14183
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Melhorias no lugar de brincar da região

Em grupos, as crianças pensarão em propostas para melhorar um espaço no entorno da escola.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Fabiana Bechara da Fonseca

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Descobrindo lugares de brincar na região da escola (link)

Explorando um lugar de brincar (link)

Entrevista sobre lugares de brincar no passado (link)

Melhorias no lugar de brincar da região (link)

Planejando ações para o local de brincar (link)

A proposta para essa atividade pressupõe que o grupo já tenha listado e explorado os lugares de brincar da região da escola, para que possam refletir sobre as possíveis melhorias tendo como base o brincar como direito e linguagem da criança.

Prepare a listagem dos problemas encontrados pelas crianças na visita ao espaço de brincar em uma tabela. Para acessar uma exemplificação, clique aqui.

Materiais:

Preveja a organização dos registros das experiências das crianças sobre os locais de brincar no bairro, como: a lista dos lugares de brincar, fotos de visitas a estes locais, desenhos de vivências nestes locais, registros de entrevistas e materiais coletados com os familiares.

Também serão utilizados materiais de referência de lugares de brincar variados, como fotos, folders, jornais, revistas, livros que apresentam vasta quantidade de opções de objetos e espaços de brincar. Um computador com acesso a internet para ampliaros diálogos das crianças quanto às proposições para o espaço. Papel grande a ser fixado na parede ou quadro branco e hidrocor para registro.

Espaços:

Considere um espaço que acolha as crianças com liberdade para suas explorações e interações. Portanto, organize as mesas em diferentes ilhas nas quais serão disponibilizados os materiais coletados, os materiais de referência e o computador. Lembre-se de deixar um local reservado para a reunião do grande grupo contendo um quadro ou papel grande fixado, para o registro da lista de problemas/melhorias.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1hora e 30minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como foi o engajamento do grupo na proposta de refletir acerca de melhorias nos lugares de brincar?

2. As crianças refletiram sobre o brincar? Conseguiram perceber a inúmeras possibilidades e experiências relativas ao brincar? Reconheceram suas experiências e as experiências de sua comunidade nos lugares de brincar e suas possibilidades?

3. Ao pensarem em melhorias, as crianças foram capazes de ampliar as possibilidades do brincar? As melhorias trazidas pelo grupo refletem a problematização de questões sociais e meio ambiente?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Assegure-se de que as condições para o trânsito das crianças entre as ilhas será possível, assim como a visualização da lista de melhorias.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se acomodarem na roda de conversa. Conte que hoje vocês continuarão o processo de investigação sobre os lugares de brincar na região da escola. Nesse momento, rememore com o grupo qual é o papel do investigador, ilustrando-o com os passos realizados pelas crianças no processo investigativo. Para tal, resgate os registros, fotografias, falas das crianças e problemáticas que levantaram. Diga para o grupo que o próximo passo da investigação é analisar o material coletado e encontrar as possíveis ações que podem ser realizadas para a melhoria do local, resolvendo os problemas que encontraram.

Possíveis falas do professor:Vocês lembram que começamos uma investigação sobre lugares de brincar da região da escola? Fizemos uma lista dos que conhecemos, visitamos um dos lugares, entrevistamos moradores antigos para saber como eram no passado. Toda investigação é assim: começa com uma pergunta, um problema e depois o investigador pesquisa e coleta informações, como fizemos. Agora é hora de pensar: o que podemos fazer com tudo isso? Agora que já descobrimos tantas coisas sobre os lugares, o que acham de pensarmos sobre como eles podem ser melhorados?


2

Retome com o grupo as impressões registradas após a visita realizada ao local de brincar escolhido, mostrando às crianças a tabela que criou. Sinalize que é hora de analisar os problemas que encontraram para que possam pensar as formas de resolvê-los. Neste momento, instigue o grupo a refletir acerca das problemáticas encontradas, retomando os registros da exploração. Acolha as falas das crianças e amplie as interpretações das problemáticas, estimulando-as a expressarem seus sentimentos e vivências relacionadas à questão.

Possíveis falas do professor:Pessoal, vejam, escrevi nesta tabela os problemas que vocês encontraram na visita que fizemos. Aqui nessa primeira coluna, em cada linha há um problema. A segunda coluna nós preencheremos hoje, após pensarmos em sugestões de como resolver esses problemas. Para isso, trabalharemos em pequenos grupos.


3

Após a conversa das problemáticas encontradas, conte que as crianças trabalharão em pequenos grupos. Cada grupo receberá um dos problemas e deverá pensar nas formas de resolvê-lo. Auxilie-as na organização dos grupos e distribua os problemas. Convide-os a iniciarem a reflexão, lembrando que é hora de pensarem sobre como podem resolver o problema que receberam. Explique que para ajudar neste processo de criação eles poderão contar com os materiais que coletaram e com outros materiais de referência que você trouxe. Descreva um desses materiais ao grupo, apontando suas características e exemplificando como ele pode servir de inspiração para as crianças.

Possíveis falas do professor: Para nos ajudar a pensar nas ações de melhoria, trouxe vários exemplos de lugares de brincar. Essa foto, por exemplo, é de um parque. O que vocês conseguem ver nela? Tem muitas árvores que deixam o lugar mais fresco, com sombras. Observem que tem bancos para as pessoas sentarem debaixo das árvores. Então, se temos um problema como a falta de sombra, o plantio de árvores pode ser uma boa melhoria, não acham? Usar outros lugares e experiências como exemplo pode nos ajudar a pensar nas melhorias que queremos…


4 Convoque os grupos a explorarem os materiais coletados e de referência, com o objetivo de listarem as melhorias para o problema que receberam. Auxilie as crianças de cada grupo no registro das ideias. Diga que, em seguida, voltarão para a grande roda para complementarem a tabela incluindo as melhorias que cada pequeno grupo imaginou para resolver seu problema. Observe as interações das crianças, potencializando o manuseio e leitura dos materiais e auxiliando as que solicitarem qualquer suporte. Realize intervenções que possam enriquecer o processo de criação dessas melhorias.


5Reúna o grupo na grande roda para a partilha e registro das melhorias criadas. Sinalize que você irá escrever as melhorias pensadas na tabela no espaço reservado para isso, ao lado do problema que cada pequeno grupo buscou resolver. Estimule as crianças a apresentarem suas ideias e a ouvirem as sugestões das demais. Acolha todas as ideias trazidas pelos grupos.


Para finalizar:

Uma vez complementada a tabela com a lista das melhorias pensadas pelas crianças, faça a leitura das ideias trazidas e conte para o grupo que deixará a tabela fixada na sala. Vocês continuarão a conversar sobre as ações de melhoria para o local de brincar. Organize o grupo para a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

A lista de melhorias é um rico instrumento para iniciar outras atividades com o grupo, que pode ser a implementação de uma das soluções listadas ou a criação de um plano de ação para o envolvimento da comunidade em sua operacionalização. Pode também dar início a algum projeto de construção de um objeto para o lugar de brincar, fazendo uma intervenção com placas ou brinquedos.

Engajando as famílias

O engajamento das famílias pode ser feito antes da realização dessa proposta com a coleta de materiais referentes ao lugar de brincar visitado e ainda na complementação da lista de melhorias gerada pelo grupo. Esta complementação pode ser realizada com a partilha da lista através da agenda ou de algum canal de contato entre escola e familiares.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano