14659
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - A adaptação de textos: correção textual

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do EF sobre A adaptação de textos: correção textual

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Carolina Silva

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados
Serão necessários: canais de envio de mensagens, vídeos e áudios, como o WhatsApp ou similares; PowerPoint.

Introdução
Professor, encaminhe aos alunos, via WhatsApp, um questionário sobre o que pensam a respeito dos bastidores de uma produção textual. A partir disso, indague acerca da revisão textual, por meio de perguntas como: 1. Como funciona o processo de escrita de vocês? É de uma só vez? Vocês já escreveram algum texto por etapas? (Respostas pessoais) 2. Um mesmo texto costuma ter várias versões ou apenas uma? Vocês costumam corrigir os textos depois que estes são produzidos? (Respostas pessoais) 3. Já escreveram algo que vocês ou outras pessoas não entenderam? Se sim, por que acham que isso ocorreu? 4. A revisão ou correção de textos parece importante? Na opinião de vocês, por quê? Que aspectos textuais ela poderia melhorar? (Respostas pessoais) Professor, considere as respostas dos alunos e diga-lhes que esta aula estimulará a correção textual, de acordo com os critérios voltados à composição do texto dramático (teatral). Para isso, serão desenvolvidas tarefas de análise e revisão linguística, passando por questões de estética, gramática e estrutura. Peça que lhes devolvam o questionário, pelo mesmo meio digital, porém, no privado.

Desenvolvimento
Em um segundo momento, retorne à conversa inicial no WhatsApp com uma apresentação em PowerPoint das respostas que mais se repetiram no questionário. Proponha à turma a leitura de uma crônica (veja no plano original) e peça que a adaptem, transformando-a em um texto dramático. Para isso, peça que utilizem o questionário de correção exemplificado no slide da Introdução. Você poderá revisar com os alunos os aspectos fundamentais do texto dramático para, então, definirem juntos o que servirá de critério para a avaliação das produções. Alguns pontos a considerar são: narrativa estruturada pelas rubricas e pelas falas dos personagens; emprego do discurso direto; adequação da linguagem aos níveis de formalidade ou informalidade; uso variado de rubricas de interpretação; movimento e ambiente, e pontuação expressiva. Professor, nessa etapa, os alunos deverão fazer as atividades abaixo: 1. Individualmente, releia a adaptação feita por você, com atenção especial ao primeiro parágrafo da crônica, observando se seu texto se adequa aos critérios constantes no questionário de correção. Faça marcações pertinentes sobre o que deve ou pode ser alterado. 2. Agora, em duplas (reúna-se com um colega por chamada de vídeo ou áudio para a organização desse momento), troquem as produções com os colegas, de modo que um possa avaliar e registrar correções ou sugestões no texto do outro. Se for necessário, faça as alterações propostas.

Fechamento
Professor, peça aos alunos que compartilhem voluntariamente suas adaptações revisadas com a turma, por meio de leitura expressiva. Para isso, proponha que façam gravem um áudio e o encaminhem ao grupo da turma, no WhatsApp. Os estudantes deverão se atentar à entonação, altura e velocidade da voz; às indicações das rubricas e à expressividade na pontuação. Após a atividade, adiante o tema da próxima aula, que versará sobre a leitura dramatizada, aprofundando os conhecimentos sobre oralidade.

Convite às famílias
Os familiares poderão ser convidados a fazer a adaptação e a gravação do áudio junto com o aluno. Seria muito interessante percebermos os diálogos entre as personagens sendo realizados pelos familiares também.

Sugestão Enviada Por: Michele Batista


Código: LPO8_02SQA09

(EF89LP37) Analisar os efeitos de sentido do uso de figuras de linguagem como ironia, eufemismo, antítese, aliteração, assonância, dentre outras.

(EF69LP54) Analisar os efeitos de sentido decorrentes da interação entre os elementos linguísticos e os recursos paralinguísticos e cinésicos, como as variações no ritmo, as modulações no tom de voz, as pausas, as manipulações do estrato sonoro da linguagem, obtidos por meio da estrofação, das rimas e de figuras de linguagem como as aliterações, as assonâncias, as onomatopeias, dentre outras, a postura corporal e a gestualidade, na declamação de poemas, apresentações musicais e teatrais, tanto em gêneros em prosa quanto nos gêneros poéticos, os efeitos de sentido decorrentes do emprego de figuras de linguagem, tais como comparação, metáfora, personificação, metonímia, hipérbole, eufemismo, ironia, paradoxo e antítese e os efeitos de sentido decorrentes do emprego de palavras e expressões denotativas e conotativas (adjetivos, locuções adjetivas, orações subordinadas adjetivas etc.), que funcionam como modificadores, percebendo sua função na caracterização dos espaços, tempos, personagens e ações próprios de cada gênero narrativo.

(EF69LP55) Reconhecer as variedades da língua falada, o conceito de norma-padrão e o de preconceito linguístico.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas