13658
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Organizando a alimentação dos bebês

POR: Djenane Martins Oliveira 22/11/2018
Código: EDI1_02UND02

1º ano / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI01CG04) Participar do cuidado do seu corpo e da promoção do seu bem-estar.

(EI01EO04) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

(EI01EO05) Reconhecer seu corpo e expressar suas sensações em momentos de alimentação, higiene, brincadeira e descanso.

Plano de aula de Educação Infantil com atividades para Bebês sobre alimentação de bebês

Resumo

ilustracao

Convide as crianças a preparar o espaço para o momento em que vão se alimentar.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

O momento de alimentação dos bebês é uma atividade permanente que deve incluir a preparação do ambiente para alimentação de forma organizada, segura e prazerosa e bonita, mas que, ao mesmo tempo, precisa considerar individualidades e preferências pessoais dos bebês, favorecendo sua autonomia. Para a primeira vez que realizar esta atividade com as crianças, planeje um tempo de alimentação diferente do tempo institucional da escola, converse com os seus colegas e avise que você precisará de minutos adicionais, isso assegura que os professores de outras turmas saberão que você está desenvolvendo uma atividade com as suas crianças para além da refeição.

Materiais:

Toalhas de mesa ou tecidos variados e algumas flores. Caso a escola tenha um jardim ou quintal, vá até lá com as crianças antes da atividade e colha folhas ou flores com elas, para que possam ser usados na decoração.

Espaços:

Organize a atividade no ambiente rotineiro de refeição das crianças (refeitório ou sala de referência). Separe em diversas caixas os materiais para organizar o ambiente de alimentação antes de seguir para ele com os bebês.

Tempo sugerido:

Entre 40 e 50 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Observe os gestos, olhares e expressões dos bebês durante a organização do espaço. É possível perceber que sentem o local destinado à alimentação como acolhedor e receptivo?

2. Na organização do ambiente, os grupos se envolvem na preparação dele, reconhecendo a atividade como parte do seu bem-estar?

3. Como comunicam suas negociações com os colegas na hora de organizar o ambiente? Utilizam palavras, olhares, gestos e balbucios ?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Considere o seu grupo de crianças e suas diferenças, aqueles que ainda não sentam sozinho podem precisar de algum apoio, você pode utilizar suportes. A calça-almofada pode ser um bom recurso para incluir todas as crianças http://grhau.blogspot.com/2013/06/como-fazer-uma-calca-almofada-ou-calca.html) e facilitar a participaçao de todos os bebês nesta atividade.

O que fazer durante?

1 Explique às crianças que vocês irão preparar o espaço juntos para o momento da refeição. Deixe as caixas em diferentes locais para organizar a refeição. Convide-as a explorar os materiais disponíveis nas caixas e, em pequenos grupos, a arrumar as mesas de acordo com seus gostos e preferências. Caso você perceba que eles não têm familiaridade com a situação, junte-se a um dos grupos e pergunte o que pode ser feito com o tecido, com os objetos, com as flores e folhas. Observe como comunicam suas necessidades, desejos e emoções, por meio de gestos, balbucios, palavras.

2

Enquanto os grupos organizam as mesas, aproveite o momento para observar como as crianças manipulam os objetos, como realizam suas escolhas e interagem. Convide-os para explorar, observar e reconhecer o ambiente e manipular os diferentes objetos, interagindo em pequenos grupos. Apoie as ações dos bebês, encorajando a participação deles. Se durante a organização da alimentação as frutas forem oferecidas, peça para que os bebês organizem-nas, nomeando com eles os alimentos e também os objetos.Garanta que tenham seu momento individual para deixar uma marca pessoal no ambiente.

Possíveis falas do professor: Como podemos usar estes panos e as flores para deixar mais bonita a mesa? O que mais podemos colocar? Com quais colegas você gostaria de almoçar?

Possíveis ações da criança neste momento: Os bebês podem engatinhar até os objetos, querer pegá-los e levá-los para outro colega. Outros podem observar atentamente antes de se aproximarem e de explorarem os os objetos.


3

Depois que as mesas e o ambiente estiverem organizados pelas crianças, procure saber o que acharam e faça o convite para a refeição. Incentive os bebês, especialmente os maiores, a se alimentarem sozinhos, com os talheres ou com as mãos. Enquanto se alimentam, se atente às descobertas deles sobre texturas, cheiros, as suas expressões ao participar da refeição, como manuseiam o talher, as frutas (se forem disponibilizadas).

Para finalizar:

Diga aos bebês que atividade acabará em dez minutos, que os materiais serão organizados. Aproveite para informar qual será o próximo passo na rotina, isso acalma as crianças e faz parte da partilha do planejamento e possibilita a participação mais efetiva dos bebês na atividade. Convide-os para recolher os objetos, as toalhas e os tecidos e guardá-los nas caixas novamente.

Desdobramentos

Esta atividade pode ser repetida outras vezes e se tornar uma rotina no momento de alimentação. Experimente incorporar e ampliar a ideia para a criação de um buffet para bebês. Coloque os alimentos disponíveis em recipientes ou potes e gradativamente aumente o desafio para as crianças. Em um primeiro momento, nomeie os alimentos enquanto os coloca nos pratos e observe de que maneira acompanham isso: como reagem, que gestos e expressões apresentam para diferentes alimentos, se manisfestam suas preferências alimentares, se os conhecem, como reagem aos cheiros, texturas e sabores. Ao passo que forem se tornando mais autônomas, tente convidá-las para se servir dos alimentos que vocês organizaram juntos. Isso dará a elas inúmeras possibilidades de desenvolvimento. Experimente um piquenique em outros espaços da escola como no jardim, no parque ou embaixo de uma árvore.

Engajando as famílias

A atividade de alimentação na escola precisa de alguma forma envolver as famílias. Faça um mural com fotos para que as famílias possam ver a maneira como a arrumação do ambiente de alimentação pode ser agradável e colaborar com o bem-estar das crianças. Convide alguns familiares para participar do momento da alimentação. Ao fazer parte da organização do ambiente, as famílias perceberão que a casa e a escola estão juntas nessa tarefa. Promover um piquenique com as famílias pode também ser um ricomomento de aprendizagens conectado com as experiências cotidianas dos bebês.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Djenane Martins Oliveira

Mentor: Adriana Vidaletti

Especialista do subgrupo etário: Ana Teresa Gavião

Campos de Experiência: O eu, o nós e  o outro; corpo, gestos e movimentos; espaços, tempos, quantidades, relações  e transformações.

Objetivos e códigos da Base
Centrais:

(EI01EO05) Reconhecer seu corpo e expressar suas sensações em momentos de alimentação, higiene, brincadeira e descanso.

(EI01CG04) Participar do cuidado do seu corpo e da promoção do seu bem-estar.

Transversal:

(EI01EO04) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

Abordagem didática:

Os momentos de alimentação na Educação Infantil são fundamentais para o crescimento, o desenvolvimento, o bem-estar ea aprendizagem dos bebês. A alimentação é uma das primeiras maneiras de eles conhecerem o mundo. Por isso, é fundamental que sejam momentos de tranquilidade e prazer. Café da manhã, almoço ou a hora de tomar um suco ou de comer uma fruta são oportunidades para os bebês aprenderem texturas, aromas, cores, cheiros e gostos dos alimentos. Ademais, nesses momentos, o professor pode conversar com os bebês, conhecê-los melhor e ajudá-los a brincar e se divertir!

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADE 02

Organizando a alimentação dos bebês

VOCÊ ESTÁ AQUI

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes