14748
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Brincadeiras e interações no túnel

Nesta atividade, familiares e crianças brincam juntos em túneis de papelão, tecido e outros materiais.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Jéssica Ribeiro Carnevale

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Antes de realizar esta atividade, confeccione túneis ou separe os que já são utilizados em sua escola para fazer a brincadeira com os bebês. Utilize túneis de variados tamanhos e tipos (por exemplo de tecido sustentado por bambolês ou de grandes caixas lado a lado, sendo unidas por fita adesiva larga). Faça algumas janelas nesses túneis e, em algumas, feche o buraco com papel celofane colorido, permitindo que o lado de fora seja visto pelas crianças que estiverem dentro deles. Convide as famílias das crianças para participar desse momento de brincadeira. Acesse o modelo de bilhete que você pode usar aqui. Caso tenha dificuldade em encontrar caixas grandes, solicite doação da comunidade escolar.

Materiais:

Túneis de variados tamanhos e tipos (de tecido, de caixas etc).

Espaços:

Realize esta atividade em uma área externa e ampla, como o pátio ou o parque da escola. Organize os túneis próximos uns dos outros, para favorecer interações.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 45 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

Como os bebês vivenciam as descobertas na brincadeira dentro dos túneis?

Como ocorre a interação com outras crianças e adultos? (Observe atentamente que ações realizam para interagir com seus pares e adultos)

Quais habilidades motoras foram ampliadas na proposta? (Observe atentamente o quanto essa atividade desafia corporalmente os bebês - esticar o corpo para alcançar, engatinhar ou se arrastar)


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Com olhar atento às demandas, auxilie nos deslocamentos dos bebês que não andam, incentivando a participação deles. Garanta que todos possam estar em atividade, de acordo com preferências, ritmos e possibilidades. Disponibilize um cesto de objetos de largo alcance para que eles tenham acesso quando desejarem. Para entender melhor o que são os objetos de largo alcance, acesse o link.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide todo o grupo para se encaminhar para área externa onde foram colocados os túneis e permita que a aproximação ocorra de forma livre, respeitando o interesse dos bebês. Diga a eles que brincarão nos túneis entre eles e com os adultos presentes. Cuide para que o bebê que, por alguma razão, não tiver sua família presente, possa participar da brincadeira, se oferecendo para estar mais próximo dele.


2

Permita que este momento seja de livre escolha e exploração possibilitando, as primeiras descobertas das crianças. Incentive-as a entrar em um dos túneis junto com os familiares, apresentando os mais estreitos às crianças e os mais largos aos adultos. Chame atenção delas para os diferentes tamanhos. Quando uma criança tentar explorar com o seu responsável um túnel mais estreito, dialogue perguntando: será que vocês vão conseguir entrar aí? Em qual túnel você acha que o papai (ou a mamãe, ou a vovó, ou o adulto que a acompanhar) consegue entrar? Observe com atenção o que eles fazem durante a exploração e aproveite para iniciar os registros com fotos e vídeos. Ao final, faça algumas anotações sobre aspectos mais importantes da proposta.

Possíveis ações do bebê neste momento: O bebê dentro do túnel de papelão espia pela abertura. Do lado de fora, outro bebê percebe que o colega espia e então chega pertinho da abertura e faz expressão de espanto e admiração ao ver o colega. Um terceiro bebê observa a cena e também entra no túnel, buscando a abertura para olhar para fora.


3

Ao perceber que alguma criança explora as janelas dos túneis, incentive que ela compartilhe com o grupo essa descoberta e as brincadeiras que faz, a fim de se expressar livremente e de vivenciar esse momento com prazer e satisfação. Instigue a curiosidade da criança utilizando as janelas e as saídas dos túneis. Encoraje os bebês que, por algum motivo, demonstrarem receio em explorar os túneis e esteja disponível para entrar junto com eles, oferecendo sua companhia nesse momento.

Possíveis falas do professor neste momento: O que será que você vai encontrar do outro lado do túnel? O que você consegue ver pelas janelas daí de dentro do túnel? O que aconteceu, ficou tudo amarelo? (referindo-se à janela com o celofane amarelo, por exemplo)

4

Sugira que as famílias brinquem de entrar e sair, de esperar a criança do outro lado do túnel etc., a fim de proporcionar esse momento prazeroso de interação com os adultos. Proponha que os bebês entrem e saiam dos túneis de diversos modos, respeitando seus limites corporais, por exemplo, andando de pé, agachados, rastejando, rolando, engatinhando, sobre quatro apoios (utilizando palma das mãos e sola dos pés) etc. Assim você possibilitará a aprendizagem por meio da imitação, valorizando ações individuais dos bebês.

Possíveis falas do professor neste momento: Observem como o amigo está passando pelo túnel: engatinhando! Vamos tentar também? Este amigo está agachadinho! Que tal experimentarmos essa posição?


5

Para os bebês bem pequenos e que não sentirem-se confortáveis para entrar no túnel, mesmo em companhia do professor ou da família, utilize o corpo deles como brinquedo e inicie brincadeiras como a da formiguinha (“fui ao mercado comprar café, veio a formiguinha e subiu no meu pé…”). Esse contato corporal oferecerá ao bebê a participação no momento de interação com o outro, vivenciando diferentes ritmos, velocidades e fluxos nas interações e brincadeiras, além de experimentar as possibilidades corporais.


Para finalizar:

Esteja atento ao tempo de interesse das crianças na proposta. Conforme for percebendo menos envolvimento por parte delas, avise que em alguns minutos irão se organizar para a saída. Convide a pensarem num local para guardarem os túneis, de forma que possam utilizá-los novamente em outros momentos, incentivando a participação de todos na organização do espaço e materiais. Tenha disponível objetos de largo alcance para que, conforme forem terminando as brincadeiras e as explorações, as crianças possam ocupar-se enquanto os demais terminam também.

Desdobramentos

Proponha este momento com turma de crianças maiores, combinando-o previamente com outros professores da escola. A interação de diferentes faixas etárias enriquecerá a aprendizagem e o desenvolvimento de todos.

Engajando as famílias

Considerando ser importante a participação das famílias na escola, esta atividade propõe sua presença no momento de brincadeiras e interações com os túneis já confeccionados. É importante avaliar junto às famílias qual seria o melhor horário para participarem da oficina. Uma sugestão é que ocorra próxima à saída.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano