14776
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Meu nome, minha identidade

Nesta atividade, as crianças tentarão escrever o próprio nome para identificar um objeto ou local relacionado a elas

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Danielle Moreira de Oliveira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para a realização dessa atividade, envie um bilhete às famílias solicitando uma foto das crianças com o rosto bem nítido, que será utilizada na confecção das etiquetas de identificação. Também é necessário que o professor já tenha trabalhado com os nomes durante as rodas de conversa, para verificar quem está presente, ausente etc.

Materiais:

Para a confecção das etiquetas, separe filipetas de papel (todas da mesma cor), canetinhas, cola branca, fotos enviadas pelas famílias e as fichas com os nomes das crianças. É importante que tenha cartazes na sala que possam apoiar as crianças na escrita do nome, com listas das histórias preferidas, dos nomes próprios, entre outros. Separe fita adesiva para fixar as etiquetas no local escolhido pelo grupo, livros de história e letras móveis para manuseio das crianças.

Espaços:

A atividade pode acontecer na própria sala. Para isso, organize um local para a roda de conversa com o grande grupo. Planeje um lugar onde será confeccionada as etiquetas e, nesse caso, é importante que a mesa e as cadeiras estejam acessíveis para as crianças. Organize os cantos de livre escolha com livros de histórias e letras móveis, de maneira que as crianças possam manuseá-los com autonomia enquanto você está com o pequeno grupo.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. O que as crianças conversam sobre as fotos? Elas se reconhecem? Dialogam com as outras crianças compartilhando suas hipóteses e expressando opiniões?

2. Quais recursos as crianças utilizam ao escrever o nome a maneira delas? Elas traçam letras, garatujas ou recorrem às fichas dos nomes ou a algum outro portador de texto presente na sala?

3. Quais estratégias as crianças utilizam para identificar o lugar de seus pertences? Quais as ações delas ao se depararem com as etiquetas durante a organização dos pertences? Elas recorrem às fotos ou fazem a leitura do nome a sua maneira?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Observe as crianças que não se sentem seguras ao serem convidadas a escrever o próprio nome. Acolha-as e estimule que realizem a proposta do jeito delas. Incentive todas as estratégias de escrita e se atente para as que precisaram de apoio para organizar seus pertences e se identificar por meio das etiquetas.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Em roda, com o grande grupo, fale que hoje irão confeccionar etiquetas para identificar um espaço utilizado por elas, como armários de pertences, ganchos de mochilas, caixas de objetos pessoais etc. Você pode escolher com as crianças qual será o espaço por meio de votação. Diga que para auxiliar na identificação, as famílias enviaram uma foto para ser colocada na etiqueta e que realizarão essa atividade em pequenos grupos (máximo 4 crianças). Apresente os cantos com as atividades de livre escolha organizados por você: o de letras móveis e o de manuseio de livros de histórias. As crianças irão se dirigir aos cantos ou a mesa, para realizar a atividade com você. Observe as ações delas e deixe que se dividam conforme o interesse de cada uma.


2

Com o pequeno grupo reunido, mostre as fotos enviadas pelas famílias explorando-as com as crianças. Deixe que manuseiem e mostrem a própria foto umas para os outras. Observe se elas se reconhecem na foto. Converse sobre a importância delas e dos nomes próprios como estratégia de identificação. Pergunte para as crianças se elas sabem como fazemos para saber qual é a caixa de pertences pessoais delas ou como fazemos para identificar as produções de cada uma. Ouça elas explorando suas hipóteses e, a partir das contribuições, fale que o nome, assim como a foto, é nossa marca. Fale que utilizamos ele para nos identificar e também para identificar nossos pertences. É importante frisar a ideia de identificação como portadora de diferenças e semelhanças com o outro.

Possíveis falas do professor neste momento: Pessoal, nós podemos utilizar a foto e o nome para identificar nossos pertences. Olhem nossos uniformes! São todos iguais! Quando os casacos estão no mesmo local precisamos ler o nome na etiqueta para diferenciá-los e identificar o dono.


3

Diga as crianças que elas começarão a confeccionar as etiquetas. Para isso, disponibilize filipetas e cola branca para que as crianças possam colar as fotos. Sugira que as crianças escrevam o nome a maneira delas, para acompanhar a foto. Algumas crianças podem dizer que não sabem escrever o nome ou pedir que você faça por elas. Apoie-as nesse momento e fale que podem escrever do melhor jeito. Mantenha uma posição de observação e escuta, sem interferir na escrita das crianças ao menos que seja requisitado ou muito necessário. As crianças podem utilizar diferentes estratégias durante a escrita autônoma. Algumas podem traçar letras ou símbolos, outras podem fazer rabiscos, garatujas ou bolinhas. Outras podem recorrer às listas presentes no espaço ou às fichas como apoio a escrita. Incentive todas as iniciativas e disponha as fichas dos nomes para apoiá-las, se necessário. Aproveite para realizar alguns registros individuais de como as crianças se envolvem na atividade e quais estratégias buscam para escrever. Em seguida, estimule que cada criança leia seu nome para o grupo.


4

Coloque fita adesiva no verso da etiqueta e convide as crianças para colarem, com autonomia,a etiqueta no local escolhido no início da atividade. Repita os passos 2, 3 e 4 com todos os pequenos grupos e peça ajuda das crianças para organizarem as atividades de livre escolha.


5

Com o grande grupo, convide as crianças a organizar os pertences individuais no local que etiquetaram algum objeto, como, por exemplo, as mochilas nos ganchos identificados. Perceba as ações das crianças diante o uso real das etiquetas como forma de identificar seus espaços e materiais. Observe se as crianças leem a maneira delas os nomes, se recorrem às fotos e como se apoiam mutuamente. Algumas podem querer organizar os pertences no local de outra criança. Nesse caso, aponte para a etiqueta e convide a fazer a leitura do nome com você. Caso necessário, auxilie nessa organização.


Para finalizar:

Comente qual será a próxima atividade incentivando as crianças a se organizarem e, caso ainda seja necessário, solicite que arrumem o espaço, preparando para a próxima atividade. Cante uma música já conhecida por elas tornando esse momento mais divertido.

Desdobramentos

É importante repetir essa atividade para que, a partir do nome próprio, a criança construa sua identidade, favorecendo a percepção de si e dos outros nos espaços que estão inseridos. Caso você queira, proponha que elas colem as etiquetas em outros pertences, para identificá-los. Repita a atividade favorecendo que, aos poucos, as crianças possam compreender que seus nomes têm um jeito de escrever. Diga que elas podem utilizar uma lista ou placas como apoio, e, aos poucos, ir "tirando a foto".

Engajando as famílias

Envie um bilhete para as famílias, falando sobre esta vivência, contando que nesta idade as crianças começam a arriscar a leitura e a escrita de seus nomes e que você tem o objetivo de envolvê-las na identificação dos pertences. Proponha que, em casa, as famílias também possibilitem que elas arrisquem a escrita, da maneira delas, ao identificar os pertences que são enviados diariamente à escola.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02CG05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano