acesso em: 1 nov. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta da aula aos alunos: nesta aula, os alunos irão planejar a contação de um mito indígena selecionado por eles, ensaiando a apresentação, considerando também elementos paralinguísticos e cinésicos (sons, gestos, expressões etc.).
  • Para instigar os alunos, visando uma maior produtividade da aula, inicie um pequeno debate coletivo sobre o tema da aula: “Vamos contar um mito?”. Para isso, peça que os alunos digam, rapidamente, quais foram as suas experiências prévias sobre contação de histórias, recordando como era esse processo.
  • A ativação dos dos conhecimentos prévios, neste momento, auxiliará os alunos a planejar as suas próprias contações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Organize a sala em grupos. Nesta aula, os alunos terão que planejar um contação; esta organização, em sala de aula, auxiliará na troca e no auxílio mútuo para que haja uma maior produtividade durante a realização das atividades.
  • Inicie uma conversa para ser debatida em cada dupla, respondendo à pergunta “O que o contador pode fazer para contar um mito?”. Peça que eles listem três informações pertinentes sobre esse questionamento.
  • Depois disso, quando finalizado, inicie uma breve exposição das respostas aos questionamentos iniciais, pedindo que um aluno de cada dupla conte para a turma as respostas anotadas.
  • A cada resposta fornecida, registre-a no quadro, ampliando a discussão e fornecendo mais informações aos alunos. Caso julge necessário, em uma discussão, acrescente novos itens.
  • Peça que todos os alunos registrem a lista no caderno.
  • Respostas possíveis/ desejáveis:
  • Planejar a contação.
  • Escolher a história mais adequada ao público-alvo.
  • Escolher a entonação adequada.
  • Planejar as vozes dos personagens, se houver falas.
  • Pensar nos gestos e nas expressões mais adequados ao mito.
  • Fazer contato visual com o público.
  • Planejar o cenário para construir um clima de contação.
  • Utilizar objetos para representar personagens.
  • Quando possível, fazer barulhos representando o movimento dos personagens e/ou do cenário.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações:

  • Inicie dizendo que os alunos, considerando os elementos elencados na atividade anterior, irão planejar e ensaiar a contação de um mito.
  • Para isso, peça que os alunos façam uma pesquisa de mitos indígenas sobre a “Origem das Coisas” (mandioca, rios, lua, rede, montanha, do sol etc. ) no acervo da Biblioteca Escolar ou na internet, escolhendo um texto para a contação.
  • Chame a atenção dos alunos para a necessidade da escolha de um mito que seja adequado ao público da contação (alunos do fundamental 2) e sobre a origem do mito (indígena).
  • É importante que seja feita, por parte do professor, uma pré-seleção de livros, indicando algumas possibilidades de mitos do acervo escolar. Isso garantirá ganho de tempo, pois os alunos terão uma busca direcionada. Além disso, caso alguns alunos prefiram buscar mitos na internet, indique sites confiáveis ou oriente os alunos a buscar textos em fontes seguras.
  • Durante a pesquisa dos alunos, os acompanhe, auxiliando e fornecendo algumas possibilidades interessantes de mitos.
  • O tempo médio para realizar este procedimento é de aproximadamente 10 minutos.

Material Complementar:

  • Caso julgue necessário, apresente o site Xapuri Socioambiental, que apresenta uma coletânea de mais de 40 mitos e lendas indígenas. Para isso, clique aqui.
  • Caso haja disponível na Biblioteca Escolar, é recomendável a utilização do livro: LISBOA, H. Literatura oral para a infância e a juventude: lendas, contos e fábulas populares no Brasil. São Paulo: Peirópolis, 2002.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Agora que os alunos já escolheram seus textos, peça que as duplas leiam em silêncio para que haja um bom entendimento do mito.
  • Peça que as duplas retomem a lista de comportamentos do contador produzida no início da aula e, a partir disso, comecem a planejar a sua contação, fazendo anotações no texto: gestos, sons, expressões, entonação e etc.
  • É interessante que os alunos façam testes, em suas duplas, para verificar quais recursos extralinguísticos são mais interessantes para enriquecer o momento da contação e mais apropriados ao mito. Ex.: escolha da modulação da voz (aguda/ grave, alta/baixa etc.).
  • Oriente os alunos para planejar a execução de pequenos sons durante a contação, a depender do contexto do mito, como por exemplo barulho de chuva, de vento, de chocalho, de folhas, de trovão etc.
  • É necessário, na escolha dos recursos não linguísticos, cuidado para que não haja uma estereotipação da figura do indígena e da sua cultura. Oriente os alunos a evitar a utilização de sons guturais, o uso de objetos que remetem ao arco e flecha, a reprodução de comportamentos ou gestos “primitivos” e de expressões estereotipadas (“Uga-uga” e o uso do “mim” para conjugar verbo). Vale lembrar, ainda, que não se trata de uma teatralização, mas sim de um contação de histórias. Dê liberdade aos alunos, mas fique atento aos possíveis exageros e, além disso, garanta uma atividade que valorize a diversidade cultural.
  • Peça que os alunos que, assim que montarem os seus roteiros - com os recursos já selecionados - decorem o texto, ensaiando a contação.
  • O tempo médio para a realização deste passo-a-passo (deste slide) é, de aproximadamente, dentro do desenvolvimento da aula, 18 minutos.

Material Complementar:

  • Caso julgue necessário, disponibilize o roteiro disponível aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Peça que os alunos, ainda em grupos, organizem uma lista com três informações pertinentes sobre as conclusões da aula, apontando dicas para uma boa contação.
  • Em seguida, peça que as duplas verbalizem as suas respostas.
  • Registre as respostas no quadro.
  • Pós-aula: Como atividade pós-aula, peça que os alunos continuem o ensaio da contação do mito escolhido por eles, podendo ser contado posteriormente, em outra aula.
  • Respostas possíveis/ desejáveis: Resposta pessoal. Sugerimos, no entanto, um conjunto de tópicos possíveis:
  • Faça contato visual.
  • Interaja com o público.
  • Escolha a entonação adequada.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP38 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano