13705
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Leitura do texto dramático: Novas aventuras de João Grilo

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Fundamental sobre leitura de texto dramático

Plano 03 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Elisa Greenhalgh Vilalta

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a terceira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero dramático e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura/escuta.

Materiais necessários: Computador e projetor multimídia para passar os slides , cópias do texto, folhas de cartolina, papel pardo ou papel 40kg, tiras de papel, uma caixa e ficha técnica (Conheça o teatro!) da peça de teatro para ser completada pelos alunos.

Informações sobre o gênero: O texto dramático pode ter apenas função literária, mas seu principal objetivo é ser encenado. É dessa maneira que o gênero se mantém “vivo e atual”, pois cada nova encenação pode trazer algo diferente, tendo em vista quem atua, quem dirige e quem vai assistir a apresentação. Justamente porque as pessoas vão ao teatro para "assistir" alguma coisa, o texto dramático conta com muitos elementos visuais, descritos em marcas cênicas (também conhecidas como “didascálias” ou “). Essas marcas podem orientar quanto a ambientação, cenário, iluminação, roupas, gestos, vozes dos personagens, entre outros... Em geral esse é um texto sem narrador e é comum que a obra seja, em sua maior parte, dialogada. Outra característica do gênero é a “concentração no conflito” ou no “drama” como o próprio nome anuncia, para isso o antagonismo na construção dos personagens é importante, bem como a expectativa gerada com o desenlace do conflito. O drama também tem por objetivo “presentificar o instinto de jogo da condição humana” ou seja o lúdico, as regras, o esforço e a colaboração para a encenação estão presentes nas peças e nos “jogos teatrais”. Por último, vale lembrar que o “teatro é teatro” e que as emoções e encenações são representações da realidade, sugerindo um exercício reflexão, posicionamento e de ampliação do universo cultural e social dos alunos. (adaptado do texto "Encenar e ensinar – o texto dramático na escola" de Rosemari Calzavara)

Dificuldades antecipadas: Os alunos no quarto ano ainda podem apresentar dificuldades tanto na leitura silenciosa quanto na oral por falta de prática ou mesmo porque não se interessam por leituras. Na leitura oral, a timidez de alguns alunos também é um fato que pode acontecer por não gostarem de se expor ou por medo de não corresponder às expectativas dos colega. Quanto a compreensão do texto, alguns alunos podem apresentar problemas na localização de informações explícitas do texto, da ideia central ou dos significados de palavras segundo o contexto em que são empregadas. Isso pode ocorrer por lacunas de conhecimento em anos anteriores, por dificuldades na leitura, por exemplo, uma leitura muito pausada ou silabada pode fazer com que os alunos percam a noção do conjunto, o que dificulta a compreensão do todo e das partes. A falta de contato com o gênero pode levar a uma dificuldade no levantamento de suas características.

Referências sobre o assunto:

CALZAVARA, Rosemari Bendlin. Encenar e Ensinar - o texto dramático na escola. Revista Científica FAP. Curitiba, v4, 2009. P.149-154. Discponível em: <http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1612/952>.

FERREIRA, Anna Rachel. Prepare-se para cenas dramáticas. Disponível em: < https://novaescola.org.br/conteudo/2205/prepare-se-para-cenas-dramaticas>. Acesso em: 21 jul. 2018.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Explique para a turma a proposta da aula do dia.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: A atividade será introduzida a partir da leitura de duas estrofes do cordel “As proezas de João Grilo” e da observação da ilustração da capa do cordel. Esses dois recursos farão a introdução da personagem João Grilo que é muito popular na literatura brasileira. É interessante a projeção do slide para que todos possam fazer a leitura e a observação juntos e iniciar a discussão. Caso não seja possível, a impressão desse material pode ser feita e distribuída para os alunos.

  • Faça a projeção do slide para todo o grupo sentados em semicírculo, peça que façam primeiramente uma leitura silenciosa e, depois, leia para a turma as estrofes do cordel. Essas estrofes são do cordel “As Proezas de João Grilo “de João Martins de Athayde. Explique um pouco o que é um cordel e sua importância para a cultura nordestina.
  • Explique em seguida, que o João Grilo é uma personagem popular presente em contos, cordéis e no livro “O Auto da Compadecida” de Ariano Suassuna. Se puder, passe uma cena do filme O Auto da Compadecida ( Auto da Compadecida - João Grilo enganando o Padeiro. 2016. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=eQC2JWscvdo>. Acesso em: 20 ago. 2018)
  • Baseados no cordel, na imagem (vídeo) e na explicação, os alunos devem levantar características importantes de João Grilo. Pergunte:
  • Como foi o nascimento de João Grilo? (Respostas possíveis: ele nasceu antes do dia)
  • Ele é uma personagem da cidade ou do campo? (Respostas possíveis: campo)
  • Como podemos comprovar isso? (Respostas possíveis: Pelas suas roupas, chapéu…)
  • Quais são as características físicas de João Grilo? (Respostas possíveis: pequeno, magro, sambudo, pernas tortas e finas e boca grande e beiçudo)
  • O que significa a palavra “sambudo”? (Respostas possíveis: barrigudo) - Pedir que alguns alunos busquem a palavra no dicionário após o levantamento de hipótese sobre o seu significado.
  • Quais são as características de personalidade de João Grilo? (Respostas possíveis: sabido, enganador, falante...)
  • O que significa a palavra “proeza”? (Resposta possível: aventuras, façanhas, realizações) - Pedir que alguns alunos busquem a palavra no dicionário após o levantamento de hipótese sobre o seu significado.
  • Que tipos de proezas vocês acham que João Grilo realizava? (Resposta possível: aventuras, façanhas, realizações)
  • Conforme os alunos forem dando suas opiniões e levantando as características, você pode fazer anotações em uma folha de papel pardo ou cartolina para depois do texto dramático for lido, confirmar ou não as hipóteses que levantaram sobre a personagem.
  • Explique que eles irão ler um trecho de um texto dramático cuja personagem principal é o João Grilo e que devem prestar atenção nas características e posicionamentos da personagem.

Materiais complementares:

Cordel e ilustração

Textos para o professor:

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para a tarefa a ser realizada pelos alunos. Caso não consiga projetar, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as instruções para os alunos.

  • Imprima e distribua para os alunos cópias do texto “Novas Aventuras de João Grilo”, disponível nos materiais complementares. Caso não consiga imprimir, nos próximos slides, há o trecho do texto que será trabalhado na aula e pode ser projetado. Peça que primeiramente aos alunos localizem e marquem as falas de cada personagem, pintando o nome das personagens de uma determinada cor. Por exemplo: em todas as falas de João Grilo, o nome João será pintado de vermelho. Explique bem e tenha cuidado para que os alunos pintem somente o nome da personagem e não a fala toda para o texto não ficar confuso na hora da leitura.
  • Pergunte:

a. Quantas personagens o texto apresenta?

b. Como você descobriu?

c. Teria uma outra forma de marcarmos as falas das personagens? Como vocês fariam?

e. Vocês acham que marcar as falas vai facilitar a leitura?

  • Depois da primeira atividade inicie uma leitura distribuindo as personagens pelos alunos da turma. Peça voluntários para fazer essa primeira leitura.Se vários alunos quiserem fazer a leitura, na metade do texto, os alunos podem ser trocados e outros podem continuar. Reforce que os alunos devem prestar atenção na pontuação do texto para que esta acompanhe a dramatização do texto. Um dos alunos pode ler somente as marcações de cena e de fala para que os que estão fazendo a leitura das personagens dramatizem conforme essas marcações. O professor pode ser uma das personagens para modelar a dicção, fluência, entonação e dramatização. Peça que os outros alunos analisem a leitura feita do texto. Você pode colocar no quadro alguns critérios: fluência, dicção, entonação, atenção e dramatização. Após a leitura, converse com a turma sobre a leitura feita, peça que os outros alunos falem no geral sobre a leitura e não apontem erros de um ou outro aluno.
  • Pergunte:

a. É fácil fazer uma leitura de um texto dramático? Por quê?

b. Como esse texto é estruturado?

c. O que podemos encontrar nesse tipo de texto que não encontramos em outros?

d. Como foi a leitura do grupo que a executou?

e. Quais foram os pontos positivos da leitura de acordo com os critérios que estabelecemos?

f. Quais foram os pontos negativos da leitura de acordo com os critérios que estabelecemos?

g. O que poderia ser melhorado?

  • Após a leitura, trabalhe com o texto pedindo que os alunos identifiquem palavras que não conhecem o significado. Primeiramente, você pode perguntar o que os alunos acham que essas palavras significam para verificar se eles conseguem analisar o contexto em que foram usadas e levantar hipóteses sobre seu significado. Depois, estimule que, em duplas, os alunos procurem essas palavras no dicionário para verificar se suas hipóteses estavam corretas. O uso do dicionário nas séries iniciais é essencial. Se tiver mais tempo do que 50 minutos de aula, você pode até propor um jogo, marcando pontos para as duplas que encontrarem a palavra e seu significado primeiro.

Comentários: Caso esteja seguindo as aulas em sequência, peça para que os alunos comparem características desse texto com o da aula anterior, buscando regularidades características do gênero como: texto “dialogado”, sem narrador, em que os personagens atuam seguindo cada um o seu script e suas falas. Mostrar que ao faltar as marcas de cena nesse texto, dá mais liberdade para a atuação para os atores. Essa percepção deve reforçar a ideia de que esse é um texto feito para ser encenado.

Materiais complementares:

Texto: Novas aventuras de João Grilo (adaptado)

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Projete o slide com as orientações para a tarefa a ser realizada pelos alunos. Caso não consiga projetar, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as instruções para os alunos.

  • Peça que os alunos façam grupos de 4 alunos.
  • Cada grupo deverá elaborar 5 perguntas, uma sobre cada tema dado. Você também pode elaborar algumas perguntas que considere essencial e colocar dentro da caixa, caso as perguntas dos grupos sejam muito superficiais e não gerem discussão. Seguem algumas questões que podem ser propostas no arquivo disponível nos materiais complementares.
  • As perguntas serão colocadas em uma caixa e sorteadas para os grupos responderem e gerar uma discussão com os outros grupos.
  • Incremente a discussão provocando a reflexão e a opinião dos componentes do grupo com perguntas como:

a. Como vocês descobriram isso?

b. Há alguma parte do texto que justifique essa resposta?

c. Qual é seu ponto de vista sobre…?

d. Vocês concordam? Discordam? Por quê?

5. Caso todas as perguntas não consigam ser feitas, elas podem ser guardadas para um momento posterior ou podem ser enviadas como uma tarefa de casa.

Materiais complementares:

Sugestões de Perguntas para a dinâmica

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para o preenchimento coletivo da ficha técnica a ser realizado pelos alunos. Caso não consiga projetar, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as questões para os alunos.

  • Após o jogo de questões, apresente aos alunos uma ficha técnica da obra Novas Aventuras de João Grilo para que coletivamente a preencham no quadro.
  • Nessa ficha aparece a palavra “enredo”, explique que enredo são os acontecimentos que constituem a história. Mesmo que os alunos não tenham tido contato com a história na íntegra, será possível preencher com a ideia central do texto. Uma cópia poderá ser feita em folha de papel pardo ou 40 kg para exposição na sala de aula. Ao longo dessa sequência de aulas no gênero dramático, os alunos vão conhecer algumas peças e será interessante compor um mural com fichas como essa, que podem servir também como indicação de peças teatrais. O mural poderá ficar dentro da sala ou fora dela (no corredor da escola) para se tornar uma indicação para outras turmas. Caso eles conheçam a história na íntegra, explique que, mesmo assim não se deve contar o final da história, pois isso privaria quem ainda não assistiu a peça de ser surpreendido com seu final. Se preferir imprima e preencha a ficha disponibilizada nos materiais complementares, com o título “Conheça o Teatro! ”.
  • O registro será único para toda a turma, mas você também pode imprimir as fichas técnicas para que os alunos as tenham coladas no caderno como referência.
  • Após a aula, como uma tarefa complementar o de casa, os alunos podem pesquisar mais sobre outras aventuras de João Grilo e trazer livros cuja personagem principal seja essa.
  • Outras cenas do filme O Auto da Compadecida também podem ser passadas ou mesmo o filme inteiro, já que a sua classificação etária é “livre”. É um filme que diverte a todos os públicos. Os alunos também podem pesquisar sobre as avaliações e comentários que esse filme recebeu em redes sociais ou em sites como http://www.adorocinema.com/filmes/filme-120824/criticas/espectadores/recentes/ (acesso em 21 de Agosto de 2018)
  • Se achar conveniente, o texto todo poderá ser lido e encenado pela turma, já que a principal função do texto dramático é a encenação.

Materiais complementares:

Ficha técnica para compor um mural (Conheça o Teatro!)

Novas Aventuras de João Grilo, disponível em http://www.teatronaescola.com/index.php/banco-de-pecas/item/novas-aventuras-de-joao-grilo, acesso em 15 de Agosto de 2018.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a terceira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero dramático e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura/escuta.

Materiais necessários: Computador e projetor multimídia para passar os slides , cópias do texto, folhas de cartolina, papel pardo ou papel 40kg, tiras de papel, uma caixa e ficha técnica (Conheça o teatro!) da peça de teatro para ser completada pelos alunos.

Informações sobre o gênero: O texto dramático pode ter apenas função literária, mas seu principal objetivo é ser encenado. É dessa maneira que o gênero se mantém “vivo e atual”, pois cada nova encenação pode trazer algo diferente, tendo em vista quem atua, quem dirige e quem vai assistir a apresentação. Justamente porque as pessoas vão ao teatro para "assistir" alguma coisa, o texto dramático conta com muitos elementos visuais, descritos em marcas cênicas (também conhecidas como “didascálias” ou “). Essas marcas podem orientar quanto a ambientação, cenário, iluminação, roupas, gestos, vozes dos personagens, entre outros... Em geral esse é um texto sem narrador e é comum que a obra seja, em sua maior parte, dialogada. Outra característica do gênero é a “concentração no conflito” ou no “drama” como o próprio nome anuncia, para isso o antagonismo na construção dos personagens é importante, bem como a expectativa gerada com o desenlace do conflito. O drama também tem por objetivo “presentificar o instinto de jogo da condição humana” ou seja o lúdico, as regras, o esforço e a colaboração para a encenação estão presentes nas peças e nos “jogos teatrais”. Por último, vale lembrar que o “teatro é teatro” e que as emoções e encenações são representações da realidade, sugerindo um exercício reflexão, posicionamento e de ampliação do universo cultural e social dos alunos. (adaptado do texto "Encenar e ensinar – o texto dramático na escola" de Rosemari Calzavara)

Dificuldades antecipadas: Os alunos no quarto ano ainda podem apresentar dificuldades tanto na leitura silenciosa quanto na oral por falta de prática ou mesmo porque não se interessam por leituras. Na leitura oral, a timidez de alguns alunos também é um fato que pode acontecer por não gostarem de se expor ou por medo de não corresponder às expectativas dos colega. Quanto a compreensão do texto, alguns alunos podem apresentar problemas na localização de informações explícitas do texto, da ideia central ou dos significados de palavras segundo o contexto em que são empregadas. Isso pode ocorrer por lacunas de conhecimento em anos anteriores, por dificuldades na leitura, por exemplo, uma leitura muito pausada ou silabada pode fazer com que os alunos percam a noção do conjunto, o que dificulta a compreensão do todo e das partes. A falta de contato com o gênero pode levar a uma dificuldade no levantamento de suas características.

Referências sobre o assunto:

CALZAVARA, Rosemari Bendlin. Encenar e Ensinar - o texto dramático na escola. Revista Científica FAP. Curitiba, v4, 2009. P.149-154. Discponível em: <http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1612/952>.

FERREIRA, Anna Rachel. Prepare-se para cenas dramáticas. Disponível em: < https://novaescola.org.br/conteudo/2205/prepare-se-para-cenas-dramaticas>. Acesso em: 21 jul. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Explique para a turma a proposta da aula do dia.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: A atividade será introduzida a partir da leitura de duas estrofes do cordel “As proezas de João Grilo” e da observação da ilustração da capa do cordel. Esses dois recursos farão a introdução da personagem João Grilo que é muito popular na literatura brasileira. É interessante a projeção do slide para que todos possam fazer a leitura e a observação juntos e iniciar a discussão. Caso não seja possível, a impressão desse material pode ser feita e distribuída para os alunos.

  • Faça a projeção do slide para todo o grupo sentados em semicírculo, peça que façam primeiramente uma leitura silenciosa e, depois, leia para a turma as estrofes do cordel. Essas estrofes são do cordel “As Proezas de João Grilo “de João Martins de Athayde. Explique um pouco o que é um cordel e sua importância para a cultura nordestina.
  • Explique em seguida, que o João Grilo é uma personagem popular presente em contos, cordéis e no livro “O Auto da Compadecida” de Ariano Suassuna. Se puder, passe uma cena do filme O Auto da Compadecida ( Auto da Compadecida - João Grilo enganando o Padeiro. 2016. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=eQC2JWscvdo>. Acesso em: 20 ago. 2018)
  • Baseados no cordel, na imagem (vídeo) e na explicação, os alunos devem levantar características importantes de João Grilo. Pergunte:
  • Como foi o nascimento de João Grilo? (Respostas possíveis: ele nasceu antes do dia)
  • Ele é uma personagem da cidade ou do campo? (Respostas possíveis: campo)
  • Como podemos comprovar isso? (Respostas possíveis: Pelas suas roupas, chapéu…)
  • Quais são as características físicas de João Grilo? (Respostas possíveis: pequeno, magro, sambudo, pernas tortas e finas e boca grande e beiçudo)
  • O que significa a palavra “sambudo”? (Respostas possíveis: barrigudo) - Pedir que alguns alunos busquem a palavra no dicionário após o levantamento de hipótese sobre o seu significado.
  • Quais são as características de personalidade de João Grilo? (Respostas possíveis: sabido, enganador, falante...)
  • O que significa a palavra “proeza”? (Resposta possível: aventuras, façanhas, realizações) - Pedir que alguns alunos busquem a palavra no dicionário após o levantamento de hipótese sobre o seu significado.
  • Que tipos de proezas vocês acham que João Grilo realizava? (Resposta possível: aventuras, façanhas, realizações)
  • Conforme os alunos forem dando suas opiniões e levantando as características, você pode fazer anotações em uma folha de papel pardo ou cartolina para depois do texto dramático for lido, confirmar ou não as hipóteses que levantaram sobre a personagem.
  • Explique que eles irão ler um trecho de um texto dramático cuja personagem principal é o João Grilo e que devem prestar atenção nas características e posicionamentos da personagem.

Materiais complementares:

Cordel e ilustração

Textos para o professor:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para a tarefa a ser realizada pelos alunos. Caso não consiga projetar, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as instruções para os alunos.

  • Imprima e distribua para os alunos cópias do texto “Novas Aventuras de João Grilo”, disponível nos materiais complementares. Caso não consiga imprimir, nos próximos slides, há o trecho do texto que será trabalhado na aula e pode ser projetado. Peça que primeiramente aos alunos localizem e marquem as falas de cada personagem, pintando o nome das personagens de uma determinada cor. Por exemplo: em todas as falas de João Grilo, o nome João será pintado de vermelho. Explique bem e tenha cuidado para que os alunos pintem somente o nome da personagem e não a fala toda para o texto não ficar confuso na hora da leitura.
  • Pergunte:

a. Quantas personagens o texto apresenta?

b. Como você descobriu?

c. Teria uma outra forma de marcarmos as falas das personagens? Como vocês fariam?

e. Vocês acham que marcar as falas vai facilitar a leitura?

  • Depois da primeira atividade inicie uma leitura distribuindo as personagens pelos alunos da turma. Peça voluntários para fazer essa primeira leitura.Se vários alunos quiserem fazer a leitura, na metade do texto, os alunos podem ser trocados e outros podem continuar. Reforce que os alunos devem prestar atenção na pontuação do texto para que esta acompanhe a dramatização do texto. Um dos alunos pode ler somente as marcações de cena e de fala para que os que estão fazendo a leitura das personagens dramatizem conforme essas marcações. O professor pode ser uma das personagens para modelar a dicção, fluência, entonação e dramatização. Peça que os outros alunos analisem a leitura feita do texto. Você pode colocar no quadro alguns critérios: fluência, dicção, entonação, atenção e dramatização. Após a leitura, converse com a turma sobre a leitura feita, peça que os outros alunos falem no geral sobre a leitura e não apontem erros de um ou outro aluno.
  • Pergunte:

a. É fácil fazer uma leitura de um texto dramático? Por quê?

b. Como esse texto é estruturado?

c. O que podemos encontrar nesse tipo de texto que não encontramos em outros?

d. Como foi a leitura do grupo que a executou?

e. Quais foram os pontos positivos da leitura de acordo com os critérios que estabelecemos?

f. Quais foram os pontos negativos da leitura de acordo com os critérios que estabelecemos?

g. O que poderia ser melhorado?

  • Após a leitura, trabalhe com o texto pedindo que os alunos identifiquem palavras que não conhecem o significado. Primeiramente, você pode perguntar o que os alunos acham que essas palavras significam para verificar se eles conseguem analisar o contexto em que foram usadas e levantar hipóteses sobre seu significado. Depois, estimule que, em duplas, os alunos procurem essas palavras no dicionário para verificar se suas hipóteses estavam corretas. O uso do dicionário nas séries iniciais é essencial. Se tiver mais tempo do que 50 minutos de aula, você pode até propor um jogo, marcando pontos para as duplas que encontrarem a palavra e seu significado primeiro.

Comentários: Caso esteja seguindo as aulas em sequência, peça para que os alunos comparem características desse texto com o da aula anterior, buscando regularidades características do gênero como: texto “dialogado”, sem narrador, em que os personagens atuam seguindo cada um o seu script e suas falas. Mostrar que ao faltar as marcas de cena nesse texto, dá mais liberdade para a atuação para os atores. Essa percepção deve reforçar a ideia de que esse é um texto feito para ser encenado.

Materiais complementares:

Texto: Novas aventuras de João Grilo (adaptado)

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Slide Plano Aula

Orientações:

Caso não consiga imprimir o texto, este slide pode ser lido em voz alta pelo professor e os grifos podem ser feitos de forma coletiva.

Caso consiga imprimir uma cópia para cada aluno, pule estes slides.

Slide Plano Aula

Orientações:

Projete o slide com as orientações para a tarefa a ser realizada pelos alunos. Caso não consiga projetar, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as instruções para os alunos.

  • Peça que os alunos façam grupos de 4 alunos.
  • Cada grupo deverá elaborar 5 perguntas, uma sobre cada tema dado. Você também pode elaborar algumas perguntas que considere essencial e colocar dentro da caixa, caso as perguntas dos grupos sejam muito superficiais e não gerem discussão. Seguem algumas questões que podem ser propostas no arquivo disponível nos materiais complementares.
  • As perguntas serão colocadas em uma caixa e sorteadas para os grupos responderem e gerar uma discussão com os outros grupos.
  • Incremente a discussão provocando a reflexão e a opinião dos componentes do grupo com perguntas como:

a. Como vocês descobriram isso?

b. Há alguma parte do texto que justifique essa resposta?

c. Qual é seu ponto de vista sobre…?

d. Vocês concordam? Discordam? Por quê?

5. Caso todas as perguntas não consigam ser feitas, elas podem ser guardadas para um momento posterior ou podem ser enviadas como uma tarefa de casa.

Materiais complementares:

Sugestões de Perguntas para a dinâmica

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para o preenchimento coletivo da ficha técnica a ser realizado pelos alunos. Caso não consiga projetar, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as questões para os alunos.

  • Após o jogo de questões, apresente aos alunos uma ficha técnica da obra Novas Aventuras de João Grilo para que coletivamente a preencham no quadro.
  • Nessa ficha aparece a palavra “enredo”, explique que enredo são os acontecimentos que constituem a história. Mesmo que os alunos não tenham tido contato com a história na íntegra, será possível preencher com a ideia central do texto. Uma cópia poderá ser feita em folha de papel pardo ou 40 kg para exposição na sala de aula. Ao longo dessa sequência de aulas no gênero dramático, os alunos vão conhecer algumas peças e será interessante compor um mural com fichas como essa, que podem servir também como indicação de peças teatrais. O mural poderá ficar dentro da sala ou fora dela (no corredor da escola) para se tornar uma indicação para outras turmas. Caso eles conheçam a história na íntegra, explique que, mesmo assim não se deve contar o final da história, pois isso privaria quem ainda não assistiu a peça de ser surpreendido com seu final. Se preferir imprima e preencha a ficha disponibilizada nos materiais complementares, com o título “Conheça o Teatro! ”.
  • O registro será único para toda a turma, mas você também pode imprimir as fichas técnicas para que os alunos as tenham coladas no caderno como referência.
  • Após a aula, como uma tarefa complementar o de casa, os alunos podem pesquisar mais sobre outras aventuras de João Grilo e trazer livros cuja personagem principal seja essa.
  • Outras cenas do filme O Auto da Compadecida também podem ser passadas ou mesmo o filme inteiro, já que a sua classificação etária é “livre”. É um filme que diverte a todos os públicos. Os alunos também podem pesquisar sobre as avaliações e comentários que esse filme recebeu em redes sociais ou em sites como http://www.adorocinema.com/filmes/filme-120824/criticas/espectadores/recentes/ (acesso em 21 de Agosto de 2018)
  • Se achar conveniente, o texto todo poderá ser lido e encenado pela turma, já que a principal função do texto dramático é a encenação.

Materiais complementares:

Ficha técnica para compor um mural (Conheça o Teatro!)

Novas Aventuras de João Grilo, disponível em http://www.teatronaescola.com/index.php/banco-de-pecas/item/novas-aventuras-de-joao-grilo, acesso em 15 de Agosto de 2018.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 4º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP16 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano