15085
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

  

Plano de aula - Conhecendo os elementos composicionais característicos de campanhas publicitárias apresentadas na modalidade oral

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do EF sobre Conhecendo os elementos composicionais característicos de campanhas publicitárias apresentadas na modalidade oral

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Lilian Bárbara Cavalcanti Cardoso

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero campanha publicitária de conscientização infantil (textos); reportagens, notícias, slogans, cartazes, anúncios publicitários, textos expositivo de divulgação científica e no campo de atuação vida pública / estudo e pesquisa / todos os campos. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: computador, caixa de som, projetor multimídia e campanhas impressas.

Dificuldades antecipadas: Podem surgir dificuldades de compreensão das características do contexto de produção e aspectos paralinguísticos das campanhas publicitárias orais, veiculadas nas mídias televisivas e /ou radiofônicas apresentadas .

Referências sobre o assunto:

FÁVERO, L. L.; ANDRADE, M. L. C. V. O.; AQUINO, Z. G. O. Oralidade e escrita: perspectivas para o ensino de língua materna. São Paulo: Cortez, 1999.

MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 10. ed., São Paulo: Cortez, 2010.

ROJO, R. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas - caderno do professor / Roxane Rojo. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 01 minuto

Orientações:

  • Leia a temática em voz alta. Comente que na aula de hoje eles analisarão algumas características específicas das campanhas publicitárias orais, transmitidas, por exemplo, via TV.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 08 minutos

Orientações:

  • Não é necessário mostrar esse slide às crianças.
  • A proposta desta aula está pautada no trabalho com o coletivo, ou seja, com todos os alunos refletindo, compartilhando e construindo saberes juntos.
  • Apresente o áudio da campanha “Super liga da energia” (disponível aqui) fazendo algumas observações (você pode passar o vídeo sem projetar para que os alunos ouçam sem visualizar as imagens. Primeiro, será trabalhado o áudio na intenção de fazer, posteriormente, a comparação com as imagens do vídeo, para que assim o aluno reflita sobre elementos como o tom da voz, a expressão facial, os gestos, entre outros. Outra observação é a escolha da temática que tem por objetivo trabalhar a conscientização da economia de energia elétrica, além de proporcionar uma comparação com a campanha “Se liga, me desliga” que foi utilizada em aulas anteriores e foi divulgada por meio impresso mostrando outra forma de fazer campanha com a mesma temática):

  • Vamos ouvir só o áudio de uma campanha e depois iremos refletir sobre ela.
  • Após ouvirmos o áudio desta campanha, qual é a temática ou mensagem que ela está transmitindo? (Espera-se os alunos digam que se trata de uma campanha sobre economizar energia)
  • Quem é o autor da mensagem desta campanha? (Por não estarem vendo as imagens, as crianças compartilharão hipóteses. Considere as que forem coerentes. Quando assistirem ao vídeo, retomaremos essa questão).
  • Para quem essa mensagem foi elaborada? (Espera-se que os alunos identifiquem que a campanha foi destinada para o público em geral)
  • Da forma como está (no áudio), onde vocês acham que essa campanha poderia ser transmitida? (Espera-se que as crianças digam no rádio, por exemplo).
  • Quantos personagens podemos identificar ao ouvir o áudio da campanha? (Espera-se que os alunos digam que tem dois personagens, uma menina e uma mulher baseados nas vozes percebidas no áudio)
  • Vocês acham que a forma como a menina transmitiu a mensagem nos convence a economizar energia e/ou modificarmos nossos hábitos em relação ao exemplo que ela deu (celular)? (Resposta pessoal)
  • Que sensações nos traz a forma como a menina fala? Vocês acham que a forma como ela fala influencia no modo como as pessoas vão “receber” a mensagem? (Resposta pessoal, mas espera-se que os alunos compreendam que a forma como se fala numa campanha influência nas sensações e sentimentos de quem recebe a mensagem)
  • É possível perceber algum efeito sonoro? Se sim, por que será que é utilizado? (Espera-se que os alunos identifiquem que existe no fundo uma música e que há um efeito sonoro quando a criança termina de falar para passar para a fala da mulher e no final do áudio, para apresentar/relembrar o título da campanha. Todos estes itens, somados ao tom/timbre da voz, ajudam a compor a paisagem sonora e, quando colocados de forma adequada, garantem êxito nos objetivos de persuadir e convencer).

  • Após ouvir 4 ou 5 alunos para refletir sobre o áudio da campanha, siga para o desenvolvimento.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Passe o vídeo no projetor para que todos assistam.
  • Após visualizarem, faça perguntas para refletir sobre os aspectos paralinguísticos, comparando-os com as reflexões feitas inicialmente na introdução:

  • Visualizando o vídeo completo, depois de ter ouvido só o áudio, vocês acham que a forma como recebemos a mensagem ficou diferente? (Resposta pessoal, mas espera-se que as crianças digam que sim, porque a imagem, com todos os elementos paralinguísticos utilizados (direção do olhar, gestos alinhados ao que se está falando), contribui para enfatizar o que está sendo dito, buscando persuadir ainda mais o receptor).
  • Quais elementos podemos observar vendo o vídeo completo que não conseguimos perceber apenas com o áudio? (Espera-se que eles observem que ela gesticula à medida em que vai falando, como, por exemplo: quando ela fala em tirar o carregador da tomada, ela faz o movimento com a mão, simulando a situação de tirar o carregador da tomada. Assim como, no final, ela só faz gestos indicando que quando for dormir, tirar o celular da tomada. É preciso observar que os gestos da garota da campanha são precisos e estão articulados com a mensagem, para que os alunos entendam que não é para ficar gesticulando sem objetivo)
  • Se a menina falasse o texto da campanha sem gesticular, de maneira insegura, gaguejando ou só lesse o texto sem falar com naturalidade, vocês acham que a mensagem da campanha iria convencer o público a economizar energia tirando o carregador do celular da tomada após ter carregado 100%, por exemplo? (Espera-se que os alunos digam que não e ressaltem que esses elementos são importantes para transmissão da mensagem)
  • De que forma a escolha da personagem (uma criança), seus gestos, o tom da voz, a forma de olhar para câmera e fundo musical ajudaram a transmitir a mensagem? (Ouça as hipóteses das crianças e ajude-as a compreenderem que esses elementos, juntos, ajudam a transmitir a mensagem de forma mais natural, trazendo proximidade com o receptor: a criança está falando com muita naturalidade, de maneira clara, tentando convencer o receptor sobre a importância da sua mensagem. Isso acontece porque ela fala com segurança, seu olhar estava fixo em direção à câmera, os gestos acompanhavam o conteúdo da fala e o fundo complementa o jogo de sensações, ou seja, todos estes itens ajudam a compor a paisagem sonora, e quando colocados de forma adequada, garantem êxito nos objetivos de persuadir e convencer)
  • Comparando, então, a mensagem apenas com o áudio e, agora, a mensagem com o vídeo completo, que diferenças podemos perceber? (Ouça as crianças e faça uma lista comparativa sobre as constatações no áudio, como o timbre ou o tom da voz; e as constatações sobre o vídeo completo, como a transmissão da mensagem via gestos, de um cenário e de um olhar para câmera de forma segura, entre outros elementos que as crianças perceberem e forem coerentes).
  • Depois de vermos o vídeo completo, podemos afirmar quem é o autor dessa campanha? (Espera-se que os alunos identifiquem que no final do vídeo estão os créditos, especificando a autoria: a marca da ENERGISA)
  • Agora com o vídeo completo, onde essa campanha poderia ter sido publicada? (Espera-se que os alunos digam que pode ser divulgada nos canais das redes sociais e na tv)
  • Nossas hipóteses sobre os personagens da campanha, levantadas na introdução apenas pela distinção das vozes, foi confirmada? (Espera-se que após assistir o vídeo os alunos confirmem suas hipótese sobre as duas personagens)

3. Antes de apresentarmos outro exemplo, você pode, ainda, fazer uma breve comparação da campanha em vídeo com a campanha impressa, disponível no site oficial da “Super liga de energia”, reforçando o quanto os elementos destacados acima (gestos, tom e timbre de voz, música de fundo, etc.) contribuem para tornar a campanha mais atraente e dinâmica. Pode, inclusive, questionar qual “modelo” eles preferem e qual acham que consegue atingir mais o público-alvo. (Importante aqui reforçar a questão do suporte, isto é, dependendo dele, a campanha deverá ser impressa e/ou em movimento, por exemplo, e isso também está interligado ao tipo de público que se quer atingir).

4. Após realizar a análise do vídeo da “Super liga de energia”, retome com as crianças outros vídeos já trabalhados ao longo da sequência, visando reforçar os aspectos acima. Um exemplo seria a campanha “Leia para uma criança”, do banco Itaú (clique aqui). Passe novamente esse vídeo para as crianças e chame a atenção para alguns aspectos, como: a temática, as personagens, o estilo da campanha (que tem mais imagem do que a verbalização ou oralização da mensagem), a música no fundo, os gestos e ações, as sensações que esse conjunto passa ao receptor). Você pode, inclusive, novamente, comparar com as campanhas impressas do banco Itaú, mostrando o quanto os elementos paralinguísticos atribuem significado ao que está sendo apresentado.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 11 minutos

Orientações:

  • Para fechar a aula, vamos realizar alguns registros, por meio de tópicos, visando sistematizar o que as crianças viram. Para isso, faça alguns questionamentos e vá registrando (em cartolina ou no quadro, para eles depois copiarem) as respostas das crianças. Você pode, inclusive, retomar a lista feita no item E do desenvolvimento para reforçar alguns aspectos:

  • Ao compararmos a temática de algumas campanhas impressas com seus vídeos, vimos que alguns elementos são diferentes. Que elementos vocês perceberam? (Espera-se que as crianças digam que, embora a temática seja a mesma, o suporte é diferente e, por isso, o texto não é escrito, mas falado; que a pessoa que aparece no vídeo, geralmente, expressa-se usando gestos, o tom de voz, para transmitir sua mensagem e conseguir um efeito de sentido no interlocutor (emocionar, convencer, etc.). Pode haver ainda o uso de músicas de fundo, efeitos sonoros, além de um cenário).
  • Qual a importância desses elementos para a mensagem? (Espera-se que as crianças digam que todos estes itens, juntos, ajudam a compor e dar vida à mensagem, e quando colocados de forma adequada, garantem êxito nos objetivos de persuadir e convencer).
  • Qualquer campanha publicitária pode ser apresentada via vídeo/áudio, isto é, de forma oral? (Espera-se que as crianças concluam que sim, no entanto, que deverá haver uma adaptação do texto para o novo suporte de circulação. Ou seja, qualquer tema pode sair do impresso e ir para o oral, desde que sejam consideradas as características desse novo canal e suporte de circulação).
  • Da forma como se apresentaram, em vídeo, onde essas campanhas poderiam ter sido divulgadas? (Espera-se que os alunos identifiquem que podem ter sido nos canais das redes sociais e TV)
  • Podemos dizer que, para apresentar uma campanha de modo oral, podemos simplesmente pegar o texto impresso da campanha e ler/apresentar? (Espera-se que as crianças digam que não, pois, em uma campanha transmitida de forma oral precisamos pensar num jeito de falar, de gesticular, de olhar, isto é, precisamos pensar em como vamos “dar vida” aquele texto de forma mais natural, por meio da nossa fala e gestos, por exemplo. É importante levar as crianças a perceberem que é preciso ter segurança ao falar, gesticular de acordo com o ritmo da voz e de maneira objetiva, um roteiro para falar a mensagem, além de observarem que existem maneiras para falar o texto da campanha de forma que convença o público e transmita a mensagem de maneira mais real possível).
  • Na próxima aula, iremos apresentar algumas campanhas publicitárias da forma como vimos aqui: de forma oral. Quais temas vocês gostariam de trabalhar? (Ouça as crianças, ajudando-as a refletirem e escolherem temáticas que sejam, por exemplo, relevantes à comunidade escolar, considerando o objetivo do texto publicitário. Vocês podem retomar as campanhas que já foram vistas ao longo dessa sequência, escolhendo duas temáticas para serem apresentadas. Ao escolher a temática, é importante pensar, também, a quem e onde essas campanhas serão apresentadas).
  • Quando formos organizar o texto da campanha escolhida para apresentá-lo, o que não podemos nos esquecer? (Retomar com as crianças alguns aspectos comentados no item A, B e D desse fechamento).

Feche o momento comentando que, na próxima aula, as crianças deverão, em pequenos grupos, pensar e planejar o modo como gostariam de apresentar a campanha, realizando alguns ensaios.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero campanha publicitária de conscientização infantil (textos); reportagens, notícias, slogans, cartazes, anúncios publicitários, textos expositivo de divulgação científica e no campo de atuação vida pública / estudo e pesquisa / todos os campos. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: computador, caixa de som, projetor multimídia e campanhas impressas.

Dificuldades antecipadas: Podem surgir dificuldades de compreensão das características do contexto de produção e aspectos paralinguísticos das campanhas publicitárias orais, veiculadas nas mídias televisivas e /ou radiofônicas apresentadas .

Referências sobre o assunto:

FÁVERO, L. L.; ANDRADE, M. L. C. V. O.; AQUINO, Z. G. O. Oralidade e escrita: perspectivas para o ensino de língua materna. São Paulo: Cortez, 1999.

MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 10. ed., São Paulo: Cortez, 2010.

ROJO, R. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas - caderno do professor / Roxane Rojo. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 01 minuto

Orientações:

  • Leia a temática em voz alta. Comente que na aula de hoje eles analisarão algumas características específicas das campanhas publicitárias orais, transmitidas, por exemplo, via TV.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 08 minutos

Orientações:

  • Não é necessário mostrar esse slide às crianças.
  • A proposta desta aula está pautada no trabalho com o coletivo, ou seja, com todos os alunos refletindo, compartilhando e construindo saberes juntos.
  • Apresente o áudio da campanha “Super liga da energia” (disponível aqui) fazendo algumas observações (você pode passar o vídeo sem projetar para que os alunos ouçam sem visualizar as imagens. Primeiro, será trabalhado o áudio na intenção de fazer, posteriormente, a comparação com as imagens do vídeo, para que assim o aluno reflita sobre elementos como o tom da voz, a expressão facial, os gestos, entre outros. Outra observação é a escolha da temática que tem por objetivo trabalhar a conscientização da economia de energia elétrica, além de proporcionar uma comparação com a campanha “Se liga, me desliga” que foi utilizada em aulas anteriores e foi divulgada por meio impresso mostrando outra forma de fazer campanha com a mesma temática):

  • Vamos ouvir só o áudio de uma campanha e depois iremos refletir sobre ela.
  • Após ouvirmos o áudio desta campanha, qual é a temática ou mensagem que ela está transmitindo? (Espera-se os alunos digam que se trata de uma campanha sobre economizar energia)
  • Quem é o autor da mensagem desta campanha? (Por não estarem vendo as imagens, as crianças compartilharão hipóteses. Considere as que forem coerentes. Quando assistirem ao vídeo, retomaremos essa questão).
  • Para quem essa mensagem foi elaborada? (Espera-se que os alunos identifiquem que a campanha foi destinada para o público em geral)
  • Da forma como está (no áudio), onde vocês acham que essa campanha poderia ser transmitida? (Espera-se que as crianças digam no rádio, por exemplo).
  • Quantos personagens podemos identificar ao ouvir o áudio da campanha? (Espera-se que os alunos digam que tem dois personagens, uma menina e uma mulher baseados nas vozes percebidas no áudio)
  • Vocês acham que a forma como a menina transmitiu a mensagem nos convence a economizar energia e/ou modificarmos nossos hábitos em relação ao exemplo que ela deu (celular)? (Resposta pessoal)
  • Que sensações nos traz a forma como a menina fala? Vocês acham que a forma como ela fala influencia no modo como as pessoas vão “receber” a mensagem? (Resposta pessoal, mas espera-se que os alunos compreendam que a forma como se fala numa campanha influência nas sensações e sentimentos de quem recebe a mensagem)
  • É possível perceber algum efeito sonoro? Se sim, por que será que é utilizado? (Espera-se que os alunos identifiquem que existe no fundo uma música e que há um efeito sonoro quando a criança termina de falar para passar para a fala da mulher e no final do áudio, para apresentar/relembrar o título da campanha. Todos estes itens, somados ao tom/timbre da voz, ajudam a compor a paisagem sonora e, quando colocados de forma adequada, garantem êxito nos objetivos de persuadir e convencer).

  • Após ouvir 4 ou 5 alunos para refletir sobre o áudio da campanha, siga para o desenvolvimento.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Passe o vídeo no projetor para que todos assistam.
  • Após visualizarem, faça perguntas para refletir sobre os aspectos paralinguísticos, comparando-os com as reflexões feitas inicialmente na introdução:

  • Visualizando o vídeo completo, depois de ter ouvido só o áudio, vocês acham que a forma como recebemos a mensagem ficou diferente? (Resposta pessoal, mas espera-se que as crianças digam que sim, porque a imagem, com todos os elementos paralinguísticos utilizados (direção do olhar, gestos alinhados ao que se está falando), contribui para enfatizar o que está sendo dito, buscando persuadir ainda mais o receptor).
  • Quais elementos podemos observar vendo o vídeo completo que não conseguimos perceber apenas com o áudio? (Espera-se que eles observem que ela gesticula à medida em que vai falando, como, por exemplo: quando ela fala em tirar o carregador da tomada, ela faz o movimento com a mão, simulando a situação de tirar o carregador da tomada. Assim como, no final, ela só faz gestos indicando que quando for dormir, tirar o celular da tomada. É preciso observar que os gestos da garota da campanha são precisos e estão articulados com a mensagem, para que os alunos entendam que não é para ficar gesticulando sem objetivo)
  • Se a menina falasse o texto da campanha sem gesticular, de maneira insegura, gaguejando ou só lesse o texto sem falar com naturalidade, vocês acham que a mensagem da campanha iria convencer o público a economizar energia tirando o carregador do celular da tomada após ter carregado 100%, por exemplo? (Espera-se que os alunos digam que não e ressaltem que esses elementos são importantes para transmissão da mensagem)
  • De que forma a escolha da personagem (uma criança), seus gestos, o tom da voz, a forma de olhar para câmera e fundo musical ajudaram a transmitir a mensagem? (Ouça as hipóteses das crianças e ajude-as a compreenderem que esses elementos, juntos, ajudam a transmitir a mensagem de forma mais natural, trazendo proximidade com o receptor: a criança está falando com muita naturalidade, de maneira clara, tentando convencer o receptor sobre a importância da sua mensagem. Isso acontece porque ela fala com segurança, seu olhar estava fixo em direção à câmera, os gestos acompanhavam o conteúdo da fala e o fundo complementa o jogo de sensações, ou seja, todos estes itens ajudam a compor a paisagem sonora, e quando colocados de forma adequada, garantem êxito nos objetivos de persuadir e convencer)
  • Comparando, então, a mensagem apenas com o áudio e, agora, a mensagem com o vídeo completo, que diferenças podemos perceber? (Ouça as crianças e faça uma lista comparativa sobre as constatações no áudio, como o timbre ou o tom da voz; e as constatações sobre o vídeo completo, como a transmissão da mensagem via gestos, de um cenário e de um olhar para câmera de forma segura, entre outros elementos que as crianças perceberem e forem coerentes).
  • Depois de vermos o vídeo completo, podemos afirmar quem é o autor dessa campanha? (Espera-se que os alunos identifiquem que no final do vídeo estão os créditos, especificando a autoria: a marca da ENERGISA)
  • Agora com o vídeo completo, onde essa campanha poderia ter sido publicada? (Espera-se que os alunos digam que pode ser divulgada nos canais das redes sociais e na tv)
  • Nossas hipóteses sobre os personagens da campanha, levantadas na introdução apenas pela distinção das vozes, foi confirmada? (Espera-se que após assistir o vídeo os alunos confirmem suas hipótese sobre as duas personagens)

3. Antes de apresentarmos outro exemplo, você pode, ainda, fazer uma breve comparação da campanha em vídeo com a campanha impressa, disponível no site oficial da “Super liga de energia”, reforçando o quanto os elementos destacados acima (gestos, tom e timbre de voz, música de fundo, etc.) contribuem para tornar a campanha mais atraente e dinâmica. Pode, inclusive, questionar qual “modelo” eles preferem e qual acham que consegue atingir mais o público-alvo. (Importante aqui reforçar a questão do suporte, isto é, dependendo dele, a campanha deverá ser impressa e/ou em movimento, por exemplo, e isso também está interligado ao tipo de público que se quer atingir).

4. Após realizar a análise do vídeo da “Super liga de energia”, retome com as crianças outros vídeos já trabalhados ao longo da sequência, visando reforçar os aspectos acima. Um exemplo seria a campanha “Leia para uma criança”, do banco Itaú (clique aqui). Passe novamente esse vídeo para as crianças e chame a atenção para alguns aspectos, como: a temática, as personagens, o estilo da campanha (que tem mais imagem do que a verbalização ou oralização da mensagem), a música no fundo, os gestos e ações, as sensações que esse conjunto passa ao receptor). Você pode, inclusive, novamente, comparar com as campanhas impressas do banco Itaú, mostrando o quanto os elementos paralinguísticos atribuem significado ao que está sendo apresentado.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 11 minutos

Orientações:

  • Para fechar a aula, vamos realizar alguns registros, por meio de tópicos, visando sistematizar o que as crianças viram. Para isso, faça alguns questionamentos e vá registrando (em cartolina ou no quadro, para eles depois copiarem) as respostas das crianças. Você pode, inclusive, retomar a lista feita no item E do desenvolvimento para reforçar alguns aspectos:

  • Ao compararmos a temática de algumas campanhas impressas com seus vídeos, vimos que alguns elementos são diferentes. Que elementos vocês perceberam? (Espera-se que as crianças digam que, embora a temática seja a mesma, o suporte é diferente e, por isso, o texto não é escrito, mas falado; que a pessoa que aparece no vídeo, geralmente, expressa-se usando gestos, o tom de voz, para transmitir sua mensagem e conseguir um efeito de sentido no interlocutor (emocionar, convencer, etc.). Pode haver ainda o uso de músicas de fundo, efeitos sonoros, além de um cenário).
  • Qual a importância desses elementos para a mensagem? (Espera-se que as crianças digam que todos estes itens, juntos, ajudam a compor e dar vida à mensagem, e quando colocados de forma adequada, garantem êxito nos objetivos de persuadir e convencer).
  • Qualquer campanha publicitária pode ser apresentada via vídeo/áudio, isto é, de forma oral? (Espera-se que as crianças concluam que sim, no entanto, que deverá haver uma adaptação do texto para o novo suporte de circulação. Ou seja, qualquer tema pode sair do impresso e ir para o oral, desde que sejam consideradas as características desse novo canal e suporte de circulação).
  • Da forma como se apresentaram, em vídeo, onde essas campanhas poderiam ter sido divulgadas? (Espera-se que os alunos identifiquem que podem ter sido nos canais das redes sociais e TV)
  • Podemos dizer que, para apresentar uma campanha de modo oral, podemos simplesmente pegar o texto impresso da campanha e ler/apresentar? (Espera-se que as crianças digam que não, pois, em uma campanha transmitida de forma oral precisamos pensar num jeito de falar, de gesticular, de olhar, isto é, precisamos pensar em como vamos “dar vida” aquele texto de forma mais natural, por meio da nossa fala e gestos, por exemplo. É importante levar as crianças a perceberem que é preciso ter segurança ao falar, gesticular de acordo com o ritmo da voz e de maneira objetiva, um roteiro para falar a mensagem, além de observarem que existem maneiras para falar o texto da campanha de forma que convença o público e transmita a mensagem de maneira mais real possível).
  • Na próxima aula, iremos apresentar algumas campanhas publicitárias da forma como vimos aqui: de forma oral. Quais temas vocês gostariam de trabalhar? (Ouça as crianças, ajudando-as a refletirem e escolherem temáticas que sejam, por exemplo, relevantes à comunidade escolar, considerando o objetivo do texto publicitário. Vocês podem retomar as campanhas que já foram vistas ao longo dessa sequência, escolhendo duas temáticas para serem apresentadas. Ao escolher a temática, é importante pensar, também, a quem e onde essas campanhas serão apresentadas).
  • Quando formos organizar o texto da campanha escolhida para apresentá-lo, o que não podemos nos esquecer? (Retomar com as crianças alguns aspectos comentados no item A, B e D desse fechamento).

Feche o momento comentando que, na próxima aula, as crianças deverão, em pequenos grupos, pensar e planejar o modo como gostariam de apresentar a campanha, realizando alguns ensaios.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 2º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 2º ano:

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP12 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP13 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano