15977
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Passe a dança

Nesta atividade, as crianças formarão pequenos grupos que irão se alternar na realização de uma dança.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Josiane Souza do Porto

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

A proposta convida as crianças a dançarem em grupos de forma alternada, de maneira que, enquanto um grupo dança, o outro observa e aguarda até que a dança seja passada para que continuem a dança a partir do gesto que receberam. Para esta atividade, escolha uma música dançante e envolvente para as crianças se inspirarem e criarem expressões corporais divertidas. Preparamos uma sugestão aqui.

Observe que a atividade se dará em pequenos grupos. Considere organizar a turma em grupos com até 6 crianças e sugira um capitão para cada, que será o responsável por passar a dança.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Conhecendo diferentes ritmos musicais

Os traços marcantes da dança

Dançando como as águas

Passe a dança

Planejando uma apresentação de dança

Materiais:

Considere separar equipamento de som e arquivo com a faixa musical escolhida. Separe também equipamento de fotografia e filmagem para que possa registrar as relações, movimentos e brincadeiras que as crianças estabelecerem no percurso da proposta.

Espaços:

Preveja que a atividade irá ocorrer em um espaço amplo, de preferência em ambiente externo, que disponha de tomadas para que seja possível o uso do equipamento de som. Organize para que o espaço esteja livre de mobiliários e brinquedos e atenda aos pequenos grupos em suas criações corporais.Considere que este espaço deve acolher os grupos, de modo que fiquem organizados, todos juntos, em um grande círculo.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

Como as crianças se envolveram corporalmente com a proposta? Em suas percepções, quais momentos demonstraram maior autonomia e liberdade nos movimentos? Em quais momentos demonstraram necessidade de apoio?

Como demonstraram a percepção do ritmo e da intensidade em suas criações corporais? Perceberam as mudanças trazidas pela música? Quais movimentos trazidos pelas crianças evidenciavam esta percepção?

Quais desafios foram encontrados nos momentos de aguardar a sua vez de dançar? E na hora de passar a dança? Como o capitão envolveu o grupo em seus movimentos indicando o momento da transição e como estes movimentos era recebido pelo outro grupo?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Observe as relações que as crianças estão estabelecendo na vivência da atividade. Atente-se para aquelas que, aparentemente, não estão envolvidas corporalmente e preferem observar o grupo de colegas. Perceba como elas observam as criações dos pares e permita que apreciem o momento. Contudo, caso perceba que expressar-se corporalmente é um desafio para elas, você pode, participando da composição de dança junto ao grupo, envolvê-las em seus movimentos, convidando-as para dançarem com você.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se sentarem em roda junto com você. Conte a elas que hoje você preparou um desafio dançante para o grupo. Diga que a brincadeira se chama “passe a dança”. Explore junto às crianças o que o nome deste desafio sugere,engajando-as num jogo divertido e imaginativo. Ouça as hipóteses e as aproveite para saber se alguém já brincou com esta brincadeira.


2

Aproveite os comentários trazidos pelas crianças para explicar a atividade e fazer alguns combinados com a turma. Esclareça que a atividade acontecerá em pequenos grupos(de até 6 crianças)e que cada grupo escolherá um capitão. Diga que todos os grupos formarão uma única roda no espaço escolhido para a proposta, que será como uma roda de dança. Entretanto, cada grupo dançará por um tempo no meio da roda enquanto os outros ficam parados como estátuas, até que o capitão do grupo que está no centro da roda, dando um passo à frente, faça o movimento que passará a dança. Neste momento, converse com as crianças sobre como podem pensar em movimentos que sugerem que a dança está sendo entregue para o outro grupo. Chame atenção para que contem sobre suas vivências e se já viram movimentos e danças com essas sugestões. Reflita sobre se as expressões faciais podem ajudar nessa função de passar a dança. Em seguida, acorde com as crianças a organização dos grupos no espaço. Sugira que escolham de que forma farão o agrupamento e a apoie-as nessa ação. Levante com as crianças quem serão os capitães de cada grupo e inicie a proposta, convidando o primeiro grupo a dançar no meio da roda enquanto os demais, representam estátuas.


3

Reproduza a faixa selecionada e potencialize para que o primeiro grupo se expresse movimentando-se de maneira livre e solta conforme a música. Acompanhe o grupo e, se perceber que a expressão corporal é um desafio, interaja dançando junto às crianças ou sugira alguns passos e movimentos. Procure não intervir com falas, mas movimentar-se de maneira que elas possam se apoiar ou ser envolvidas em seus gestos e expressões. Observe o tempo que um grupo utiliza para passar a dança ao outro. Caso considere que este tempo está sendo muito longo, sinalize para que o grupo indique o momento da próxima equipe. Após todos os grupos terem recebido a dança, pause a atividade. Se necessário, faça acordos frente ao que observou neste primeiro movimento da brincadeira ou se elas têm alguma ideia para que a brincadeira aconteça de forma mais organizada. Por exemplo, convide-as para dançarem novamente, contudo, propondo que dancem até o final da música, passando a dança entre os grupos por diversas vezes e criando novos movimentos de passagem de dança.


4

Inicie a brincadeira novamente e, enquanto acompanha a criação e envolvimento das crianças, faça registros por meio de fotos e filmagens. Esteja atento às expressões diversas das crianças e procure valorizá-las em seus registros, capturando as manifestações corporais, faciais, sorrisos, trocas de olhares, dentre outras expressões das crianças.


5

Ao terminar a música, investigue se o grupo deseja repetir a brincadeira utilizando outro tipo de ritmo música. Se o grupo quiser, repita considerando trocar os líderes de cada equipe. Ao finalizarem a brincadeira, convide todos os pequenos grupos para apreciarem uma nova música. Diga para fazerem isso deitados no chão e em silêncio. Considere utilizar uma música lenta, tal como a sugestão que indicamos aqui. Neste momento, convide as crianças para fecharem os olhos, de modo que convidem seus corpos para se acalmarem após agitados pela dança da brincadeira.


6

Após o momento de relaxamento, convide as crianças para se sentarem no chão em roda e conversarem a respeito da vivência. Peça que partilhem o que sentiram durante a proposta, como foi o desafio de passar a dança com um movimento e o que observaram enquanto aguardavam a sua vez de dançar.

Aja de forma responsiva, acolhendo os comentários e impressões trazidas pelo grupo. Neste momento, considere trazer observações que fez ao longo da vivência, a fim de aprofundar e apoiar as percepções das crianças.


Para finalizar:

Combine com as crianças que vocês poderão repetir brincadeiras como essas, trazendo ritmos diversos. Engaje a turma na organização do espaço utilizado e, em seguida, convide-as para a próxima vivência do dia.

Desdobramentos

Você pode repetir a atividade colocando outros estilos musicais, como o break, por exemplo, convidando as crianças a se expressarem. Pode, também, inserir elementos para que utilizem enquanto dançam, como fitas e bambolês. É possível realizar uma variável desta atividade, engajando as crianças em construções individuais, de modo que cada uma, do centro da roda, passe a dança para que outro colega continue.

Engajando as famílias

Aproveite os registros fotográficos que realizou e organize um painel em um local que seja de circulação comum entre as crianças e famílias. Elabore um texto que contextualize a atividade para compor o painel e convide as famílias para apreciarem a construção dançante do grupo.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano