15163
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Brincando com cantigas de rodas conhecidas

Nesta atividade, explore e amplie o repertório de cantigas de roda possuído pelos pequenos.

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Renata Braga Fonseca

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para realizar esta atividade é importante que as crianças já conheçam algumas cantigas de roda. É fundamental que esse momento seja de ampliação do repertório delas, para isso, conhecendo-o, realize previamente uma pesquisa sobre outras principais cantigas de roda que fazem parte da cultura popular brasileira.Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Brincando com cantigas de rodas conhecidas

Pesquisa sobre cirandas

Conhecendo a ciranda Coco de roda

Conhecendo a ciranda Cacuriá do Maranhão

Explorando as letras das cirandas de roda

Materiais:

Aparelhos sonoros para reproduzir cantigas de roda (Micro System, celular ou tablet).

Celular para registrar fotos e gravar pequenos vídeos. Baixe e salve em um CD ou em outro dispositivo cantigas de roda populares que as crianças ainda não conheçam(sugestão: Ciranda, cirandinha, Samba lelê, Fui no Itororó, A barraquinha, Mineira de Minas, Na Bahia tem, Roda pião, Vai abóbora, Alecrim dourado, Escravos de Jó)

Espaços:

A atividade deve ser realizada em um espaço amplo da escola, podendo ser em uma sala grande ou na área externa (pátio, área verde ou solário).

Tempo sugerido:

Entre 30 a 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1.Como as crianças exploram suas possibilidades corporais durante as brincadeiras de roda? Imitam os movimentos realizados pelo professor ou por outras crianças? Realizam movimentos por livre expressão?

2. Como as crianças se envolvem com a musicalidade? Demonstram preferências pelas cantigas reproduzidas em aparelhos sonoros ou preferem as cantadas oralmente?

3. Como as crianças exploram seu corpo em relação ao espaço durante as brincadeiras de roda? Como reagem quando há comandos de deslocamentos na cantiga como entrar na roda, sair da roda, abaixar, levantar? Acompanhamcom entusiasmo o ritmo do grupo?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Observe se alguma criança não participa da brincadeira de roda por apresentar receio em não conseguir realizar os movimentos ou por timidez. Convide-a para dar as mãos para você ou para algum colega na roda, de forma que se sinta segura em participar. Incentive as crianças a se ajudarem e respeite as preferências delas nas escolhas de seus parceiros na formação das rodas.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças em grande grupo e conte que a atividade de hoje é muito prazerosa e envolve cantigas e brincadeiras de roda. Fale que antes de começar a brincadeira você gostaria de saber quais cantigas elas mais gostam ou conhecem, como são dançadas e quais são cantadas pelos familiares para elas. Incentive-as a participar e respeite as que nesse primeiro momento não quiserem se expressar.


2

Algumas crianças podem trazer cantigas novas e ensiná-las para o grupo, outras podem cantar as que comumente vocês já cantam nos momentos de roda, acolhimento ou nas brincadeiras. Explore o repertório de cada uma e acompanhe a cantiga que os pequenos apresentam, cantando junto e incentivando a turma a cantar. Nesse primeiro momento é interessante que as crianças se expressem cantando sem acompanhamento de algum aparelho sonoro, como forma de resgatar a maneira de transmitir oralmente as cantigas de roda de geração em geração.


3

Convide as crianças para dançar em roda, deixe que escolham seus próprios pares e como querem a configuração das rodas, que podem ser em grande ou em pequenos grupos.Perceba que alguma criança pode ter a iniciativa de começar a cantar uma cantiga, dando início a brincadeira de roda. Incentive as outras crianças a acompanhar a música cantando junto também. Observe como elas exploram as formas de deslocamento no espaço enquanto dançam. Algumas podem combinar movimentos, como bater os pés ou se agachar, convidando os colegas a fazerem o mesmo. Outras podem tentar girar no sentido contrário da roda e outras podem ficar no meio dela dançando, pulando ou tentando passar entre os colegas que estão de mãos dadas. Acolha todas as iniciativas das crianças e priorize o lúdico.


4

Aproveite este momento de brincadeira de roda para apresentar algumas cantigas folclóricas que fazem parte da cultura brasileira e que ainda não foram cantadas pelas crianças. Ao ampliar o repertório de cantigas, amplia-se também as experiências dos pequenos. Nesse momento use como recurso algum aparelho sonoro. Deixe as crianças manusearem as possibilidades sonoras disponíveis no ambiente, tomando iniciativa e escolhendo qual cantiga querem dançar. Dance junto com elas e incentive movimentos em grupo, a partir de sua própria ação, realizando gestos de coreografias tradicionais de algumas cantigas como forma de preservar a cultura, mas valorize as criações e os movimentos espontâneos das crianças. Observe como elas brincam com a musicalidade e com o movimento, utilizando inclusive com o corpo, para reproduzir sons.

Possíveis ações da criança neste momento: algumas crianças podem dar sentido às letras das cantigas percebendo as movimentações pedidas por elas e realizando tais movimentos espontaneamente, outras podem cantar enquanto dançam, improvisando novas letras.


5

Registre com fotos e pequenos vídeos as brincadeiras de rodas. Fique atento se alguma criança por qualquer motivo prefere não participar da roda, você pode convidá-la a dançar de mãos dadas com você e outra criança. Se mesmo assim ela não se envolver, respeite a vontade dela e peça auxílio para escolher as cirandas no aparelho sonoro ou para fotografar os colegas, oferecendo a ela a câmera fotográfica ou o celular para que faça os registros.


Para finalizar:

Ao se aproximar do tempo estimado para a atividade ou quando as crianças já não estiverem mais tão envolvidas nas brincadeiras de rodas proponha uma roda de conversa de encerramento. Garanta que seja um momento de trocas e diálogos em que elas possam expressar à sua maneira os sentimentos vividos durante a brincadeira. Investigue o repertório de brincadeiras de roda das crianças fazendo questionamentos sobre quais outras danças elas conhecem que se dança junto de mãos dadas, se gostariam de conhecer e como podem fazer para conhecer novas danças. Diga a elas que as cantigas de roda também são chamadas de cirandas e que você tem uma sugestão para ampliar o repertório delas. Proponha que façam uma investigação sobre as elas, sobre a sua origem e as diferentes cirandas que existem pelo Brasil. Diga que vocês podem reunir materiais que falem sobre elas, como fotos, vídeos ou informações dadas por familiares para que em outro momento compartilhem as novidades.

Desdobramentos

É interessante repetir a atividade com as crianças, de forma que possam continuar brincando com as cantigas de roda, com as rimas e explorando o movimento do corpo. Você pode propor que os pequenos criem um álbum de cantigas de roda. Assim, a cada dia as crianças poderão escolher uma cantiga diferente e explorar os elementos que ela traz na letra por meio de desenhos, pinturas, recorte e colagem, dobraduras etc. O professor registra os momentos da brincadeira de roda e os movimentos que as crianças fazem com o corpo com fotos. Quando a turma já tiver um bom repertório de cantigas, as crianças reunirão todas as produções e fotos e montarão os álbuns.

Engajando as famílias

Os familiares podem ser o ponto de partida para a pesquisa sobre as cirandas, de forma que resgatem lembranças das brincadeiras de roda de suas próprias infâncias e as compartilhem com as crianças - quais cantigas eles costumavam cantar e dançar, como e com quem brincavam, em qual local (na rua, dentro de casa, na escola). Convide os pais para gravar áudios cantando alguma cantiga de roda que tenham marcado suas infâncias e reserve meia hora em um dia, na hora da entrada, para eles participarem de uma brincadeira de roda junto com as crianças.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02CG03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02TS03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02CG02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano