15798
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Sons em brincadeiras com água

Nesta atividade, as crianças seguirão uma exploração sobre sons, agora ouvindo o barulho produzido por diferentes objetos ao entrar em contato com líquidos

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Roselaine Pontes de Almeida

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Esta proposta faz parte de uma sequência de 5 planos. São eles:

Passeio em busca de sons do ambiente

Brincadeiras com sons do ambiente

Sons em brincadeiras com água

Criação de instrumentos musicais e objetos sonoros

Brincadeiras musicais

Para desenvolver esta atividade é importante que não seja a primeira vez que as crianças irão brincar com água na escola. Para que possam explorar os sons em contato com a água, é importante que tenham vivido situações de explorações e identificações de sons e suas fontes. Assim, a prática com exploração de sons já deve fazer parte do cotidiano do grupo.

É importante também que o professor teste previamente os materiais para verificar os mais interessantes do ponto de vista da produção de sons, podendo, inclusive, incluir outros que não estejam listados abaixo.

Materiais:

Baldes e bacias com água.

Utensílios de cozinha: potes, panelas e talheres de madeira, plástico, alumínio.

Bonequinhos de plástico, animais de brinquedo, garrafinhas.

Materiais para registro: câmera fotográfica ou celular, papel e caneta.

Espaços:

Esta atividade deve ser realizada em área externa (pátio, quintal, jardim), preferencialmente em um dia de sol e calor. O ambiente deve ser previamente preparado no formato de estações com materiais que produzam sons diferentes. Planeje que todo o grupo irá se dirigir até o local da atividade. Em seguida, as crianças devem ficar livres para brincar e explorar o espaço e os materiais da forma como preferirem, em pequenos grupos ou individualmente. Ao final, todas sentam-se em roda para compartilhar suas vivências e descobertas.

Tempo sugerido:

Cerca de 45 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que forma as crianças demonstram curiosidade em explorar os diferentes elementos disponíveis no ambiente? Elas criam sons com os objetos? Quais? Conseguem explorar suas diferentes possibilidades sonoras?

2. As crianças observam e relatam fenômenos naturais, como luz solar, vento? Como elas os descrevem durante a exploração, produção dos sons e brincadeiras?

3. As crianças manifestam suas descobertas e as compartilham com as outras crianças e com o professor? Quais brincadeiras realizam com os elementos disponíveis?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. A brincadeira com água pode atrair diferentes perfis de crianças. Naturalmente, algumas irão explorá-la juntamente com os materiais disponíveis enquanto outras vão preferir outros tipos de exploração, mas podem, assim mesmo, imitar os colegas na descoberta e na criação de brincadeiras. Incentive e permita diferentes explorações. Respeite as preferências da crianças na forma como exploram e escolhem os materiais, as brincadeiras e os parceiros.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide todo o grupo para ir com você até a área externa. Peça para que as crianças observem como está o dia: se está sol, se venta, se parece que vai chover e convide-as a refletir se está um bom dia para brincar ao ar livre. Incentive-as a compartilhar com o grupo e com você descobertas e hipóteses. Depois, conte para elas que, no espaço, tem vários materiais/utensílios espalhados e que elas podem produzir diferentes sons com eles. Conte para as crianças que elas podem ficar livres para explorar e brincar com o que preferirem, inclusive com a água e convide-as para conhecer os sons que podem ser produzidos com os diferentes materiais em contato com a água. Deixe os pequenos apenas de shorts, de fralda ou com poucas roupas, para que possam brincar à vontade, sem se preocupar em molhá-las.


2

Após chegar ao espaço, circule por ele e convide as crianças para fazer o mesmo. Deixe que elas explorem livremente o ambiente, se agrupando aos pares ou individualmente, como desejarem.Observe e registre iniciativas e caminhos de exploração escolhidos pelas crianças. Fique atento às ações que realizam com os materiais disponíveis e como interagem entre si. Observe o que lhes chama atenção e se algumas ideias de brincadeiras já surgem ao observar os materiais.


3

Mantenha uma posição de observação e escuta e aproveite para participar da brincadeira das crianças, provocando enredos e situações de participação ativa delas.

.


4

Observe se as crianças realizam movimentos diversos com a água e/ou materiais disponíveis a fim de produzir sons. Você pode aguçar a curiosidade delas incentivando-as a perceber o som que cada material pode produzir em contato com a água.

Possíveis ações do professor neste momento: Com intuito de enriquecer a brincadeira e as explorações, brinque com a água ou incentive as crianças a fazer movimentos diversos, como empurrar a água fazendo ondas, bater com a mão, utilizar algum utensílio para pegar e soltar a água dentro da bacia ou do balde.


5

Aproveite as diferentes fontes sonoras disponíveis no ambiente (pássaros cantando, folhas de árvores balançando com o vento, barulho de carros circulando, cachorro latindo, silêncio etc) para incentivar a identificação deles e propor a criação de brincadeiras envolvendo os sons. Proponha que as crianças brinquem enquanto cantam alguma música conhecida, como A canoa virou, por exemplo, utilizando a água e os materiais como instrumentos sonoros, de modo que elas vejam a possibilidade de os usar para acompanhar a melodia dessa e de outras músicas que considerarem interessantes.


6

Na medida em que as crianças forem explorando e brincando, fique atento à criança que, por qualquer motivo, não se envolve na proposta, que prefere, por exemplo, observar. Instigue-a a tentar alguma exploração. Faça isso chamando-a para ver, junto com você, o que há em algum canto específico do ambiente, brincando ao lado dela com algum elemento pelo qual ela possa se interessar, pedindo para que te ajude com alguma ação ou objeto ou chamando outras crianças para que se aproximem e compartilhem descobertas.


Para finalizar:

Conforme o tempo da atividade for terminando, avise todas os pequenos que o tempo está acabando e que em cinco minutos você precisará da ajuda deles para organizar e guardar os materiais. Caso alguma criança não queira parar de brincar, diga a ela que agora é o momento de todos compartilharem suas descobertas, contando aos colegas do que mais gostaram de brincar e com o que. Passados os cinco minutos, reúna todo o grupo em roda e convide as crianças para contar como foi a experiência: do que brincaram, quais sons descobriram durante as brincadeiras, do que mais gostaram etc. Incentive todas a participar desse momento, mas respeite aquelas que também não quiserem falar ou expressar sua opinião.Considere as diferentes formas de expressão dos pequenos, que podem utilizar gestos e movimentos para comunicarem o que querem ou buscar o apoio de um dos objetos com o qual brincou.

Desdobramentos

A proposta desta atividade pode derivar outras atividades e brincadeiras. Sugira a exploração e a brincadeira com sons a partir de elementos da natureza (como areia, pedra, terra) dentro de diferentes embalagens e recipientes que podem, inclusive, posteriormente fazer parte do acervo de materiais do grupo.

Engajando as famílias

A experiência de criação e brincadeira com sons a partir de água e utensílios do cotidiano é, em geral, muito prazerosa para as crianças. Compartilhe alguns registros em fotos ou vídeos dessas explorações com os familiares e convide-os a repetir a proposta em suas casas, permitindo que a criança brinque com baldes, bacias ou banheiras com água e com outros utensílios domésticos.


#novaescolaemcasa select-down
Sobre o plano select-down

Compartilhe este conteúdo:

facebook-color pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02TS03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Educação Infantil Bebês Crianças bem pequenas Crianças pequenas

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Educação Infantil Matemática Língua Portuguesa Ciências História Geografia Inglês Educação Empreendedora
Baixar plano