15065
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 2º ano > Sequência de Atividades

Plano de aula - Brincando de encenar e recontar contos de fadas.

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do Fundamental sobre brincar de reencenar contos de fadas

Plano 12 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Cibele Diogo Kimura

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a 12ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Contos de Fadas e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Oralidade.

Materiais necessários: Folha para impressão com a ficha de autoavaliação da produção oral (grupo), celular ou câmeras para gravar os ensaios, equipamento para reproduzir os vídeos, lápis e borracha.

Informações sobre o gênero: Contos de fadas, segundo Nelly Novaes Coelho, é um gênero textual formado por narrativas que, há milênios, surgiram anonimamente e passaram a circular entre os povos da Antiguidade, transformando-se consideravelmente com o passar do tempo. Atualmente, versões adaptadas dos contos de fadas são vinculadas à literatura infantil, tendo como uma das funções apresentar um esboço compreensível da sociedade e das várias relações intersociais com uma linguagem leve e simplificada. Uma das suas principais característica é seu início com o famoso “Era uma vez” ou outra frase curta que demonstra um tempo indeterminado; possui também um enredo ficcional, que normalmente apresenta seus personagens e os aspectos mágicos do conto, em seguida traz um conflito que recorrerá com momentos de tensão, deixando explicito a relação do bem e do mal e por fim o desfecho que revela a solução para o conflito.

Dificuldades antecipadas:

  • Dificuldade de apresentar o que foi pensado, colocando em prática o planejamento realizado.
  • Dificuldade de realizar a apresentação devido a ansiedade, timidez e/ou falando muito baixo.
  • Dificuldade de elaborar um roteiro, organizando e dividindo tarefas/personagens.
  • Dificuldade de recontar respeitando o texto escrito e com isso omitindo trechos importantes do conto.

Referências sobre o assunto:

REGO, L. L. B. Literatura Infantil: uma nova perspectiva da alfabetização. São Paulo: FTD, 1988.

SOLÉ, I. Estratégias de leitura. Porto Alegre: Artmed, 1998.

KAUFMAN, A. M.; RODRIGUEZ, M. E. Escola, leitura e produção de textos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

CUNHA, R. Deu a louca na narrativa infantil? Revista Ciência, Cultura; jan/mar, vol.59, nº1, pp.59-60. 2007.

LEAL, T. F.; BRANDÃO, A. C. P. É Possível ensinar a produzir textos! Os objetivos didáticos e a questão da progressão escolar no ensino da escrita. In: Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. (org) LEAL, T. F.; BRANDÃO, C. P. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

BETTELHEIM, B. A psicanálise dos contos de fada. São Paulo: Paz e terra, 2010.

COELHO, N. N. O conto de fadas: Símbolo, mitos e arquétipos. São Paulo: Difusão Cultural do Livro, 2003.

______. Literatura infantil. São Paulo: Moderna, 2000.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Apresente a proposta da aula para os alunos. Diga que na aula de hoje vamos colocar em prática tudo que planejamos e fazer uma verificação se as contações das histórias já contemplam todos os aspectos para uma boa produção oral e se finalmente estão prontas para as apresentações.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Organize a sala com os mesmos grupos formados na aula anterior para contação de história.
  • Questione:
  • Quem sabe dizer o que é recontar uma história? A ideia é que os alunos compartilhem os conhecimentos que já tenham de que “recontar” é reproduzir oralmente uma narrativa já existente.
  • Retome com os grupos o planejamento realizado na aula anterior para contação de história de um conto de fadas.
  • Relembre os aspectos importante para que a contação tenha significado, é necessário que os alunos percebam que o principal procedimento para essa produção oral é recontar da forma mais próxima com o que estava no livro, respeitando o tema, o tipo de linguagem, as marcas do gênero contos de fadas e a estrutura do texto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Disponibilize alguns minutos para o último ensaio do grupo.
  • Deixe ao acesso da turma alguns acessório e/ou objetos que possam usar nas suas produções, mas lembre os grupos que de acordo com suas histórias, o cenário ou mesmos os apetrechos podem ser criados pelos próprios integrantes.
  • Circule pelos grupos, orientando e fazendo intervenções nos ensaios, apontando dicas dos aspectos que possam melhorar para a apresentação, como por exemplo, entonação das falas, acessórios que podem ser confecionados e/ou usados, como os alunos podem se expressar para dar maior ênfase nas características dos personagens, etc.
  • Explique para as crianças que será feita a gravação desse ensaio para que os integrantes do grupo possam se assistir e analisar suas apresentações.
  • Faça combinados com a sala com relação a organização dessas gravações, deixe claro que cada grupo apresentará a sua contação de história, enquanto os demais deverão permanecer no total silêncio para não prejudicar com ruídos e/ou movimentos a qualidade do vídeo.
  • Peça que cada grupo se posicione para as apresentações, utilize um equipamento que realiza filmagem disponível na escola ou mesmo um celular e inicie cada gravação.
  • Após todas as gravações, converse com a turma que antes de apresentar as contações de histórias para os 1º anos, os grupos deverão realizar uma avaliação de todo o processo dessa produção oral.
  • Entregue uma ficha de autoavaliação para cada grupo. Reproduza os vídeos gravados para os alunos e oriente que respondam a ficha analisando se na produção oral criada foram contemplados os aspectos necessários.
  • Em seguida, para os itens que os grupos apontaram como “NÃO” ou “MAIS ou MENOS”, peça que eles reflitam sobre esse aspecto e como pode ser contemplado ou melhorado na performance da produção.

Material complementar: Clique aqui para imprimir as fichas de autoavaliação dos grupos.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • Recolha as fichas de autoavaliação dos grupos e inicie um diálogo para fechamento, utilizando os indicadores sinalizados e questionando como os grupos resolveram tais observações e peça ajuda dos demais grupos para novas ideias.

Por exemplo: se o grupo sinalizou em “NÃO” no indicador “A entonação da voz do narrador e dos demais personagens está adequada? Ou seja, está com o volume adequado, firmeza, domínio no que diz, transmite emoções quando necessário, etc?”.

Questione ao grupo: O que perceberam para fazer tal marcação? Como o grupo combinou para resolver essa situação? E os demais grupos, quais dicas podemos dar para que esse grupo melhore esse aspecto? Espera-se que com essa discussão o grupo aponte, por exemplo, que o antagonista não demonstrou na entonação de voz a maldade que deveria ser passada, que eles combinaram uma maior expressividade, os demais grupos podem ajudar demonstrando algum gesto ou voz que pode ser usado, etc.

A intenção é que um aspecto que pode ter sido problema para um grupo, sirva de exemplo e de ideias para os demais grupos.

  • Incentive aos alunos a ensaiarem sempre que puderem até o dia da apresentação para os 1º anos, sempre se atentando nas dicas para uma boa contação de história.
  • Prepare cada apresentação para o dia mais próximo possível com os alunos dos 1º anos. Dependendo da quantidade de salas de 1º anos na escola, organize que cada grupo apresente um história para cada sala, assim proporcionando oportunidade para todos apresentarem e não tornando esse momento cansativo para o público.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a 12ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Contos de Fadas e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Oralidade.

Materiais necessários: Folha para impressão com a ficha de autoavaliação da produção oral (grupo), celular ou câmeras para gravar os ensaios, equipamento para reproduzir os vídeos, lápis e borracha.

Informações sobre o gênero: Contos de fadas, segundo Nelly Novaes Coelho, é um gênero textual formado por narrativas que, há milênios, surgiram anonimamente e passaram a circular entre os povos da Antiguidade, transformando-se consideravelmente com o passar do tempo. Atualmente, versões adaptadas dos contos de fadas são vinculadas à literatura infantil, tendo como uma das funções apresentar um esboço compreensível da sociedade e das várias relações intersociais com uma linguagem leve e simplificada. Uma das suas principais característica é seu início com o famoso “Era uma vez” ou outra frase curta que demonstra um tempo indeterminado; possui também um enredo ficcional, que normalmente apresenta seus personagens e os aspectos mágicos do conto, em seguida traz um conflito que recorrerá com momentos de tensão, deixando explicito a relação do bem e do mal e por fim o desfecho que revela a solução para o conflito.

Dificuldades antecipadas:

  • Dificuldade de apresentar o que foi pensado, colocando em prática o planejamento realizado.
  • Dificuldade de realizar a apresentação devido a ansiedade, timidez e/ou falando muito baixo.
  • Dificuldade de elaborar um roteiro, organizando e dividindo tarefas/personagens.
  • Dificuldade de recontar respeitando o texto escrito e com isso omitindo trechos importantes do conto.

Referências sobre o assunto:

REGO, L. L. B. Literatura Infantil: uma nova perspectiva da alfabetização. São Paulo: FTD, 1988.

SOLÉ, I. Estratégias de leitura. Porto Alegre: Artmed, 1998.

KAUFMAN, A. M.; RODRIGUEZ, M. E. Escola, leitura e produção de textos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

CUNHA, R. Deu a louca na narrativa infantil? Revista Ciência, Cultura; jan/mar, vol.59, nº1, pp.59-60. 2007.

LEAL, T. F.; BRANDÃO, A. C. P. É Possível ensinar a produzir textos! Os objetivos didáticos e a questão da progressão escolar no ensino da escrita. In: Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. (org) LEAL, T. F.; BRANDÃO, C. P. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

BETTELHEIM, B. A psicanálise dos contos de fada. São Paulo: Paz e terra, 2010.

COELHO, N. N. O conto de fadas: Símbolo, mitos e arquétipos. São Paulo: Difusão Cultural do Livro, 2003.

______. Literatura infantil. São Paulo: Moderna, 2000.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Apresente a proposta da aula para os alunos. Diga que na aula de hoje vamos colocar em prática tudo que planejamos e fazer uma verificação se as contações das histórias já contemplam todos os aspectos para uma boa produção oral e se finalmente estão prontas para as apresentações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Organize a sala com os mesmos grupos formados na aula anterior para contação de história.
  • Questione:
  • Quem sabe dizer o que é recontar uma história? A ideia é que os alunos compartilhem os conhecimentos que já tenham de que “recontar” é reproduzir oralmente uma narrativa já existente.
  • Retome com os grupos o planejamento realizado na aula anterior para contação de história de um conto de fadas.
  • Relembre os aspectos importante para que a contação tenha significado, é necessário que os alunos percebam que o principal procedimento para essa produção oral é recontar da forma mais próxima com o que estava no livro, respeitando o tema, o tipo de linguagem, as marcas do gênero contos de fadas e a estrutura do texto.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Disponibilize alguns minutos para o último ensaio do grupo.
  • Deixe ao acesso da turma alguns acessório e/ou objetos que possam usar nas suas produções, mas lembre os grupos que de acordo com suas histórias, o cenário ou mesmos os apetrechos podem ser criados pelos próprios integrantes.
  • Circule pelos grupos, orientando e fazendo intervenções nos ensaios, apontando dicas dos aspectos que possam melhorar para a apresentação, como por exemplo, entonação das falas, acessórios que podem ser confecionados e/ou usados, como os alunos podem se expressar para dar maior ênfase nas características dos personagens, etc.
  • Explique para as crianças que será feita a gravação desse ensaio para que os integrantes do grupo possam se assistir e analisar suas apresentações.
  • Faça combinados com a sala com relação a organização dessas gravações, deixe claro que cada grupo apresentará a sua contação de história, enquanto os demais deverão permanecer no total silêncio para não prejudicar com ruídos e/ou movimentos a qualidade do vídeo.
  • Peça que cada grupo se posicione para as apresentações, utilize um equipamento que realiza filmagem disponível na escola ou mesmo um celular e inicie cada gravação.
  • Após todas as gravações, converse com a turma que antes de apresentar as contações de histórias para os 1º anos, os grupos deverão realizar uma avaliação de todo o processo dessa produção oral.
  • Entregue uma ficha de autoavaliação para cada grupo. Reproduza os vídeos gravados para os alunos e oriente que respondam a ficha analisando se na produção oral criada foram contemplados os aspectos necessários.
  • Em seguida, para os itens que os grupos apontaram como “NÃO” ou “MAIS ou MENOS”, peça que eles reflitam sobre esse aspecto e como pode ser contemplado ou melhorado na performance da produção.

Material complementar: Clique aqui para imprimir as fichas de autoavaliação dos grupos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • Recolha as fichas de autoavaliação dos grupos e inicie um diálogo para fechamento, utilizando os indicadores sinalizados e questionando como os grupos resolveram tais observações e peça ajuda dos demais grupos para novas ideias.

Por exemplo: se o grupo sinalizou em “NÃO” no indicador “A entonação da voz do narrador e dos demais personagens está adequada? Ou seja, está com o volume adequado, firmeza, domínio no que diz, transmite emoções quando necessário, etc?”.

Questione ao grupo: O que perceberam para fazer tal marcação? Como o grupo combinou para resolver essa situação? E os demais grupos, quais dicas podemos dar para que esse grupo melhore esse aspecto? Espera-se que com essa discussão o grupo aponte, por exemplo, que o antagonista não demonstrou na entonação de voz a maldade que deveria ser passada, que eles combinaram uma maior expressividade, os demais grupos podem ajudar demonstrando algum gesto ou voz que pode ser usado, etc.

A intenção é que um aspecto que pode ter sido problema para um grupo, sirva de exemplo e de ideias para os demais grupos.

  • Incentive aos alunos a ensaiarem sempre que puderem até o dia da apresentação para os 1º anos, sempre se atentando nas dicas para uma boa contação de história.
  • Prepare cada apresentação para o dia mais próximo possível com os alunos dos 1º anos. Dependendo da quantidade de salas de 1º anos na escola, organize que cada grupo apresente um história para cada sala, assim proporcionando oportunidade para todos apresentarem e não tornando esse momento cansativo para o público.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Sequência de Atividades do 2º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 2º ano:

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP19 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano