13897
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Leitura e reflexão de texto curto sem e com pontuação

POR: Ingrid Da Silva Ramalho 27/11/2018
Código: LPO2_10ATS01

2º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF02LP09) Usar adequadamente ponto final, ponto de interrogação e ponto de exclamação.

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do EF sobre Leitura e reflexão de texto curto sem e com pontuação

 

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é primeira aula de um conjunto de três planos de aula com foco em Análise linguística e semiótica. A finalidade deste conjunto de planos é trabalhar os usos e as finalidades do ponto final, do ponto de exclamação e do ponto de interrogação.

Materiais necessários: Letra de um texto escrito (O eco, de Cecília Meireles. Fonte: “Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças”, Blog da Leiturinha, disponível em: http://leiturinha.com.br/blog/os-melhores-poemas-de-cecilia-meireles-para-criancas/. Acesso em: 3 de setembro de 2018), trechos do mesmo texto reescrito utilizando diferentes pontuações, quadro ou projetor, giz ou pincel, cartolina, computador com acesso à internet para, durante a etapa de fechamento da aula, passar um clipe sobre os sinais de pontuação.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade em utilizar os pontos adequados, de acordo com o sentido solicitado, por não saber qual ponto usar (desconhecimento dos sinais de pontuação); confundir os aspectos gráficos dos sinais de pontuação (exclamação e interrogação em particular), utilizando-os de forma trocada, ainda que demonstrem conhecimento do sentido que determinada frase deveria ter.

Referências sobre o assunto: Fonte: “Como usar a pontuação para melhorar a compreensão de um texto”, Fundação Lemann, disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=n8HF8jxnBNY. Acesso em: 3 de setembro de 2018.

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações:

1. Projete ou leia o tema da aula para a turma.

Tempo sugerido: 9 minutos.

Orientações:

  • Se possível, trabalhe com a turma em um só grupo, que deve ser organizado no formato de uma meia lua, assim os estudantes poderão interagir com os colegas e com o professor com mais facilidade, além de poder visualizar melhor a projeção utilizada ou o quadro.
  • Pergunte ao grande grupo se alguém da turma já ouviu falar sobre os sinais de pontuação e sobre as suas funcionalidades. Caso algum aluno já tenha tido contato com o tema, peça para que ele compartilhe seus conhecimentos com a turma de modo oral e faça intervenções apenas quando/se for necessário, ou seja, quando/se o aluno cometer alguma inadequação que possa prejudicar a aprendizagem das demais crianças.
  • Projete um pequeno texto para as crianças sem os sinais de pontuação, aqui usaremos o texto “O eco”, de Cecília Meireles. Caso não seja possível, distribua em folhas de papel o texto não pontuado.
  • Peça para que as crianças leiam em voz baixa o texto e olhem atentamente para ele durante 2 minutos, pergunte se há algo faltando e o que elas acharam interessante. Espera-se que as crianças consigam identificar a falta de alguns sinais de pontuação, mesmo que não saibam expressar seus nomes etc. Caso isso ocorra, peça para os estudantes que sentiram a falta dos sinais de pontuação falarem quais foram os pontos que sentiram falta e/ou irem até o quadro e tentarem desenhar os sinais que faltaram. Caso os estudantes desenhem uma vírgula, um ponto final ou algum outro sinal de pontuação, explicite aos demais que todos eles são sinais de pontuação utilizados na língua portuguesa, mas deixe claro que o foco desta aula serão apenas três sinais (não corrija a pontuação que colocarem. Depois, quando apresentar o texto pontuado, volte e faça um breve comparativo/comentário).
  • Solicite que quatro crianças leiam o texto em voz alta, cada uma deverá ler uma estrofe, ressaltando que as demais deverão acompanhar a leitura na projeção ou em suas folhas impressas.
  • Após a leitura, sonde se/o que elas entenderam do texto projetado/impresso e sane as possíveis dúvidas de vocabulário que surgirem.

Materiais complementares: Fonte: “Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças”, Blog da Leiturinha, disponível em: http://leiturinha.com.br/blog/os-melhores-poemas-de-cecilia-meireles-para-criancas/. Acesso em: 3 de setembro de 2018.

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • Projete a versão do texto com os devidos sinais de pontuação, caso não utilize projetor, distribua para as crianças o texto pontuado.
  • Antes da nova leitura, peça que a turma olhe atentamente para o texto e tente perceber as diferenças existentes entre a versão anterior projetada/impressa e a atual.
  • Solicite voluntários para expor o que encontraram. Espera-se que as crianças notem a presença dos sinais de pontuação. Caso isso não aconteça, explicite os sinais que aparecem no texto e que serão trabalhados nesta aula (ponto final, ponto de interrogação e ponto de exclamação).
  • Mostre, apontando para a projeção do texto, o ponto final, o ponto de interrogação e o ponto de exclamação e pergunte se algum aluno sabe o nome de algum destes sinais. Caso esteja trabalhando com o material impresso, desenhe os sinais (. ? !) no quadro e faça o mesmo questionamento. Em seguida, nomeie os sinais reforçando as possíveis respostas das crianças, caso elas tenham acertado os nomes dos sinais e corrigindo-as, caso tenham errado.
    Caso nenhuma criança tenha tido contato com os nomes dos sinais, apresente-os.
  • Leia para os estudantes o texto pontuado, colocando a entonação adequada, de modo que eles tenham um modelo a seguir em suas leituras e, após isso, ainda em formato de meia lua, peça que estudantes próximos geograficamente formem duplas e oriente cada um deles a refletir e debater sobre a funcionalidade de um dos sinais de pontuação trabalhados nesta aula (ponto final, ponto de interrogação e ponto de exclamação) em um tempo médio de 3 minutos, tendo, para isso, como parâmetro, a leitura inicialmente feita e esta de agora, feita por você, professor/a. Você pode, ainda, por meio de questões reflexivas, fazer uma análise para servir de modelo, como ler um trecho do texto e questionar o que um determinado sinal expressa naquele contexto. É importante que fique claro para cada dupla qual o sinal ela irá trabalhar/analisar. Se estiver utilizando uma projeção, você pode apontar isso no texto projetado. Caso utilize a folha impressa, desenhe no quadro ou aponte nas folhas das duplas o sinal que cada uma irá analisar.
  • Solicite que três duplas diferentes tentem explicar aos demais estudantes suas reflexões sobre os sinais de pontuação que ficaram responsáveis por analisar. Espera-se que as crianças identifiquem, por exemplo, que o primeiro ponto final, localizado depois da palavra “esconde”, marca o fim de uma ação do menino; que o ponto de interrogação serve para mostrar que o Eco respondeu a pergunta do menino com outra pergunta e que o primeiro ponto de exclamação surge para expressar a ordem ou o desejo do menino para o Eco. Faça interferências apenas para corrigir considerações incorretas ou inserir informações que auxiliem as crianças no reconhecimento dos diferentes usos dos sinais de pontuação. Se uma dupla, por exemplo, expor que o ponto de exclamação surge para expressar uma ordem, traga exemplos do uso deste sinal em outros contextos. Você pode trazer frases onde o ponto de exclamação serve para expressar o tom de uma surpresa, de um pedido ou mesmo para demonstrar uma sensação de espanto em um enunciado. Isso deve ser feito em todos os sinais que precisarem de uma explicação complementar. Neste caso, logo após trazer os exemplos, questione as crianças no grande grupo sobre as diferenças dos contextos em que os sinais de pontuação podem aparecer para que elas possam reconhecer seus diferentes usos.
  • Solicite que todas as crianças leiam juntas a versão pontuada do texto, repetindo a entonação trazida pelos sinais de pontuação, reforçada pela leitura inicial do professor. Após cada leitura, repita o trecho de forma clara, ressaltando a pontuação trabalhada nesta aula e peça que todos estudantes façam o mesmo. Caso perceba que alguns estudantes estão com dificuldade de colocar os sentidos expressos pelos sinais, solicite que todos repitam o trecho.

Materiais complementares: Fonte: “Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças”, Blog da Leiturinha, disponível em: http://leiturinha.com.br/blog/os-melhores-poemas-de-cecilia-meireles-para-criancas/. Acesso em: 3 de setembro de 2018.

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Solicite que todos os estudantes leiam juntos, em voz alta e com a entonação adequada, alguns trechos do mesmo texto (que estarão projetados ou impressos), como “ECO!”; “ELE SE ESCONDE.”; “VEM PASSEAR COMIGO?”; “O ECO É AMIGO!”; “O ECO É INIMIGO.”; “O ECO É AMIGO OU INIMIGO?”, pontuados de formas diferentes. Espera-se que, após esta leitura, as crianças interpretem rapidamente o novo sentido, tendo em vista a nova pontuação utilizada. Caso note que a turma não foi capaz de realizar a leitura de acordo com os sinais de pontuação, repita-a e solicite a releitura dos estudantes.
  • Explicite a relação da modalidade escrita e oral da língua portuguesa, aclarando que os sentidos expressos pelos sinais de pontuação também ocorrem na fala e que, por isso, utilizamos diferentes entonações para expressar diferentes sentidos. Para exemplificar esta questão, você pode repetir trechos anteriores do poema e os trechos que tiveram seus sentidos alterados após a mudança dos sinais de pontuação.
  • Faça as seguintes perguntas para o grande grupo: Qual foi o tema da nossa aula de hoje? Por que precisamos colocar os sinais de pontuação em um texto escrito? Para que serve o ponto final? Para que serve o ponto de interrogação? Para que serve o ponto de exclamação?
  • Se possível, projete o vídeo ou passe o áudio de uma canção infantil sobre os sinais de pontuação (link disponibilizado abaixo) para que os estudantes retomem o tema da aula. Caso isso não seja possível, resuma os conteúdos tratados de forma oral ou, à medida que realizar as perguntas do item 3, solicite que três estudantes escrevam as conclusões alcançadas pelo grande grupo, ou, ainda, à medida que questiona a função dos pontos, vá registrando em uma cartolina as respostas/conclusões das crianças e deixe o material exposto na sala, com o respectivo símbolo (desenho) do ponto). O importante é esclarecer que os sinais de pontuação trabalhados nesta aula são apenas alguns dos sinais da língua portuguesa e sistematizar, com a ajuda deles, o conteúdo abordado nesta aula, de modo que eles/elas tenham bem claro a função de cada um dos pontos vistos. Você pode, por exemplo, explicitar que os sinais de pontuação em um texto escrito servem para produzir efeitos como o tom de uma pergunta, o tom de uma surpresa, uma ordem, um pedido, uma sensação de espanto ou mesmo para marcar o final de um enunciado, ajudando assim, a reproduzir a intenção de quem escreveu o texto, deixando a produção mais clara, solicitar que as crianças pensem em exemplos para usar cada ponto etc. Relembre o quanto foi difícil, por exemplo, compreender o texto trabalhado sem a pontuação adequada. Durante esse momento de sistematização dos conteúdos abordados na aula, pergunte à turma qual sinal exerce cada uma destas funções.
  • Tenha em mente que a habilidade de usar adequadamente o ponto final, o ponto de interrogação e o ponto de exclamação inclui a identificação dos sinais gráficos, o reconhecimento destes sinais na leitura e suas funcionalidades, o uso desses sinais na produção escrita para garantir legibilidade e provocar os sentidos de efeitos desejados e pondere essas questões durante toda a aula. Considere que a análise dos efeitos de sentidos provocados na leitura de textos é um momento inicial e fundamental à organização deste saber.

Materiais complementares: Fonte: “Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças”, Blog da Leiturinha, disponível em: http://leiturinha.com.br/blog/os-melhores-poemas-de-cecilia-meireles-para-criancas/. Acesso em: 3 de setembro de 2018.

Vídeo: “Repente da pontuação” , Quintal da Cultura, disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=TNbI-YpFfKw. Acesso em: 6 de setembro de 2018.


Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Ingrid Ramalho
Mentor: Gislaine Magnabosco
Especialista: Tânia Rios

Título da aula:Leitura e reflexão de texto curto sem e com pontuação

Finalidade da aula:Espera-se que os estudantes reflitam de forma coletiva acerca da função da pontuação (ou da falta dela) em trechos de um reconto para perceber como diferentes pontuações podem gerar sentidos/interpretações diversos, compreendendo a importância do uso adequado para conseguir determinado sentido.

Ano:2º ano do Ensino Fundamental

Objeto(s) do conhecimento:Pontuação

Prática de linguagem:Análise linguística e semiótica

Habilidade(s) da BNCCEF02LP09


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

1º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

2º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

AULAS RELACIONADAS:

2º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes