Um passo a passo para a leitura com crianças

A partir da experiência de Maria de Lourdes, preparamos uma sugestão de atividade que pode ser adaptada para qualquer idade

POR:
Nairim Bernardo

Para formar leitores, a professora Maria de Lourdes Martins, da UME Maria Patrícia, em Santos (SP), realiza atividades diárias de leitura com sua turma. Mesmo crianças ainda não alfabetizadas saem ganhando quando têm contato direto com os livros. “Sempre li para as crianças, mas demorei para perceber que estava oferecendo literatura para elas. Agora, sei que estou falando com leitores. Não leio para elas, mas com elas”, conta Maria.

Essa intencionalidade fica clara quando se observam os variados objetivos de aprendizagem da Base Nacional Comum Curricular que a docente se propôs a alcançar. São eles:

  • (EI02EF03) Demonstrar interesse e atenção ao ouvir a leitura de histórias e outros textos, diferenciando escrita de ilustrações, e acompanhando, com orientação do adulto-leitor, a direção da leitura (de cima a baixo, da esquerda para a direita).
  • (EI02EF04) Formular e responder perguntas sobre fatos da história narrada, identificando cenários, personagens e principais acontecimentos.

Estes também são os objetivos de aprendizagem dessa sugestão de atividade, preparada por NOVA ESCOLA a partir da prática da professora Lourdes. A ideia é ajudar você a repensar esse momento, adaptando as propostas para as necessidades da sua turma. E então, pronto para viajar nesse universo com as crianças?

Indicado para: crianças bem pequenas e crianças pequenas
Material: um livro de literatura infantil
Espaço: a atividade deve acontecer com os alunos e a professora organizados em uma roda no chão da sala de aula. No caso de bebês, acomode-os em colchões, cestos ou onde for mais confortável para eles.

PASSO A PASSO

Ilustração: Duda Oliveira

1. Selecione os livros e monte um percurso literário. Pense em quais livros levará para a turma naquela semana (vale, inclusive, consultá-los sobre quais histórias gostariam de ouvir). Selecione obras que sejam instigantes, apresentem boa qualidade gráfica e sejam diversas quanto ao gênero textual, autoria, temática, estilo de ilustração e características das personagens.

2. Prepare-se. Leia a história em voz alta antes da aula. Não é preciso realizar uma grande dramatização, mas ler com a entonação correta ajudará as crianças a construírem sentidos e conhecer melhor as palavras. Leia alguns trechos mais rápido, frise e coloque ritmo nas palavras.

Ilustração: Duda Oliveira

3. Escolha qual será a chave de leitura. Introduza a história através da exibição da imagem de capa ou de uma ilustração no meio da história, relembrando uma relação com outra história que as crianças já conheçam ou de outro modo que você considere interessante. 

4. Realize a leitura. A professora não precisa de nenhum objeto, uniforme ou fantasia que ajudem a chamar atenção, apenas uma boa história. Mostre as imagens e deixe que todos segurem o livro, explicando para eles qual é a forma mais cuidadosa de se fazer isso.

Ilustração: Duda Oliveira

5. Converse. Troque impressões sobre as características da história, das ilustrações e a respeito de outros aspectos da obra. Faça a mediação de forma aberta para não direcionar muito o olhar das crianças. Releiam trechos, falem sobre os pontos favoritos e os que não agradaram.

Tags

Guias

Tags

Guias