13398
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Brincando com rimas

POR: Danielle Moreira de Oliveira 15/12/2018
Código: EDI2_23UND03

Creche / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI02EF02) Identificar e criar diferentes sons e reconhecer rimas e aliterações em cantigas de roda e textos poéticos.

(EI02EF03) Demonstrar interesse e atenção ao ouvir a leitura de histórias e outros textos, diferenciando escrita de ilustrações, e acompanhando, com orientação do adulto-leitor, a direção da leitura (de cima para baixo, da esquerda para a direita).

(EI02EF07) Manusear diferentes portadores textuais, demonstrando reconhecer seus usos sociais.

Plano de atividades de Educação Infantil com atividades para Crianças bem Pequenas sobre Identificação e Criação de diferentes sons e rimas

Resumo

ilustracao

Com base em parlendas conhecidas, as crianças irão jogar com as palavras e tentar rimá-las.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para realização dessa atividade é necessário que as crianças conheçam e façam uso social de algumas parlendas no dia a dia, como, por exemplo, em situações de leitura, em momentos de escolha (como para escolher um ajudante) ou em brincadeiras. Caso você ainda não tenha trabalhado com esses tipos de textos, inclua essa prática em sua rotina para dar continuidade a atividade. Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Conhecendo novas parlendas 

Leitura de poesias 

Brincando com rimas

Preparando um recital de poesias

Gravando um recital de poesias 

Materiais:

Separe livros ou outras fontes de parlendas conhecidas pelas crianças. Faça plaquinhas com os títulos e ilustrações das parlendas ou com figuras que remetam ao texto. Você encontra algumas sugestões de parlendas aqui. Separe também as fichas dos nomes das crianças ou fotos, bem como os materiais que serão disponibilizados nos cantinhos. Sugestão: papéis, materiais riscantes e jogos de encaixe. Arrume tapetes ou almofadas para que as crianças sentem em roda. Se a escola possuir, solicite um espelho grande.

Espaços:

Prepare um espaço confortável na própria sala com tapetes ou almofadas para o pequeno grupo que estará realizando a atividade. Se possível, organize este espaço em local próximo a um espelho ou coloque um espelho perto de forma segura, prezando pela segurança das crianças. Organize cantinhos com atividades de livre escolha, como desenho livre e jogos de encaixe, para as crianças que não estiverem envolvidas com as proposta.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

Qual estratégias as crianças utilizam para lembrar das parlendas conhecidas?

De que forma as crianças identificam diferentes sons e rimas presentes nesses textos? Elas brincam com as rimas? Que estratégias utilizam para criar novas rimas?

Como as crianças se comunicam durante a leitura e recitação? De que maneira acompanham a leitura do professor? Interagindo com o texto por meio da fala, apontando ou se expressando com o corpo?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Observe as diferentes intenções comunicativas. Acolha e ajude-as a verbalizar algumas expressões ou apontamentos de outras crianças. Observe as crianças que não lembram das parlendas ou não conseguem recitá-las. Convide-as a recitar com você ou solicite ajuda de outras crianças para que possam recitar em duplas ou trios.

O que fazer durante?

1

Fale para as crianças que hoje elas serão divididas em dois grupos para recitar uma parlenda conhecida e brincar com as rimas. Conte que, enquanto um grupo estará com você, o outro estará realizando uma atividade de livre escolha. Apresente os espaços e observe se as próprias crianças começarão a se dividir em grupos, dirigindo-se a eles a partir das suas preferências. Respeite as escolhas na formação dos grupos e acolha as que foram para o espaço de leitura para iniciar a atividade. Caso necessário, convide outras para se juntarem ao grupo.


2

Reúna o pequeno grupo e fale que hoje eles irão escolher uma parlenda divertida que já conhecem, para brincar com as rimas.Pergunte quais parlendas elas se lembram. Possibilite que se expressem, falem e recitem as conhecidas. Relembre outras, se necessário. Mostre as plaquinhas com o título das parlendas e perceba se as crianças fazem indicações, observam as imagens. Auxilie-as a fazer relações com o título. Ouça suas contribuições e considere-as. Deixe que as crianças leiam os títulos a maneira delas. Observe e apoie todos os tipos de linguagem e iniciativa das crianças. Leia os títulos das parlendas conhecidas com as crianças. Aponte a direção da leitura com o dedo, fazendo intervenções que auxiliem a leitura, como, por exemplo, mostrar a primeira e a última letra das palavras, indicar semelhanças dos títulos com o nome de crianças do grupo ou mostrar palavras que se repetem. Proponha uma votação para a escolha.

Possíveis ações da criança neste momento: algumas crianças podem pronunciar uma ou duas palavras que lembram a parlenda conhecida por elas. Outras podem se levantar e passar o dedinho no título, pronunciando algumas palavras.


3

Deixe as plaquinhas expostas no meio da roda e peça ajuda para entregar para as crianças a ficha com os nomes ou as fotos. Pergunte para cada uma em qual parlenda quer votar. Explique que a que mais receber votos será a escolhida do grupo. Ouça, observe e fique atento ao que as crianças sinalizam. Elas podem colocar o nome ou a foto perto da plaquinha da sua parlenda preferida ou apenas indicar qual prefere. No final das indicações, pergunte qual parlendaelas acham que ganhou mais votos. Ouça as crianças e considere suas hipóteses. Ao iniciarem a contagem, promova essa estratégia coletivamente, para saber qual é a parlenda vencedora que será recitada pelo grupo. Acolha as iniciativas e incentive a encontrarem soluções para as situações que aparecerem. Se não surgir a contagem, proponha.

Possíveis ações das crianças neste momento: durante a contagem algumas crianças podem tentar representar a quantidade de votos com os dedinhos; outras podem indicar uma e votar em outra; podem seguir a indicação de outros colegas nesse momento; ou podem pegar a plaquinha com o nome da parlenda e apontar pra ela.


4

Deixe que percebam qual foi a parlenda vencedora ou conte pra elas, se necessário. Convide as crianças a recitarem a parlenda. Apoie as crianças que talvez não lembrem do texto, convidando-as a recitar com você. Respeite o tempo de cada uma. Em seguida, apresente o livro e realize a leitura da parlenda escolhida de forma clara e sem fazer adequações ao vocabulário do texto. Respeite o ritmo e a entonação do próprio texto.


5

Leia algumas palavras que rimam, apontando para elas no livro, e pergunte para as crianças se elas percebem alguma semelhança entre os sons dessas palavras. Repita as palavras e diga que elas são rimas. Escolha palavras da parlenda e brinque com as rimas junto às crianças, estimulando que descubram outras rimas e inventem outros versos divertidos com elas. Incentive a descoberta das crianças. Ouça-as e proponha a continuação da brincadeira, como, por exemplo, encontrar uma palavra que rime com seus nomes. Algumas crianças podem não conseguir criar rimas nesse primeiro momento. Fale muitos exemplos de rimas para que elas percebam que o finalzinho da palavra é parecido. Considere todas as forma de expressão das crianças.

Possíveis ações das crianças neste momento: As crianças podem falar palavras aleatórias e que não atendem ao solicitado. Acolha as hipóteses das crianças e continue ampliando suas ideias ou construindo rimas a partir de suas palavras.


6

Convide as crianças a brincarem com o corpo enquanto recitam a parlenda. O ritmo é um componente forte nesses tipos de texto e normalmente estimula esse tipo de brincadeira. Aproveite as iniciativas das crianças e suas expressões corporais. Sugira alguns gestos que podem acompanhar a recitação. Você pode, por exemplo, deixar o corpo todo mole, numa rima com “meleca” ou expandir o corpo em rimas como “pão, grandão”. Observe como as crianças se expressam com o corpo e respeite o tipo e a necessidade de exploração de cada uma. Brinque de imitar os movimentos delas. Caso necessário, convide-as para brincar imitando os amigos e criando novos gestos.

Se possível, aproveite o espelho para as crianças observarem o movimento do próprio corpo, dos colegas, explorando-os. Observe o tempo e interesse das crianças durante a brincadeira.


Para finalizar:

Observe que algumas crianças podem não estar mais interessadas na brincadeira, se dirigindo ao espaço de livre escolha enquanto as outras ainda estão envolvidas na proposta de brincar com as rimas e com o movimento do corpo.Informe que, em 5 minutos, a atividade será encerrada. Passando os minutos, peça ajuda para organizar o espaço para o outro grupo. Cante uma canção do repertório delas e convide o outro grupo para sentar em roda. Siga as mesmas orientações com o segundo grupo.

Desdobramentos

Caso queira repetir a atividade,leve para a roda imagens das principais palavras com rimam nas parlendas, poesias ou outros textos conhecidos. As crianças podem nomear as figuras, procurar nos textos escrito as palavras etc. Deixe as imagens expostas no meio da roda e proponha a brincadeira de fazer rimas com as figuras entre si, com outras palavras ou rimas conhecidas pelas crianças. Você pode também propor que brinquem de construir versinhos com as rimas sugeridas pelas crianças.

Engajando as famílias

Envie um bilhete para as famílias comunicando sobre a atividade com rimas. Solicite que elas enviem figuras de objetos ou duplas de palavras que rimem para enriquecer o repertório e montar um cantinho das rimas. Posteriormente, esse cantinho pode ficar exposto no hall da escola para manuseio das crianças junto às famílias.

Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Danielle Moreira de Oliveira Barroso

Mentora:  Nilcileni Aparecida Ebani Brambilla

Especialista do subgrupo etário: Karina Rizek

Campos de Experiência: ESCUTA, FALA, PENSAMENTO E IMAGINAÇÃO.

Sugestão de idade: 3 anos a 3 anos e 11 meses

Objetivos e códigos da Base
Centrais:

(EI02EF02) Identificar e criar diferentes sons e reconhecer rimas e aliterações em cantigas de roda e textos poéticos.

(EI02EF03) Demonstrar interesse e atenção ao ouvir a leitura de histórias e outros textos, diferenciando escrita de ilustrações, e acompanhando, com orientação do adulto-leitor, a direção da leitura (de cima para baixo, da esquerda para a direita).

Transversal:

(EI02EF07) Manusear diferentes portadores textuais, demonstrando reconhecer seus usos sociais.
Abordagem didática: O trabalho com poesias e parlendas ajuda a sensibilizar as crianças em relação ao mundo cultural e suas diversas formas de expressão. É importante que os professores trabalhem textos poéticos de maneira acolhedora e desafiadora, envolvendo as crianças na beleza das palavras e na estrutura desses tipos de textos. São várias as estratégias para desenvolver as atividades: trabalhar com títulos ou com partes dos textos, conversar para colocar as ideias em confronto e destacar rimas e aliterações, entre outras.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes