15704
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Oralidade

Plano de aula - Debate regrado: aspectos do gênero

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do EF sobre Debate regrado: aspectos do gênero

Plano 10 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ilcilene Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é 10ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero debate e no campo de atuação jornalístico/ midiático. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: Providencie notebook e data show. Proporcione, com antecedência, a exibição dos debates em vídeo, disponíveis em:

Bullying: <https://www.youtube.com/watch?v=-xoUM4-KFeM>

Notícias falsas: <https://www.youtube.com/watch?v=UhaFBXi5_Ws>

Padrões de beleza irreal:<https://www.youtube.com/watch?v=s88zzp6nxc4>

Informações sobre o gênero: O debate é um texto argumentativo oral, caracterizado pelo discurso persuasivo, cujo propósito é convencer os interlocutores sobre a validade da opinião defendida. Por conta disso, os debatedores precisam planejar seus discursos, acionando uma série de argumentos de acordo com o movimento argumentativo que deseja tomar. O desenvolvimento de um debate proporciona aos participantes colocarem suas opiniões em cheque ao confrontá-las com a opinião dos outros interlocutores, daí a necessidade não somente de argumentar mas também de contra-argumentar antecipando os argumentos do outro. Dessa forma, os debatedores precisam dominar os mecanismos das trocas discursivas (turnos de fala), além de se apropriar das informações sobre o assunto para selecionar o tipo de argumento mais apropriado ao percurso argumentativo trilhado.

Dificuldades antecipadas: Reconhecer aspectos comuns nos debates regrados exibidos.

Referências sobre o assunto:

BARROS, José Batista de; ROSA, Adriana Letícia Torres da. A produção textual na escola: abordagens do gênero debate em estudo. Disponível em: <http://www.ileel.ufu.br/anaisdosielp/wp-content/uploads/2014/07/volume_2_artigo_156.pdf>. Acesso em: 1 dez. 2018.

Debate regrado. Disponível em: <https://acordocoletivo.org/2017/06/10/genero-textual-debate-regrado/>. Acesso em: 30 nov. 2018.

DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard; DE PIETRO, Jean-François. Relato de elaboração de uma sequência: o debate público. In: SCHNEUWLY, Bernard;

DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução: Roxane Rojo e Glaís S. Cordeiro. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

RIBEIRO, Roziane Marinho. A construção da argumentação oral no contexto de ensino. São Paulo: Cortez, 2009.

SILVA, Davidson Wagner da Silva; SARTORI, Adriane Teresinha Sartori. O gênero “debate regrado” no espaço escolar. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/entretextos/article/viewFile/23957/20766>. Acesso em: 1 dez. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema da aula. Diga que o propósito é aprofundar o estudo do gênero textual debate que se insere nas práticas da oralidade, de modo que eles conheçam melhor esse gênero.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Solicite que a turma assista, em casa, aos vídeos disponíveis em:https://www.youtube.com/watch?v=-xoUM4-KFeM>; <https://www.youtube.com/watch?v=UhaFBXi5_Ws>; <https://www.youtube.com/watch?v=s88zzp6nxc4>.
  • Os vídeos são gravações de debates transmitidos por uma canal de TV que também tem conta no Youtube e lá divulga seus textos. Explique que o Youtube é uma rede social na qual se pode ter uma conta para publicação de material digital no formato de vídeo.
  • Solicite que leiam e comentem a compreensão que tiverem da tirinha. Caso não tenha projetor, imprima e distribua para a turma. O texto para impressão encontra-se disponível aqui.
  • Espera-se que percebam haver um grupo acompanhando um líder que se propõe a falar por seu grupo. No entanto, durante o “embate” discursivo entre o líder e a pessoa interpelada, há uma movimentação do grupo que acompanha o líder para o outro lado.
  • Encaminhe o diálogo com a turma através das perguntas a seguir que devem ser respondidas oralmente:
  • Por que vocês acham que as pessoas foram mudando de lado? (Provavelmente, porque foram persuadidas pela fala do outro)
  • O discurso proferido pelos dois são iguais? Como vocês sabem disso? (Os discursos dos dois personagens são diferentes, é possível perceber isso por conta dos balões de fala que são preenchidos de forma diferente)
  • Quem vocês acham que argumentou melhor? Por quê? (Infere-se que quem argumentou melhor foi o homem que, inicialmente, estava sozinho, percebe-se isso pelo fato de que o balão de fala dele cresce engolindo o fala do outro até que fique pequenina e desapareça)
  • Pergunte de que modo a tirinha se relaciona com os vídeos assistidos. Espera-se que percebam que nos dois textos há um trabalho argumentativo em defesa das opiniões apresentadas e que, dependendo da argumentação realizada, os receptores vão se alinhando com a ideia que parece mais válida e que a validade dessas opiniões dá-se em função do discurso argumentativo elaborado. Espera-se também que percebam que nos vídeos há a presença de um mediador e na tirinha não. Explique que a presença desse mediador é característica do debate regrado.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 33 minutos

Orientações:

  • Convide-os a assistir ao debate disponível no link <https://www.youtube.com/watch?v=aP0QqAmy1BI>.
  • O vídeo apresenta um debate, realizado pelo Câmara Debate da Rádio TV Câmara, sobre a questão da gravidez na adolescência, um problema que o Brasil ainda não conseguiu resolver. Embora os índices tenham diminuído ao longo dos anos, o país ainda tem um dos maiores números que, segundo o DATASUS, aponta 1 a cada 5 crianças nascidas no Brasil como filha de adolescente entre 10 a 19 anos. Uma das frentes de debate é a falta de informação e de ações educacionais que abordem a educação sexual. Como a maioria dos jovens do 9º ano encontra-se na faixa etária de descoberta da sexualidade, entende-se que esse é um tema de relevante discussão nessa etapa de ensino.
  • Antes de iniciar, entregue uma folha com os itens que serão alvo de investigação dos alunos. Oriente que, após assistirem ao vídeo, devem anotar as informações solicitadas e observadas ao longo da exibição.
  • De posse dos dados iniciais coletados, convide-os a refletir sobre o gênero. Solicite que se reúnam em quatro grupos com o propósito de sistematizar, em apenas um quadro, as informações que todos coletaram. A proposta de trabalharem em grupo dá-se em virtude de ser necessário confrontar as ideias para exercitarem a argumentação oral em função de defender suas respostas.
  • No final, terão construído apenas quatro sínteses que deverão ser discutidas no coletivo da turma.
  • Com a turma, convide um aluno de cada grupo a expor as informações coletadas. Peça que comparem o debate assistido com o debate assistido em sala de aula.

Materiais complementares: Lista de itens a serem investigados, disponível aqui. Caso julgue necessário, observe as respostas disponíveis aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Encerrada as exposições dos dados coletados, convide a turma a elaborar um resumo sobre o que descobriram a respeito do gênero debate.
  • Essa produção é coletiva, aja como mediador da produção. Anote o texto no quadro durante a produção. Depois, encaminhe a revisão do texto que deve ser transcrito para papel a ser exposto em sala de aula para futuras construções.
  • Para finalizar explique que, dependendo da finalidade da discussão, há três tipos de debates: o debate de opinião, o debate deliberativo e o debate para resolução de problemas. O primeiro versa sobre temas que geram opiniões controversas como, por exemplo, a redução da maioridade penal no Brasil; o segundo trata de questões que precisam ser decididas (de modo argumentado) pelo coletivo como, por exemplo, o uso dos espaços coletivos da escola; o terceiro trata da apresentação de solução (pautada em argumentos) para problemas vividos pelo coletivo como, por exemplo, a pichação do espaço escolar. (DOLZ; SCHENEUWLY; DE PIETRO, 2004, p. 2015)

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é 10ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero debate e no campo de atuação jornalístico/ midiático. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: Providencie notebook e data show. Proporcione, com antecedência, a exibição dos debates em vídeo, disponíveis em:

Bullying: <https://www.youtube.com/watch?v=-xoUM4-KFeM>

Notícias falsas: <https://www.youtube.com/watch?v=UhaFBXi5_Ws>

Padrões de beleza irreal:<https://www.youtube.com/watch?v=s88zzp6nxc4>

Informações sobre o gênero: O debate é um texto argumentativo oral, caracterizado pelo discurso persuasivo, cujo propósito é convencer os interlocutores sobre a validade da opinião defendida. Por conta disso, os debatedores precisam planejar seus discursos, acionando uma série de argumentos de acordo com o movimento argumentativo que deseja tomar. O desenvolvimento de um debate proporciona aos participantes colocarem suas opiniões em cheque ao confrontá-las com a opinião dos outros interlocutores, daí a necessidade não somente de argumentar mas também de contra-argumentar antecipando os argumentos do outro. Dessa forma, os debatedores precisam dominar os mecanismos das trocas discursivas (turnos de fala), além de se apropriar das informações sobre o assunto para selecionar o tipo de argumento mais apropriado ao percurso argumentativo trilhado.

Dificuldades antecipadas: Reconhecer aspectos comuns nos debates regrados exibidos.

Referências sobre o assunto:

BARROS, José Batista de; ROSA, Adriana Letícia Torres da. A produção textual na escola: abordagens do gênero debate em estudo. Disponível em: <http://www.ileel.ufu.br/anaisdosielp/wp-content/uploads/2014/07/volume_2_artigo_156.pdf>. Acesso em: 1 dez. 2018.

Debate regrado. Disponível em: <https://acordocoletivo.org/2017/06/10/genero-textual-debate-regrado/>. Acesso em: 30 nov. 2018.

DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard; DE PIETRO, Jean-François. Relato de elaboração de uma sequência: o debate público. In: SCHNEUWLY, Bernard;

DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução: Roxane Rojo e Glaís S. Cordeiro. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

RIBEIRO, Roziane Marinho. A construção da argumentação oral no contexto de ensino. São Paulo: Cortez, 2009.

SILVA, Davidson Wagner da Silva; SARTORI, Adriane Teresinha Sartori. O gênero “debate regrado” no espaço escolar. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/entretextos/article/viewFile/23957/20766>. Acesso em: 1 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema da aula. Diga que o propósito é aprofundar o estudo do gênero textual debate que se insere nas práticas da oralidade, de modo que eles conheçam melhor esse gênero.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Solicite que a turma assista, em casa, aos vídeos disponíveis em:https://www.youtube.com/watch?v=-xoUM4-KFeM>; <https://www.youtube.com/watch?v=UhaFBXi5_Ws>; <https://www.youtube.com/watch?v=s88zzp6nxc4>.
  • Os vídeos são gravações de debates transmitidos por uma canal de TV que também tem conta no Youtube e lá divulga seus textos. Explique que o Youtube é uma rede social na qual se pode ter uma conta para publicação de material digital no formato de vídeo.
  • Solicite que leiam e comentem a compreensão que tiverem da tirinha. Caso não tenha projetor, imprima e distribua para a turma. O texto para impressão encontra-se disponível aqui.
  • Espera-se que percebam haver um grupo acompanhando um líder que se propõe a falar por seu grupo. No entanto, durante o “embate” discursivo entre o líder e a pessoa interpelada, há uma movimentação do grupo que acompanha o líder para o outro lado.
  • Encaminhe o diálogo com a turma através das perguntas a seguir que devem ser respondidas oralmente:
  • Por que vocês acham que as pessoas foram mudando de lado? (Provavelmente, porque foram persuadidas pela fala do outro)
  • O discurso proferido pelos dois são iguais? Como vocês sabem disso? (Os discursos dos dois personagens são diferentes, é possível perceber isso por conta dos balões de fala que são preenchidos de forma diferente)
  • Quem vocês acham que argumentou melhor? Por quê? (Infere-se que quem argumentou melhor foi o homem que, inicialmente, estava sozinho, percebe-se isso pelo fato de que o balão de fala dele cresce engolindo o fala do outro até que fique pequenina e desapareça)
  • Pergunte de que modo a tirinha se relaciona com os vídeos assistidos. Espera-se que percebam que nos dois textos há um trabalho argumentativo em defesa das opiniões apresentadas e que, dependendo da argumentação realizada, os receptores vão se alinhando com a ideia que parece mais válida e que a validade dessas opiniões dá-se em função do discurso argumentativo elaborado. Espera-se também que percebam que nos vídeos há a presença de um mediador e na tirinha não. Explique que a presença desse mediador é característica do debate regrado.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 33 minutos

Orientações:

  • Convide-os a assistir ao debate disponível no link <https://www.youtube.com/watch?v=aP0QqAmy1BI>.
  • O vídeo apresenta um debate, realizado pelo Câmara Debate da Rádio TV Câmara, sobre a questão da gravidez na adolescência, um problema que o Brasil ainda não conseguiu resolver. Embora os índices tenham diminuído ao longo dos anos, o país ainda tem um dos maiores números que, segundo o DATASUS, aponta 1 a cada 5 crianças nascidas no Brasil como filha de adolescente entre 10 a 19 anos. Uma das frentes de debate é a falta de informação e de ações educacionais que abordem a educação sexual. Como a maioria dos jovens do 9º ano encontra-se na faixa etária de descoberta da sexualidade, entende-se que esse é um tema de relevante discussão nessa etapa de ensino.
  • Antes de iniciar, entregue uma folha com os itens que serão alvo de investigação dos alunos. Oriente que, após assistirem ao vídeo, devem anotar as informações solicitadas e observadas ao longo da exibição.
  • De posse dos dados iniciais coletados, convide-os a refletir sobre o gênero. Solicite que se reúnam em quatro grupos com o propósito de sistematizar, em apenas um quadro, as informações que todos coletaram. A proposta de trabalharem em grupo dá-se em virtude de ser necessário confrontar as ideias para exercitarem a argumentação oral em função de defender suas respostas.
  • No final, terão construído apenas quatro sínteses que deverão ser discutidas no coletivo da turma.
  • Com a turma, convide um aluno de cada grupo a expor as informações coletadas. Peça que comparem o debate assistido com o debate assistido em sala de aula.

Materiais complementares: Lista de itens a serem investigados, disponível aqui. Caso julgue necessário, observe as respostas disponíveis aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Encerrada as exposições dos dados coletados, convide a turma a elaborar um resumo sobre o que descobriram a respeito do gênero debate.
  • Essa produção é coletiva, aja como mediador da produção. Anote o texto no quadro durante a produção. Depois, encaminhe a revisão do texto que deve ser transcrito para papel a ser exposto em sala de aula para futuras construções.
  • Para finalizar explique que, dependendo da finalidade da discussão, há três tipos de debates: o debate de opinião, o debate deliberativo e o debate para resolução de problemas. O primeiro versa sobre temas que geram opiniões controversas como, por exemplo, a redução da maioridade penal no Brasil; o segundo trata de questões que precisam ser decididas (de modo argumentado) pelo coletivo como, por exemplo, o uso dos espaços coletivos da escola; o terceiro trata da apresentação de solução (pautada em argumentos) para problemas vividos pelo coletivo como, por exemplo, a pichação do espaço escolar. (DOLZ; SCHENEUWLY; DE PIETRO, 2004, p. 2015)

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 9º ano :

9º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP13 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP14 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP15 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP12 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano