15242
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Jogo com dados: O jogo da melancia

Nesta atividade, proponha que as crianças montem o tabuleiro e brinquem com o jogo da melancia.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Evandro Tortora

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Construa os tabuleiros para o jogo, que podem ser impressos a partir deste modelo. Fixe os tabuleiros em um papel cartão ou em um papelão bem duro e plastifique-o para aumentar sua durabilidade. Proporcione experiências em que as crianças precisem manipular dados a fim de familiarizá-las com a leitura e com utilização desse objeto. Aproprie-se das regras do jogo para jogar com as crianças.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Experiências e brincadeiras com cubos e dados.

Brincadeiras com os dados coloridos durante a “Corrida dos Cones”

Registrando, conhecendo e contando com dados

Utilizando e explorando dados nos jogos de percurso

Jogo com dados: “As sementes da melancia”

Materiais:

Dados convencionais de seis faces, tabuleiros em formato de melancia (confeccionados previamente com as crianças). Tinta guache ou canetinha para divisão dos times. Papel crepom para confecção das sementes da melancia e uma caixinha para guardá-las. Tabela de marcação de jogadas com células grandes (que pode ser feita numa cartolina) para que as crianças registrem o número sorteado no dado durante as jogadas (plastifique a tabela com papel adesivo transparente e faça marcações com uma caneta de escrever em CD, para que possa apagar com um pano com álcool e usar novamente). Separe materiais que as crianças possam fazer uso com autonomia nos cantinhos a serem preparados na atividade, como jogos envolvendo dados, livros para serem folheados, papéis e ricantes para desenho, fantasias para o faz de conta etc.

Espaços:

Deixe a sala organizada com cantinhos de atividades que as crianças possam fazer com autonomia, como brincar com outros jogos envolvendo dados, folhear livros, desenhar, brincar de faz de conta etc. Deixe um dos cantos preparado para o jogo da melancia.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 20 minutos para a brincadeira em grande grupo e 40 minutos para as brincadeiras em pequenos grupos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais são as estratégias das crianças para resolver os problemas propostos? Elas colaboram entre si ao jogarem ou precisam de você com frequência?

2.Como as crianças registram os números? Fazem desenhos, tracinhos, tentam usar os numerais convencionais ou outros símbolos?

3. As crianças conseguem ler os dados e fazer a contagem das bolinhas do dado e das sementes que retiram da melancia? Como elas fazem isso? Conseguem fazer correspondência termo a termo?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Incentive que as crianças colaborem entre si nos diferentes momentos que o jogo exige, como fazer registros ou contar as figuras do dado. Evite usar sementes de verdade para o jogo, visto que são muito pequenas e podem ser perder mais facilmente ou causar acidentes. Se necessário, adeque o tamanho das bolinhas de crepom e do tabuleiro às necessidades das crianças.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Em grande grupo, diga às crianças que hoje elas vão jogar o Jogo da Melancia. Converse com a turma sobre as regras do jogo, lendo-as, caso considere importante e, no decorrer da conversa, pergunte se gostam dessa fruta, se já comeram e quais são suas características e se recordam-se de quando fizeram os tabuleiros para o jogo. Em seguida, apresente o tabuleiro para as crianças e pergunte para a turma se está faltando algo nele. É esperado que alguma criança cite as sementes, caso elas não digam isso, comece a fazer indicações que sugiram a presença das sementes (como quando comemos a melancia e preferimos tirar os “pontinhos pretos” que estão dentro da fruta).


2

Como não há sementes na melancia e as crianças precisarão delas para jogar, pergunte à turma: Como podemos confeccionar sementes para nossa melancia? Considere as falas das crianças sugerindo que vão usar materiais que têm na escola. Mostre os pedaços de papel preto e problematize com elas: Como podemos fazer algo parecido com as sementes usando esses papéis? Deixe que os pequenos manipulem os pedaços de papel livremente, ensaiando a confecção das sementes. Observe quando alguma criança confeccionar algo parecido com uma bolinha ou rasgar o papel no tamanho de uma semente. Quando isso acontecer, diga que a criança conseguiu produzir algo muito semelhantes à semente e peça para que ela apresente o que fez aos demais colegas.


3

Conforme as crianças forem produzindo as sementes, peça para a turma guardá-las dentro de uma caixinha para que possam ser utilizadas no jogo. Esse momento pode ser bem divertido pois nele as crianças criam seus próprios desafios (como quem termina primeiro, quem faz mais etc). Após a produção de aproximadamente 50 sementes, diga que elas já podem jogar pois já há sementes suficientes. Agora proponha que façam uma partida coletiva e diga que você precisa de ajuda para organizar os tabuleiros: primeiro divida a sala em dois times (você pode escolher duas cores e fazer pontinhos nas mão das crianças usando tinta guache ou canetinha), coloque dois tabuleiros sobre a mesa e, com a ajuda das crianças, peça para que elas coloquem 20 sementes em cada melancia, de acordo com as regras do jogo.Observe como separam as sementes, se contam termo a termo etc. Caso as crianças tenham dificuldade de realizar a contagem de forma convencional, você mesmo pode fazê-la em voz alta, com ajuda de algumas delas ou do grupo todo.

Possíveis ações da criança neste momento: Elas podem exceder o número de sementes, o que não afeta o jogo, apenas use essa oportunidade para criar situações a partir do número desigual de sementes nos tabuleiros: Olha! Ele parece ter mais sementes. Vamos contar? Ele tem mais sementes. Vocês acham que o jogo está justo? O que precisam fazer? Ajude as crianças a retirar sementes até que os dois tabuleiros estejam iguais.


4

Com os tabuleiros organizados, separe duas tabelas de marcação de jogadas e peça para que uma criança jogue o dado, faça a leitura do número sorteado e retire o número correspondente de sementes da melancia. Conforme as crianças fizerem a leitura do dado, peça para que elas tentem escrever o número sorteado na tabela, perguntando: Quantas bolinhas você viu que tinha no dado? Tente escrever esse número na tabela. Caso seja um desafio muito distante da turma, esse registro pode ser feito sem a utilização do numeral, considerando apenas a quantidade, por exemplo, com bolinhas (como nos dados), risquinhos etc. Pode ser que os pequenos precisem de ajuda nas contagens que envolvem essas etapas, nesse caso, incentive que as outras crianças ajudem e intervenha nessa ação apenas se necessário. Faça as jogadas alternando entre os times e incentive a participação de todos os interessados.

Possíveis falas e ações do professor neste momento: Durante as jogadas acontecem muitos momentos oportunos para problematizar situações. É importante que essas problematizações aconteçam, como Você tirou que número do dado? Quatro! Vamos tirar quatro sementes. Opa! Parece que você tirou três sementes apenas. Será que tiramos sementes a menos ou a mais? Pode tirar mais quantas?


5

Quando um dos grupos retirar todas as sementes, declare-o vencedor! Mas o jogo pode continuar até que as crianças retirem todas as sementes da outra melancia. Agora sugira para elas que brinquem em pequenos grupos nos cantos que você previamente preparou e, em um dos cantos, disponibilize os tabuleiros, dados e papel crepom para as crianças fazerem sementes e brincarem. Deixe que se organizem conforme seus interesse e disponibilize outros tabuleiros no canto do jogo, se necessário. Procure acompanhar um pequeno grupo e fazer as mesmas problematizações que fizeram em grande grupo,até que as crianças consigam brincar com mais autonomia e que você possa acompanhar um outro grupo. Se necessário acompanhe todas as jogadas, mas incentive que os pequenos colaborem entre si, assim como fizeram em grande grupo. Não se preocupe com o certo ou errado, ou seja, se seguem as regras ao pé da letra. Esse é um momento de familiarizar-se com o jogo e de construir parcerias.


Para finalizar:

Quando estiverem próximos do término das atividades, comunique às crianças que elas farão a última jogada e depois vão guardar as melancias, os dados e as sementes confeccionadas. Como esse é um momento de livre escolha, alguma criança pode não ter participado e ficar chateada. Tranquilize-a dizendo que vocês ainda poderão jogar em outros momentos Sugira que as crianças organizem a sala ao som de uma música divertida, como Arrumar a Bagunceira.

Desdobramentos

Repita a atividade nos dias que seguem, dando oportunidade de as crianças vivenciarem o jogo mais vezes. Você pode fazer agrupamentos intencionais, de acordo com os saberes delas e acompanhar um grupo por dia. Você pode ainda construir com as crianças outros jogos, como o jogo de trilha (como já foi proposto nesta sequência) e inventar armadilhas para voltar espaços, prêmios para avançar, situações nas quais fiquem uma rodada sem jogar, com configurações de pequenos e grandes grupos. Para isso, faça uma investigação com a turma sobre os jogos todos que já conhecem e proponha a construção de novos.

Engajando as famílias

Prepare uma sacolinha de TNT ou caixinhas na quais algumas crianças possam levar para casa as melancias (tabuleiros e sementes) para brincar com suas famílias. Dentro da sacolinha coloque um bilhete explicativo destinado aos pais, comentando que as crianças já brincaram do jogo na escola e descrevendo as regras dele. Envie junto do jogo um caderno no qual os responsáveis registrarão como foi esse momento.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano