14249
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Compartilhando a cultura sonora indígena

Nesta atividade, as crianças irão relembrar objetos e aspectos da cultura indígena para exibi-los a colegas de outra turma.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Cristiane Martins Soares

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Esta atividade faz parte da sequência “Músicas de diferentes povos”, com o foco na cultura indígena. Assim, será necessário que você antecipe os materiais usados nas atividades anteriores, como o conto, os instrumentos indígenas, os vídeos e os materiais que foram construídos com as crianças, como o painel.

Organize com outros professores tempos adequados para a socialização com crianças de turmas e idades diferentes. Faça combinados com as crianças para que seja garantida a convivência agradável entre as turmas.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

A música indígena através do Maracá. (link)

Cultura sonora indígena.(link)

O canto indígena. (link)

Sonorizando um conto indígena. (link)

Compartilhando a cultura sonora indígena. (link)

Materiais:

Registros do professor durante a sequência (fotos , textos, vídeos).

Produções das crianças (desenhos ou outras produções desenvolvidas durante a sequência, organizadas em um painel).

Materiais utilizados durante as atividades: instrumentos musicais indígenas e outros materiais de exploração das sonoridades indígenas; o conto indígena “A dança do arco-íris”; gravação da música “Po- Hamek” e vídeos sobre a cultura sonora indígena. Livros e revistas com temática indígena. Aparelho de som e de vídeo, celular ou câmera fotográfica para registro da atividade.

Espaços:

Essa atividade pode ser realizada na sala ou em outro espaço que favoreça a vivência das crianças e que possibilite a reprodução de áudio e vídeo.

Tempo sugerido:

Tempo estimado de aproximadamente uma hora e 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais critérios e hipóteses as crianças usam para separar e organizar os materiais?

2. Ao comunicar suas experiências a outras pessoas, como as crianças transmitem as aprendizagens coletivas e incluem suas impressões pessoais?

3. Por se tratar da continuidade de experiências com a cultura indígena, como as crianças demonstram apropriação de movimentos, ritmos, canções e instrumentos?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo.

As diversas possibilidades dentro dessa atividade favorece que todas as crianças participem, porém, para que isso ocorra, respeite as escolhas e formas de organização propostas por elas. Durante a organização dos cantos, esteja atento à altura e demais aspectos que garantam a visualização e a exploração das crianças.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Peça às crianças que se organizem em roda - grande grupo - e proponha um diálogo sobre descobertas e impressões durante as vivências da cultura indígena. Para esta conversa, disponha dos materiais que foram usados e construídos ao longo desta sequência de atividades. Eles servem como apoio à memória e favorecem a socialização de aprendizagens. Comente que elas aprenderam e fizeram tantas coisas legais que seria interessante que as outras crianças da escola pudessem também conhecer sobre a cultura e, em especial, sobre a música indígena. Definam juntos como podem compartilhar com as outras turmas da escola canções, danças, instrumentos, movimentos e sonoridades que fazem parte da cultura indígena, em diferentes povos.


2

Convide-os para organizar o ambiente em que as outras turmas poderão vivenciar junto com eles algumas músicas e objetos da cultura indígena. Recupere com as crianças cada vivência realizada antes, identificando juntos os materiais e buscando forma de organizá-los, para que os apresentem e brinquem com os colegas.

Indique o tempo que terão para essa organização, devido ao horário combinado para a chegada dos visitantes.

Observe como as crianças se agrupam para a organização, se reúnem-se em pequenos grupos ou agem individualmente, quais sugestões apresentam, como se dá a iniciativa às ações, como selecionam e como definem o local para acomodação dos materiais etc. Apoie as crianças, ajudando-as com sugestões, se necessário. Caso elas queiram sinalizar e identificar alguns espaços ou materiais, seja o escriba delas. Quando manifestarem que já organizaram o espaço, acompanhe-as para que contem a você o que acontecerá em cada local, qual é a proposta para cada um dos materiais selecionados. Faça, junto com as crianças, adaptações que forem necessárias para que a visita dos colegas seja agradável e organizada.


3

Com os espaços organizados e as propostas definidas, pergunte às crianças, como é que os índios do povo Krenak saúdam seus visitantes e questione quem se lembra da música. Proponha receber os convidados com a canção Po- Hamek. Lembre às crianças de que durante a visita dos colegas muitas coisas estarão acontecendo, problematize a situação para que elas encontrem uma forma de organizar e favorecerem as brincadeiras com os convidados nas diferentes propostas.

Possíveis falas do professor neste momento: Receberemos muitos colegas, que estão curiosos para descobrir o que vocês prepararam, mas, se todos ficarmos na porta, ou na roda de história, o que poderá acontecer? Precisamos pensar em uma forma de nos organizarmos para ajudar nossos colegas a conhecer todas as coisas que preparamos. Como podemos resolver essa situação?


4

Observe as propostas e os combinados feitos com as crianças. Quando o grupo demonstrar que já está tudo preparado, se organizem para receber os convidados, conforme o horário estabelecido com o outro professor. Ao chegarem, as crianças que os recebem na porta farão uma breve explanação do que vão encontrar na sala. Os visitantes serão convidados a assistir uma breve apresentação da canção Po Hamek (canção de saudação do povo Krenak), realizada pela turma que os recebe. Depois, as crianças ficarão livres para participar das diferentes experiências propostas, podendo escolher entre a vivência da história sonorizada, a apreciação o painel com os desenhos das crianças, folhear livros e revistas com temática indígena, assistir a vídeos e acompanhá-los dançando ou utilizando os instrumentos, se desejarem. Informe o tempo que terão para conhecer e participar das diferentes propostas.

Observe como interagem, se for necessário, faça pequenas intervenções, de modo a ampliar as possibilidades de comunicação entre os grupos, pois esse é um momento rico de troca e convívio, de partilhar conhecimentos, emoções, sensações e preferências.

Quando faltar cinco minutos para término da socialização, avise para que possam aproveitar esse tempo para participar do que desejarem.


Para finalizar:

Convide todas as crianças para encerrar o encontro cantando e dançando a canção “Po Hamek”, apresentada no início. No entanto, agora os visitantes não são mais apenas expectadores, por isso, podem vivenciar essa experiência corporal junto com os demais. Peça para que uma criança explique os movimentos da dança e o significado deles, de recepção e agradecimento aos visitantes da aldeia. Quando todos tiverem se organizado em uma grande roda, coloque o áudio da música. As crianças cantarão e dançarão juntas, finalizando a atividade.

Desdobramentos

Havendo interesse das crianças, organize com elas os registros das experiências como um portfólio (físico ou digital), que pode incluir: fotos das atividades, registros escritos, desenhos, letra de músicas e do conto sonorizado, informações sobre os instrumentos indígenas, suas opiniões e sentimentos relacionados à música indígena e à oportunidade de socialização com outras turmas. Combine com as crianças como será a organização disso, para que todas tenham a oportunidade de levar o caderno para casa e compartilhar com a família (se for físico) ou de ter acesso aos materiais virtualmente, caso seja feito um portfólio digital.

Engajando as famílias

Convide a família para visitar o espaço que as crianças organizaram no horário de saída ou de entrada no dia seguinte. Avise os familiares com antecedência, para que possam dispor de tempo para apreciação e vivência com as crianças. Em seguida, organize uma roda de leitura. Enquanto você lê, as crianças sonorizam o conto junto com as famílias. Outra forma de engajamento pode ser por meio do portfólio, conforme indicado nos Desdobramentos desta sequência.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Cristiane Martins Soares

Mentor: Wildes Gomes de Campos

Especialista do subgrupo etário: Mônica Samia

Campos de Experiência:  Corpo, gestos e movimentos; Traços, sons, cores e formas;  O Eu, o outro, o nós.

Objetivos e códigos da Base
(EI03CG01) Criar com o corpo formas diversificadas de expressão de sentimentos, sensações e emoções, tanto nas situações do cotidiano como em brincadeiras, dança, teatro, música.

(EI03TS01) Utilizar sons produzidos por materiais, objetos e instrumentos musicais durante brincadeiras de faz de conta, encenações, criações musicais, festas.

(EI03EF03) Escolher e folhear livros, procurando orientar-se por temas e ilustrações e tentando identificar palavras conhecidas.

Abordagem didática:

Uma das funções essenciais da Educação Infantil é promover a ampliação do repertório cultural da criança, por meio de vivências que respeitam a maneira delas aprenderem e se expressarem. O universo sonoro traz, em si, múltiplas possibilidades de aprendizagem sobre diversidade cultural, especialmente de gêneros e estilos musicais. Nesta sequência, os pequenos aprendem a valorizar diferentes formas de manifestação cultural, ampliam as referências, descobrem como pesquisar em fontes variadas e apuram a sensibilidade sonora e a expressão gestual.


Código: EDI3_14UND05

(EI03TS01) Utilizar sons produzidos por materiais, objetos e instrumentos musicais durante brincadeiras de faz de conta, encenações, criações musicais, festas.

(EI03EF03) Escolher e folhear livros, procurando orientar-se por temas e ilustrações e tentando identificar palavras conhecidas.

(EI03CG01) Criar com o corpo formas diversificadas de expressão de sentimentos, sensações e emoções, tanto nas situações do cotidiano quanto em brincadeiras, dança, teatro, música.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses):

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes