13707
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Brincando de acumular ideias

POR: Simone Carvalho De Vellasco 24/11/2018
Código: LPO1_02SQA01

1º ano / Língua Portuguesa / Sequência de Atividades

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF15LP01) Identificar a função social de textos que circulam em campos da vida social dos quais participa cotidianamente (a casa, a rua, a comunidade, a escola) e nas mídias impressa, de massa e digital, reconhecendo para que foram produzidos, onde circulam, quem os produziu e a quem se destinam.

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 1º ano do Fundamental sobre a estrutura acumulativa presente em brincadeiras orais e contos.

 

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos acumulativos e no campo de atuação Artístico-Literário / todos os campos. A aula faz parte do módulo de leitura/ escuta (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Objetos do cotidiano e de um mesmo grupo semântico (brinquedos ou materiais escolares) ou cartões com imagens desses objetos ou de outros grupos (frutas ou animais); caixa de sapato vazia ou tecido; livro “Um+um+um+todos”, de Anna Göbel ou texto e cartões com personagens do conto popular “A história da beterraba”.

Características do gênero: Contos acumulativos - narrativas que trazem ações e/ou personagens que se repetem em sequência acumulativa, também conhecidos como contos de lengalenga, parlenda longa ou “contos de nunca acabar”, favorecem a memorização do texto e a antecipação dos fatos seguintes.

Referências sobre o assunto:

CASCUDO, Luís da Câmara. Contos Tradicionais do Brasil. 1. ed. São Paulo: Global, 2014.

MEGALE, Nilza. Folclore Brasileiro. 5.ed.Petrópolis: Vozes, 2011.

REGO, L.B. Literatura infantil: uma nova perspectiva da alfabetização na pré-escola. São Paulo: FTD,1988.

Sites e links:

Caderno de orientações : histórias com acumulação. São Paulo, SP : Ministério da Educação, 2011. Disponível em: www.portaltrilhas.org.br/download/biblioteca/caderno-de-orientacoes-historias-com-acumulacao.pdf

Jogos e materiais para a alfabetização. Disponível em: www.oficinasdealfabetizacao.blogspot.com/2012/09/historias-acumulativas.html

VIEIRA, Marcus. Brincando com músicas e histórias acumulativas. Disponível em www.youtube.com/watch?v=5dG2dtKkdpI

www.ataba.com.br/e-possivel-ler-mesmo-sem-saber-ler/

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia o tema da aula para as crianças e diga que vão brincar com imagens, palavras e ideias.

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

  • Organize a turma em um grande grupo, numa roda ou semicírculo.
  • Converse com as crianças sobre histórias que utilizem a brincadeira com palavras. Este é um momento de escutá-las, mesmo que as memórias que elas tragam não sejam contos acumulativos.
  • Proponha que vão brincar com algumas palavras. Coloque no centro da roda alguns objetos/ imagens (de 5 a 10 no máximo) de um mesmo grupo semântico (frutas, brinquedos ou materiais escolares, por exemplo) para que as crianças possam observá-los.
  • Em seguida, retire-os do centro da roda, cobrindo-os com um tecido ou guardando-os em uma caixa. Você pode criar um clima de mágica, como se os objetos tivessem desaparecido.
  • Apresente um objeto ou uma imagem, retirando-o da caixa ou debaixo do tecido. Utilize, caso seja possível e interessante, os slides propostos neste plano para apresentar estas imagens.
  • Peça para as crianças dizerem o nome deste objeto/ imagem. Elas podem dizer juntas ou o professor pode destacar uma criança para dizer.
  • Apresente um segundo objeto/imagem, colocando-o ao lado do primeiro.
  • Peça para as crianças dizerem o nome de todos os objetos/imagens que agora estão no centro da roda, na sequência que apareceram, acumulando um após o outro.
  • Repita os passos acima com todos os objetos/ imagens até que todos tenham sido colocados na roda.
    Por exemplo:
    lápis;
    lápis e caderno;
    lápis, caderno e tesoura;
    lápis, caderno, tesoura e livro;
    lápis, caderno, tesoura, livro e calculadora.

Materiais complementares: Cartões com imagens de animais, frutas e material escolar.

Dificuldades antecipadas/ sugestões de intervenções:

É possível que as crianças possam não se recordar de brincadeiras ou histórias que brinquem com palavras, ou ainda citarem histórias que não tragam estes elementos ou que não sejam sequências acumulativas.

Acolha as falas das crianças e dê ideias sobre essas histórias ou brincadeiras. Você pode sugerir, por exemplo, “Conhecem alguma história que tenha um personagem e depois outro e outro e outro?” Pode ainda recordar alguma história já lida pela turma ou alguma brincadeira que costumam fazer.

Outra dificuldade pode ser que as crianças não conheçam os objetos ou imagens apresentadas ou ainda, que digam os nomes, mas não em sequência, ou sem acumular.

Você pode antes de iniciar a brincadeira apresentar todos os objetos e a medida que for trazendo-os, pedir que as crianças identifique-os oralmente.

Para facilitar a sequenciação dos objetos ou imagens, coloque-os em ordem, um ao lado do outro e aponte para aquelas crianças com dificuldades na sequenciação correta.

Parte 1 - Atividade “Vamos fazer uma festa!”

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

Para este momento da aula, serão propostas duas atividades com sequências acumulativas. A turma pode permanecer na roda.

Atividade “Vamos fazer uma festa”
1. Apresente às crianças a primeira atividade. Proponha uma situação que desencadeie uma sequência acumulativa usando o nome dos colegas da turma, por exemplo, “Vamos fazer uma festa”. Escreva a situação no quadro.
2. Converse que os convidados serão os próprios colegas da turma.
3. Combine com as crianças que vão listar oralmente o nome dos colegas que serão convidados, um a um, em sequência e retomando o/os nome(s) anteriores. Comente que esta lista será semelhante à primeira brincadeira.
4. Inicie a brincadeira com o nome de uma criança, por exemplo, “vamos fazer uma festa e convidar a Maria”.
5. Peça a criança convidada que chame outro colega para a festa. Reforce que ela deve repetir a situação, o primeiro convidado e o colega ao seu lado ou próximo a ela a ser convidado, por exemplo, “vou fazer uma festa e convidar Maria e Miguel”.
6. Chame este último colega convidado para repetir a situação, retomar o nome dos convidados na sequência e convidar mais um colega.
7. Repita a dinâmica até que todos possam participar.

Dificuldades antecipadas/ sugestões de intervenções:

Pode haver crianças que não conseguem sequenciar os nomes dos colegas. Proceda da mesma forma que a anterior. Aponte para as crianças que devem entrar na sequência.

Parte 2 - Atividade com conto acumulativo

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:Sugestão de livro “Um + um + um + todos”. Caso você não encontre o livro, você poderá usar o conto popular “A grande beterraba.”
1. Fale para as crianças que agora farão a leitura de uma história.
2. Apresente o conto. Converse com elas sobre a capa, autor e demais informações que possam antecipar.
3. Apresente a primeira imagem ou página. Peça que as crianças descrevam o que veem. Você pode solicitar a uma criança para descrever ou ainda dar voz àquelas que se manifestarem. Complemente as ideias trazidas por elas, se necessário ou leia o trecho da página.
4. Proceda a leitura compartilhada com as crianças, valorizando a construção oral do conto, feita por elas.
5. Repita as sequências acumulativas que o conto traz ou peça que as crianças completem oralmente ao longo da contação as sequências.

Materiais complementares: Caso não tenha acesso ao livro sugerido, utilize as atividades para impressão com o texto do conto popular “A grande beterraba” e com os personagens deste conto, para desenvolver a atividade: aqui

Dificuldades antecipadas/ sugestões de intervenções:

Na leitura do conto acumulativo, as crianças podem não conseguir visualizar todos os detalhes das cenas para lerem. Podem também ter dificuldades de encadear as ideias.

Utilize se possível um projetor com as imagens escaneadas ou fotografadas. projetando em tamanho maior na sala para facilitar a visualização de descrição das imagens e cenas.
Pode também utilizar o próprio livro, mostrar para o grande grupo e entregar nas mãos de uma criança para que ela descreva a cena e construa a ideia daquela página.
Retome oralmente o nome dos personagens que surgem para facilitar o encadeamento das ideias. Faça perguntas, se necessário, por exemplo: “E agora? Quem apareceu para ajudar o vovô?”, “E o que eles fizeram?”

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

1. Retome as atividades anteriores.
2. Questione as crianças sobre o que puderam observar de comum nas brincadeiras e na história.
3. Pergunte às crianças quais elementos foram repetidos e acumulados nas atividades: nome de objetos/ imagens; nome dos colegas; nome dos personagens.
4. Diga às crianças que a repetição de elementos, numa mesma ordem em que um se acumula após o outro é uma das características dos contos acumulativos e que vão ao longo das próximas aulas ler e trabalhar com várias histórias assim.

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Simone Vellasco
Mentor: Mariana Prado
Especialista:Tania Rios

Título da aula: Brincando de acumular ideias

Finalidade da aula: Espera-se que os alunos observem a estrutura acumulativa presente em brincadeiras orais e contos.Ano:1º ano do Ensino Fundamental

Gênero:Contos acumulativos

Objeto(s) do conhecimento: Reconstrução das condições de produção e recepção de textos.

Prática de linguagem: Leitura/ escuta (compartilhada e autônoma)

Habilidade(s) da BNCC: EF15LP01

Sobre esta aula: Esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos acumulativos e no campo de atuação Artístico-Literário / todos os campos. A aula faz parte do módulo de leitura/ escuta (compartilhada e autônoma).

 

Materiais necessários: Objetos do cotidiano e de um mesmo grupo semântico (brinquedos ou materiais escolares) ou cartões com imagens desses objetos ou de outros grupos (frutas ou animais); caixa de sapato vazia ou tecido; livro “Um+um+um+todos”, de Anna Göbel ou texto e cartões com personagens do conto popular “A história da beterraba”.

 

Características do gênero: Contos acumulativos - narrativas que trazem ações e/ou personagens que se repetem em sequência acumulativa, também conhecidos como contos de lengalenga, parlenda longa ou “contos de nunca acabar”, favorecem a memorização do texto e a antecipação dos fatos seguintes.

Referências sobre o assunto:

CASCUDO, Luís da Câmara. Contos Tradicionais do Brasil. 1. ed. São Paulo: Global, 2014.

MEGALE, Nilza. Folclore Brasileiro. 5.ed.Petrópolis: Vozes, 2011.

REGO, L.B. Literatura infantil: uma nova perspectiva da alfabetização na pré-escola. São Paulo: FTD,1988.

Sites e links:

Caderno de orientações : histórias com acumulação. São Paulo, SP : Ministério da Educação, 2011. Disponível em: www.portaltrilhas.org.br/download/biblioteca/caderno-de-orientacoes-historias-com-acumulacao.pdf

Jogos e materiais para a alfabetização. Disponível em: www.oficinasdealfabetizacao.blogspot.com/2012/09/historias-acumulativas.html

VIEIRA, Marcus. Brincando com músicas e histórias acumulativas. Disponível em www.youtube.com/watch?v=5dG2dtKkdpI

www.ataba.com.br/e-possivel-ler-mesmo-sem-saber-ler/


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

1º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

2º Ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes