Atividade 1: Brincadeiras com cantigas de roda em casa

Usando vídeos disponíveis no YouTube, dá para lembrar e aprender canções populares e colocar todo mundo para cantar

POR:
Nairim Bernardo
A proposta da professora Vládia Pires é aproveitar o tempo em família para aprender canções populares. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

Qual adulto não se lembra de pelo menos uma cantiga de roda? “Se essa rua fosse minha”, “Escravos de Jó”, “Indiozinhos”, “Corre cotia”… A cultura popular brasileira é repleta delas, e por que não incentivar as famílias a cantar para as crianças, para que todos brinquem juntos?

Vládia Pires, supervisora pedagógica da rede municipal de ensino de Campina Grande (PB) e autora da sequência de Planos de Atividade NOVA ESCOLA Cirandas do Brasil, explica: “As cantigas são um patrimônio nacional que precisamos oferecer para as crianças para que elas conheçam e se apropriem de sua cultura. Além disso, brincadeiras de roda favorecem o brincar, a interação e a expressão oral e corporal”. Além disso, ao cantar as músicas as crianças estarão também desenvolvendo sua oralidade.

Durante um isolamento social, a interação entre crianças de mesma idade está comprometida, mas se um adulto se disponibilizar, uma outra forma de interação também muito importante será desenvolvida: o vínculo entre criança e família. Outra sugestão é aproveitar o grande interesse que crianças bem pequenas têm pelo faz-de-conta para introduzir esse elemento lúdico na brincadeira. Por exemplo, bonecos e bichinhos de pelúcia podem “ser convidados” para participar da roda. 

Com a ajuda de Vládia, NOVA ESCOLA adaptou um dos planos da sequência para ser usado em casa. Esse é um exemplo de atividade que os educadores podem propor às famílias após replanejar e priorizar as habilidades a serem potencializadas.



ATIVIDADE: APRENDENDO CANTIGAS DE RODA

Como ensinar canções populares às crianças com materiais disponíveis na internet


Indicado para: Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Material: Aparelho celular ou computador para exibir vídeos e executar músicas, objetos que façam som ou instrumentos musicais, roupa inspirada nos vídeos das cirandas (improvisada com o que houver disponível em casa)

Na BNCC: EI02CG03, EI02TS03, EI02CG02


PASSO A PASSO

1. Levante o repertório da criança: Explique a importância da atividade para as famílias e incentive-as a realizar brincadeiras com cantigas de roda com as crianças. Primeiro, é interessante fazer o resgate da memória do que as crianças já sabem. O adulto pode ajudar perguntando se elas se lembram da música do peixinho, da aranha, do soldado, por exemplo. Cante junto e pergunte se ela sabe como associar aquela canção a uma brincadeira.

2. Ampliar esse repertório cultural: Pesquise dois vídeos na internet sobre cantigas e brincadeiras de roda folclóricas brasileiras e assista junto com a criança. A ideia é que o adulto mostre que existem diferentes formas de brincar e cantar. A criança pode se identificar ou não com o que vir (no canal de NOVA ESCOLA no Youtube, há uma playlist de brincadeiras, com diversas cantigas para ouvir).

3. Brinque: Convide todos os moradores da casa para  brincar de roda. Deixe as crianças manusearem as possibilidades sonoras disponíveis no ambiente, tomando iniciativa e escolhendo qual cantiga querem dançar. Observe como elas brincam com a musicalidade e com o movimento, utilizando inclusive com o corpo, para reproduzir sons. Sugira diferentes movimentações como entrar em sair da roda, girar para a direita e girar para a esquerda, realizar os gestos lenta e rapidamente.

4. Grave um trecho da brincadeira: Se a criança aceitar, grave um vídeo curto da família brincando de roda ou um áudio da criança cantando uma cantiga. Peça que a família compartilhe o vídeo com a professora para que ela possa acompanhar o desenvolvimento e a aprendizagem da criança. Outra sugestão é compartilhá-lo com familiares e amigos próximos e perguntar se eles querem ensinar alguma cantiga para a criança. 

PONTO DE ATENÇÃO: A gravação deve ser breve e ocorrer quando e se a criança se sentir confortável com a brincadeira.



Esta sugestão foi adaptada da sequência Cirandas do Brasil, com cinco Planos de Atividade criados por Renata Braga Fonseca, professora-autora do Time de Autores NOVA ESCOLA. Para conferir a sequência na íntegra, clique aqui

Tags

Guias