17664
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Os processos migratórios incentivados pelo Estado e a ocupação da Amazônia

Plano de aula de História com atividades para 4º ano do EF sobre Os processos migratórios incentivados pelo Estado e a ocupação da Amazônia

Plano 08 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Aline Soares Silva

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI10 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor digital, quadro branco, marcador para quadro, tarjas de cartolinas coloridas de tamanho aproximado de 20X30 cm (4 unidades, uma de cada cor), tablets, notebooks ou material impresso.

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

SISTEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GSaMYRE8ZqYdJX6D73j8B8KGHXpdAp8xzuWkUVrqZ9gbsF8bRzkAY2K4knap/his4-10und08-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Sobre o processo de ocupação da Amazônia:

https://escola.mpu.mp.br/publicacoes/boletim-cientifico/edicoes-do-boletim/boletim-cientifico-n-32-33-janeiro-dezembro-2010/a-amazonia-brasileira-processo-de-ocupacao-e-a-devastacao-da-floresta/at_download/file Acesso em 12 de Abril de 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações:

Projete ou escreva no quadro o objetivo da aula para os alunos e peça para um aluno ler o mesmo em voz alta.

Em seguida coloque algumas questões que possam ajudar o aluno a estabelecer a relação pertinente entre os aspectos que constam no objetivo:

  • Qual será o assunto desta aula?
  • De que processo migratório fala o objetivo?
  • Como o Governo incentivou essa migração?
  • Alguém poderia citar alguma propaganda que motive um indivíduo a migrar de um lugar para outro?
  • O objetivo fala de consequências. Para quem essa migração trouxe consequências, de acordo com o objetivo?

Para adequar à sua realidade:

Perguntas a serem colocadas após as que estão descritas, caso a escola se localize na área denominada Amazônia Legal:

  • Alguém percebeu mudanças em nossa cidade nos últimos anos? Quais?
  • Quando transitamos pela área rural percebemos mudança na paisagem? Quais?
  • Como as mudanças do local onde vivemos podem estar relacionadas com o objetivo da aula?
  • Todos vocês nasceram aqui ou vieram de outras regiões do Brasil? Por que vieram para cá?
  • Como é a realidade de vida dos povos indígenas em nossa cidade?

Para você saber mais:

Neste link, uma matéria da BBC com uma linha do tempo do processo de ocupação da Amazônia:

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Divida a sala em 4 grupos.

Projete o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=3FM0PW1N-FI (Acesso em 11 de Abril de 2019) para os alunos com uso de um projetor digital ou tablets (ou celulares) para uso em grupo.

Medeie uma conversa com os alunos sobre o mesmo:

  • Qual o assunto do vídeo?
  • Quais os problemas ambientais surgiram e continuam surgindo em decorrência do desmatamento da região Amazônica?
  • Você sabe que a área com vegetação amazônica cobre 9 Estados? Sabe quais são? (Se necessário exponha a parte do mapa no vídeo. (Os sete Estados da região Norte: Amazonas, Roraima, Pará, Acre, Rondônia, Amapá, Tocantins e ainda o Maranhão que fica na região Nordeste e o Mato Grosso na região Centro Oeste). Essa área é chamada de Amazônia Legal, que corresponde a 61% do território Nacional. O Governo Brasileiro instituiu esse termo para propor metas de desenvolvimento para esses Estados.
  • O que o vídeo nos fala sobre o desmatamento da Amazônia Legal?
  • Os indígenas são os primeiros habitantes de nosso país. É na Amazônia Legal que vive 55,9% dos povos indígenas brasileiros. Qual o impacto da ocupação da Amazônia Legal para os indígenas?
  • Para onde vai a madeira extraída da Amazônia Legal?
  • O vídeo mostra também, que para o trabalho de desmatamento pessoas migram para essa região. Como são as condições de trabalho dos migrantes apresentadas pelo vídeo?
  • Projete a imagem do mapa da Amazônia Legal para o alunos.
  • Quais Estados compõe a Amazônia Legal?
  • Todos estão localizados na região Norte?
  • Por que estados que não fazem parte da região Norte também integram a Amazônia Legal?

(Explique para os alunos que a composição da Amazônia Legal é feita por Estados que possuem características climáticas, de vegetação ou hidrografia idênticas).

  • Mas como iniciou o processo de ocupação da Amazônia? Quem são os brasileiros que migraram/migram para lá? Como o Governo incentivou essa migração? Vamos estudar?

Fonte da imagem: https://ww2.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/amazonialegal.shtm Acesso em 26/04/2019.

Para você saber mais:

Sobre a Amazônia Legal:

https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/28783-o-que-e-a-amazonia-legal/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os problemas ambientais decorrentes do desmatamento:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Divida a sala em 4 grupos.

Projete o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=3FM0PW1N-FI (Acesso em 11 de Abril de 2019) para os alunos com uso de um projetor digital ou tablets (ou celulares) para uso em grupo.

Medeie uma conversa com os alunos sobre o mesmo:

  • Qual o assunto do vídeo?
  • Quais os problemas ambientais surgiram e continuam surgindo em decorrência do desmatamento da região Amazônica?
  • Você sabe que a área com vegetação amazônica cobre 9 Estados? Sabe quais são? (Se necessário exponha a parte do mapa no vídeo. (Os sete Estados da região Norte: Amazonas, Roraima, Pará, Acre, Rondônia, Amapá, Tocantins e ainda o Maranhão que fica na região Nordeste e o Mato Grosso na região Centro Oeste). Essa área é chamada de Amazônia Legal, que corresponde a 61% do território Nacional. O Governo Brasileiro instituiu esse termo para propor metas de desenvolvimento para esses Estados.
  • O que o vídeo nos fala sobre o desmatamento da Amazônia Legal?
  • Os indígenas são os primeiros habitantes de nosso país. É na Amazônia Legal que vive 55,9% dos povos indígenas brasileiros. Qual o impacto da ocupação da Amazônia Legal para os indígenas?
  • Para onde vai a madeira extraída da Amazônia Legal?
  • O vídeo mostra também, que para o trabalho de desmatamento pessoas migram para essa região. Como são as condições de trabalho dos migrantes apresentadas pelo vídeo?
  • Projete a imagem do mapa da Amazônia Legal para o alunos.
  • Quais Estados compõe a Amazônia Legal?
  • Todos estão localizados na região Norte?
  • Por que estados que não fazem parte da região Norte também integram a Amazônia Legal?

(Explique para os alunos que a composição da Amazônia Legal é feita por Estados que possuem características climáticas, de vegetação ou hidrografia idênticas).

  • Mas como iniciou o processo de ocupação da Amazônia? Quem são os brasileiros que migraram/migram para lá? Como o Governo incentivou essa migração? Vamos estudar?

Fonte da imagem: https://ww2.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/amazonialegal.shtm Acesso em 26/04/2019.

Para você saber mais:

Sobre a Amazônia Legal:

https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/28783-o-que-e-a-amazonia-legal/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os problemas ambientais decorrentes do desmatamento:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/?p=10460 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/?p=10460 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Convide os alunos a elaborarem propagandas em forma de panfleto, cartaz ou capa de revista, fazendo o inverso do que está proposto nas propagandas de ocupação veiculadas pelo Governo Brasileiro em outros tempos.

Por exemplo, nas propagandas do Chabloz, os alunos podem organizar uma propaganda com o tema: Vem você também preservar a Amazônia, na outra em que diz “Cada um no seu lugar”, os alunos podem mostrar indígenas na Amazônia, na capa que mostra a Amazônia ontem e amanhã, a propaganda feita pelos alunos deve mostrar a Amazônia em destruição ontem e hoje e preservada amanhã. Peça que utilizem a mesma temática.

As propagandas elaboradas pelos alunos devem alertar para o perigo da destruição ambiental, do impacto para os povos indígenas, fazendo exatamente o contrário do que é proposto nas propagandas feitas em tempos passados.

É importante, que fique claro para os alunos que a preocupação do Governo era garantir a posse das terras brasileiras, muito disputadas no decorrer da história e explorar os recursos naturais da região Norte, última a ser colonizada e que as propagandas mobilizaram migrantes de todas as regiões, mas sobretudo nordestinos e que as condições de trabalho oferecidas eram muito diferentes da realidade encontrada pelos trabalhadores, assim como a promessa do Novo Eldorado só existia nas propagandas pois, os que migraram para a região, enfrentaram selva, doenças tropicais, ação de grileiros e muitos sequer voltaram para casa. Outro aspecto a ser garantido, de igual importância, é a questão do genocídio indígena em nome da ganância, pois com o extermínio de muitas nações indígenas brasileiras, perdemos um pouco de nós mesmos ao vermos cidadãos de nossa pátria tendo seus direitos universais violados de maneira cruel e desumana.

Fonte da imagem: https://www.youtube.com/watch?v=3FM0PW1N-FI (Acesso em 26 de Abril de 2019)

Material complementar:

SISTEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GSaMYRE8ZqYdJX6D73j8B8KGHXpdAp8xzuWkUVrqZ9gbsF8bRzkAY2K4knap/his4-10und08-sistematizacao.pdf

Em muitas cidades da região Norte, é muito comum a presença de cidadãos indígenas em convívio com a nossa cultura e habitando na zona urbana. Um entrevista com um deles seria de grande valia para sistematização do aprendizado.

Para você saber mais:

Sobre o processo de ocupação da Amazônia:

https://escola.mpu.mp.br/publicacoes/boletim-cientifico/edicoes-do-boletim/boletim-cientifico-n-32-33-janeiro-dezembro-2010/a-amazonia-brasileira-processo-de-ocupacao-e-a-devastacao-da-floresta/at_download/file Acesso em 12 de Abril de 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI10 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor digital, quadro branco, marcador para quadro, tarjas de cartolinas coloridas de tamanho aproximado de 20X30 cm (4 unidades, uma de cada cor), tablets, notebooks ou material impresso.

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

SISTEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GSaMYRE8ZqYdJX6D73j8B8KGHXpdAp8xzuWkUVrqZ9gbsF8bRzkAY2K4knap/his4-10und08-sistematizacao.pdf

Para você saber mais:

Sobre o processo de ocupação da Amazônia:

https://escola.mpu.mp.br/publicacoes/boletim-cientifico/edicoes-do-boletim/boletim-cientifico-n-32-33-janeiro-dezembro-2010/a-amazonia-brasileira-processo-de-ocupacao-e-a-devastacao-da-floresta/at_download/file Acesso em 12 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações:

Projete ou escreva no quadro o objetivo da aula para os alunos e peça para um aluno ler o mesmo em voz alta.

Em seguida coloque algumas questões que possam ajudar o aluno a estabelecer a relação pertinente entre os aspectos que constam no objetivo:

  • Qual será o assunto desta aula?
  • De que processo migratório fala o objetivo?
  • Como o Governo incentivou essa migração?
  • Alguém poderia citar alguma propaganda que motive um indivíduo a migrar de um lugar para outro?
  • O objetivo fala de consequências. Para quem essa migração trouxe consequências, de acordo com o objetivo?

Para adequar à sua realidade:

Perguntas a serem colocadas após as que estão descritas, caso a escola se localize na área denominada Amazônia Legal:

  • Alguém percebeu mudanças em nossa cidade nos últimos anos? Quais?
  • Quando transitamos pela área rural percebemos mudança na paisagem? Quais?
  • Como as mudanças do local onde vivemos podem estar relacionadas com o objetivo da aula?
  • Todos vocês nasceram aqui ou vieram de outras regiões do Brasil? Por que vieram para cá?
  • Como é a realidade de vida dos povos indígenas em nossa cidade?

Para você saber mais:

Neste link, uma matéria da BBC com uma linha do tempo do processo de ocupação da Amazônia:

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Divida a sala em 4 grupos.

Projete o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=3FM0PW1N-FI (Acesso em 11 de Abril de 2019) para os alunos com uso de um projetor digital ou tablets (ou celulares) para uso em grupo.

Medeie uma conversa com os alunos sobre o mesmo:

  • Qual o assunto do vídeo?
  • Quais os problemas ambientais surgiram e continuam surgindo em decorrência do desmatamento da região Amazônica?
  • Você sabe que a área com vegetação amazônica cobre 9 Estados? Sabe quais são? (Se necessário exponha a parte do mapa no vídeo. (Os sete Estados da região Norte: Amazonas, Roraima, Pará, Acre, Rondônia, Amapá, Tocantins e ainda o Maranhão que fica na região Nordeste e o Mato Grosso na região Centro Oeste). Essa área é chamada de Amazônia Legal, que corresponde a 61% do território Nacional. O Governo Brasileiro instituiu esse termo para propor metas de desenvolvimento para esses Estados.
  • O que o vídeo nos fala sobre o desmatamento da Amazônia Legal?
  • Os indígenas são os primeiros habitantes de nosso país. É na Amazônia Legal que vive 55,9% dos povos indígenas brasileiros. Qual o impacto da ocupação da Amazônia Legal para os indígenas?
  • Para onde vai a madeira extraída da Amazônia Legal?
  • O vídeo mostra também, que para o trabalho de desmatamento pessoas migram para essa região. Como são as condições de trabalho dos migrantes apresentadas pelo vídeo?
  • Projete a imagem do mapa da Amazônia Legal para o alunos.
  • Quais Estados compõe a Amazônia Legal?
  • Todos estão localizados na região Norte?
  • Por que estados que não fazem parte da região Norte também integram a Amazônia Legal?

(Explique para os alunos que a composição da Amazônia Legal é feita por Estados que possuem características climáticas, de vegetação ou hidrografia idênticas).

  • Mas como iniciou o processo de ocupação da Amazônia? Quem são os brasileiros que migraram/migram para lá? Como o Governo incentivou essa migração? Vamos estudar?

Fonte da imagem: https://ww2.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/amazonialegal.shtm Acesso em 26/04/2019.

Para você saber mais:

Sobre a Amazônia Legal:

https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/28783-o-que-e-a-amazonia-legal/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os problemas ambientais decorrentes do desmatamento:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Divida a sala em 4 grupos.

Projete o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=3FM0PW1N-FI (Acesso em 11 de Abril de 2019) para os alunos com uso de um projetor digital ou tablets (ou celulares) para uso em grupo.

Medeie uma conversa com os alunos sobre o mesmo:

  • Qual o assunto do vídeo?
  • Quais os problemas ambientais surgiram e continuam surgindo em decorrência do desmatamento da região Amazônica?
  • Você sabe que a área com vegetação amazônica cobre 9 Estados? Sabe quais são? (Se necessário exponha a parte do mapa no vídeo. (Os sete Estados da região Norte: Amazonas, Roraima, Pará, Acre, Rondônia, Amapá, Tocantins e ainda o Maranhão que fica na região Nordeste e o Mato Grosso na região Centro Oeste). Essa área é chamada de Amazônia Legal, que corresponde a 61% do território Nacional. O Governo Brasileiro instituiu esse termo para propor metas de desenvolvimento para esses Estados.
  • O que o vídeo nos fala sobre o desmatamento da Amazônia Legal?
  • Os indígenas são os primeiros habitantes de nosso país. É na Amazônia Legal que vive 55,9% dos povos indígenas brasileiros. Qual o impacto da ocupação da Amazônia Legal para os indígenas?
  • Para onde vai a madeira extraída da Amazônia Legal?
  • O vídeo mostra também, que para o trabalho de desmatamento pessoas migram para essa região. Como são as condições de trabalho dos migrantes apresentadas pelo vídeo?
  • Projete a imagem do mapa da Amazônia Legal para o alunos.
  • Quais Estados compõe a Amazônia Legal?
  • Todos estão localizados na região Norte?
  • Por que estados que não fazem parte da região Norte também integram a Amazônia Legal?

(Explique para os alunos que a composição da Amazônia Legal é feita por Estados que possuem características climáticas, de vegetação ou hidrografia idênticas).

  • Mas como iniciou o processo de ocupação da Amazônia? Quem são os brasileiros que migraram/migram para lá? Como o Governo incentivou essa migração? Vamos estudar?

Fonte da imagem: https://ww2.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/amazonialegal.shtm Acesso em 26/04/2019.

Para você saber mais:

Sobre a Amazônia Legal:

https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/28783-o-que-e-a-amazonia-legal/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os problemas ambientais decorrentes do desmatamento:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/?p=10460 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/?p=10460 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Projete a imagem da linha do tempo para os alunos ou escreva-a no quadro ou imprima uma cópia da mesma para os alunos.

Medeie uma conversa sobre a mesma com os alunos:

  • Quando os portugueses chegaram ao Brasil?
  • Em 1543 os europeus chegaram à Amazônia. Qual a data da primeira expedição para a região e quantas pessoas participaram?
  • Como devia ser a região Norte naquele tempo?
  • Que povos viviam aqui antes da chegada dos portugueses?
  • Como foi o contato entre europeus e indígenas?
  • Como podemos observar na linha do tempo o Estado do Acre passou a pertencer ao Brasil em que ano?
  • Já ouviram falar do “ouro negro” ou ciclos da borracha? (Conte aos alunos que a descoberta do látex, extraído da seringueira, planta nativa da região Norte do país, usado para fabricação da borracha, deu origem à migração de nordestinos e também estrangeiros para a Amazônia e ao início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que era usada para o transporte do látex. Tanto para a extração, quanto para a construção da ferrovia, milhares de pessoas migraram, atraídos pela oportunidade de emprego, entretanto, não contavam com os perigos da selva, as doenças tropicais que ceifou milhares de vidas).
  • Projete ou imprima e apresente aos alunos as fotos datadas de 1912 a 1915 que contam um pouco da história do I Ciclo da Borracha, no qual estima-se que 300.000 nordestinos tenham migrado para a Amazônia. Nesta época, o incentivo para a migração baseava-se apenas na oportunidade de emprego. Vamos analisar umas fotos?
  • O que nos mostra a primeira foto?
  • Como está a margem do Rio Madeira?
  • O que ocorre quando desmatamos a mata ciliar? (Esse assunto deve ser amplamente conhecido dos alunos, mas caso eles tenham dúvida, esclareça que margens de rios e nascentes não podem ser desmatadas, porque causa assoreamento dos rios e morte das nascentes).
  • O que podemos concluir observando a segunda e a terceira foto? (As condições de abrigo dos trabalhadores).

Como estão vestidos? O que seus rostos nos mostram? Como um abrigo assim poderia proteger os trabalhadores de mosquitos causadores de doenças, de animais peçonhentos, de animais selvagens? Abrigos assim podem comprometer a saúde dos trabalhadores? Por que?

  • Como podemos relacionar essas fotos com o vídeo que assistimos?
  • Exiba a foto do slide seguinte. O que essa foto nos mostra?
  • Qual o impacto do desmatamento para os povos indígenas?
  • A quem pertenciam as terras da região Norte? (Aos indígenas, tudo era território deles, assim como o restante do Brasil. Não foi diferente o genocídio indígena da região Norte em comparação com outras regiões).
  • Apresente a foto dos povos indígenas Katukina (habitantes dos Estados da Região Norte, especialmente o Amazonas). O que a foto nos mostra? O que podemos observar sobre as vestes? (alguns com roupas da cultura de outros povos). O que vemos nas expressões faciais? Há alegria? Por que será que não vemos sorriso nestes rostos?
  • Que materiais foram usados para a construção da cobertura que vemos na foto?

Exiba as fotos das propagandas elaboradas por Chabloz e veiculadas pelo Governo para incentivar migrantes, sobretudo nordestinos a irem para a Amazônia no II Ciclo da Borracha. O primeiro ciclo iniciou em 1879 e terminou e entrou em declínio em 1912. O II Ciclo iniciou no ano de 1942 e terminou em 1945. Neste mesmo período ocorria a II Guerra Mundial e o Governo Brasileiro fez um acordo com o Governo dos EUA para extração da borracha.

  • O que vemos na primeira imagem?
  • A quem são direcionadas essas propagandas? (Aos trabalhadores, aos que buscavam oportunidade de trabalho, e de modo especial os nordestinos, castigados pela seca e falta de políticas públicas de atendimento aos problemas sociais do Nordeste).
  • Onde parece viver e o que está fazendo o homem que observa o caminhão? (O objetivo era atrair nordestinos, castigados pela seca e pela falta de oportunidades de trabalho a migrarem para a região Norte, com o fim de trabalharem na extração do látex.
  • O que vemos na segunda imagem? Além do trabalho dos “soldados da borracha” como eram chamados os trabalhadores que migraram para lá, o que mais vemos? (A defesa da fronteira. Conte aos alunos que um preocupação do Governo era defender os limites territoriais) Ressalte para os alunos que as promessas feitas pelo Governo não foram cumpridas (vide o material de leitura complementar) e que o trabalho era de escravização, sem condições de trabalho e sem cumprimento do pagamento combinado.
  • Passemos agora à década de 60. Volte à linha do tempo. Qual era o projeto do Governo Militar para ocupação da Amazônia? (Integrar para não Entregar e para isso o Governo anunciou a região Norte como o Novo Eldorado, com promessa de distribuição de terras, acompanhadas de políticas públicas de desenvolvimento).
  • Exiba a imagem da capa da Revista do BASA. O que vemos na capa dessa revista de 1971?
  • A quem é direcionada essa propaganda? Por que? (Aos empresários. Porque o objetivo era levar a indústria para explorar o minérios e demais recursos naturais da Amazônia e com isso gerar emprego e atrair mais migrantes).
  • Existe alguma preocupação em preservar o meio ambiente nessa propaganda?
  • Com a destruição da mata o que ocorre com os povos indígenas?
  • Quais os impactos para o meio ambiente?
  • Projete o segundo anúncio. Todos sabem o significado da sigla SUDAM? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O que o anúncio promete? Que “lendas” o Governo queria deixar apagadas? (Se refere não às lendas, mas às histórias reais dos perigos da selva, do não cumprimento das promessas feitas, das vidas ceifadas, dos confrontos e morte dos povos indígenas).
  • Projete o mapa do site mirim.org. Considerando que toda a região Norte era ocupada por indígenas, observe a imagem do mirim.org e digam o que veem nela. Como é hoje a realidade de ocupação de terras indígenas na região Norte? O que vocês pensam sobre isso?

Material complementar:

PROBLEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V7dBfnUXp8Zghg7tYrMFxBKGZcfaCSHWCqTyHfpTjTZtfMMj6CYjpx64AaHD/his4-10und08-problematizacao.pdf

Leitura complementar: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/historia/soldados-da-borracha-os-escravos-do-seculo-20-em-plena-2-guerra-mundial-799hvh20tv0frus80eda1ftxf/ Acesso em 12 de Abril de 2019.

Fonte das imagens:

Das propagandas do Governo para ocupação da Amazônia: http://www.mauc.ufc.br/arquivo-chabloz/batalha-da-borracha/campanha/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das terras indígenas: https://mirim.org/terras-indigenas Acesso em 11 de Abril de 2019.

Das fotos da construção da EFMM:

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3876 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3847 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/5573 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3889 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/handle/20.500.12156.1/3868 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Da capa de revista e propaganda da SUDAM: http://amazonia.inesc.org.br/artigos-inesc/52-anos-de-incentivos-fiscais-na-amazonia-para-que-serviu/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

Para você saber mais:

Sobre Jean-Pierre Chabloz:

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4272/jean-pierre-chabloz Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre as políticas de ocupação da Amazônia:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1288 Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre os impactos da ocupação da Amazônia sobre os povos indígenas e sobre o meio ambiente:

https://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?2866 Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://amazonia.org.br/2016/03/amazonia-ontem-e-hoje-artigo-de-rinaldo-segundo/ Acesso em 11 de Abril de 2019.

http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1394142879_ARQUIVO_PAPER.pdf Acesso em 11 de Abril de 2019.

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090722_amazonia_timeline_fbdt Acesso em 11 de Abril de 2019.

Sobre a EFMM:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Convide os alunos a elaborarem propagandas em forma de panfleto, cartaz ou capa de revista, fazendo o inverso do que está proposto nas propagandas de ocupação veiculadas pelo Governo Brasileiro em outros tempos.

Por exemplo, nas propagandas do Chabloz, os alunos podem organizar uma propaganda com o tema: Vem você também preservar a Amazônia, na outra em que diz “Cada um no seu lugar”, os alunos podem mostrar indígenas na Amazônia, na capa que mostra a Amazônia ontem e amanhã, a propaganda feita pelos alunos deve mostrar a Amazônia em destruição ontem e hoje e preservada amanhã. Peça que utilizem a mesma temática.

As propagandas elaboradas pelos alunos devem alertar para o perigo da destruição ambiental, do impacto para os povos indígenas, fazendo exatamente o contrário do que é proposto nas propagandas feitas em tempos passados.

É importante, que fique claro para os alunos que a preocupação do Governo era garantir a posse das terras brasileiras, muito disputadas no decorrer da história e explorar os recursos naturais da região Norte, última a ser colonizada e que as propagandas mobilizaram migrantes de todas as regiões, mas sobretudo nordestinos e que as condições de trabalho oferecidas eram muito diferentes da realidade encontrada pelos trabalhadores, assim como a promessa do Novo Eldorado só existia nas propagandas pois, os que migraram para a região, enfrentaram selva, doenças tropicais, ação de grileiros e muitos sequer voltaram para casa. Outro aspecto a ser garantido, de igual importância, é a questão do genocídio indígena em nome da ganância, pois com o extermínio de muitas nações indígenas brasileiras, perdemos um pouco de nós mesmos ao vermos cidadãos de nossa pátria tendo seus direitos universais violados de maneira cruel e desumana.

Fonte da imagem: https://www.youtube.com/watch?v=3FM0PW1N-FI (Acesso em 26 de Abril de 2019)

Material complementar:

SISTEMATIZAÇÃO: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/GSaMYRE8ZqYdJX6D73j8B8KGHXpdAp8xzuWkUVrqZ9gbsF8bRzkAY2K4knap/his4-10und08-sistematizacao.pdf

Em muitas cidades da região Norte, é muito comum a presença de cidadãos indígenas em convívio com a nossa cultura e habitando na zona urbana. Um entrevista com um deles seria de grande valia para sistematização do aprendizado.

Para você saber mais:

Sobre o processo de ocupação da Amazônia:

https://escola.mpu.mp.br/publicacoes/boletim-cientifico/edicoes-do-boletim/boletim-cientifico-n-32-33-janeiro-dezembro-2010/a-amazonia-brasileira-processo-de-ocupacao-e-a-devastacao-da-floresta/at_download/file Acesso em 12 de Abril de 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Circulação de pessoas, produtos e culturas do 4º ano :

MAIS AULAS DE História do 4º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04HI10 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano