15415
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Recontar um conto

Nesta atividade, as crianças selecionam uma história para recontá-la aos colegas em forma dramatizada

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Maira Franco Tangerino

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para esta proposta é fundamental que você selecione um conto clássico querido pelo grupo. Sendo assim, considere que as crianças tenham estabelecido relações com a narrativa escolhida e que a escutaram em diversos momentos, conversaram sobre ela, por meio de diferentes estratégias, de tal modo que a estratégia de reconto seja uma oportunidade para que expressem suas impressões e ideias para o contexto desta atividade. É importante também que as crianças já tenham assumido papel de narradoras em outras situações de reconto.

Materiais:

Para esta proposta você vai precisar do livro escolhido e da organização do cenário do conto escolhido, que deverá ser projetado a partir de um notebook por um data show em um espaço da sala. Precisará também,de máscaras, acessórios e/ou fantasias dos personagens do conto. Caso não tenha à sua disposição um projetor, considere outra estratégia para recriar o cenário do conto escolhido, como um painel, por exemplo. Você precisará também de um equipamento para registrar o reconto por meio de vídeos.

Prepare também um jogo de montar ou uma proposta de massinha para o grupo que já realiza essas atividades com autonomia e que não estará envolvido no momento do pequeno grupo.

Espaços:

Antecipe um espaço de projeção que possa acolher um pequeno grupo de crianças, de forma que elas possam ver e ouvir umas às outras e se movimentar pelo espaço. Considere aindaque o espaço precisa acolher o outro grupo de crianças que estarão envolvidos numa proposta que realizam com autonomia.

Tempo sugerido:

O tempo necessário para esta proposta é entre 40 minutos e uma hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como foi o envolvimento das crianças com a proposta? Quais as estratégias que as crianças utilizam para se organizar na escolha dos personagens do enredo?

2. Quais maneiras que as crianças encontraram para expressarem suas ideias e sentimentos acerca da narrativa? Apoiaram-se umas nas outras, recorreram ao livro narraram acontecimentos?

3. De que forma as crianças se movimentaram para a composição da narrativa? Trouxeram gestos corporais que caracterizam personagens, adequaram vozes e outras expressões para representarem os papéis? *


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Caso identifique alguma necessidade individual das crianças, proponha possibilidades para que possam acompanhar a proposta com o grupo, fazendo o convite e oferecendo que fiquem mais próximas de você, por exemplo.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se acomodarem no espaço preparado para a proposta e conte para elas que hoje você organizou um momento para que elas possam recontar o conto favorito do grupo.E que, para isso, você as organizará em pequenos grupos, de forma que um estará envolvido na atividade de reconto e o outro realizando uma atividade que os pequenos já fazem com autonomia. Combine que ao final as crianças farão as trocas entre as atividades e que, dessa forma, todo grupo vivenciará ambos os contextos preparados.

Após esses acordos apresente os suportes que você preparou para a atividade, desde a projeção do cenário até os acessórios, as máscaras e os figurinos. Exponha também os materiais que selecionou para o grupo que estará envolvido na outra atividade. Em seguida, organize as crianças nos pequenos grupos, escolhendo a estratégia que julgar mais interessante para sua turma.


2

Após a organização inicial, convide as crianças envolvidas na proposta do reconto para para uma rápida conversa. Conte que para recontar a história querida elas estarão envolvidas em uma representação cênica. Diga que para isso você separou materiais que podem caracterizar os personagens da história. Dessa forma, elas precisarão fazer acordos acerca de quem representará cada papel, definindo personagens e narrador. Conte ainda que há um desafio especial nesse reconto. Questione-as sobre como a história é apresentada e se há falas de personagens, instigando-as a perceber que o narrador é quem conta toda a história. Nesse momento, considere utilizar o livro como apoio para o diálogo com as crianças. Após terem conversado, revele que o desafio é dar fala aos personagens.


3

Em seguida, proponha às crianças que se organizem, por meio de acordos, distribuindo entre elas os personagens da história que irão representar. Auxilie-as na escolha das estratégias para essa organização, instigando-as a fazer o levantamento de quem são os personagens, e se necessário, apoiando-as a decidir como fazer a definição dos deles. As crianças podem propor que cada um opte por um personagem, um sorteio ou até mesmo uma brincadeira de escolha aleatória.

Após a escolha, considere, de forma breve, conversar com as crianças sobre as características de cada personagem, instigando-as a refletir sobre como seria a voz, a forma de andar, os movimentos corporais, dentre outras características, segundo a personalidade apresentada na narrativa. Se necessário retorne à narrativa, lendo partes que dão pistas para essa construção, contudo, oportunize a liberdade de que sejam os pequenos que revelem a composição de seus próprios personagens.


4

Escolhas feitas, combinecom o grupo um tempo para que as crianças se preparem, caracterizando seus personagens a partir da ação deles na história e dos elementos dispostos no ambiente que preparou. Considere apoiá-las na caracterização para que se sintam à vontade com os acessórios, figurinos e máscaras escolhidos.

Enquanto o grupo se prepara, converse com a criança que será o narrador, a fim de investigar se ela precisa de apoio para rememorar a narrativa. Lembre-a do desafio do grupo quanto a dar voz aos personagens. Sendo assim, será necessário inserir dicas para que os personagens percebam o momento em que irão falar. Levante com o narrador quais dicas ele pode sugerir. Conte à criança que você deixará o livro da história junto à ela, para que o consulte, caso sinta necessidade.

Possíveis falas das crianças: Ah, eu acho que uma dica pode ser quando eu disser bem assim: O lobo, que não era bobo, ficou atrás de uma árvore. Quando percebeu que o porquinho entrou em casa, caminhou bem devagar, bateu na porta e gritou! Aí, quando eu falar gritou, o lobo fala!


5

Após as crianças estarem caracterizadas, reúna-as novamente para que o narrador combine as dicas que ele trará para indicar o momento em que os personagens falarão. Observe que não é necessário que ele diga todas as falas. Por se tratar de uma primeira representação, talvez as crianças tragam combinados mais fáceis, tais como indicar que terminará a frase ressaltando termos, tais como, disse, falou e gritou, por exemplo.

Após esse breve combinado, organize o início da representação com as crianças, pedindo que assumam os seus locais ou aguardem no espaço combinado a sua hora de entrar em cena.

Indique ao narrador que comece a contar a história e observe a representação das crianças. Lembre-se de registrar o momento em vídeo.

Ao mesmo tempo que aprecia o reconto, busque observar como as crianças estão se relacionando, quais palavras utilizam, como representam os personagens, quais características atribuem a eles. Esteja também atento para mediar possíveis desafios ao longo do contexto da atividade, contudo, busque lançá-los em forma de problematização para o grupo, a fim de oportunizar às crianças que encontrem meios diversos de resoluções de situações desafiadoras.


6

Ao finalizar o reconto dramatizado da história, convide as crianças para que, em roda,

expressem como foi a vivência da proposta. Convide-as para contar como se sentiram, quais desafios encontraram, como foi criar falas para os personagens e acolha as observações que trarão acerca da proposta. Depois, investigue junto ao grupo se a história que recontaram está completa ou se os pequenos deixaram escapar detalhes. Combine que em outro momento vocês poderão assistir ao vídeo, a fim de observar os detalhes. Comente que, se as crianças quiserem, elas poderão reestruturar a história, trazendo novas ações à ela.

Em seguida, faça a troca da atividade entre os grupos e repita a proposta, seguindo as mesmas estratégias que utilizou com o primeiro. Contudo, considere observar a interação das crianças e o cansaço delas, caso julgue importante, combine que esse segundo grupo vivenciará a atividade no dia seguinte.


Para finalizar:

Após as vivências dos dois grupos, engaje as crianças na organização dos espaços utilizados e, em seguida, convide-as para a próxima proposta do dia.

Desdobramentos

Considere repetir esta estratégia com outras histórias queridas da turma. É possível utilizar fantoches ou bonecos como suporte para o reconto. Os grupos também podem apresentar entre eles os recontos criados na proposta.

Engajando as famílias

Compartilhe a filmagem da atividade em momentos de encontros coletivos com as famílias.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF06 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano