14281
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Som e imagem de pássaros com bebês

POR: Nataly Gomes Ovando 30/11/2018
Código: EDI1_26UND01

1º ano / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI01ET03) Explorar o ambiente pela ação e observação, manipulando, experimentando e fazendo descobertas.

(EI01TS01) Explorar sons produzidos com o próprio corpo e com objetos do ambiente.

(EI01EO01) Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos.

Plano de atividade de Educação Infantil com atividades para Bebês sobre observar e compreender os sons e imagens de pássaros

Resumo

ilustracao

Nesta atividade, as crianças irão interagir com imagens de aves e tentarão imitar o som desses animais.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Pesquise previamente espécies de pássaros mais comuns que compõem a fauna local. Imprima fotos em tamanho A3 e cole-as em papel cartão. Plastifique-as usando plástico adesivo ou encape com saquinhos fechados com fita adesiva, para que fiquem mais resistentes e seguras para a exploração dos bebês. Imprima as mesmas imagens dos pássaros em tamanho 13x18 cm e cole-as dentro de caixas de sapato com tampa. Cole também imagens nas tampas de cada caixa. Garanta pelo menos uma caixa para cada dupla de bebês. Grave o som do canto de cada espécie em um dispositivo móvel compatível com aparelho de som que será utilizado. Faça um mural na parede usando um pedaço de plástico adesivo com o lado colante virado para cima, para que as crianças possam colar e descolar nessa superfície as fotos já encapadas/plastificadas repetidas vezes posteriormente.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Som e imagem de pássaros com bebês (link)

Brincar com bichos de brinquedo (link)

Imitar bichos com os bebês (link)

Explorar os bichos do jardim (link)

Conhecer bichos de estimação (link)

Materiais:

Você precisará de: papel cartão, imagens de pássaros da região, impressas em papel A3 e encapadas com plástico resistente, plástico adesivo, aparelho de som, dispositivo móvel, caixas de sapato com tampa, imagens dos mesmos pássaros da região (em tamanho 13x18 cm).

Espaços:

Em ambiente interno, organize tapetes ou colchonetes, onde os bebês possam ser acomodados. Ao seu redor, organize de forma atraente as caixas com as imagens dos pássaros dentro. Prepare o aparelho de som com dispositivo móvel e o som do canto dos pássaros. Disponha o ambiente de modo que os bebês possam brincar em dois pequenos grupos, em segurança, com espaço para circular livremente.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1.Como os bebês reagem diante das imagens apresentadas? Que expressões são percebidas?

2. Como exploram o som do canto no ambiente preparado? Imitam com produção de sons a partir do próprio corpo? Que descobertas eles fazem?

3. Como é a interação entre os bebês e entre adultos participantes?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Garanta que todos possam visualizar e tocar as imagens apresentadas, assim como vivenciar a exploração dos sons.Organize para que todas as crianças tenham asseguradas as condições de participar. Nesse contexto cuide para que os bebês muito pequenos e que não se sentam com autonomia tenham o apoio necessário e estejam dispostos com o grande grupo. Garanta um espaço seguro para aqueles que se sentam com autonomia e espaço de mobilidade para aqueles que engatinham e andam, com ou sem autonomia.

O que fazer durante?

1

Em roda ou de maneira que os bebês fiquem confortáveis e visualizem o processo, apresente ao grupo todo uma das imagens selecionadas. Com entusiasmo, conte o nome da espécie e destaque detalhes que podem ser percebidos, como as cores das penas, o tamanho (grande/pequeno) do bico, onde mora, sua espécie.Os bebês, nesse momento, vão tocar na imagem e aproximá-la do corpo. Garanta que esse contato aconteça, convidando-os a explorar imagens e caixas espalhadas pelo ambiente. Chame a atenção do grupo para o som que o pássaro em referência ecoa, ligando o aparelho de som. Instigue-os a ouvir e imitar o canto, use o corpo para imitar também o voo dos pássaros. Em seguida, apresente a próxima imagem, nomeie a espécie e introduza o próximo som. Provoque os bebês, trazendo as diferenças de cada canto dos pássaros, buscando imitá-los. Eles engatinharão pela sala livremente, a fim de explorar as caixas e imagens espalhadas pelo ambiente. A cada novo pássaro apresentado, use o corpo e o som da voz para trazer ao contexto a espécie e o som reproduzido por ela.


2

Organize a turma em pequenos grupos de bebês. Em cada grupo disponibilize as imagens apresentadas anteriormente, assim como as caixas com as imagens em seu interior, fechadas com a tampa. Os bebês vão explorá-las livremente observando cada detalhe. Ficarão curiosos e tentarão abrir as caixas, vão segurá-las, levá-las à boca, sacudi-las, abri-las e fechá-las. Aos poucos vão percebendo as imagens dentro da caixa e as associarão às imagens maiores anteriormente apresentadas para o grupo todo. Garanta que o som dos pássaros esteja tocando para que eles possam percebê-lo, mesmo envolvidos com as imagens. Os bebês vão tocar, observar as cores, as formas, os traços, assim como o som e sua relação com as imagens. Balbuciarão tentando imitar o som percebido, se encantarão com as imagens, se expressarão com gritos, palmas e engatinharão sobre as imagens. Provoque-os a imitar as aves, apresentando movimentos que expresse o voo dos pássaros. Registre com vídeos cada nova descoberta dos bebês e suas expressões para que, posteriormente, possa refletir e suscitar novos desafios com o uso da voz aos bebês.

Possíveis falas do professor nesse momento: Além das imagens, como os pássaros cantam? Vamos fazer o canto do pássaro? Tente abrir os braços, tente mexê-los! Sinta o vento! Os pássaros também sentem o vento quando voam! O que está sentindo?


3

Circule pelos pequenos grupos convidando os bebês para ouvir os sons e imitar com gestos e movimentos o voo dos pássaros. Assegure que durante a realização da proposta tenha um adulto que possa auxiliá-lo a todo o momento. Enquanto um dos grupos de bebês está envolvido com a exploração das caixas, oriente o outro grupo de bebês para mexer no painel de colar/descolar imagens. Convide-os para experimentar o novo desafio proposto e instigue-os colando e descolando algumas vezes. Ao observarem a ação do adulto, os bebês querem imitá-lo. Garanta que todos possam se aproximar do painel e participem da brincadeira. Os bebês querem colar e descolar a imagem por diversas vezes, pois a ação é desafiadora e traz uma nova descoberta. Participe com falas motivadoras incentivando-os. Registre com imagens fotográficas as expressões de cada um e suas reações diante de cada nova ação realizada. Garanta que haja troca entre o pequeno grupo de bebês que explora o painel e o grupo que manipula caixas e imagens, a fim de que participem de todas as propostas. Tenha um cesto com objetos preferidos das crianças, oferecendo-o quando necessário, para atender os ritmos e interesses de cada um.


Para finalizar:

Para encerrar a atividade, comunique aos bebês que em alguns minutos vocês irão começar a guardar as imagens e compartilhe com eles a próxima proposta. Peça ajuda para que, dentro de suas possibilidades, cada qual possa colocar as imagens em seus devidos lugares. Cante uma canção que costuma determinar o momento de arrumação com sua turma, por exemplo, a do grupo Palavra Cantada "Para arrumar a bagunceira". Apoie e encoraje as iniciativas dos pequenos nesse momento!

Desdobramentos

Organize uma exploração livre no jardim a fim de que os bebês possam sentir o vento e observar livremente a aproximação dos pássaros. Dependure casas de cabaça ou casca de coco, assim como um bebedouro de aves em um local onde os bebês possam visualizar a aproximação dos pássaros. Garanta que as casas fiquem expostas em uma altura em que os bebês possam visualizá-las com exatidão. Convide-os para observar o movimento das casas pela atuação do vento e fale sobre a possibilidade de logo chegar os pássaros moradores. Proponha uma exploração livre no jardim, a fim de que possam sentir o vento e observar livremente a aproximação dos pássaros. A observação cotidiana fará com que os pássaros se tornem familiares aos bebês, garantindo assim a cada observação uma nova descoberta.

Engajando as famílias

Monte um painel próximo à sala dos bebês, numa altura em que crianças e adultos consigam enxergar. Selecione as imagens em sequência de fatos, desde a apresentação das imagens à imitação dos sons, a fim de que as famílias possam acompanhar o processo do momento vivido pelos bebês. Crie legendas, com texto escrito logo abaixo das fotos, de modo que os familiares possam sentir como foi importante e desafiador cada momento do bebê, seus sentimentos e descobertas vivenciados, revelando o percurso do grupo em suas pesquisas exploratórias sobre cores, movimentos, formas, sons e relações entre os bichos e o meio ambiente ao brincar de forma prazerosa, envolvendo habilidades motoras e favorecendo a representação do pensamento.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Nataly Gomes Ovando

Mentora: Keli Luca

Especialista do subgrupo etário: Ana Teresa Gavião

Campos de Experiência:  O eu, o nós e o outro; Corpo, gestos e movimentos, traços, sons, cores e formas; Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.

Objetivos e códigos da Base:

(EI01TS01) Explorar sons produzidos com o próprio corpo e com objetos do ambiente.

(EI01ET03) Explorar o ambiente pela ação e observação, manipulando, experimentando e fazendo descobertas.

(EI01EO01) Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos.



Abordagem didática:  As crianças sentem prazer e curiosidade quando imersas em jardins, parques, bosques ou praças. Brincar com os animais é uma proposta de sensibilização em relação à natureza e tem muito sentido para os bebês. Observar formigas, minhocas, peixes ou pássaros, por exemplo, é uma rica fonte de aprendizagem sobre cores, movimentos, formas, sons e relações entre os bichos e o meio ambiente. Brincar de imitar animais também é um convite que gera prazer aos bebês, envolve suas habilidades motoras e favorece a representação do pensamento.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADE 01

Som e imagem de pássaros com bebês

VOCÊ ESTÁ AQUI

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes