13312
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Preparação do álbum dos bebês

POR: Bruna Bonfá Terra da Silva 30/11/2018
Código: EDI1_04UND01

1º ano / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI01EO03) Interagir com crianças da mesma faixa etária e adultos ao explorar espaços, materiais, objetos, brinquedos.

(EI01EO04) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

Plano de atividade de Educação Infantil com atividades para Bebês sobre Interação com o Meio

Resumo

ilustracao

Os pequenos vão participar do momento de registro das atividades - e também reconhecerão a si mesmo e aos demais nas imagens.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Planeje sobre a estrutura física do álbum, que poderá ser feita por exemplo, usando o tecido algodão cru com fotos plastificadas ou uma pasta fichário com envelopes plásticos de gramatura grossa. Escreva um bilhete às famílias contando sobre a atividade a ser realizada. Peça que enviem fotos dos bebês com breves comentários e sugira o envio de pequenos brinquedos e objetos afetivos das crianças. Além desses materiais, o professor deverá fotografar os bebês ao longo das atividades diárias na creche, como nas brincadeiras, alimentação, banho e entre outras, para que esses registros também sejam usados posteriormente na produção do álbum.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Preparação do álbum dos bebês 

Investigação das fotos do álbum dos bebês

Produção do álbum dos bebês

Finalização do álbum dos bebês

Exploração do álbum dos bebês

Materiais:

Papel sulfite para a elaboração do bilhete às famílias e uma câmera fotográfica digital, convencional ou a de um celular.

Espaços:

Procure contemplar todos os locais do cotidiano dos bebêsna creche, tais como a sala, o banheiro, o refeitório, o solário e ambientes externos, como jardim e parque de areia.

Tempo sugerido:

Entre 5 a 10 minutos para cada momento de registro, totalizando um máximo de 50 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como os bebês interagem com os outros bebês e com o professor? De que forma eles exploram os espaços e os materiais disponíveis?

2. Como os bebês exploram a câmera fotográfica? Eles observam, pegam, apertam, chacoalham de modo a descobrirem suas possibilidades?

3. Os bebês se reconhecem nas imagens? Identificam as ações contidas nas fotos?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Envolva todos os bebês nos momentos de registro fotográfico promovendo a interação deles com as outras crianças, os espaços, os materiais e com a câmera fotográfica, garantindo que todos explorem o contexto da atividade.

O que fazer durante?

1

Organize um momento de exploração dos materiais da sala de referência, utilizando por exemplo: cortina sensorial, livros, fantoches, ou outros brinquedos. Garanta que todo o grupo de bebês esteja acomodado de forma confortável e que todos possam fazer suas tentativas de locomoção até os objetos de preferência. Incentive-os a se envolverem nos momentos exploratórios, deixando-os livres em suas iniciativas de interação com o que compõe o ambiente, e então, faça os registros fotográficos.


2

Sem que os bebês percebam que estão sendo fotografados, faça registros individuais e em grupos. Na sequência, considere um conjunto de fotos e mostre para eles, fazendo uma descrição das imagens captadas em duplas ou trios. Nessa configuração, a proximidade física amplia as oportunidades de interação com as imagens obtidas no objeto e com o professor. Incentive os bebês a fazerem o reconhecimento de si e de seus colegas, como também a identificação das ações que podem ser observadas nos registros e compreendidas por meio das narrativas do professor. Reconheça e valorize toda e qualquer forma de comunicação, expressão e participação diante da proposta.

Possíveis falas do professor neste momento: Olhe (nome do bebê)! Quem é que está nessa foto? É você? O que você está fazendo?

Possíveis ações da criança neste momento: O bebê pode se expressar de diferentes maneiras utilizando gestos, sorrindo, fazendo caretas e emitindo sons. Pode chamar a atenção do amigo como forma de dizer: Olha é você aqui!


3


Para que o álbum inclua fotos diversificadas, promova momentos de interação com o grupo de bebês: converse, gesticule, brinque e cante enquanto os fotografa. Esclareça ao grupo que somente o professor irá manusear a câmera fotográfica, mas instigue-os a se envolverem na proposta por meio da brincadeira de imitação da ação de fotografar. Promova situações em que eles possam escolher onde e como querem ser fotografados, fazendo pose ou não. Do mesmo modo realizado anteriormente, mostre e descreva um conjunto de fotos para duplas ou trios, de modo a promover o reconhecimento de si e de seus pares, como também a ação da imagem registrada. Apresente as fotos utilizando variadas entonações de voz e gestos de surpresa. Faça as mediações necessárias para favorecer as descobertas dos bebês.

4

Depois do grupo familiarizado com a câmera fotográfica, promova momentos em que os bebês maiores, com o apoio do professor, possam se envolver em uma brincadeira de simulação de registro fotográfico. Portanto, convide-os a fazerem alguns registros a partir de suas perspectivas. Com a câmera em suas mãos, mostre aos bebês como faz para tirar fotos. Diga onde eles devem olhar para focalizar a imagem desejada e qual botão precisam apertar para fazer os registros. Faça os gestos enquanto explica o mecanismo de uso do objeto. O professor é o responsável pela câmera fotográfica e portanto, deverá permanecer com o objeto em suas mãos evitando acidentes. Entretanto, permita que os bebês a manipulem como se fossem tirar uma foto e se possível, auxilie-os a fazerem alguns registros. Esteja sempre atento para que nenhum bebê pegue a câmera sozinho, essa ação deve ser em conjunto com o professor.

Possíveis falas do professor neste momento: Pegue a câmera (nome do bebê)! Tire algumas fotos de seus amigos! E dos brinquedos? Qual você gostaria de fotografar? Você quer que eu te ajude a tirar fotos? Vamos lá!

Possíveis ações da criança neste momento: O bebê pode ir em direção ao professor para pegar a câmera e olhar no visor procurando uma imagem. Eles podem sorrir, fazer caretas, bater palmas e querer apertar botões da câmera.


Para finalizar:

Faça registros diversificados de todos os bebês do grupo, abrangendo ao menos uma foto de cada momento da rotina. Fotografe o convívio em diferentes configurações de agrupamentos entre os bebês e adultos. Verifique as fotos e, se preciso, finalize os registros em outro dia, a fim de contemplar tudo o que foi proposto.

Desdobramentos

Se considerar significativo, utilize pequenos objetos de memória afetiva dos bebês para compor o álbum, além de inserir músicas escritas e histórias que eles apreciem. Inclua nos registros fotográficos os momentos de acolhida, brincadeiras, exploração de ambiente e materiais, alimentação, banho, sono e despedidas.

Engajando as famílias

Aproveite os momentos de orientação, de envio e de recebimento dos materiais, para incentivar a participação e o envolvimento das famílias na confecção do álbum. Explique que o álbum é um instrumento que contribui para a construção da identidade dos bebês.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Bruna Silva

Mentor: Adriana Vidaletti

Especialista do subgrupo etário: Ana Teresa Gavião

Campos de Experiência:  O eu, o nós e o outro. Corpo, gestos e movimentos. Escuta, fala, pensamento e imaginação.

Objetivos e códigos da Base
Centrais:

(EI01EO03) Interagir com crianças da mesma faixa etária e adultos ao explorar espaços, materiais, objetos, brinquedos.

Transversal:

(EI01EO04) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

Abordagem didática: O álbum é fundamental para o professor registrar e observar o processo de aprendizagem, os interesses e as necessidades de cada criança. É, portanto, um instrumento pedagógico para avaliar as atividades realizadas.  Como a memória dos bebês é construída aos poucos e materiais concretos, como fotografias, desenhos ou imagens, auxiliam nesse desenvolvimento, o álbum pode ser visto e revisto com os pequenos. Para as famílias, ele possibilita conhecer o cotidiano pedagógico, o trabalho docente e, em especial, o conceito de infância adotado na escola.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADE 01

Preparação do álbum dos bebês

VOCÊ ESTÁ AQUI

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes