10367
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 5º ano > Geometria

Plano de aula - Polígono: é ou não é?

Plano de aula de Matemática com atividades para 5º ano do Fundamental sobre polígono: reconhecimento.

Plano 06 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Oleneva Sanches Sousa

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA.

Autora: Olenêva Sanches Sousa

Mentora: Paula Massi Reis Pires

Revisora Pedagógica: Eliane Zanin

Especialista de área: Pricilla Mendes Cerqueira

Habilidade da BNCC

EF5MA17: Reconhecer, nomear e comparar polígonos, considerando lados, vértices e ângulos, e desenhá-los, utilizando material de desenho ou tecnologias digitais.

Objetivos específicos

  • Retomar as características dos polígonos;
  • Distinguir polígonos de não polígonos;
  • Discutir sobre as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos;
  • Reconhecer as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos;
  • Pontuar características dos polígonos;
  • Apropriar-se das características dos polígonos para esboçá-los e distingui-los dos não polígonos.

Conceito-chave

Polígono: reconhecimento.

Recursos necessários:

  • Quadro e pincel;
  • Computador;
  • Impressora;
  • Internet;
  • Atividades impressas (uma cópia por estudante);
  • Cronômetro;
  • Lápis e borracha.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.(slides 3 e 4)

Orientações:

  • Utilize os slides 3 e 4 como recurso motivador (abaixo, veja sugestão em Discuta com a turma) às reflexões acerca das características gerais do polígono, já estudadas. Se necessário, complemente com desenhos no quadro, buscando garantir que todos saibam (relembrem) o que é um polígono e suas principais características.

Propósito: Retomar as características de um polígono, em vias de distingui-lo de um não polígono.

Discuta com a turma (respostas entre parênteses):

Slide 3 - Foco nas características gerais dos polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • O que é uma figura fechada pelos lados? (É uma figura, cujo primeiro ponto do segmento de reta que a fecha coincide com o último ponto do último segmento que a fecha).
  • O que é um segmento de reta? (Parte de uma reta, que tem um ponto de início e outro de fim).
  • Por que um lado é um segmento de reta? (Porque tem início e fim).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região plana? (Todo polígono é uma figura plana).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região limitada? (Todo polígono é limitado por seus lados).
  • O que é uma figura geométrica plana? (Todos os pontos da figura estão em um mesmo plano).
  • Você é capaz de dar um exemplo de uma figura que não é plana? (Uma esfera, qualquer poliedro).
  • O que é um vértice? (Ponto de encontro dos lados de um polígono).
  • Onde os lados de um polígono se encontram? (Nos vértices).
  • Um polígono de 5 lados tem quantos vértices? (5) E de 12? (12) E de 24? (24).
  • Se um polígono tem 5 lados e 5 vértices, quantos ângulos ele tem? (5) E se tiver 7? (7) E 16? (16).
  • Por que os segmentos de reta não podem cruzar-se? (Porque a figura deixaria de ser um polígono).

Slide 4 - Foco nos características que distinguem polígonos de não polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • Quais características tornam uma figura geométrica um polígono? (Ser plana, fechada por lados).
  • Quais das figuras são polígonos? (Todas, exceto as abertas e com segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais características dessas figuras não a fazem ser classificadas como polígonos? (Ser aberta ou ter segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais das figuras não são polígonos? (Todas as fechadas sem segmentos de reta, as abertas ou cujos segmentos se cruzam).
  • Quais das figuras não são fechadas? (As que os lados não se encontram em um ponto (inicial, final).
  • Há alguma figura cujos segmentos de reta se cruzam? (Sim).
  • Há figuras fechadas, que não são polígonos? Quais? (Sim. As que não são fechadas por segmentos de reta).

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.(slides 3 e 4)

Orientações:

  • Utilize os slides 3 e 4 como recurso motivador (abaixo, veja sugestão em Discuta com a turma) às reflexões acerca das características gerais do polígono, já estudadas. Se necessário, complemente com desenhos no quadro, buscando garantir que todos saibam (relembrem) o que é um polígono e suas principais características.

Propósito: Retomar as características de um polígono, em vias de distingui-lo de um não polígono.

Discuta com a turma (respostas entre parênteses):

Slide 3 - Foco nas características gerais dos polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • O que é uma figura fechada pelos lados? (É uma figura, cujo primeiro ponto do segmento de reta que a fecha coincide com o último ponto do último segmento que a fecha).
  • O que é um segmento de reta? (Parte de uma reta, que tem um ponto de início e outro de fim).
  • Por que um lado é um segmento de reta? (Porque tem início e fim).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região plana? (Todo polígono é uma figura plana).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região limitada? (Todo polígono é limitado por seus lados).
  • O que é uma figura geométrica plana? (Todos os pontos da figura estão em um mesmo plano).
  • Você é capaz de dar um exemplo de uma figura que não é plana? (Uma esfera, qualquer poliedro).
  • O que é um vértice? (Ponto de encontro dos lados de um polígono).
  • Onde os lados de um polígono se encontram? (Nos vértices).
  • Um polígono de 5 lados tem quantos vértices? (5) E de 12? (12) E de 24? (24).
  • Se um polígono tem 5 lados e 5 vértices, quantos ângulos ele tem? (5) E se tiver 7? (7) E 16? (16).
  • Por que os segmentos de reta não podem cruzar-se? (Porque a figura deixaria de ser um polígono).

Slide 4 - Foco nos características que distinguem polígonos de não polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • Quais características tornam uma figura geométrica um polígono? (Ser plana, fechada por lados).
  • Quais das figuras são polígonos? (Todas, exceto as abertas e com segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais características dessas figuras não a fazem ser classificadas como polígonos? (Ser aberta ou ter segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais das figuras não são polígonos? (Todas as fechadas sem segmentos de reta, as abertas ou cujos segmentos se cruzam).
  • Quais das figuras não são fechadas? (As que os lados não se encontram em um ponto (inicial, final).
  • Há alguma figura cujos segmentos de reta se cruzam? (Sim).
  • Há figuras fechadas, que não são polígonos? Quais? (Sim. As que não são fechadas por segmentos de reta).

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.(Slides de 5 a 7)

Orientações:

  • Apresente a Corrida dos Polígonos, utilizando o slide 5.
  • Peça para os estudantes se dividirem em 2 equipes com mesmo número de componentes.
  • Enquanto os estudantes se dividem em dois grupos, divida o quadro em 2 partes, uma de cada lado, escrevendo em uma delas Polígonos e na outra, Não Polígonos, com o cuidado de deixar um pequeno espaço na lateral para registrar os tópicos-chave das Regras da Corrida dos Polígonos (slide 6) e a tabela de Pontuação da Corrida dos Polígonos (slide 7).
  • Não destine mais de 2 minutos para a divisão das equipes e registros no quadro.
  • Destine mais 1 a 2 minutos para pontuar as regras da corrida e apresentar a tabela de pontuação.
  • Faça um sorteio para determinar as equipes: Polígonos e Não Polígonos.
  • Posicione todos de frente para o quadro, preferencialmente, em duas filas, a de Polígonos de frente para o espaço do quadro que expõe a palavra Polígonos e a de Não Polígonos para o seu espaço correspondente.
  • Conte o número de estudantes de cada equipe e determine o tempo máximo da corrida, considerando 30 segundos para cada estudante fazer o esboço da figura no quadro. Por exemplo, se houver 40 estudantes na turma, 20 em cada equipe, o tempo total da corrida vai ser de 10 minutos, resultado dos 20 estudantes multiplicados pelos 30 segundos para cada.
  • Pegue um cronômetro e dê início à Corrida dos Polígonos, marcando os 30 segundos para cada par que vai ao quadro fazer os desenhos, um estudante de cada equipe. A cada 30 segundos, anuncie a ida do próximo par, e assim sucessivamente até o fim.
  • Observe que, se o estudante não cumprir sua ida à lousa e o esboço do seu desenho, ele deve voltar e dar lugar ao próximo, pois a primeira etapa pontua pelo número de desenhos feitos, conforme slide 7.
  • Ao fim do tempo máximo da corrida, diante de todos, verifique se há desenhos repetidos, em cada equipe, e faça a pontuação, considerando o número total de desenhos não repetidos, conforme slide 7.
  • Durante a corrida, não faça mediações, procurando ser imparcial para ambas as equipes.
  • Finda a corrida, capriche na mediação, durante a verificação de todos os polígonos e não polígonos, se estão corretos, conforme proposta de cada equipe. Você destinará todo o tempo da Discussão das Soluções (slide 8).
  • Considere a Atividade Complementar, a seguir, para você conhecer outras possibilidades pedagógicas para trabalhar a distinção entre polígonos e não polígonos.

Propósito: Distinguir polígonos de não polígonos.

Materiais complementares:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Atividade Complementar ao Professor: conheça a unidade didática, Formação do conceito de polígonos e não polígonos, proposta por Aparecida Bandeira Paio (2014) para a Coordenação do Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE, da Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Especialmente, atente às páginas 37 a 43. Clique aqui para ter acesso ao material.

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.(Slides de 5 a 7)

Orientações:

  • Apresente a Corrida dos Polígonos, utilizando o slide 5.
  • Peça para os estudantes se dividirem em 2 equipes com mesmo número de componentes.
  • Enquanto os estudantes se dividem em dois grupos, divida o quadro em 2 partes, uma de cada lado, escrevendo em uma delas Polígonos e na outra, Não Polígonos, com o cuidado de deixar um pequeno espaço na lateral para registrar os tópicos-chave das Regras da Corrida dos Polígonos (slide 6) e a tabela de Pontuação da Corrida dos Polígonos (slide 7).
  • Não destine mais de 2 minutos para a divisão das equipes e registros no quadro.
  • Destine mais 1 a 2 minutos para pontuar as regras da corrida e apresentar a tabela de pontuação.
  • Faça um sorteio para determinar as equipes: Polígonos e Não Polígonos.
  • Posicione todos de frente para o quadro, preferencialmente, em duas filas, a de Polígonos de frente para o espaço do quadro que expõe a palavra Polígonos e a de Não Polígonos para o seu espaço correspondente.
  • Conte o número de estudantes de cada equipe e determine o tempo máximo da corrida, considerando 30 segundos para cada estudante fazer o esboço da figura no quadro. Por exemplo, se houver 40 estudantes na turma, 20 em cada equipe, o tempo total da corrida vai ser de 10 minutos, resultado dos 20 estudantes multiplicados pelos 30 segundos para cada.
  • Pegue um cronômetro e dê início à Corrida dos Polígonos, marcando os 30 segundos para cada par que vai ao quadro fazer os desenhos, um estudante de cada equipe. A cada 30 segundos, anuncie a ida do próximo par, e assim sucessivamente até o fim.
  • Observe que, se o estudante não cumprir sua ida à lousa e o esboço do seu desenho, ele deve voltar e dar lugar ao próximo, pois a primeira etapa pontua pelo número de desenhos feitos, conforme slide 7.
  • Ao fim do tempo máximo da corrida, diante de todos, verifique se há desenhos repetidos, em cada equipe, e faça a pontuação, considerando o número total de desenhos não repetidos, conforme slide 7.
  • Durante a corrida, não faça mediações, procurando ser imparcial para ambas as equipes.
  • Finda a corrida, capriche na mediação, durante a verificação de todos os polígonos e não polígonos, se estão corretos, conforme proposta de cada equipe. Você destinará todo o tempo da Discussão das Soluções (slide 8).
  • Considere a Atividade Complementar, a seguir, para você conhecer outras possibilidades pedagógicas para trabalhar a distinção entre polígonos e não polígonos.

Propósito: Distinguir polígonos de não polígonos.

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.(Slides de 5 a 7)

Orientações:

  • Apresente a Corrida dos Polígonos, utilizando o slide 5.
  • Peça para os estudantes se dividirem em 2 equipes com mesmo número de componentes.
  • Enquanto os estudantes se dividem em dois grupos, divida o quadro em 2 partes, uma de cada lado, escrevendo em uma delas Polígonos e na outra, Não Polígonos, com o cuidado de deixar um pequeno espaço na lateral para registrar os tópicos-chave das Regras da Corrida dos Polígonos (slide 6) e a tabela de Pontuação da Corrida dos Polígonos (slide 7).
  • Não destine mais de 2 minutos para a divisão das equipes e registros no quadro.
  • Destine mais 1 a 2 minutos para pontuar as regras da corrida e apresentar a tabela de pontuação.
  • Faça um sorteio para determinar as equipes: Polígonos e Não Polígonos.
  • Posicione todos de frente para o quadro, preferencialmente, em duas filas, a de Polígonos de frente para o espaço do quadro que expõe a palavra Polígonos e a de Não Polígonos para o seu espaço correspondente.
  • Conte o número de estudantes de cada equipe e determine o tempo máximo da corrida, considerando 30 segundos para cada estudante fazer o esboço da figura no quadro. Por exemplo, se houver 40 estudantes na turma, 20 em cada equipe, o tempo total da corrida vai ser de 10 minutos, resultado dos 20 estudantes multiplicados pelos 30 segundos para cada.
  • Pegue um cronômetro e dê início à Corrida dos Polígonos, marcando os 30 segundos para cada par que vai ao quadro fazer os desenhos, um estudante de cada equipe. A cada 30 segundos, anuncie a ida do próximo par, e assim sucessivamente até o fim.
  • Observe que, se o estudante não cumprir sua ida à lousa e o esboço do seu desenho, ele deve voltar e dar lugar ao próximo, pois a primeira etapa pontua pelo número de desenhos feitos, conforme slide 7.
  • Ao fim do tempo máximo da corrida, diante de todos, verifique se há desenhos repetidos, em cada equipe, e faça a pontuação, considerando o número total de desenhos não repetidos, conforme slide 7.
  • Durante a corrida, não faça mediações, procurando ser imparcial para ambas as equipes.
  • Finda a corrida, capriche na mediação, durante a verificação de todos os polígonos e não polígonos, se estão corretos, conforme proposta de cada equipe. Você destinará todo o tempo da Discussão das Soluções (slide 8).
  • Considere a Atividade Complementar, a seguir, para você conhecer outras possibilidades pedagógicas para trabalhar a distinção entre polígonos e não polígonos.

Propósito: Distinguir polígonos de não polígonos.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações:

  • Atente que a Discussão das soluções não só dá continuidade, mas insere-se na Corrida dos Polígonos, representando a terceira e última de suas etapas.
  • Faça mediações provocativas de modo que, espontaneamente, os estudantes iniciem suas avaliações e críticas dos desenhos expostos no quadro, produtos da Corrida dos Polígonos.
  • Permita que os estudantes discutam, mas provoque de modo que haja uma conclusão, se a figura desenhada é ou não é um polígono, com base nas características dos polígonos.
  • Caso a conclusão seja de erro, vá ou peça para que um estudante vá ao quadro para riscar o desenho que não atendeu à proposta. Exemplo: um polígono que foi desenhado pela equipe Não Polígonos ou um não polígono que foi feito pela equipe Polígonos.
  • Não apague, nem altere, nenhum dos desenhos, deixando-os à mostra para que todos possam perceber as diferenças, servindo-os de referência para a continuidade da discussão.
  • Observe que todos os desenhos de ambas as equipes devem ser avaliados.
  • Ao fim da discussão-avaliação, conte os desenhos corretos e pontue cada equipe.
  • Some os pontos de ambas as equipes, verificando a vencedora da Corrida dos Polígonos.
  • Veja, abaixo, em Discuta com a turma, algumas provocações, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento.

Propósito: Avaliar figuras geométricas planas e discutir sobre suas características, em vias do reconhecimento dos polígonos e não polígonos.

Discuta com a turma (respostas entre parênteses):

  • Quais as características essenciais de uma figura para que ela seja um polígono? (Ser fechada por lados e ser convexa).
  • O que é uma figura plana? (A que todos os seus pontos estão em um mesmo plano).
  • No quadro, há alguma figura não plana, isto é, espacial? (Todas devem ser planas).
  • O que é uma figura fechada? (O ponto inicial do primeiro segmento, que fecha a figura, coincide com o ponto final do último segmento que a fecha).
  • No quadro, há figuras abertas? Elas são polígonos ou não polígonos? (Se são fechadas por segmentos de reta são polígonos).
  • Como se chamam os segmentos de reta de um polígono? (Lados).
  • Como se chamam os encontros dos segmentos de reta de um polígono? (Vértices).
  • O encontro dos segmentos de reta podem formar uma cruz? (Não).

Material Complementar:

Resolução da Atividade Principal

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações:

  • Este silde busca pontuar e ilustrar as características essenciais de uma figura plana para que ela seja classificada como um polígono, distinguindo-se de um não polígono.
  • Exponha o slide e enfatize, novamente, as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos.

Propósito: Sintetizar, de modo ilustrativo e algébrico, as características dos polígonos.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Sem muito rigor na organização da sala, peça aos estudantes para se afastarem ou se arrumarem separadamente, porque vão fazer uma atividade individualmente. A atividade exigirá deles reflexão, atenção e conhecimento sobre as características dos polígonos e sua distinção dos não polígonos.

Propósito: Demonstrar conhecimentos sobre as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos de modo explicativo.

Discuta com a turma:

  • Faça provocações de modo que o estudante seja levado a refletir sobre o porquê de uma figura ser ou não ser um polígono.

Materiais complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA.

Autora: Olenêva Sanches Sousa

Mentora: Paula Massi Reis Pires

Revisora Pedagógica: Eliane Zanin

Especialista de área: Pricilla Mendes Cerqueira

Habilidade da BNCC

EF5MA17: Reconhecer, nomear e comparar polígonos, considerando lados, vértices e ângulos, e desenhá-los, utilizando material de desenho ou tecnologias digitais.

Objetivos específicos

  • Retomar as características dos polígonos;
  • Distinguir polígonos de não polígonos;
  • Discutir sobre as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos;
  • Reconhecer as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos;
  • Pontuar características dos polígonos;
  • Apropriar-se das características dos polígonos para esboçá-los e distingui-los dos não polígonos.

Conceito-chave

Polígono: reconhecimento.

Recursos necessários:

  • Quadro e pincel;
  • Computador;
  • Impressora;
  • Internet;
  • Atividades impressas (uma cópia por estudante);
  • Cronômetro;
  • Lápis e borracha.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.(slides 3 e 4)

Orientações:

  • Utilize os slides 3 e 4 como recurso motivador (abaixo, veja sugestão em Discuta com a turma) às reflexões acerca das características gerais do polígono, já estudadas. Se necessário, complemente com desenhos no quadro, buscando garantir que todos saibam (relembrem) o que é um polígono e suas principais características.

Propósito: Retomar as características de um polígono, em vias de distingui-lo de um não polígono.

Discuta com a turma (respostas entre parênteses):

Slide 3 - Foco nas características gerais dos polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • O que é uma figura fechada pelos lados? (É uma figura, cujo primeiro ponto do segmento de reta que a fecha coincide com o último ponto do último segmento que a fecha).
  • O que é um segmento de reta? (Parte de uma reta, que tem um ponto de início e outro de fim).
  • Por que um lado é um segmento de reta? (Porque tem início e fim).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região plana? (Todo polígono é uma figura plana).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região limitada? (Todo polígono é limitado por seus lados).
  • O que é uma figura geométrica plana? (Todos os pontos da figura estão em um mesmo plano).
  • Você é capaz de dar um exemplo de uma figura que não é plana? (Uma esfera, qualquer poliedro).
  • O que é um vértice? (Ponto de encontro dos lados de um polígono).
  • Onde os lados de um polígono se encontram? (Nos vértices).
  • Um polígono de 5 lados tem quantos vértices? (5) E de 12? (12) E de 24? (24).
  • Se um polígono tem 5 lados e 5 vértices, quantos ângulos ele tem? (5) E se tiver 7? (7) E 16? (16).
  • Por que os segmentos de reta não podem cruzar-se? (Porque a figura deixaria de ser um polígono).

Slide 4 - Foco nos características que distinguem polígonos de não polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • Quais características tornam uma figura geométrica um polígono? (Ser plana, fechada por lados).
  • Quais das figuras são polígonos? (Todas, exceto as abertas e com segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais características dessas figuras não a fazem ser classificadas como polígonos? (Ser aberta ou ter segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais das figuras não são polígonos? (Todas as fechadas sem segmentos de reta, as abertas ou cujos segmentos se cruzam).
  • Quais das figuras não são fechadas? (As que os lados não se encontram em um ponto (inicial, final).
  • Há alguma figura cujos segmentos de reta se cruzam? (Sim).
  • Há figuras fechadas, que não são polígonos? Quais? (Sim. As que não são fechadas por segmentos de reta).
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.(slides 3 e 4)

Orientações:

  • Utilize os slides 3 e 4 como recurso motivador (abaixo, veja sugestão em Discuta com a turma) às reflexões acerca das características gerais do polígono, já estudadas. Se necessário, complemente com desenhos no quadro, buscando garantir que todos saibam (relembrem) o que é um polígono e suas principais características.

Propósito: Retomar as características de um polígono, em vias de distingui-lo de um não polígono.

Discuta com a turma (respostas entre parênteses):

Slide 3 - Foco nas características gerais dos polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • O que é uma figura fechada pelos lados? (É uma figura, cujo primeiro ponto do segmento de reta que a fecha coincide com o último ponto do último segmento que a fecha).
  • O que é um segmento de reta? (Parte de uma reta, que tem um ponto de início e outro de fim).
  • Por que um lado é um segmento de reta? (Porque tem início e fim).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região plana? (Todo polígono é uma figura plana).
  • Por que o polígono foi colocado como uma região limitada? (Todo polígono é limitado por seus lados).
  • O que é uma figura geométrica plana? (Todos os pontos da figura estão em um mesmo plano).
  • Você é capaz de dar um exemplo de uma figura que não é plana? (Uma esfera, qualquer poliedro).
  • O que é um vértice? (Ponto de encontro dos lados de um polígono).
  • Onde os lados de um polígono se encontram? (Nos vértices).
  • Um polígono de 5 lados tem quantos vértices? (5) E de 12? (12) E de 24? (24).
  • Se um polígono tem 5 lados e 5 vértices, quantos ângulos ele tem? (5) E se tiver 7? (7) E 16? (16).
  • Por que os segmentos de reta não podem cruzar-se? (Porque a figura deixaria de ser um polígono).

Slide 4 - Foco nos características que distinguem polígonos de não polígonos. Peça para os estudantes analisarem o slide, para, em seguida, utilizar cada “fala” para fazer intervenções, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento:

  • Quais características tornam uma figura geométrica um polígono? (Ser plana, fechada por lados).
  • Quais das figuras são polígonos? (Todas, exceto as abertas e com segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais características dessas figuras não a fazem ser classificadas como polígonos? (Ser aberta ou ter segmentos de reta que se cruzam).
  • Quais das figuras não são polígonos? (Todas as fechadas sem segmentos de reta, as abertas ou cujos segmentos se cruzam).
  • Quais das figuras não são fechadas? (As que os lados não se encontram em um ponto (inicial, final).
  • Há alguma figura cujos segmentos de reta se cruzam? (Sim).
  • Há figuras fechadas, que não são polígonos? Quais? (Sim. As que não são fechadas por segmentos de reta).
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.(Slides de 5 a 7)

Orientações:

  • Apresente a Corrida dos Polígonos, utilizando o slide 5.
  • Peça para os estudantes se dividirem em 2 equipes com mesmo número de componentes.
  • Enquanto os estudantes se dividem em dois grupos, divida o quadro em 2 partes, uma de cada lado, escrevendo em uma delas Polígonos e na outra, Não Polígonos, com o cuidado de deixar um pequeno espaço na lateral para registrar os tópicos-chave das Regras da Corrida dos Polígonos (slide 6) e a tabela de Pontuação da Corrida dos Polígonos (slide 7).
  • Não destine mais de 2 minutos para a divisão das equipes e registros no quadro.
  • Destine mais 1 a 2 minutos para pontuar as regras da corrida e apresentar a tabela de pontuação.
  • Faça um sorteio para determinar as equipes: Polígonos e Não Polígonos.
  • Posicione todos de frente para o quadro, preferencialmente, em duas filas, a de Polígonos de frente para o espaço do quadro que expõe a palavra Polígonos e a de Não Polígonos para o seu espaço correspondente.
  • Conte o número de estudantes de cada equipe e determine o tempo máximo da corrida, considerando 30 segundos para cada estudante fazer o esboço da figura no quadro. Por exemplo, se houver 40 estudantes na turma, 20 em cada equipe, o tempo total da corrida vai ser de 10 minutos, resultado dos 20 estudantes multiplicados pelos 30 segundos para cada.
  • Pegue um cronômetro e dê início à Corrida dos Polígonos, marcando os 30 segundos para cada par que vai ao quadro fazer os desenhos, um estudante de cada equipe. A cada 30 segundos, anuncie a ida do próximo par, e assim sucessivamente até o fim.
  • Observe que, se o estudante não cumprir sua ida à lousa e o esboço do seu desenho, ele deve voltar e dar lugar ao próximo, pois a primeira etapa pontua pelo número de desenhos feitos, conforme slide 7.
  • Ao fim do tempo máximo da corrida, diante de todos, verifique se há desenhos repetidos, em cada equipe, e faça a pontuação, considerando o número total de desenhos não repetidos, conforme slide 7.
  • Durante a corrida, não faça mediações, procurando ser imparcial para ambas as equipes.
  • Finda a corrida, capriche na mediação, durante a verificação de todos os polígonos e não polígonos, se estão corretos, conforme proposta de cada equipe. Você destinará todo o tempo da Discussão das Soluções (slide 8).
  • Considere a Atividade Complementar, a seguir, para você conhecer outras possibilidades pedagógicas para trabalhar a distinção entre polígonos e não polígonos.

Propósito: Distinguir polígonos de não polígonos.

Materiais complementares:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Atividade Complementar ao Professor: conheça a unidade didática, Formação do conceito de polígonos e não polígonos, proposta por Aparecida Bandeira Paio (2014) para a Coordenação do Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE, da Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Especialmente, atente às páginas 37 a 43. Clique aqui para ter acesso ao material.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.(Slides de 5 a 7)

Orientações:

  • Apresente a Corrida dos Polígonos, utilizando o slide 5.
  • Peça para os estudantes se dividirem em 2 equipes com mesmo número de componentes.
  • Enquanto os estudantes se dividem em dois grupos, divida o quadro em 2 partes, uma de cada lado, escrevendo em uma delas Polígonos e na outra, Não Polígonos, com o cuidado de deixar um pequeno espaço na lateral para registrar os tópicos-chave das Regras da Corrida dos Polígonos (slide 6) e a tabela de Pontuação da Corrida dos Polígonos (slide 7).
  • Não destine mais de 2 minutos para a divisão das equipes e registros no quadro.
  • Destine mais 1 a 2 minutos para pontuar as regras da corrida e apresentar a tabela de pontuação.
  • Faça um sorteio para determinar as equipes: Polígonos e Não Polígonos.
  • Posicione todos de frente para o quadro, preferencialmente, em duas filas, a de Polígonos de frente para o espaço do quadro que expõe a palavra Polígonos e a de Não Polígonos para o seu espaço correspondente.
  • Conte o número de estudantes de cada equipe e determine o tempo máximo da corrida, considerando 30 segundos para cada estudante fazer o esboço da figura no quadro. Por exemplo, se houver 40 estudantes na turma, 20 em cada equipe, o tempo total da corrida vai ser de 10 minutos, resultado dos 20 estudantes multiplicados pelos 30 segundos para cada.
  • Pegue um cronômetro e dê início à Corrida dos Polígonos, marcando os 30 segundos para cada par que vai ao quadro fazer os desenhos, um estudante de cada equipe. A cada 30 segundos, anuncie a ida do próximo par, e assim sucessivamente até o fim.
  • Observe que, se o estudante não cumprir sua ida à lousa e o esboço do seu desenho, ele deve voltar e dar lugar ao próximo, pois a primeira etapa pontua pelo número de desenhos feitos, conforme slide 7.
  • Ao fim do tempo máximo da corrida, diante de todos, verifique se há desenhos repetidos, em cada equipe, e faça a pontuação, considerando o número total de desenhos não repetidos, conforme slide 7.
  • Durante a corrida, não faça mediações, procurando ser imparcial para ambas as equipes.
  • Finda a corrida, capriche na mediação, durante a verificação de todos os polígonos e não polígonos, se estão corretos, conforme proposta de cada equipe. Você destinará todo o tempo da Discussão das Soluções (slide 8).
  • Considere a Atividade Complementar, a seguir, para você conhecer outras possibilidades pedagógicas para trabalhar a distinção entre polígonos e não polígonos.

Propósito: Distinguir polígonos de não polígonos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.(Slides de 5 a 7)

Orientações:

  • Apresente a Corrida dos Polígonos, utilizando o slide 5.
  • Peça para os estudantes se dividirem em 2 equipes com mesmo número de componentes.
  • Enquanto os estudantes se dividem em dois grupos, divida o quadro em 2 partes, uma de cada lado, escrevendo em uma delas Polígonos e na outra, Não Polígonos, com o cuidado de deixar um pequeno espaço na lateral para registrar os tópicos-chave das Regras da Corrida dos Polígonos (slide 6) e a tabela de Pontuação da Corrida dos Polígonos (slide 7).
  • Não destine mais de 2 minutos para a divisão das equipes e registros no quadro.
  • Destine mais 1 a 2 minutos para pontuar as regras da corrida e apresentar a tabela de pontuação.
  • Faça um sorteio para determinar as equipes: Polígonos e Não Polígonos.
  • Posicione todos de frente para o quadro, preferencialmente, em duas filas, a de Polígonos de frente para o espaço do quadro que expõe a palavra Polígonos e a de Não Polígonos para o seu espaço correspondente.
  • Conte o número de estudantes de cada equipe e determine o tempo máximo da corrida, considerando 30 segundos para cada estudante fazer o esboço da figura no quadro. Por exemplo, se houver 40 estudantes na turma, 20 em cada equipe, o tempo total da corrida vai ser de 10 minutos, resultado dos 20 estudantes multiplicados pelos 30 segundos para cada.
  • Pegue um cronômetro e dê início à Corrida dos Polígonos, marcando os 30 segundos para cada par que vai ao quadro fazer os desenhos, um estudante de cada equipe. A cada 30 segundos, anuncie a ida do próximo par, e assim sucessivamente até o fim.
  • Observe que, se o estudante não cumprir sua ida à lousa e o esboço do seu desenho, ele deve voltar e dar lugar ao próximo, pois a primeira etapa pontua pelo número de desenhos feitos, conforme slide 7.
  • Ao fim do tempo máximo da corrida, diante de todos, verifique se há desenhos repetidos, em cada equipe, e faça a pontuação, considerando o número total de desenhos não repetidos, conforme slide 7.
  • Durante a corrida, não faça mediações, procurando ser imparcial para ambas as equipes.
  • Finda a corrida, capriche na mediação, durante a verificação de todos os polígonos e não polígonos, se estão corretos, conforme proposta de cada equipe. Você destinará todo o tempo da Discussão das Soluções (slide 8).
  • Considere a Atividade Complementar, a seguir, para você conhecer outras possibilidades pedagógicas para trabalhar a distinção entre polígonos e não polígonos.

Propósito: Distinguir polígonos de não polígonos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações:

  • Atente que a Discussão das soluções não só dá continuidade, mas insere-se na Corrida dos Polígonos, representando a terceira e última de suas etapas.
  • Faça mediações provocativas de modo que, espontaneamente, os estudantes iniciem suas avaliações e críticas dos desenhos expostos no quadro, produtos da Corrida dos Polígonos.
  • Permita que os estudantes discutam, mas provoque de modo que haja uma conclusão, se a figura desenhada é ou não é um polígono, com base nas características dos polígonos.
  • Caso a conclusão seja de erro, vá ou peça para que um estudante vá ao quadro para riscar o desenho que não atendeu à proposta. Exemplo: um polígono que foi desenhado pela equipe Não Polígonos ou um não polígono que foi feito pela equipe Polígonos.
  • Não apague, nem altere, nenhum dos desenhos, deixando-os à mostra para que todos possam perceber as diferenças, servindo-os de referência para a continuidade da discussão.
  • Observe que todos os desenhos de ambas as equipes devem ser avaliados.
  • Ao fim da discussão-avaliação, conte os desenhos corretos e pontue cada equipe.
  • Some os pontos de ambas as equipes, verificando a vencedora da Corrida dos Polígonos.
  • Veja, abaixo, em Discuta com a turma, algumas provocações, ponderando as mais relevantes ao seu contexto, no momento.

Propósito: Avaliar figuras geométricas planas e discutir sobre suas características, em vias do reconhecimento dos polígonos e não polígonos.

Discuta com a turma (respostas entre parênteses):

  • Quais as características essenciais de uma figura para que ela seja um polígono? (Ser fechada por lados e ser convexa).
  • O que é uma figura plana? (A que todos os seus pontos estão em um mesmo plano).
  • No quadro, há alguma figura não plana, isto é, espacial? (Todas devem ser planas).
  • O que é uma figura fechada? (O ponto inicial do primeiro segmento, que fecha a figura, coincide com o ponto final do último segmento que a fecha).
  • No quadro, há figuras abertas? Elas são polígonos ou não polígonos? (Se são fechadas por segmentos de reta são polígonos).
  • Como se chamam os segmentos de reta de um polígono? (Lados).
  • Como se chamam os encontros dos segmentos de reta de um polígono? (Vértices).
  • O encontro dos segmentos de reta podem formar uma cruz? (Não).

Material Complementar:

Resolução da Atividade Principal

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações:

  • Este silde busca pontuar e ilustrar as características essenciais de uma figura plana para que ela seja classificada como um polígono, distinguindo-se de um não polígono.
  • Exponha o slide e enfatize, novamente, as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos.

Propósito: Sintetizar, de modo ilustrativo e algébrico, as características dos polígonos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Sem muito rigor na organização da sala, peça aos estudantes para se afastarem ou se arrumarem separadamente, porque vão fazer uma atividade individualmente. A atividade exigirá deles reflexão, atenção e conhecimento sobre as características dos polígonos e sua distinção dos não polígonos.

Propósito: Demonstrar conhecimentos sobre as características dos polígonos, distinguindo-os dos não polígonos de modo explicativo.

Discuta com a turma:

  • Faça provocações de modo que o estudante seja levado a refletir sobre o porquê de uma figura ser ou não ser um polígono.

Materiais complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Geometria do 5º ano :

Com o plano de aula sobre geometria os alunos aprendem representação de deslocamentos no plano cartesiano, Identificação de ângulos retos e não retos, Análise de figuras planas e suas propriedades, Classificação e representação de figuras não planas e Ampliação e redução de figuras poligonais.

MAIS AULAS DE Matemática do 5º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF05MA17 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano