15228
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Brincadeiras com sons do ambiente

Após ouvir sons coletados pela turma, as crianças irão explorar objetos que também fazem barulho.

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Roselaine Pontes de Almeida

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Esta proposta faz parte de uma sequência de cinco planos. São eles:

Passeio em busca de sons do ambiente

Brincadeiras com sons do ambiente

Sons em brincadeiras com água

Criação de instrumentos musicais e objetos sonoros

Brincadeiras musicais

Para realizar esta atividade é importante ter realizado a proposta Passeio em busca de sons do ambiente.

Materiais:

Materiais de largo alcance de diferentes tipos, formatos e tamanhos e que, se possível, possam ser encontrados na escola: garrafinhas, apitos, cornetas, tampas de panela, canos de PVC, tubos e caixas de papelão, folhas secas, galhos, pedras, sementes, embalagens de lata, plástico e papelão. Considere a utilização dos elementos da natureza coletados na atividade anterior (Passeio em busca de sons do ambiente). Tecidos não transparentes e fáceis de manusear, como algodão, poliester, tricoline ou TNT. Bancos, mesas ou toalhas para compor os cantos. Cestos de vime, palha ou jornal e caixas de papelão para armazenar os materiais nos cantos. Tocador de som. Materiais para registros fotográficos e em vídeo (câmera fotográfica ou celular) e escritos (papel/ caderno e caneta).

Espaços:

Esta atividade pode ser realizada em um ambiente interno (sala) ou externo (quintal, quadra). Organize o espaço em estações, de modo que os materiais fiquem distribuídos em cantinhos. Cada estação deve conter objetos em quantidade maior do que o número de crianças, podendo haver alguns repetidos nos diferentes cantos, de modo a garantir uma boa exploração. Esses materiais devem ficar dispostos em cima de banquinhos, mesinhas ou de toalhas estendidas no chão e podem ser armazenados em caixas ou cestos cobertos com tecido ou outro material (TNT, por exemplo), para que sejam revelados em um segundo momento. Inicialmente, todo o grupo é organizado em roda. Depois, as crianças ficam livres para explorar os materiais e brincar em pequenos grupos ou individualmente. Ao final, todas voltam para a roda.

Tempo sugerido:

Cerca de 60 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que forma as crianças expressam suas vivências e relatam a experiência do passeio?

2. As crianças criam sons com os materiais e os objetos disponíveis? Quais preferências demonstram neste momento?

3. Quais critérios as crianças usam para a escolha dos materiais utilizados para a criação dos sons? Elas classificam objetos, considerando determinado atributo (tamanho, peso, cor, forma etc.)? Como é possível perceber isso?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Auxilie-as a se comunicarem, fazendo uso de diferentes apoios comunicativos (gestos, língua de sinais, comunicação alternativa etc). Ajude todas no envolvimento da atividade e na exploração do ambiente.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide todo o grupo para se sentar em roda com você e peça ajuda das crianças para recordar a brincadeira que vocês fizeram em busca dos sons no passeio realizado no plano Passeio em busca de sons do ambiente. Incentive-as para que comuniquem quando foi o passeio, para onde foram, o que fizeram lá e o que descobriram. Caso ninguém comente sobre as gravações que foram feitas dos sons, pergunte se elas se lembram que alguns sons foram gravados durante o passeio.


2

Conte para as crianças que agora todas irão ouvir os sons gravados no dia do passeio e que, inicialmente, elas terão que tentar reconhecê-los e nomeá-los. Fique atento às diversas formas de expressão das crianças neste momento, considerando gestos e falas. Depois, coloque a gravação novamente e oriente-as para que, durante essa escuta, fiquem à vontade para brincar, dançar ou reproduzir os sons livremente. Observe se elas utilizam o próprio corpo para reproduzir os sons.

Possíveis ações do professor neste momento: Durante a escuta dos sons, incentive as crianças a reproduzir os sons utilizando o próprio corpo. Bata com a palma das mãos nas pernas, faça sons com a boca, estale os dedos, batuque na barriga etc. Encoraje-as a participar e convide-as para tentar reproduzir os sons junto com você.


3

Após reproduzirem os sons, convide as crianças para observar que em cada canto do espaço há algo escondido embaixo de tecidos e diga que você precisará da ajuda delas para retirá-los e descobrir o que há em cada um deles. Observe as iniciativas das crianças, respeitando aquelas que, por qualquer motivo, não demonstram muito interesse em participar. Nesses casos, convide-as para observar, junto com você, o movimento dos colegas.

Possíveis falas do professor e das crianças neste momento: Vocês perceberam algo de diferente nesta sala? As crianças podemresponder que há algo escondido embaixo dos panos/tecidos e o professor pede ajuda delas para descobrir o que é: Que tal a gente descobrir o que é?


4

Conte às crianças que para que todas possam brincar e explorar melhor o espaço é interessante que elas se organizem em pequenos grupos. A formação desses grupos pode ocorrer a partir de critérios escolhidos pelas próprias crianças. Cada time poderá escolher um canto para descobrir o que há embaixo dos tecidos. Deixe que as crianças explorem livremente as estações e que descubram o que há nelas. Observe-as e registre as iniciativas delas, ficando atento às ações que realizam com os materiais disponíveis e como interagem entre si. Procure intervir apenas se for convidado para brincar junto ou caso haja algum conflito entre os pequenos.

Possíveis ações do professor neste momento: Como são bem pequenas, é possível que algumas crianças circulem e encontrarem seus caminhos de exploração. Outras podem apenas observar, sem necessariamente iniciar a exploração. Respeite o tempo de cada uma.

Possíveis ações das crianças neste momento: Tocar os apitos, bater um graveto na tampa de panela, assoprar o gargalo da garrafa pet pra ver se faz barulho etc.


5

Conforme as crianças vão explorando as estações, observe se elas demonstram curiosidade em manipular os diferentes objetos, se os utilizam para produzir sons, se ajudam-se mutuamente nos momentos de escolha e se constroem brincadeiras individuais ou coletivas com eles. Registre as ações das crianças por meio de vídeos e fotografias, mas também aproxime-se para brincar junto com elas, entrando na brincadeira e incentivando a imaginação por meio do uso lúdico e de elementos que mais lhes chamar a atenção.

Possíveis ações do professor neste momento: Aproxime-se das crianças e de alguns objetos e brinque com eles. Tente reproduzir algum som ou faça brincadeiras. Utilize em sua intervenção elementos menos escolhidos ou explorados pelas crianças, buscando chamar a atenção delas para esses materiais. Incentive ainda as crianças que, por qualquer motivo, não participam da brincadeira.

6

Incentive as crianças a circular pelo espaço, para que conheçam os diferentes materiais de cada estação e descubram como podem usá-los para produzir sons. Observe se elas se deslocam pelo ambiente com interesse e espontaneidade, explorando e tentando reproduzir os diferentes sons. Oriente os pequenos grupos a trocar de estação com os colegas ou a convidar os colegas de outra estação para brincar junto. Registre as iniciativas e descobertas das crianças.

Possíveis falas do professor neste momento: Vocês repararam que há outros objetos ali no outro canto? Que tal descobrirem o que é? Olha que legal o som que aquele objeto faz! Você percebeu que ao batucá-lo ele faz um som diferente? Com o que esse som se parece? Você gostaria de brincar com aquele objeto também?

<fim-prof>


Para finalizar:

Avise a todos que em cinco minutos irão terminar o que estão fazendo e que você precisará da ajuda deles para guardar os materiais e arrumar o espaço. Passados os cinco minutos, diga que chegou a hora de guardar. Anuncie que, após guardarem tudo, todos se sentarão em roda para que, quem desejar, possa compartilhar suas descobertas e opiniões sobre a brincadeira com os objetos. Depois, reúna todo o grupo em roda e pergunte como foi a experiência: se os pequenos gostaram da brincadeira com os elementos, do que mais gostaram, que tipo de som produziram utilizando o corpo e os materiais disponíveis etc. Incentive todas as crianças a participar do momento.

Desdobramentos

Utilize outras formas para apresentar às crianças as diferentes possibilidades existentes para escuta, brincadeira e produção de sons, como utilizando objetos e água, batucando em brinquedos, potes, panelas e outros utensílios de cozinha etc. Você pode utilizar outros espaços da escola para essa exploração.

Engajando as famílias

A pesquisa por outros sons do ambiente e pelas diferentes formas de reproduzi-los pode ter continuidade fora da escola. Comunique às famílias sobre o trabalho desenvolvido e sobre as diferentes reações e percepções das crianças diante da descoberta dos sons e das formas de brincar com eles. Reforce que esse é um momento muito prazeroso para os pequenos, que pode facilmente ser repetido em diversos locais. Sugira que os adultos responsáveis incentivem essa escuta ativa dos sons do ambiente, valorizando também a produção de silêncio, e peça que compartilhem com a equipe da escola os resultados da experiência. Oriente as crianças a observar os diferentes sons que há no ambiente onde moram e solicite que percebam se são iguais ou diferentes dos que elas descobriram durante a brincadeira.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02TS01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET06 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano