1ª Brincadeira: Vamos fugir ou pegar?

Nessa atividade, os pequenos precisam acompanhar as formas e trajetórias das sombras no chão

POR:
Rosi Rico
Ilustração: Pedro Hamdam

Descobrir os efeitos de luz e sombra gera surpresa, mistério e encanto nos bebês, possibilitando momentos de diversão. É também uma oportunidade para que a criança conheça a si mesma – por meio da própria imagem projetada – e o outro – quando percebe as variações nas sombras: maior, menor e inclinada, entre outras perspectivas. 

São várias as maneiras para explorar esse fenômeno com as crianças. Que tal aproveitar a brincadeira de roda? Esta é a proposta da professora Rozemar Messias Cândido dos Santos. Confira o passo a passo para aliar sombra, música e a exploração de elementos da natureza.

Faixa etária: bebês 

Lista de materiais: varinhas, gravetos, galhinhos e pedacinhos de madeira quadrados e redondos, seleção de músicas de roda, rádio, caixa de som ou celular com música.

Espaço: Esta atividade deve ser realizada no espaço externo (pátio ou parque de areia), em um dia de sol. Coloque em um canto os elementos da natureza. Prepare encostos, tapetes emborrachados ou colchonetes, para que os bebês menores possam sentar confortavelmente. Garanta uma área de circulação, com espaço seguro para aqueles que sentam, engatinham e andam. 

A roda: Convide as crianças para uma brincadeira de roda. Cante músicas conhecidas da turma. Incentive que façam gestos e que observem os efeitos deles na parede e no chão. Sugira que também olhem os colegas. Chame a atenção para as sombras se movimentando na roda, indo e voltando. Você pode dizer: “Vamos pegar nossa roda?”, “Olhem...ela fugiu...o que acham de corrermos atrás dela?”. Sente-se ao lado dos bebês menores e converse sobre o que está acontecendo ao redor deles para incluí-los na atividade. Você pode cantar e brincar de esconder/achar um lencinho para que eles movimentem o corpo e os braços, fazendo sombra também. Ou pode pegá-los no colo e circular, se abaixando e pegando objetos. Pergunte o que eles querem pegar e permita a interação deles com os demais. Deixe todas as crianças explorarem o espaço e criar suas próprias brincadeiras e descobertas. 

Observações: Esteja atento na interação dos bebês com seus próprios corpos, bem como na relação com as sombras geradas por eles. Destaque positivamente cada ação deles, motivando-os à novas descobertas e desafios. Esteja disponível para que os bebês compartilhem suas pesquisas, hipóteses e descobertas. Perceba o que mais provoca interações. 

Arrumação: Com 10 minutos de antecedência antes do encerramento da atividade, cante uma música para ajudar na organização dos materiais. Ofereça caixas para que os bebês ajudem a guardar os materiais e diga: “Quem vai me ajudar a guardar os brinquedos? Quem será que consegue guardar mais? Vamos ver?” Valorize e encoraje todas as iniciativas nesse momento, para que dentro de suas possibilidades, cada bebê possa guardar os objetos em seus lugares.

Inclusão: Identique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir uma criança de participar e aprender. Proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada uma delas. Auxilie quando necessário. O objetivo é assegurar condições para que todos participem. 

O plano de aula completo, com orientações sobre a brincadeira Luz e sombra, preparado pela professora Rozemar Messias Cândido dos Santos, está disponível aqui.

Tags

Guias