14511
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Conhecendo a estrutura de um vídeo-minuto

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do Fundamental sobre a estrutura de um vídeo-minuto

Plano 04 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Gleiciane Rosa Vinote Rocha

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é quarta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero vídeo-minuto e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Projetor multimídia/computador ou celulares ou laboratório de informática e Internet; vídeo minuto: As mortes mais estúpidas causadas por selfies. 2018. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=_-hctTzDH70>. Acesso em: 28 jul. 2018.

Informações sobre o gênero: O vídeo-minuto tem como objetivo homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem desconhecer o conceito de elementos cinésicos e paralinguísticos.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, Jacqueline P. As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC. Na Ponta do Lápis, n.31, jul 2018. Disponível em: <https://www.escrevendoofuturo.org.br/arquivos/7589/npl31.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gêneros orais: conceituação e caracterização. Anais do SILEL. Volume 3, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 01 minuto

Orientações:

  • Apresente o tema da aula para os alunos. Não dê maiores informações para não prejudicar o andamento da atividade realizada na introdução.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 09 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula com os seguintes questionamentos, de forma oral:
    - 1 minuto é muito ou pouco tempo?
    - É possível transmitir informações de forma consistente em 1 minuto?
  • As respostas deverão ser dadas por alguns alunos de forma voluntária.
  • Após as respostas dos alunos, realize a seguinte dinâmica: peça que os estudantes formem duplas e sigam a dois comandos dados por você. São eles:

Você tem 1 minuto para conversar livremente com seu amigo!
Você tem 1 minuto para ficar calado e sem se mexer!

  • Em seguida, questione e peça a alguns alunos que, voluntariamente, respondam oralmente à questão abaixo:
    - E agora, 1 minuto é muito ou pouco tempo?Espera-se que os alunos percebam que dependendo da situação em que estão, a noção temporal pode variar.
  • Proponha outra questão para os alunos e peça a alguns alunos que, voluntariamente, respondam oralmente à seguinte questão:

- Sua visão em relação à possibilidade de transmissão de informações consistentes em 1 minuto mudou? E em vídeo, você acha ser possível transmitir conhecimento com vídeos em torno de 1 minuto? Resposta pessoal. Espera-se que os alunos observem que em um minuto é possível transmitir conhecimento de forma considerável.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Projete na tela e exiba este vídeo aos alunos sem dizer ainda a que gênero pertence.

Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=_-hctTzDH70>. Acesso em: 28 jul. 2018.*

  • Foi escolhido este tema por despertar o interesse dos jovens e também por ser algo que faz parte do cotidiano deles, logo o vídeo propicia a oportunidade de alertá-los quanto aos riscos do uso descontrolado do celular.
  • Após a exibição do vídeo, faça os seguintes questionamentos, que deverão estar projetados na tela, e peça aos alunos para irem anotando as respostas, no caderno, de forma bem sucinta e em tópicos:

- O vídeo traz como tema os exageros que as pessoas comentem para tirar uma selfie. Vocês consideram que essa linguagem irônica e a forma sarcástica como as mortes por selfie são apresentadas banalizam um tema tão delicado como o da morte de pessoas?

- Para você, é importante discutir essa temática? Por quê?
- Qual a duração do vídeo: curta ou longa?
- Como ele inicia e como termina?
- O vídeo consegue transmitir informações consistentes?
- Qual a importância das imagens para a transmissão das informações?
- Qual a relação entre as imagens e o texto. Elas se parecem?
- Como é a entonação da voz (variação no tom da voz). Segue sempre o mesmo tom ou há momentos em que há tons mais altos ou mais baixos?
- Há pausas nas falas ou o texto é lido direto, sem pausas? Com que função?
- Há marcas de oralidade ao longo do vídeo? Quais?
- Qual o efeito da música de fundo?
- Há mudança de ângulo de filmagem?

  • Se possível, compartilhe o vídeo com os alunos para que, por meio dos celulares deles, possam rever quantas vezes forem necessárias. Caso não seja possível, repita a exibição do vídeo, se os alunos solicitarem, pois para responderem a algumas questões, esse olhar mais atento se faz necessário.
  • Posteriormente, faça uma correção de forma participativa. Leia a questão e veja que aluno gostaria de comentar a resposta dada.
  • Os alunos podem ter opiniões diferentes em relação à banalização ou não do tema do vídeo devido à abordagem irônica constante nele. Aproveite este momento para , numa conversa espontânea, mostrar que o vídeo-minuto trata da temática de mortes em decorrência da pessoa tirar uma selfie, ou seja, quando o indivíduo prioriza mais a sua imagem do que a sua vida; havendo, portanto, uma alteração de valores sociais.
  • Como pesquisas mostram um crescimento neste tipo de mortes, é importante discutir esse assunto nas escolas, porque faz parte do universo jovem.
  • Os alunos deverão perceber que ainda que seja curto, tendo apenas 1min52seg, e que consegue passar várias informações dentro desse tempo, inclusive estatísticas; sendo, assim, consistente.
  • Eles ainda deverão observar que o vídeo começa com o título do assunto usando uma imagem padrão, que funciona como um logotipo do canal, e termina com uma legenda que contém informações sobre os profissionais que trabalharam na construção do vídeo e uma mensagem final.
  • Sobre as imagens, os alunos devem notar que elas têm a função de criar um estímulo visual e ilustram o texto falado, facilitando a compreensão da mensagem.
    Em relação à entonação, eles deverão perceber que ela cria musicalidade ao texto, por meio de contornos de altos e baixos, formando uma melodia e que também marca uma informação que precisa ser destacada. Caso os alunos não consigam ter essa percepção, volte no vídeo-minuto e mostre essa questão na prática.
  • Além disso, eles devem observar que as pausas acontecem para possibilitar a respiração e estão presentes, na maioria das vezes, ao final de cada frase.
    Ainda devem perceber que por se tratar de uma temática atrativa ao público contemporâneo e tecnológico, as falas possuem muitas marcas de oralidade, como “É mole”, “né” e“hein”, e que isso aproxima o público-alvo do texto e dá a sensação de uma conversa familiar.
  • Devem atentar para a música de fundo escolhida, que é dinâmica e coopera para acentuar o clima de ação, agilidade.
  • Por último, devem notar que não há mudança de ângulo de filmagem, mas que as personagens e objetos são animados e surgem de diferentes pontos, dando dinamismo às cenas.
  • Saliente que todos esses elementos (duração, imagens, entonação, pausas, marcas de oralidade, música de fundo e animação) ajudam a prender a atenção de quem assiste.
  • Questione os alunos se eles sabem nomear o tipo de vídeo assistido.
    Informe que se trata de um vídeo-minuto, um gênero textual que tem a finalidade de homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Observações: Caso não seja possível projetar o vídeo diretamente da Internet, baixe-o previamente e projete-o também usando o projetor multimídia. Uma outra opção, caso os alunos tenham acesso a celular no ambiente escolar, é compartilhar o vídeo previamente e pedir para que os alunos levem para a aula. Se quiser usar outra temática devido ao perfil da turma, pesquise outros vídeos no site www.youtube.com.br ou em outros sites por meio de buscas na Internet. Uma sugestão de canal onde se pode achar vídeos-minutos com outras temáticas é o canal “Mega Curioso”, disponível em: https://www.youtube.com/channel/UCsg11Ullu0dBrNXTrDBKOXA.

* O Vídeo-minuto trata da temática de mortes em decorrência da pessoa tirar uma selfie, ou seja, quando o indivíduo prioriza mais a sua imagem do que a sua vida; havendo, portanto, uma inversão de valores. Um estudo realizado por Hemank Lamba demonstrou que 15 pessoas morreram por causa de selfies em 2014, 39 em 2015 e 73 nos primeiros oito meses de 2016. Sendo assim, há um crescente nesses números e devido ser um procedimento muito presente na vida dos jovens, é um assunto que precisa ser discutido nas escolas. No vídeo-minuto consta mortes por armas de fogo, mas elas não são tratadas de forma banal, pelo contrário, há um alerta de não realizar tais tipos de selfies. Porém, caso o professor veja necessidade, pode destacar que nenhuma situação apresentada deve ser reproduzida e também propor uma discussão maior sobre a temática, usando um outro tempo oportuno, tendo como base o seguinte texto: Estudo revela as alarmantes estatísticas das mortes causadas por selfies. Tecmundo. Disponível em: . Acessado em 21/11/2018.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça a alguns alunos que socializem a informação que acharam mais interessante sobre o vídeo-minuto, a fim de que haja divulgação do conhecimento e percepção do que os alunos conseguiram compreender. Se for necessário, complemente/ajuste as informações.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é quarta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero vídeo-minuto e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Projetor multimídia/computador ou celulares ou laboratório de informática e Internet; vídeo minuto: As mortes mais estúpidas causadas por selfies. 2018. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=_-hctTzDH70>. Acesso em: 28 jul. 2018.

Informações sobre o gênero: O vídeo-minuto tem como objetivo homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem desconhecer o conceito de elementos cinésicos e paralinguísticos.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, Jacqueline P. As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC. Na Ponta do Lápis, n.31, jul 2018. Disponível em: <https://www.escrevendoofuturo.org.br/arquivos/7589/npl31.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gêneros orais: conceituação e caracterização. Anais do SILEL. Volume 3, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 01 minuto

Orientações:

  • Apresente o tema da aula para os alunos. Não dê maiores informações para não prejudicar o andamento da atividade realizada na introdução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 09 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula com os seguintes questionamentos, de forma oral:
    - 1 minuto é muito ou pouco tempo?
    - É possível transmitir informações de forma consistente em 1 minuto?
  • As respostas deverão ser dadas por alguns alunos de forma voluntária.
  • Após as respostas dos alunos, realize a seguinte dinâmica: peça que os estudantes formem duplas e sigam a dois comandos dados por você. São eles:

Você tem 1 minuto para conversar livremente com seu amigo!
Você tem 1 minuto para ficar calado e sem se mexer!

  • Em seguida, questione e peça a alguns alunos que, voluntariamente, respondam oralmente à questão abaixo:
    - E agora, 1 minuto é muito ou pouco tempo?Espera-se que os alunos percebam que dependendo da situação em que estão, a noção temporal pode variar.
  • Proponha outra questão para os alunos e peça a alguns alunos que, voluntariamente, respondam oralmente à seguinte questão:

- Sua visão em relação à possibilidade de transmissão de informações consistentes em 1 minuto mudou? E em vídeo, você acha ser possível transmitir conhecimento com vídeos em torno de 1 minuto? Resposta pessoal. Espera-se que os alunos observem que em um minuto é possível transmitir conhecimento de forma considerável.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Projete na tela e exiba este vídeo aos alunos sem dizer ainda a que gênero pertence.

Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=_-hctTzDH70>. Acesso em: 28 jul. 2018.*

  • Foi escolhido este tema por despertar o interesse dos jovens e também por ser algo que faz parte do cotidiano deles, logo o vídeo propicia a oportunidade de alertá-los quanto aos riscos do uso descontrolado do celular.
  • Após a exibição do vídeo, faça os seguintes questionamentos, que deverão estar projetados na tela, e peça aos alunos para irem anotando as respostas, no caderno, de forma bem sucinta e em tópicos:

- O vídeo traz como tema os exageros que as pessoas comentem para tirar uma selfie. Vocês consideram que essa linguagem irônica e a forma sarcástica como as mortes por selfie são apresentadas banalizam um tema tão delicado como o da morte de pessoas?

- Para você, é importante discutir essa temática? Por quê?
- Qual a duração do vídeo: curta ou longa?
- Como ele inicia e como termina?
- O vídeo consegue transmitir informações consistentes?
- Qual a importância das imagens para a transmissão das informações?
- Qual a relação entre as imagens e o texto. Elas se parecem?
- Como é a entonação da voz (variação no tom da voz). Segue sempre o mesmo tom ou há momentos em que há tons mais altos ou mais baixos?
- Há pausas nas falas ou o texto é lido direto, sem pausas? Com que função?
- Há marcas de oralidade ao longo do vídeo? Quais?
- Qual o efeito da música de fundo?
- Há mudança de ângulo de filmagem?

  • Se possível, compartilhe o vídeo com os alunos para que, por meio dos celulares deles, possam rever quantas vezes forem necessárias. Caso não seja possível, repita a exibição do vídeo, se os alunos solicitarem, pois para responderem a algumas questões, esse olhar mais atento se faz necessário.
  • Posteriormente, faça uma correção de forma participativa. Leia a questão e veja que aluno gostaria de comentar a resposta dada.
  • Os alunos podem ter opiniões diferentes em relação à banalização ou não do tema do vídeo devido à abordagem irônica constante nele. Aproveite este momento para , numa conversa espontânea, mostrar que o vídeo-minuto trata da temática de mortes em decorrência da pessoa tirar uma selfie, ou seja, quando o indivíduo prioriza mais a sua imagem do que a sua vida; havendo, portanto, uma alteração de valores sociais.
  • Como pesquisas mostram um crescimento neste tipo de mortes, é importante discutir esse assunto nas escolas, porque faz parte do universo jovem.
  • Os alunos deverão perceber que ainda que seja curto, tendo apenas 1min52seg, e que consegue passar várias informações dentro desse tempo, inclusive estatísticas; sendo, assim, consistente.
  • Eles ainda deverão observar que o vídeo começa com o título do assunto usando uma imagem padrão, que funciona como um logotipo do canal, e termina com uma legenda que contém informações sobre os profissionais que trabalharam na construção do vídeo e uma mensagem final.
  • Sobre as imagens, os alunos devem notar que elas têm a função de criar um estímulo visual e ilustram o texto falado, facilitando a compreensão da mensagem.
    Em relação à entonação, eles deverão perceber que ela cria musicalidade ao texto, por meio de contornos de altos e baixos, formando uma melodia e que também marca uma informação que precisa ser destacada. Caso os alunos não consigam ter essa percepção, volte no vídeo-minuto e mostre essa questão na prática.
  • Além disso, eles devem observar que as pausas acontecem para possibilitar a respiração e estão presentes, na maioria das vezes, ao final de cada frase.
    Ainda devem perceber que por se tratar de uma temática atrativa ao público contemporâneo e tecnológico, as falas possuem muitas marcas de oralidade, como “É mole”, “né” e“hein”, e que isso aproxima o público-alvo do texto e dá a sensação de uma conversa familiar.
  • Devem atentar para a música de fundo escolhida, que é dinâmica e coopera para acentuar o clima de ação, agilidade.
  • Por último, devem notar que não há mudança de ângulo de filmagem, mas que as personagens e objetos são animados e surgem de diferentes pontos, dando dinamismo às cenas.
  • Saliente que todos esses elementos (duração, imagens, entonação, pausas, marcas de oralidade, música de fundo e animação) ajudam a prender a atenção de quem assiste.
  • Questione os alunos se eles sabem nomear o tipo de vídeo assistido.
    Informe que se trata de um vídeo-minuto, um gênero textual que tem a finalidade de homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Observações: Caso não seja possível projetar o vídeo diretamente da Internet, baixe-o previamente e projete-o também usando o projetor multimídia. Uma outra opção, caso os alunos tenham acesso a celular no ambiente escolar, é compartilhar o vídeo previamente e pedir para que os alunos levem para a aula. Se quiser usar outra temática devido ao perfil da turma, pesquise outros vídeos no site www.youtube.com.br ou em outros sites por meio de buscas na Internet. Uma sugestão de canal onde se pode achar vídeos-minutos com outras temáticas é o canal “Mega Curioso”, disponível em: https://www.youtube.com/channel/UCsg11Ullu0dBrNXTrDBKOXA.

* O Vídeo-minuto trata da temática de mortes em decorrência da pessoa tirar uma selfie, ou seja, quando o indivíduo prioriza mais a sua imagem do que a sua vida; havendo, portanto, uma inversão de valores. Um estudo realizado por Hemank Lamba demonstrou que 15 pessoas morreram por causa de selfies em 2014, 39 em 2015 e 73 nos primeiros oito meses de 2016. Sendo assim, há um crescente nesses números e devido ser um procedimento muito presente na vida dos jovens, é um assunto que precisa ser discutido nas escolas. No vídeo-minuto consta mortes por armas de fogo, mas elas não são tratadas de forma banal, pelo contrário, há um alerta de não realizar tais tipos de selfies. Porém, caso o professor veja necessidade, pode destacar que nenhuma situação apresentada deve ser reproduzida e também propor uma discussão maior sobre a temática, usando um outro tempo oportuno, tendo como base o seguinte texto: Estudo revela as alarmantes estatísticas das mortes causadas por selfies. Tecmundo. Disponível em: . Acessado em 21/11/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça a alguns alunos que socializem a informação que acharam mais interessante sobre o vídeo-minuto, a fim de que haja divulgação do conhecimento e percepção do que os alunos conseguiram compreender. Se for necessário, complemente/ajuste as informações.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP40 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP42 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano