13117
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Reescrevendo um texto para incluir sentenças complexas

POR: Juliana Pacheco Oliveira Neves 03/11/2018
Código: ING8_05UND12

8º ano / Inglês

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF08LI10) Reconstruir o texto, com cortes, acréscimos, reformulações e correções, para aprimoramento, edição e publicação final.

Plano de aula de Inglês com atividades para 8o ano do EF sobre Reescrevendo um texto para incluir sentenças complexas

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Para esta aula, supõe-se que os alunos já tenham estudado o conteúdo de orações subordinadas com pronomes relativos. Para isso, veja os planos ING8_06UN01 a ING8_06UN05.

Preparação para a aula: Providenciar dados (mínimo 6) para o jogo no início da aula. Antes dessa aula, passe para os alunos a seguinte atividade para casa: aqui. Como a atividade exige leitura e escrita de um texto, o ideal é que os alunos tenham no mínimo uma semana entre a atividade e esta aula. Quando passar a atividade, entregue-a aos alunos e percorra com eles as questões, para garantir que não haja dúvidas. Enfatize a importância de que todos façam o texto final, já que ele será usado nesta aula.

Objective select-down

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o objetivo da aula com os alunos e cheque a compreensão.

Context select-down

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Para revisar com os alunos os pronomes relativos estudados, faça um jogo. Separe os alunos em grupos de 5 alunos. Cada grupo precisará de dois dados para o jogo, portanto distribua os dados quando os grupos estiverem formados. Exiba o slide para os alunos, ou imprima uma cópia do conteúdo do slide para cada grupo ou escreva com antecedência o conteúdo do slide no quadro ou em um cartaz, onde todos possam ver. Explique como funciona o jogo: os alunos deverão unir uma frase da coluna da esquerda a uma frase da coluna da direita, usando os pronomes relativos estudados (caso necessário, faça uma rápida revisão com os alunos). No entanto, eles não poderão escolher as frases que quiserem, elas serão determinadas pelo rolar dos dados. Um de cada vez, os alunos deverão rolar os dados para obter o número da primeira frase e novamente para obter o número da segunda frase que terão de usar. Então devem unir as duas, podendo fazê-lo oralmente ou escrevendo no caderno o período composto pelas duas frases. Os outros alunos do grupo devem analisar a frase e dizer se acham que precisa de alguma correção. Caso aprovada, mostram a frase para o professor, que verifica se está de fato correta. O jogo deve seguir até que todos os alunos tenham tido a oportunidade de fazer um período. Caso algum deles acredite que chegou a uma combinação impossível, pode fazer pequenas modificações em uma das frases para que o período se torne possível (por exemplo, as frases 1 e 6 aparentemente não podem ser combinadas, mas com uma pequena mudança na primeira, alterando-a para “Ms. Clarkson drove her car for two miles” pode-se formar o período “Ms. Clarkson drove her car, which belonged to my grandmother, for two miles). Para facilitar a compreensão da atividade e revisar a formação de períodos por subordinação, role os dados uma vez na frente da turma toda e forme um período com as frases que forem sorteadas, escrevendo no quadro e ressaltando os processos envolvidos (perceber qual item da frase principal pode se relacionar com a segunda frase, entender qual o pronome é mais apropriado baseado no tipo de relação que estabelece, qual termo da segunda frase deve ser suprimido, a pontuação que deve ser empregada e etc.)

  • Let me explain to you how this game works. Each one of you, in your groups, will have your turn to roll the dice. You roll the dice once, get a number, and that will be the number of your main sentence. Roll the dice again, and that will be the number of your relative sentence. You have to combine them using one of the pronouns we studied - who, which, whose or that - to make it into only one, complex period. Remember to choose the pronoun carefully and to add punctuation when necessary. Write your sentence down and show it to your group mates. They will review it and tell you if they think it is correct. When you have a nice sentence, you can show it to me and I will tell you if it is correct. Do that till all in the group have had the chance to make a sentence. If the two sentences you get do not form a possible combination, you may do small alterations to make it coherent.

Circule pela sala enquanto os alunos fazem a atividade, oferecendo ajuda quando necessário e se mostrando disponível para corrigir os períodos em sua versão final.

Input select-down

Tempo sugerido: 12 minutos

Propósito: Fornecer aos alunos alguns argumentos que podem enriquecer os textos que já produziram.

Expectativa: Que os alunos compreendam os argumentos utilizados, mesmo que não consigam entender ou traduzir todas as palavras do texto.

Orientações: Para fazer o link entre a última atividade e esta, chame a atenção dos alunos para as frases que se referem ao countryside ou a cities. Relembre com os alunos a atividade que fizeram em casa. Divida a turma em dois grupos: aqueles que argumentaram a favor de viver na cidade e os que escreveram defendendo a vida no campo. É possível que um dos grupos seja significantemente maior do que o outro, mas não é problema. Distribua para os alunos parte do texto disponível no seguinte link: https://www.theguardian.com/commentisfree/2013/aug/18/live-in-city-or-country . Distribua aos alunos a parte do texto com argumentos contrários à opinião que manifestou (no caso, para o grupo de alunos que defendeu a vida no campo, distribua a parte do texto com argumentos defendendo a vida na cidade). Mantenha o título e o parágrafo introdutório em ambos os textos. Caso esteja usando o data show, exiba a imagem do slide para acompanhar as perguntas de pré-leitura com os alunos:

  • Where is this text from? (Ss: It’s from The Guardian) (The Guardian é um jornal internacional online. Você pode passar essa informação aos alunos, já que eles provavelmente não saberão)
  • What section of the website is this text on? (Ss: It’s on an opinion section, under the lifestyle category) (Esta informação pode ser vista no canto esquerdo da imagem)
  • So, by the title we can see it’s about living in the city vs living in the country. How many people are writing the article? (Ss: Two people: Heather Long and Jessica Reed) (Esta informação também pode ser vista).
  • Why do you think there are two writers? Do you think it is relevant for this type of text? (Ss: This text works as a debate, so it is important to have different opinions in it. It benefits from the different points of view).

Peça aos alunos que leiam a parte do texto que foi distribuída para eles, com os argumentos a favor do ponto de vista contrário ao que escreveram. Peça que, durante a leitura, sublinhem os argumentos nos quais não haviam pensado antes.

  • Now let’s read the part of the text I gave you. It has the arguments contrary to your own opinion, so read it carefully. Underline the arguments that are new for you, the ones you had not considered when you first wrote your text. You have 8 minutes.

Para finalizar esta etapa, peça que alguns alunos compartilhem qual argumento acharam mais interessante, qual não tinham pensado antes. Pergunte também se alguém mudou de opinião após a leitura do texto.

  • Can anyone share a new argument they found interesting?
  • Has anyone changed their mind after reading the text? Why?

Output select-down

Tempo sugerido: 22 minutos

Propósito: Revisar o texto feito em casa para acrescentar sentenças complexas, utilizando os pronomes relativos já estudados.

Expectativa: Que os alunos consigam perceber frases em seus textos que podem ser aprimoradas, tornando-os mais elaborados.

Orientações: Peça que os alunos peguem os textos que fizeram em casa. Diga que você quer que, antes que você corrija os textos, eles mesmos tenham a oportunidade de fazê-lo, tanto mudando o conteúdo, a partir das novas informações que tiveram, quanto a parte linguística, percebendo sentenças que, tal qual no jogo da abertura da aula, podem ser unidas ou complementadas para ficarem mais complexas. Explique que esse processo pode deixar o texto mais rico e os argumentos mais completos.

  • Now let’s take a look at the writing you produced in your homework. I think it would be good if you could revise it yourself, before handing it to me. You have new information that could add to your text, and also we just reviewed how to use relative pronouns to make sentences more complex, so I would like to see some of that in your text too.

Explique que eles têm um motivo muito especial para fazer os textos o mais convincente e detalhadamente possível: quando pronto, o texto deverá ser entregue a um colega que tenha a opinião contrária, com a função de tentar convencê-lo.

  • There’s a special reason why I would like you to make very good, detailed, complex texts: you are going to give it to a classmate whose opinion is the opposite of yours, so they can read it and maybe be convinced. You have 18 minutes to finish your revision.

Caso ache necessário, entregue aos alunos a parte do texto que não receberam, a que tem argumentos a favor da opinião deles, para que os alunos tenham mais modelos linguísticos e vocabulário para aproveitar. Essa medida não será necessária a depender do nível de autonomia da turma, já que alunos familiarizados com a estrutura de textos de opinião já devem ter conseguido elaborar na atividade de casa textos com bons argumentos. O mesmo vale para uso de dicionário. Ele pode ser encorajado, mas esteja atento para que os alunos usem estratégias de refraseamento para adaptar o conteúdo que querem transmitir às estruturas e vocabulário que já têm.

Após os dezoito minutos, peça que entreguem seus textos, com o nome, e redistribua-os, de modo que cada aluno receba um texto com a opinião contrária à sua. Caso os grupos sejam desiguais, alguns alunos podem formar duplas e receber o mesmo texto, enquanto outros podem receber mais de um texto para leitura. Os alunos devem ler o texto que receberem e, além de estarem abertos aos argumentos do colega, devem verificar se há frases que poderiam ser unidas para formar um único período. Eles devem circular essas frases e devolver o texto ao autor, que fará as correções em casa. Termine esse momento da aula perguntando se alguém mudou de opinião ou pelo menos leu algum argumento no qual não havia pensado antes.

  • Read your classmate’s text and check the arguments. Did they convince you?
  • Also, read the sentences and check if they use relative pronouns, if the ones that are used are used correctly and if any more were needed. Circle periods you think could be made more complex.
  • Has anyone been convinced by the text read? Have you at least found a nice argument, one you hadn’t thought of so far?

Feedback select-down

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Oferecer aos alunos a oportunidade de refletir sobre o próprio processo de aprendizagem.

Expectativa: Que os alunos consigam fornecer feedback sobre a aula.

Orientações: Faça a pergunta título do slide para os alunos e deixe que participem livremente, em forma de plenária. Caso o tempo esteja curto, mostre o slide já completo aos alunos e leia com eles, pedindo exemplos sempre que possível.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Para esta aula, supõe-se que os alunos já tenham estudado o conteúdo de orações subordinadas com pronomes relativos. Para isso, veja os planos ING8_06UN01 a ING8_06UN05.

Preparação para a aula: Providenciar dados (mínimo 6) para o jogo no início da aula. Antes dessa aula, passe para os alunos a seguinte atividade para casa: aqui. Como a atividade exige leitura e escrita de um texto, o ideal é que os alunos tenham no mínimo uma semana entre a atividade e esta aula. Quando passar a atividade, entregue-a aos alunos e percorra com eles as questões, para garantir que não haja dúvidas. Enfatize a importância de que todos façam o texto final, já que ele será usado nesta aula.

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o objetivo da aula com os alunos e cheque a compreensão.

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Para revisar com os alunos os pronomes relativos estudados, faça um jogo. Separe os alunos em grupos de 5 alunos. Cada grupo precisará de dois dados para o jogo, portanto distribua os dados quando os grupos estiverem formados. Exiba o slide para os alunos, ou imprima uma cópia do conteúdo do slide para cada grupo ou escreva com antecedência o conteúdo do slide no quadro ou em um cartaz, onde todos possam ver. Explique como funciona o jogo: os alunos deverão unir uma frase da coluna da esquerda a uma frase da coluna da direita, usando os pronomes relativos estudados (caso necessário, faça uma rápida revisão com os alunos). No entanto, eles não poderão escolher as frases que quiserem, elas serão determinadas pelo rolar dos dados. Um de cada vez, os alunos deverão rolar os dados para obter o número da primeira frase e novamente para obter o número da segunda frase que terão de usar. Então devem unir as duas, podendo fazê-lo oralmente ou escrevendo no caderno o período composto pelas duas frases. Os outros alunos do grupo devem analisar a frase e dizer se acham que precisa de alguma correção. Caso aprovada, mostram a frase para o professor, que verifica se está de fato correta. O jogo deve seguir até que todos os alunos tenham tido a oportunidade de fazer um período. Caso algum deles acredite que chegou a uma combinação impossível, pode fazer pequenas modificações em uma das frases para que o período se torne possível (por exemplo, as frases 1 e 6 aparentemente não podem ser combinadas, mas com uma pequena mudança na primeira, alterando-a para “Ms. Clarkson drove her car for two miles” pode-se formar o período “Ms. Clarkson drove her car, which belonged to my grandmother, for two miles). Para facilitar a compreensão da atividade e revisar a formação de períodos por subordinação, role os dados uma vez na frente da turma toda e forme um período com as frases que forem sorteadas, escrevendo no quadro e ressaltando os processos envolvidos (perceber qual item da frase principal pode se relacionar com a segunda frase, entender qual o pronome é mais apropriado baseado no tipo de relação que estabelece, qual termo da segunda frase deve ser suprimido, a pontuação que deve ser empregada e etc.)

  • Let me explain to you how this game works. Each one of you, in your groups, will have your turn to roll the dice. You roll the dice once, get a number, and that will be the number of your main sentence. Roll the dice again, and that will be the number of your relative sentence. You have to combine them using one of the pronouns we studied - who, which, whose or that - to make it into only one, complex period. Remember to choose the pronoun carefully and to add punctuation when necessary. Write your sentence down and show it to your group mates. They will review it and tell you if they think it is correct. When you have a nice sentence, you can show it to me and I will tell you if it is correct. Do that till all in the group have had the chance to make a sentence. If the two sentences you get do not form a possible combination, you may do small alterations to make it coherent.

Circule pela sala enquanto os alunos fazem a atividade, oferecendo ajuda quando necessário e se mostrando disponível para corrigir os períodos em sua versão final.

Tempo sugerido: 12 minutos

Propósito: Fornecer aos alunos alguns argumentos que podem enriquecer os textos que já produziram.

Expectativa: Que os alunos compreendam os argumentos utilizados, mesmo que não consigam entender ou traduzir todas as palavras do texto.

Orientações: Para fazer o link entre a última atividade e esta, chame a atenção dos alunos para as frases que se referem ao countryside ou a cities. Relembre com os alunos a atividade que fizeram em casa. Divida a turma em dois grupos: aqueles que argumentaram a favor de viver na cidade e os que escreveram defendendo a vida no campo. É possível que um dos grupos seja significantemente maior do que o outro, mas não é problema. Distribua para os alunos parte do texto disponível no seguinte link: https://www.theguardian.com/commentisfree/2013/aug/18/live-in-city-or-country . Distribua aos alunos a parte do texto com argumentos contrários à opinião que manifestou (no caso, para o grupo de alunos que defendeu a vida no campo, distribua a parte do texto com argumentos defendendo a vida na cidade). Mantenha o título e o parágrafo introdutório em ambos os textos. Caso esteja usando o data show, exiba a imagem do slide para acompanhar as perguntas de pré-leitura com os alunos:

  • Where is this text from? (Ss: It’s from The Guardian) (The Guardian é um jornal internacional online. Você pode passar essa informação aos alunos, já que eles provavelmente não saberão)
  • What section of the website is this text on? (Ss: It’s on an opinion section, under the lifestyle category) (Esta informação pode ser vista no canto esquerdo da imagem)
  • So, by the title we can see it’s about living in the city vs living in the country. How many people are writing the article? (Ss: Two people: Heather Long and Jessica Reed) (Esta informação também pode ser vista).
  • Why do you think there are two writers? Do you think it is relevant for this type of text? (Ss: This text works as a debate, so it is important to have different opinions in it. It benefits from the different points of view).

Peça aos alunos que leiam a parte do texto que foi distribuída para eles, com os argumentos a favor do ponto de vista contrário ao que escreveram. Peça que, durante a leitura, sublinhem os argumentos nos quais não haviam pensado antes.

  • Now let’s read the part of the text I gave you. It has the arguments contrary to your own opinion, so read it carefully. Underline the arguments that are new for you, the ones you had not considered when you first wrote your text. You have 8 minutes.

Para finalizar esta etapa, peça que alguns alunos compartilhem qual argumento acharam mais interessante, qual não tinham pensado antes. Pergunte também se alguém mudou de opinião após a leitura do texto.

  • Can anyone share a new argument they found interesting?
  • Has anyone changed their mind after reading the text? Why?

Tempo sugerido: 22 minutos

Propósito: Revisar o texto feito em casa para acrescentar sentenças complexas, utilizando os pronomes relativos já estudados.

Expectativa: Que os alunos consigam perceber frases em seus textos que podem ser aprimoradas, tornando-os mais elaborados.

Orientações: Peça que os alunos peguem os textos que fizeram em casa. Diga que você quer que, antes que você corrija os textos, eles mesmos tenham a oportunidade de fazê-lo, tanto mudando o conteúdo, a partir das novas informações que tiveram, quanto a parte linguística, percebendo sentenças que, tal qual no jogo da abertura da aula, podem ser unidas ou complementadas para ficarem mais complexas. Explique que esse processo pode deixar o texto mais rico e os argumentos mais completos.

  • Now let’s take a look at the writing you produced in your homework. I think it would be good if you could revise it yourself, before handing it to me. You have new information that could add to your text, and also we just reviewed how to use relative pronouns to make sentences more complex, so I would like to see some of that in your text too.

Explique que eles têm um motivo muito especial para fazer os textos o mais convincente e detalhadamente possível: quando pronto, o texto deverá ser entregue a um colega que tenha a opinião contrária, com a função de tentar convencê-lo.

  • There’s a special reason why I would like you to make very good, detailed, complex texts: you are going to give it to a classmate whose opinion is the opposite of yours, so they can read it and maybe be convinced. You have 18 minutes to finish your revision.

Caso ache necessário, entregue aos alunos a parte do texto que não receberam, a que tem argumentos a favor da opinião deles, para que os alunos tenham mais modelos linguísticos e vocabulário para aproveitar. Essa medida não será necessária a depender do nível de autonomia da turma, já que alunos familiarizados com a estrutura de textos de opinião já devem ter conseguido elaborar na atividade de casa textos com bons argumentos. O mesmo vale para uso de dicionário. Ele pode ser encorajado, mas esteja atento para que os alunos usem estratégias de refraseamento para adaptar o conteúdo que querem transmitir às estruturas e vocabulário que já têm.

Após os dezoito minutos, peça que entreguem seus textos, com o nome, e redistribua-os, de modo que cada aluno receba um texto com a opinião contrária à sua. Caso os grupos sejam desiguais, alguns alunos podem formar duplas e receber o mesmo texto, enquanto outros podem receber mais de um texto para leitura. Os alunos devem ler o texto que receberem e, além de estarem abertos aos argumentos do colega, devem verificar se há frases que poderiam ser unidas para formar um único período. Eles devem circular essas frases e devolver o texto ao autor, que fará as correções em casa. Termine esse momento da aula perguntando se alguém mudou de opinião ou pelo menos leu algum argumento no qual não havia pensado antes.

  • Read your classmate’s text and check the arguments. Did they convince you?
  • Also, read the sentences and check if they use relative pronouns, if the ones that are used are used correctly and if any more were needed. Circle periods you think could be made more complex.
  • Has anyone been convinced by the text read? Have you at least found a nice argument, one you hadn’t thought of so far?

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Oferecer aos alunos a oportunidade de refletir sobre o próprio processo de aprendizagem.

Expectativa: Que os alunos consigam fornecer feedback sobre a aula.

Orientações: Faça a pergunta título do slide para os alunos e deixe que participem livremente, em forma de plenária. Caso o tempo esteja curto, mostre o slide já completo aos alunos e leia com eles, pedindo exemplos sempre que possível.

Contents

  1. INPUT: The Guardian: City vs country
  2. OUTPUT: Opinion text

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

(EF08LI10) Reconstruir o texto, com cortes, acréscimos, reformulações e correções, para aprimoramento, edição e publicação final

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Professor-autor: Juliana Neves

Mentor: Newton Murce

Especialista: Celina Fernandes


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes