14460
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Leitura/Escuta

Plano de aula - Anotação de aula expositiva

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Anotação de aula expositiva

Plano 01 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Louise Arosa Prol Otero

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero anotação/ exposição oral no campo das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de leitura. Para contextualizar o ensino da anotação como gênero textual de apoio às práticas de estudo, esta sequência de 15 planos de aula pode ser usada no desenvolvimento de um projeto de pesquisa e divulgação científica. Nestas aulas, sugerimos textos da área de Arqueologia, mas você poderá modificar o tema, escolhendo novos textos.

Materiais necessários:

Computador, projetor de slides, slides de apoio à exposição oral, material de anotação (caderno ou folhas avulsas, lápis ou caneta).

Para esta aula, você, professor, deverá preparar uma exposição oral. Sugerimos o tema: “O que é arqueologia?”. Para preparar a apresentação oral, use os slides como roteiro. Você também pode ler o texto “O que é Arqueologia”, do projeto Arqueologia Brasileira, publicado em Itaú Cultural Digital, disponível em: <http://www.itaucultural.org.br/projetos/arqueologia/>. Acesso em: 1 de setembro de 2018.

Informações sobre o gênero:

A anotação é um gênero textual que circula no campo das práticas de estudo e pesquisa e também no campo de atuação da vida pública e de numerosas atividades profissionais. Na escola, a anotação é um gênero textual produzido por um emissor para si mesmo com o propósito de aprender, rememorar, visualizar as informações de um texto, aula ou palestra. Quanto à estrutura composicional, a anotação sempre faz referência a um outro texto, do qual se originou, ou para o qual servirá de preparação. Isto é, a anotação é um procedimento de retextualização de um texto-fonte (oral, escrito ou muitissemiótico), por meio de operações de seleção, subtração, acréscimo, substituição, transcrição, paráfrase e citação de informações do texto-fonte, com a finalidade de produzir material de apoio a compreensão (localizar, esquematizar, resumir, comentar, apresentar oralmente). Quanto ao estilo, a anotação caracteriza-se pela flexibilidade e brevidade. Ao tomar notas para si mesmo, é comum usar tópicos, símbolos, abreviações, setas, grifos, desenhos, rabiscos. A legibilidade pode ser um desafio quando se faz anotação.

Dificuldades antecipadas:

No 6o ano, os estudantes poderão apresentar dificuldades em anotar com autonomia, por isso, costumam fazer anotações baseadas em cópia, anotam seguindo as orientações do professor, ou não anotam nada. Os alunos também podem apresentar dificuldade em organizar o tempo de aula entre as operações cognitivas envolvidas no ato de anotar, como ouvir uma exposição, interpretar as partes do texto (introdução, desenvolvimento, conclusão), identificar e selecionar as informações principais, e reduzir, acrescentar, substituir para transcrever as informações de uma aula.

Referências sobre o assunto:

WINKEL, Sophia, NICOLIELO, B. REVISTA NOVA ESCOLA “A turma vai saber como tomar notas” Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/2078/a-turma-vai-saber-como-tomar-notas>. Acesso em: 1 de setembro de 2018.

MORAES, Eliana Melo Machado. “Anotação em aula: da cópia à anotação” Anotações de aulas – contribuições para a caracterização de um gênero discursivo e de sua apropriação escolar. Campinas, SP : [s.n.], 2005 (pp.: 81- 128). Disponível em: <http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270829>. Acesso em: 25 de julho de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Explique aos alunos que você vai fazer uma exposição oral e que eles devem fazer anotações para responder a uma pergunta desafiadora no final da exposição. Esta é uma aula de descoberta. Depois da exposição oral, você, professor, vai explorar com seus alunos as estratégias e procedimentos de anotação usados para registrar o conteúdo da exposição oral.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Organize os alunos para uma aula expositiva com projeção de slides. Oriente-os a fazer anotações no caderno durante a exposição oral para participar de uma atividade de perguntas e respostas no final da aula. Contudo, professor, não faça ditados, nem indicações sobre o que anotar durante a exposição. Na exposição oral, você, professor, deve dar subsídios aos alunos para que respondam às perguntas do slide 7: O que é Arqueologia? Quais as etapas do trabalho de um arqueólogo? Como os arqueólogos sabem quais sociedades humanas vieram antes e quais vieram depois?
  • Mostre aos alunos as imagens do slide para introduzir o tema da exposição. Use as imagens para criar expectativas e inferências a respeito do tema a ser apresentado.
  • Faça a exposição oral em 10 minutos, usando este e os próximos slides como apoio a sua apresentação.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Explique a etimologia da palavra arqueologia. Em grego, arqueo significa passado e logia significa estudo. Portanto, arqueologia significa o estudo do passado.
  • Leia a definição de arqueologia, “Ciência que estuda o passado humano a partir dos vestígios e restos materiais deixados pelos povos que habitaram a Terra”.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido:

Orientações:

  • Explique aos alunos em que consiste o trabalho do arqueólogo. Explique que o arqueólogo é responsável por resgatar e conservar a herança cultural humana. Para isso, ele trabalha em campo e em laboratório. Em campo, ele busca identificar e escavar sítios arqueológicos, documentar estruturas e coletar objetos que pertenceram ao cotidiano de uma sociedade. Depois disso, é necessário estudar o que encontrou, fazer pesquisas em laboratório e relacionar os objetos coletados aos povos que os produziram, para tentar conhecer seu modo de vida.
  • Exponha aos alunos a conexão que existe entre a Arqueologia e outras Ciências. Explique aos alunos que, para realizar o trabalho de escavação, coleta, registro, análise e interpretação de dados, as equipes de pesquisa arqueológica são formadas por especialistas de diferentes áreas: Matemática, Química, Física, Biologia, História e Geografia.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Apresente aos alunos esta imagem da página “Linha do Tempo”, Arqueologia Brasileira e acesse o site para iniciar a atividade. Disponível em: <http://www.itaucultural.org.br/projetos/arqueologia/>. Acesso em: 1 de setembro de 2018.
  • Mostre a imagem aos alunos. Chame a atenção para a imagem do arqueólogo escavando um sítio arqueológico. Mostre que há elementos no solo, alguns em níveis superficiais e outros em níveis mais profundos. Mostre que cada elemento está associado a uma faixa cronológica. O elemento mais superficial é uma arma de fogo, objeto relacionado às sociedades que vivem na faixa cronológica denominada a Era da Globalização, entre o presente e 500 anos AP (antes do presente). Os vestígios e restos materiais depositados em níveis mais profundos pertencem a uma ocupação humana mais antiga.
  • Leia as faixas cronológicas, as datas e indique os vestígios e restos materiais que as representam, do presente para o passado:

Do presente a 500 anos AP - Era da Globalização

De 500 a 1.000 AP - O Brasil antes de Cabral

De 1.000 a 2.000 AP - As sociedades complexas

De 2.000 a 4.000 AP - A Era da Especialização

De 4.000 a 12.000 AP - Caçadores em ação

De 12.000 a 50.000 AP - O início do povoamento

  • Caso tenha tempo para navegar pela linha do tempo, clique sobre as faixas cronológicas e leia uma breve descrição de cada uma delas.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: continuação

Orientações:

  • Use 15 minutos para que os alunos compartilhem entre si as anotações realizadas durante a exposição oral e respondam às perguntas do slide.
  • Pergunte aos alunos: O que vocês anotaram durante a exposição? Por quê vocês selecionaram essas informações e não outras? Quais as formas rápidas de fazer anotação vocês usaram? Esta é uma aula de descoberta, portanto, permita que os alunos compartilhem anotações, para comparar e avaliar suas anotações e as dos colegas.
  • Incentive-os a comparar as anotações e a avaliar o que foi selecionado e de que forma a anotação foi escrita. Pergunte aos alunos: Vocês selecionaram informações dos slides ou da fala do professor? De que forma a anotação foi escrita: cópia ou retextualização do aluno? Vocês usaram esquemas, tópicos, desenhos?
  • Peça que os alunos respondam às perguntas do slide e justifiquem sua resposta usando as anotações feitas durante a exposição oral.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Promova uma conversa coletiva para que os alunos possam compartilhar suas descobertas a respeito da importância da anotação como procedimento de estudo e pesquisa.
  • Pergunte aos alunos: Todos anotaram as mesmas coisas durante esta aula expositiva? Como fazer para anotar as informações mais importantes de uma aula expositiva? Qual é a importância da anotação para o campo de estudo e pesquisa?
  • Incentive os alunos a identificar, comparar e avaliar suas estratégias e procedimentos de anotação. Esta é uma aula de descoberta, portanto, permita que os alunos troquem ideias sobre suas dificuldades e sobre estratégias que podem favorecer

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero anotação/ exposição oral no campo das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de leitura. Para contextualizar o ensino da anotação como gênero textual de apoio às práticas de estudo, esta sequência de 15 planos de aula pode ser usada no desenvolvimento de um projeto de pesquisa e divulgação científica. Nestas aulas, sugerimos textos da área de Arqueologia, mas você poderá modificar o tema, escolhendo novos textos.

Materiais necessários:

Computador, projetor de slides, slides de apoio à exposição oral, material de anotação (caderno ou folhas avulsas, lápis ou caneta).

Para esta aula, você, professor, deverá preparar uma exposição oral. Sugerimos o tema: “O que é arqueologia?”. Para preparar a apresentação oral, use os slides como roteiro. Você também pode ler o texto “O que é Arqueologia”, do projeto Arqueologia Brasileira, publicado em Itaú Cultural Digital, disponível em: <http://www.itaucultural.org.br/projetos/arqueologia/>. Acesso em: 1 de setembro de 2018.

Informações sobre o gênero:

A anotação é um gênero textual que circula no campo das práticas de estudo e pesquisa e também no campo de atuação da vida pública e de numerosas atividades profissionais. Na escola, a anotação é um gênero textual produzido por um emissor para si mesmo com o propósito de aprender, rememorar, visualizar as informações de um texto, aula ou palestra. Quanto à estrutura composicional, a anotação sempre faz referência a um outro texto, do qual se originou, ou para o qual servirá de preparação. Isto é, a anotação é um procedimento de retextualização de um texto-fonte (oral, escrito ou muitissemiótico), por meio de operações de seleção, subtração, acréscimo, substituição, transcrição, paráfrase e citação de informações do texto-fonte, com a finalidade de produzir material de apoio a compreensão (localizar, esquematizar, resumir, comentar, apresentar oralmente). Quanto ao estilo, a anotação caracteriza-se pela flexibilidade e brevidade. Ao tomar notas para si mesmo, é comum usar tópicos, símbolos, abreviações, setas, grifos, desenhos, rabiscos. A legibilidade pode ser um desafio quando se faz anotação.

Dificuldades antecipadas:

No 6o ano, os estudantes poderão apresentar dificuldades em anotar com autonomia, por isso, costumam fazer anotações baseadas em cópia, anotam seguindo as orientações do professor, ou não anotam nada. Os alunos também podem apresentar dificuldade em organizar o tempo de aula entre as operações cognitivas envolvidas no ato de anotar, como ouvir uma exposição, interpretar as partes do texto (introdução, desenvolvimento, conclusão), identificar e selecionar as informações principais, e reduzir, acrescentar, substituir para transcrever as informações de uma aula.

Referências sobre o assunto:

WINKEL, Sophia, NICOLIELO, B. REVISTA NOVA ESCOLA “A turma vai saber como tomar notas” Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/2078/a-turma-vai-saber-como-tomar-notas>. Acesso em: 1 de setembro de 2018.

MORAES, Eliana Melo Machado. “Anotação em aula: da cópia à anotação” Anotações de aulas – contribuições para a caracterização de um gênero discursivo e de sua apropriação escolar. Campinas, SP : [s.n.], 2005 (pp.: 81- 128). Disponível em: <http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270829>. Acesso em: 25 de julho de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Explique aos alunos que você vai fazer uma exposição oral e que eles devem fazer anotações para responder a uma pergunta desafiadora no final da exposição. Esta é uma aula de descoberta. Depois da exposição oral, você, professor, vai explorar com seus alunos as estratégias e procedimentos de anotação usados para registrar o conteúdo da exposição oral.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Organize os alunos para uma aula expositiva com projeção de slides. Oriente-os a fazer anotações no caderno durante a exposição oral para participar de uma atividade de perguntas e respostas no final da aula. Contudo, professor, não faça ditados, nem indicações sobre o que anotar durante a exposição. Na exposição oral, você, professor, deve dar subsídios aos alunos para que respondam às perguntas do slide 7: O que é Arqueologia? Quais as etapas do trabalho de um arqueólogo? Como os arqueólogos sabem quais sociedades humanas vieram antes e quais vieram depois?
  • Mostre aos alunos as imagens do slide para introduzir o tema da exposição. Use as imagens para criar expectativas e inferências a respeito do tema a ser apresentado.
  • Faça a exposição oral em 10 minutos, usando este e os próximos slides como apoio a sua apresentação.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Explique a etimologia da palavra arqueologia. Em grego, arqueo significa passado e logia significa estudo. Portanto, arqueologia significa o estudo do passado.
  • Leia a definição de arqueologia, “Ciência que estuda o passado humano a partir dos vestígios e restos materiais deixados pelos povos que habitaram a Terra”.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido:

Orientações:

  • Explique aos alunos em que consiste o trabalho do arqueólogo. Explique que o arqueólogo é responsável por resgatar e conservar a herança cultural humana. Para isso, ele trabalha em campo e em laboratório. Em campo, ele busca identificar e escavar sítios arqueológicos, documentar estruturas e coletar objetos que pertenceram ao cotidiano de uma sociedade. Depois disso, é necessário estudar o que encontrou, fazer pesquisas em laboratório e relacionar os objetos coletados aos povos que os produziram, para tentar conhecer seu modo de vida.
  • Exponha aos alunos a conexão que existe entre a Arqueologia e outras Ciências. Explique aos alunos que, para realizar o trabalho de escavação, coleta, registro, análise e interpretação de dados, as equipes de pesquisa arqueológica são formadas por especialistas de diferentes áreas: Matemática, Química, Física, Biologia, História e Geografia.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Apresente aos alunos esta imagem da página “Linha do Tempo”, Arqueologia Brasileira e acesse o site para iniciar a atividade. Disponível em: <http://www.itaucultural.org.br/projetos/arqueologia/>. Acesso em: 1 de setembro de 2018.
  • Mostre a imagem aos alunos. Chame a atenção para a imagem do arqueólogo escavando um sítio arqueológico. Mostre que há elementos no solo, alguns em níveis superficiais e outros em níveis mais profundos. Mostre que cada elemento está associado a uma faixa cronológica. O elemento mais superficial é uma arma de fogo, objeto relacionado às sociedades que vivem na faixa cronológica denominada a Era da Globalização, entre o presente e 500 anos AP (antes do presente). Os vestígios e restos materiais depositados em níveis mais profundos pertencem a uma ocupação humana mais antiga.
  • Leia as faixas cronológicas, as datas e indique os vestígios e restos materiais que as representam, do presente para o passado:

Do presente a 500 anos AP - Era da Globalização

De 500 a 1.000 AP - O Brasil antes de Cabral

De 1.000 a 2.000 AP - As sociedades complexas

De 2.000 a 4.000 AP - A Era da Especialização

De 4.000 a 12.000 AP - Caçadores em ação

De 12.000 a 50.000 AP - O início do povoamento

  • Caso tenha tempo para navegar pela linha do tempo, clique sobre as faixas cronológicas e leia uma breve descrição de cada uma delas.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: continuação

Orientações:

  • Use 15 minutos para que os alunos compartilhem entre si as anotações realizadas durante a exposição oral e respondam às perguntas do slide.
  • Pergunte aos alunos: O que vocês anotaram durante a exposição? Por quê vocês selecionaram essas informações e não outras? Quais as formas rápidas de fazer anotação vocês usaram? Esta é uma aula de descoberta, portanto, permita que os alunos compartilhem anotações, para comparar e avaliar suas anotações e as dos colegas.
  • Incentive-os a comparar as anotações e a avaliar o que foi selecionado e de que forma a anotação foi escrita. Pergunte aos alunos: Vocês selecionaram informações dos slides ou da fala do professor? De que forma a anotação foi escrita: cópia ou retextualização do aluno? Vocês usaram esquemas, tópicos, desenhos?
  • Peça que os alunos respondam às perguntas do slide e justifiquem sua resposta usando as anotações feitas durante a exposição oral.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Promova uma conversa coletiva para que os alunos possam compartilhar suas descobertas a respeito da importância da anotação como procedimento de estudo e pesquisa.
  • Pergunte aos alunos: Todos anotaram as mesmas coisas durante esta aula expositiva? Como fazer para anotar as informações mais importantes de uma aula expositiva? Qual é a importância da anotação para o campo de estudo e pesquisa?
  • Incentive os alunos a identificar, comparar e avaliar suas estratégias e procedimentos de anotação. Esta é uma aula de descoberta, portanto, permita que os alunos troquem ideias sobre suas dificuldades e sobre estratégias que podem favorecer
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP32 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP34 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano