15506
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Revisão de uma campanha publicitária de conscientização Infantil

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do EF sobre Revisão de uma campanha publicitária de conscientização Infantil

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Lilian Bárbara Cavalcanti Cardoso

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a décima quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero campanha publicitária de conscientização infantil (textos); reportagens, notícias, slogans, cartazes, anúncios publicitários, textos expositivo de divulgação científica e no campo de atuação Vida pública / Estudo e pesquisa / Todos os campos. A aula faz parte do módulo de produção de textos (escrita compartilhada e autônoma) / Escrita (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Papel 40, canetas coloridas, cola, fita adesiva, papel A4 e impressão do checklist.

Dificuldades antecipadas: As dificuldades podem estar associadas a questões relacionadas à edição e revisão dos cartazes e panfletos .

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Práticas pedagógicas para o desenvolvimento das competências em escrita. In: COELHO, Fábio André; PALOMANES, Roza (orgs.). Ensino de produção textual. São Paulo: Contexto, 2016. pp. 09-21.

___________, Aula de Português : encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Planejamento de textos para sua produção. In.: (orgs.) COELHO, Fábio André; PALOMANES, Roza. Ensino de produção textual. São Paulo: Contexto, 2016. pp. 87-107.

Tema da aula select-down

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Leia o título da aula em voz alta e explique que será feita a versão final dos textos para serem divulgados na escola.

Introdução select-down

Tempo sugerido: 14 minutos

Orientações:

  • Organize a sala de acordo com as organizações das aulas anteriores, pois será a continuação do trabalho realizado em grupos.
  • Nesse primeiro momento, relembre com os alunos os itens que eles, necessariamente, precisariam apresentar no texto deles (já iniciado na aula passada, por meio da escrita do rascunho). Assim, nesse primeiro momento, você orientará, por meio da análise de um checklist (disponível aqui) como eles deverão, com base nesse documento de orientação, olhar e analisar o rascunho feito, para, assim, escreverem a versão final. Comente com as crianças:
  • Vamos fazer uma análise das nossas produções, peguem seus rascunhos para preencherem o checklist, que acabei de entregar a vocês, marcando um X para os itens que conseguiram contemplar na campanha que montaram na aula passada. Vocês devem, então, reler o rascunho (dê um tempo para que façam isso) e, após essa leitura, iniciaremos a análise dos itens. Caso percebam que há itens que não fizeram adequadamente, teremos um tempo para corrigi-los. (faça a leitura em voz alta de todos os itens da checklist e solicite que eles marquem com o x a alternativa sim ou não. Observe que, nesse primeiro momento, estaremos, ainda, realizando apenas a análise estrutural da campanha e não sua escrita em si)
  • Ao final, solicite que cada equipe fale das características que não conseguiram contemplar no rascunho:
  • Vamos falar das alternativas que vocês marcaram NÃO, cada equipe vai dizer o que faltou para que possamos colocar na versão final da campanha. (neste momento, os alunos irão falar equipe por equipe, se caso não exista alternativa marcada como não, você deve perguntar mesmo assim)
  • Ouça todas equipes e siga para o desenvolvimento.

Materiais complementares: Checklist ( disponível aqui)

Desenvolvimento select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Após ter refletido sobre os itens estruturais da campanha, começaremos a refletir sobre a escrita do texto. Comente com as crianças que isso será feito a partir de três ações: edição, revisão e formatação/reescrita (NÓBREGA, 2018).
  • Na EDIÇÃO, iremos ajustar o texto ao seu público-alvo; aprimorar a estrutura composicional do texto, criando novos títulos, subtítulos, parágrafos etc. e aprimorar a elaboração das frases, aprendendo a usar operações de edição, como: eliminação (retirar excessos, como repetições de palavras desnecessárias); Acréscimo (acrescentar algum item/palavra relevante para a concretização do objetivo em voga); Substituição (substituir algum termo, seja para enfatizar e/ou por questões de adaptação da linguagem ao público-alvo, por exemplo); Inversão (trocar frases/elementos de lugares, visando deixar o texto mais claro e compreensível, por exemplo).
  • Na REVISÃO, o objetivo será garantir que o texto esteja adequado à norma culta da língua portuguesa: o original só será alterado se apresentar problemas ortográficos ou gramaticais. Para isso, devemos orientar que as crianças revejam alguns aspectos como: ortografia; acentuação; emprego de maiúsculas e minúsculas; concordância verbal e nominal.
  • Na FORMATAÇÃO/REESCRITA iremos pensar sobre a organização dos elementos na versão final, reescrevendo o texto, atendendo às correções editadas e revisadas nos itens a e b.
  • A reflexão sobre a escrita do texto, no caso de alunos do 2º ano, deve ter um olhar mais mediador, visto que pode ocorrer da turma ainda ter alunos no processo de aquisição da leitura e da escrita ou estarem recém-alfabetizados, tendo ainda alguns ajustes ortográficos a serem vencidos na perspectiva da alfabetização. Com isso, os ajustes deverão ser feitos por eles, mas, ainda, sob um olhar atento do professor, que deverá intervir e mediar mais pontualmente aqueles que apresentarem mais dificuldades por conta do processo de alfabetização.
  • Para iniciar esse processo de reflexão sobre a escrita do texto (EDIÇÃO e REVISÃO), você pode ir fazendo perguntas às equipes, como, por exemplo: analisando as frases do texto, vocês acham que há alguma palavra que poderá ser retirada? Ou, ainda, que há a necessidade de acrescentar alguma outra ideia, visando deixar o texto mais claro ao receptor? (respostas livres). As perguntas auxiliam no olhar mais direcionado ao texto, contribuindo para que as crianças consigam analisar suas produções de forma mais assertiva.
  • Depois de editarem e revisarem seus textos, comente sobre a importância do suporte de divulgação (já discutido anteriormente, no rascunho). .
  • Peça que eles decidam qual utilizarão. Para isso, você pode propor:
  • Vamos fazer a versão final das campanhas. Vocês devem escolher o tipo de papel para ser feito dependendo do meio de divulgação, se será um cartaz ou um panfleto.
  • Levanta a mão para quem escolheu cartaz! ( entregar as cartolinas)
  • Levanta a mão quem escolheu panfleto! (entregar os papéis A4 dividido ao meio ou inteiro, e dependendo dos recursos disponíveis, você pode entregar um número entre 5 ou 10 folhas ou pedir uma versão única e fazer várias cópias)

Observação: É importante que eles conheçam a estrutura dos suportes, pois há alguns elementos que são comuns entre as duas formas, assim como, existem elementos peculiar. A forma de organização e escolha do tamanho das letras são diferentes, por exemplo, o cartaz terá que ser feito com letras grandes e desenho deve estar no tamanho proporcional, já para a equipe que escolheu panfleto, as letras são menores e a imagem deve estar proporcional. Além disso, a forma de divulgação é diferente, os cartazes serão colados em lugares estratégicos e os panfletos entregues lugares estratégicos, também. Para essa produção, você deve já ter produzido/visto em algum momento.

  • Depois disso, é possível iniciar a REESCRITA E FORMATAÇÃO FINAL da campanha, atendendo a tudo o que foi apontado nas etapas de edição e revisão.
  • Lembre às crianças de reescreverem o texto do rascunho como muito cuidado e capricho, pois ele será divulgado em toda a escola.
  • Após a finalização da elaboração das campanhas, solicite que os alunos organizem a forma de divulgação, no caso será a forma como será feita a distribuição do panfleto e a colagem dos cartazes.
  • Vamos pensar nos locais e horários que iremos distribuir as campanhas na escola. Cada equipe deve pensar na forma como vai divulgar suas produções visando atingir o público alvo desejado.
  • Para as equipes que escolheram o cartaz, vocês precisam pensar somente no local onde irão colá-los. Qual seria o local mais estratégico, ou seja, onde haverá mais visualização do público que desejamos atingir? (nesse momento você deve orientá-los e pedir que um ou dois alunos saiam para fazer a colagem após a escolha dos locais. Outra alternativa é pedir que os grupos saiam pela escola para escolherem um local estratégico, porém, nesse caso, seria interessante que você os acompanhasse, e os demais alunos ficariam na sala com auxiliar ou outro professor).
  • Já para equipes que escolheram os panfletos, pensem num local que vocês poderiam distribuí-los. Além de escolher o local, vocês devem pensar no horário de maior movimentação do público alvo. Qual seria esse local e em que horário seria melhor para divulgação? ( neste momento você pode sugerir a hora do intervalo ou hora da saída, mas deixando eles livres para escolherem a forma de divulgação. Como cada criança produzirá apenas uma versão desse texto, para a panfletagem dar certo, seria importante xerocar mais exemplares, visando atingir uma quantidade bacana de pessoas nessa distribuição do texto).

Materiais complementares:

NÓBREGA, Maria José. Produção de Textos no Ensino Fundamental: São Paulo: Sonoro-vídeo, 2018. 29 slides, color. Disponível em: <https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/prAsmvWke9ECSmaZS6299MdVFrFdddB3ZDfjCMzxMHWFGwprSFcYSv2R6csE/producao-de-textos.pdf>. Acesso em: 18 dez. 2018.

Fechamento select-down

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Para finalizar faça um levantamento da experiência dos alunos de elaborar uma campanha de conscientização:
  • O que vocês acharam da experiência de fazer uma campanha de conscientização? (Resposta livre)
  • Quais foram os maiores desafios? (Resposta livre)
  • O que aprendemos com essas últimas aulas sobre a produção de uma campanha de conscientização? (Aqui espera-se que as crianças citem que para produzir um texto é importante não só pensar nos elementos estruturantes que o compõem e onde eles devem aparecer no texto, mas também pensar no público-alvo, no suporte de divulgação e em como escrever esse texto, editando e revisando-o para que a produção saia adequada aos objetivos pretendidos).

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a décima quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero campanha publicitária de conscientização infantil (textos); reportagens, notícias, slogans, cartazes, anúncios publicitários, textos expositivo de divulgação científica e no campo de atuação Vida pública / Estudo e pesquisa / Todos os campos. A aula faz parte do módulo de produção de textos (escrita compartilhada e autônoma) / Escrita (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Papel 40, canetas coloridas, cola, fita adesiva, papel A4 e impressão do checklist.

Dificuldades antecipadas: As dificuldades podem estar associadas a questões relacionadas à edição e revisão dos cartazes e panfletos .

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Práticas pedagógicas para o desenvolvimento das competências em escrita. In: COELHO, Fábio André; PALOMANES, Roza (orgs.). Ensino de produção textual. São Paulo: Contexto, 2016. pp. 09-21.

___________, Aula de Português : encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Planejamento de textos para sua produção. In.: (orgs.) COELHO, Fábio André; PALOMANES, Roza. Ensino de produção textual. São Paulo: Contexto, 2016. pp. 87-107.

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Leia o título da aula em voz alta e explique que será feita a versão final dos textos para serem divulgados na escola.

Tempo sugerido: 14 minutos

Orientações:

  • Organize a sala de acordo com as organizações das aulas anteriores, pois será a continuação do trabalho realizado em grupos.
  • Nesse primeiro momento, relembre com os alunos os itens que eles, necessariamente, precisariam apresentar no texto deles (já iniciado na aula passada, por meio da escrita do rascunho). Assim, nesse primeiro momento, você orientará, por meio da análise de um checklist (disponível aqui) como eles deverão, com base nesse documento de orientação, olhar e analisar o rascunho feito, para, assim, escreverem a versão final. Comente com as crianças:
  • Vamos fazer uma análise das nossas produções, peguem seus rascunhos para preencherem o checklist, que acabei de entregar a vocês, marcando um X para os itens que conseguiram contemplar na campanha que montaram na aula passada. Vocês devem, então, reler o rascunho (dê um tempo para que façam isso) e, após essa leitura, iniciaremos a análise dos itens. Caso percebam que há itens que não fizeram adequadamente, teremos um tempo para corrigi-los. (faça a leitura em voz alta de todos os itens da checklist e solicite que eles marquem com o x a alternativa sim ou não. Observe que, nesse primeiro momento, estaremos, ainda, realizando apenas a análise estrutural da campanha e não sua escrita em si)
  • Ao final, solicite que cada equipe fale das características que não conseguiram contemplar no rascunho:
  • Vamos falar das alternativas que vocês marcaram NÃO, cada equipe vai dizer o que faltou para que possamos colocar na versão final da campanha. (neste momento, os alunos irão falar equipe por equipe, se caso não exista alternativa marcada como não, você deve perguntar mesmo assim)
  • Ouça todas equipes e siga para o desenvolvimento.

Materiais complementares: Checklist ( disponível aqui)

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Após ter refletido sobre os itens estruturais da campanha, começaremos a refletir sobre a escrita do texto. Comente com as crianças que isso será feito a partir de três ações: edição, revisão e formatação/reescrita (NÓBREGA, 2018).
  • Na EDIÇÃO, iremos ajustar o texto ao seu público-alvo; aprimorar a estrutura composicional do texto, criando novos títulos, subtítulos, parágrafos etc. e aprimorar a elaboração das frases, aprendendo a usar operações de edição, como: eliminação (retirar excessos, como repetições de palavras desnecessárias); Acréscimo (acrescentar algum item/palavra relevante para a concretização do objetivo em voga); Substituição (substituir algum termo, seja para enfatizar e/ou por questões de adaptação da linguagem ao público-alvo, por exemplo); Inversão (trocar frases/elementos de lugares, visando deixar o texto mais claro e compreensível, por exemplo).
  • Na REVISÃO, o objetivo será garantir que o texto esteja adequado à norma culta da língua portuguesa: o original só será alterado se apresentar problemas ortográficos ou gramaticais. Para isso, devemos orientar que as crianças revejam alguns aspectos como: ortografia; acentuação; emprego de maiúsculas e minúsculas; concordância verbal e nominal.
  • Na FORMATAÇÃO/REESCRITA iremos pensar sobre a organização dos elementos na versão final, reescrevendo o texto, atendendo às correções editadas e revisadas nos itens a e b.
  • A reflexão sobre a escrita do texto, no caso de alunos do 2º ano, deve ter um olhar mais mediador, visto que pode ocorrer da turma ainda ter alunos no processo de aquisição da leitura e da escrita ou estarem recém-alfabetizados, tendo ainda alguns ajustes ortográficos a serem vencidos na perspectiva da alfabetização. Com isso, os ajustes deverão ser feitos por eles, mas, ainda, sob um olhar atento do professor, que deverá intervir e mediar mais pontualmente aqueles que apresentarem mais dificuldades por conta do processo de alfabetização.
  • Para iniciar esse processo de reflexão sobre a escrita do texto (EDIÇÃO e REVISÃO), você pode ir fazendo perguntas às equipes, como, por exemplo: analisando as frases do texto, vocês acham que há alguma palavra que poderá ser retirada? Ou, ainda, que há a necessidade de acrescentar alguma outra ideia, visando deixar o texto mais claro ao receptor? (respostas livres). As perguntas auxiliam no olhar mais direcionado ao texto, contribuindo para que as crianças consigam analisar suas produções de forma mais assertiva.
  • Depois de editarem e revisarem seus textos, comente sobre a importância do suporte de divulgação (já discutido anteriormente, no rascunho). .
  • Peça que eles decidam qual utilizarão. Para isso, você pode propor:
  • Vamos fazer a versão final das campanhas. Vocês devem escolher o tipo de papel para ser feito dependendo do meio de divulgação, se será um cartaz ou um panfleto.
  • Levanta a mão para quem escolheu cartaz! ( entregar as cartolinas)
  • Levanta a mão quem escolheu panfleto! (entregar os papéis A4 dividido ao meio ou inteiro, e dependendo dos recursos disponíveis, você pode entregar um número entre 5 ou 10 folhas ou pedir uma versão única e fazer várias cópias)

Observação: É importante que eles conheçam a estrutura dos suportes, pois há alguns elementos que são comuns entre as duas formas, assim como, existem elementos peculiar. A forma de organização e escolha do tamanho das letras são diferentes, por exemplo, o cartaz terá que ser feito com letras grandes e desenho deve estar no tamanho proporcional, já para a equipe que escolheu panfleto, as letras são menores e a imagem deve estar proporcional. Além disso, a forma de divulgação é diferente, os cartazes serão colados em lugares estratégicos e os panfletos entregues lugares estratégicos, também. Para essa produção, você deve já ter produzido/visto em algum momento.

  • Depois disso, é possível iniciar a REESCRITA E FORMATAÇÃO FINAL da campanha, atendendo a tudo o que foi apontado nas etapas de edição e revisão.
  • Lembre às crianças de reescreverem o texto do rascunho como muito cuidado e capricho, pois ele será divulgado em toda a escola.
  • Após a finalização da elaboração das campanhas, solicite que os alunos organizem a forma de divulgação, no caso será a forma como será feita a distribuição do panfleto e a colagem dos cartazes.
  • Vamos pensar nos locais e horários que iremos distribuir as campanhas na escola. Cada equipe deve pensar na forma como vai divulgar suas produções visando atingir o público alvo desejado.
  • Para as equipes que escolheram o cartaz, vocês precisam pensar somente no local onde irão colá-los. Qual seria o local mais estratégico, ou seja, onde haverá mais visualização do público que desejamos atingir? (nesse momento você deve orientá-los e pedir que um ou dois alunos saiam para fazer a colagem após a escolha dos locais. Outra alternativa é pedir que os grupos saiam pela escola para escolherem um local estratégico, porém, nesse caso, seria interessante que você os acompanhasse, e os demais alunos ficariam na sala com auxiliar ou outro professor).
  • Já para equipes que escolheram os panfletos, pensem num local que vocês poderiam distribuí-los. Além de escolher o local, vocês devem pensar no horário de maior movimentação do público alvo. Qual seria esse local e em que horário seria melhor para divulgação? ( neste momento você pode sugerir a hora do intervalo ou hora da saída, mas deixando eles livres para escolherem a forma de divulgação. Como cada criança produzirá apenas uma versão desse texto, para a panfletagem dar certo, seria importante xerocar mais exemplares, visando atingir uma quantidade bacana de pessoas nessa distribuição do texto).

Materiais complementares:

NÓBREGA, Maria José. Produção de Textos no Ensino Fundamental: São Paulo: Sonoro-vídeo, 2018. 29 slides, color. Disponível em: <https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/prAsmvWke9ECSmaZS6299MdVFrFdddB3ZDfjCMzxMHWFGwprSFcYSv2R6csE/producao-de-textos.pdf>. Acesso em: 18 dez. 2018.

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Para finalizar faça um levantamento da experiência dos alunos de elaborar uma campanha de conscientização:
  • O que vocês acharam da experiência de fazer uma campanha de conscientização? (Resposta livre)
  • Quais foram os maiores desafios? (Resposta livre)
  • O que aprendemos com essas últimas aulas sobre a produção de uma campanha de conscientização? (Aqui espera-se que as crianças citem que para produzir um texto é importante não só pensar nos elementos estruturantes que o compõem e onde eles devem aparecer no texto, mas também pensar no público-alvo, no suporte de divulgação e em como escrever esse texto, editando e revisando-o para que a produção saia adequada aos objetivos pretendidos).

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 2º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 2º ano:

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano