17746
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 2º ano > A comunidade e seus registros

Plano de aula - Profissões que são exercidas por mulheres atualmente

Plano de aula de História com atividades para 2º ano do EF sobre Profissões que são exercidas por mulheres atualmente

Plano 03 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Helena Cristina Cintra Eher

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 100 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF02HI02 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Folha A3 (ou outro papel de sua preferência) e material para confeccionar o cartaz (lápis de cor, giz de cera, caneta hidrocor, papéis coloridos, revistas, tesoura, cola). Data show ou quadro.

Material complementar:

MULHERES REVOLUCIONÁRIAS | QUINTAL DA CULTURA. Quintal da Cultura. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Vl-tY2N4sjE. Acesso em: 18 de março de 2019.

Margaret Hamilton e Antonieta de Barros -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2njFfPDPxX37xvMCXSPmsAmvtsqRZa3dxRNn7MXRpxMb9YSbgaHT7wv5GGRe/his2-02und03-margaret-hamilton-e-antonieta-de-barros.pdf

Brasileiras revolucionárias -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/C74V2VzXqhtYbtjkrfsUPkeDmEJnmfR4U58skJtdC7HVeEMyepBz6THrzRH7/his2-02und03-brasileiras-revolucionarias.pdf

Para você saber mais:

GAROFALO, Débora. Mulheres na tecnologia: esse espaço também é nosso. Nova Escola. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/16089/mulheres-na-tecnologia-esse-espaco-tambem-e-nosso. Acesso em: 18 de março de 2019.

BASTOS, Mariana. Mulheres avançam em profissões dominadas por homens. Gênero e Número. Disponível em: http://www.generonumero.media/mulheres-avancam-em-profissoes-dominadas-por-homens/. Acesso em: 18 de março de 2019.

BARATA, Germana. Por mais mulheres em todas as profissões. Jornal da Unicamp. Disponível em: https://www.unicamp.br/unicamp/ju/artigos/germana-barata/por-mais-mulheres-em-todas-profissoes. Acesso em: 18 de março de 2019.

SANTANA, Ana Elisa. Chiquinha Gonzaga: a vanguarda da mulher na música brasileira. EBC. Disponível em: http://www.ebc.com.br/cultura/2015/02/80-anos-sem-chiquinha-gonzaga. Acesso em: 19 de março de 2019.

MARUM, Pedro Henrique; DE VIVO, Nathalia. 'As pioneiras': Bia Figueiredo - primeira brasileira na Indy e pilota de carreira internacional consolidada. Grande Prêmio. Disponível em: https://www.grandepremio.com.br/outras/noticias/as-pioneiras-bia-figueiredo---primeira-brasileira-na-indy-e-pilota-de-carreira-internacional-consolidada. Acesso em: 19 de março de 2019.

PIRES, Fátima. Primeira mulher do Brasil a ser caminhoneira de profissão. RankBrasil. Disponível em: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/06t6/Primeira_Mulher_Do_Brasil_A_Ser_Caminhoneira_De_Profissao. Acesso em: 19 de março de 2019.

ZWERDLING, Robert. Brasileiras pioneiras. Aero Magazine. Disponível em: https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/brasileiras-pioneiras_1014.html. Acesso em: 19 de março de 2019.

DE MELO, Hildete Pereira; RODRIGUES, Ligia M. C. S. Pioneiras da Ciência no Brasil. Disponível em: http://cnpq.br/documents/10157/6c9d74dc-0ac8-4937-818d-e10d8828f261. Acesso em: 19 de março de 2019.

LUÍZA ALZIRA TEIXEIRA SORIANO (IN MEMORIAM). Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/comissao-de-defesa-dos-direitos-da-mulher-cmulher/seminarios-e-outros-eventos/diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/edicao-2018-diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/resumo-alzira-soriano. Acesso em: 19 de março de 2019.

CORREIA, Alanna de Oliveira. Mulheres no Mercado de Trabalho. Labor Memória Viva do TST. Disponível em: http://www.tst.jus.br/documents/10157/3600569/Labor+Maria+Carolina+17-04.pdf. Acesso em: 19 de março de 2019.

ANTONIETA DE BARROS (1901-1952). Heróis de Todo Mundo. Disponível em: http://antigo.acordacultura.org.br/herois/heroi/antonietadebarros. Acesso em: 19 de março de 2019.

NUNES, Emily Canto. Margaret Hamilton: a mãe da engenharia de software. Intel. Disponível em: https://iq.intel.com.br/margaret-hamilton-mae-da-engenharia-de-software/. Acesso em: 20 de março de 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo da aula para os alunos. Diga que vocês vão conversar sobre algumas mulheres que tiveram coragem de fazer aquilo que gostavam mesmo que a sociedade achasse que era uma tarefa só para os homens.

Nesta aula, espera-se que os alunos conheçam algumas mulheres com profissões que já foram consideradas masculinas e que desconstruam a ideia de que a profissão está ligada ao gênero. É preciso desenvolver a consciência de que as mulheres ainda são minoria em muitas profissões e em cargos gerenciais e que elas tiveram que lutar para conquistar o espaço que ocupam hoje.

Para você saber mais:

BASTOS, Mariana. Mulheres avançam em profissões dominadas por homens. Gênero e Número. Disponível em: http://www.generonumero.media/mulheres-avancam-em-profissoes-dominadas-por-homens/. Acesso em: 18 de março de 2019.

BARATA, Germana. Por mais mulheres em todas as profissões. Jornal da Unicamp. Disponível em: https://www.unicamp.br/unicamp/ju/artigos/germana-barata/por-mais-mulheres-em-todas-profissoes. Acesso em: 18 de março de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Faça uma lista de profissões com os alunos. Você pode fazer isso de diferentes maneiras dependendo do estágio de alfabetização em que eles estiverem. Sugestões:

  • Fazer uma lista coletiva em um cartaz e pedir que cada um escreva uma profissão (você pode fazer mais de uma rodada dependendo do número de alunos).
  • Pedir que cada aluno escreva uma ou mais profissões em um cartão, depois os cartões são lidos para a turma e fixados em um painel.
  • Fazer uma brincadeira, como "batata quente" ou "lá em cima do piano", e quem for selecionado fala uma nova profissão.
  • Pedir que cada um dite uma profissão enquanto você escreve na lista.

Depois de listar diferentes profissões, pergunte aos alunos: "Existe profissão de homem e profissão de mulher?".

Ouça suas opiniões sobre o assunto. Deixe que se expressem, que compartilhem suas experiências e que defendam suas ideias, mas use este momento para desconstruir a ideia de que há profissões específicas para um ou outro gênero. Em algumas profissões há a predominância de um deles, muitas vezes por preconceitos e estereótipos sociais, mas deixe claro que qualquer profissão pode ser exercida por ambos.

Problematize a ideia de que determinada profissão é para homens ou mulheres por meio de exemplos e perguntas que os levem a refletir sobre essa declaração, por exemplo: "Por que essa profissão é só para os homens? O que é preciso para exercer essa profissão? E as mulheres não têm isso? Todos os homens são iguais? Todas as mulheres são iguais?"

Conte a eles que antigamente algumas profissões eram exercidas apenas por homens, porque as mulheres não eram aceitas, mas que, aos poucos, a sociedade foi mudando e hoje há mulheres médicas, advogadas, militares, policiais, motoristas, gerentes, etc, mas que ainda há muito o que mudar para que as mulheres tenham a mesma aceitação, as mesmas oportunidades e condições de trabalho que os homens.

Fonte das imagens: Getty Images. Acesso em 18 de março de 2019.

Para você saber mais:

CORREIA, Alanna de Oliveira. Mulheres no Mercado de Trabalho. Labor Memória Viva do TST. Disponível em: http://www.tst.jus.br/documents/10157/3600569/Labor+Maria+Carolina+17-04.pdf. Acesso em: 19 de março de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: Mostre o vídeo "Mulheres Revolucionárias", que fala sobre Margaret Hamilton (cientista da computação e engenheira de software que desenvolveu o programa de voo usado no projeto da Apollo 11) e Antonieta de Barros (primeira deputada estadual negra do país e primeira deputada mulher do estado de Santa Catarina).

MULHERES REVOLUCIONÁRIAS | QUINTAL DA CULTURA. Quintal da Cultura. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Vl-tY2N4sjE. Acesso em: 18 de março de 2019.

Se não puder mostrar o vídeo, conte a história dessas mulheres para os alunos.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Após o vídeo, converse com a turma sobre os feitos dessas duas mulheres. Mostre a foto delas (no data show ou impressas).

Margaret Hamilton e Antonieta de Barros -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2njFfPDPxX37xvMCXSPmsAmvtsqRZa3dxRNn7MXRpxMb9YSbgaHT7wv5GGRe/his2-02und03-margaret-hamilton-e-antonieta-de-barros.pdf

Sugestões para discussão:

  • O que vocês acharam da história dessas mulheres?
  • Por que é importante conhecermos sua história?
  • Qual a importância do que elas fizeram?
  • Será que outras mulheres antes delas quiseram exercer profissões que eram consideradas só para homens? O que pode ter acontecido com elas?
  • Será que a situação das mulheres (nessas e em outras profissões) mudou depois disso?
  • Vocês conhecem outras mulheres que tiveram dificuldade para conseguir seu emprego?
  • Vocês conhecem outras mulheres que exercem uma profissão onde os homens são a maioria?

Fonte das imagens:

Margaret Hamilton 1995. Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Margaret_Hamilton_1995.jpg. Acesso em: 20 de março de 2019.

Antonieta de Barros (1901-1952). Acervo do Museu da Escola Catarinense da Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis. Disponível em: http://www1.udesc.br/?id=2678. Acesso em: 28 de fevereiro de 2019.

Para você saber mais:

ANTONIETA DE BARROS (1901-1952). Heróis de Todo Mundo. Disponível em: http://antigo.acordacultura.org.br/herois/heroi/antonietadebarros. Acesso em: 19 de março de 2019.

NUNES, Emily Canto. Margaret Hamilton: a mãe da engenharia de software. Intel. Disponível em: https://iq.intel.com.br/margaret-hamilton-mae-da-engenharia-de-software/. Acesso em: 20 de março de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Mostre aos alunos outras brasileiras que foram mulheres pioneiras em suas profissões no nosso país. Inspire-os contando um pouco sobre suas histórias, sua coragem e suas conquistas (mais informações no "Para você saber mais"). Mostre o slide no data show ou leve as imagens impressas.

Brasileiras revolucionárias -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/C74V2VzXqhtYbtjkrfsUPkeDmEJnmfR4U58skJtdC7HVeEMyepBz6THrzRH7/his2-02und03-brasileiras-revolucionarias.pdf

Abra espaço para que façam perguntas e comentários, para que falem sobre essas e outras profissões, sobre os diferentes papéis das mulheres na sociedade, sobre preconceitos e estereótipos e para que tragam suas próprias vivências para a discussão.

Fonte das imagens:

Chiquinha 6a. Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Chiquinha_6a.jpg. Acesso em 20 de março de 2019.

Bia figueiredo (piloto). Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bia_figueiredo_(piloto).JPG. Acesso em 20 de março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Pesquise mulheres que fizeram/fazem história em sua região. Elas não precisam necessariamente ser pioneiras na profissão, mas podem contribuir com suas histórias de conquista em áreas predominantemente masculinas. Leve imagens e conte seus feitos para os alunos. Se possível, agende algumas visitas de mulheres à escola para realizar uma entrevista com elas (ou leve os alunos ao seu local de trabalho).

Para você saber mais:

SANTANA, Ana Elisa. Chiquinha Gonzaga: a vanguarda da mulher na música brasileira. EBC. Disponível em: http://www.ebc.com.br/cultura/2015/02/80-anos-sem-chiquinha-gonzaga. Acesso em: 19 de março de 2019.

MARUM, Pedro Henrique; DE VIVO, Nathalia. 'As pioneiras': Bia Figueiredo - primeira brasileira na Indy e pilota de carreira internacional consolidada. Grande Prêmio. Disponível em: https://www.grandepremio.com.br/outras/noticias/as-pioneiras-bia-figueiredo---primeira-brasileira-na-indy-e-pilota-de-carreira-internacional-consolidada. Acesso em: 19 de março de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Há muitas histórias de mulheres que conquistaram seu espaço no mercado de trabalho. Adapte e/ou acrescente a essa lista outras histórias mais próximas à realidade dos seus alunos. (Mais informações sobre essas e outras brasileiras no "Para você saber mais".)

Fonte das imagens:

Alzira Soriano 1929. Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Alzira_Soriano_1929.jpg. Acesso em 20 de março de 2019.

Anésia Pinheiro Machado (1922). Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:An%C3%A9sia_Pinheiro_Machado_(1922).jpg. Acesso em 20 de março de 2019.

Para você saber mais:

LUÍZA ALZIRA TEIXEIRA SORIANO (IN MEMORIAM). Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/comissao-de-defesa-dos-direitos-da-mulher-cmulher/seminarios-e-outros-eventos/diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/edicao-2018-diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/resumo-alzira-soriano. Acesso em: 19 de março de 2019.

ZWERDLING, Robert. Brasileiras pioneiras. Aero Magazine. Disponível em: https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/brasileiras-pioneiras_1014.html. Acesso em: 19 de março de 2019. (Sobre Anésia Pinheiro Machado)

MULHERES VENCEM O PRECONCEITO EM PROFISSÕES "DE HOMEM". Diário de Pernambuco. Disponível em: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2015/03/08/interna_vidaurbana,564787/mulheres-vencem-o-preconceito-em-profissoes-de-homem.shtml. Acesso em: 19 de março de 2019.

PIRES, Fátima. Primeira mulher do Brasil a ser caminhoneira de profissão. RankBrasil. Disponível em: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/06t6/Primeira_Mulher_Do_Brasil_A_Ser_Caminhoneira_De_Profissao. Acesso em: 19 de março de 2019.

DE MELO, Hildete Pereira; RODRIGUES, Ligia M. C. S. Pioneiras da Ciência no Brasil. Disponível em: http://cnpq.br/documents/10157/6c9d74dc-0ac8-4937-818d-e10d8828f261. Acesso em: 19 de março de 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Entregue uma folha A3 para cada aluno. Peça que escrevam como título: "Todo mundo pode ser" e que completem a frase com uma profissão que antes eles achavam que era só de homem ou só de mulher, mas que agora acreditam que pode ser exercida por qualquer pessoa, independente do gênero. Depois eles devem ilustrar seu cartaz com o desenho da profissão escolhida.

Sugira que utilizem os materiais de sua preferência para essa produção: lápis de cor, giz de cera, caneta hidrocor, papéis coloridos, revistas, tesoura, cola, etc.

Circule pela sala, observando e orientando quando necessário.

Convide os alunos que quiserem a mostrar seu cartaz pronto para a turma e explicar por que escolheram aquela profissão. Exponha todas as produções.

Fonte das imagens: Banco de Imagens da Nova Escola. Acesso em 21 de março de 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 100 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF02HI02 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Folha A3 (ou outro papel de sua preferência) e material para confeccionar o cartaz (lápis de cor, giz de cera, caneta hidrocor, papéis coloridos, revistas, tesoura, cola). Data show ou quadro.

Material complementar:

MULHERES REVOLUCIONÁRIAS | QUINTAL DA CULTURA. Quintal da Cultura. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Vl-tY2N4sjE. Acesso em: 18 de março de 2019.

Margaret Hamilton e Antonieta de Barros -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2njFfPDPxX37xvMCXSPmsAmvtsqRZa3dxRNn7MXRpxMb9YSbgaHT7wv5GGRe/his2-02und03-margaret-hamilton-e-antonieta-de-barros.pdf

Brasileiras revolucionárias -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/C74V2VzXqhtYbtjkrfsUPkeDmEJnmfR4U58skJtdC7HVeEMyepBz6THrzRH7/his2-02und03-brasileiras-revolucionarias.pdf

Para você saber mais:

GAROFALO, Débora. Mulheres na tecnologia: esse espaço também é nosso. Nova Escola. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/16089/mulheres-na-tecnologia-esse-espaco-tambem-e-nosso. Acesso em: 18 de março de 2019.

BASTOS, Mariana. Mulheres avançam em profissões dominadas por homens. Gênero e Número. Disponível em: http://www.generonumero.media/mulheres-avancam-em-profissoes-dominadas-por-homens/. Acesso em: 18 de março de 2019.

BARATA, Germana. Por mais mulheres em todas as profissões. Jornal da Unicamp. Disponível em: https://www.unicamp.br/unicamp/ju/artigos/germana-barata/por-mais-mulheres-em-todas-profissoes. Acesso em: 18 de março de 2019.

SANTANA, Ana Elisa. Chiquinha Gonzaga: a vanguarda da mulher na música brasileira. EBC. Disponível em: http://www.ebc.com.br/cultura/2015/02/80-anos-sem-chiquinha-gonzaga. Acesso em: 19 de março de 2019.

MARUM, Pedro Henrique; DE VIVO, Nathalia. 'As pioneiras': Bia Figueiredo - primeira brasileira na Indy e pilota de carreira internacional consolidada. Grande Prêmio. Disponível em: https://www.grandepremio.com.br/outras/noticias/as-pioneiras-bia-figueiredo---primeira-brasileira-na-indy-e-pilota-de-carreira-internacional-consolidada. Acesso em: 19 de março de 2019.

PIRES, Fátima. Primeira mulher do Brasil a ser caminhoneira de profissão. RankBrasil. Disponível em: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/06t6/Primeira_Mulher_Do_Brasil_A_Ser_Caminhoneira_De_Profissao. Acesso em: 19 de março de 2019.

ZWERDLING, Robert. Brasileiras pioneiras. Aero Magazine. Disponível em: https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/brasileiras-pioneiras_1014.html. Acesso em: 19 de março de 2019.

DE MELO, Hildete Pereira; RODRIGUES, Ligia M. C. S. Pioneiras da Ciência no Brasil. Disponível em: http://cnpq.br/documents/10157/6c9d74dc-0ac8-4937-818d-e10d8828f261. Acesso em: 19 de março de 2019.

LUÍZA ALZIRA TEIXEIRA SORIANO (IN MEMORIAM). Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/comissao-de-defesa-dos-direitos-da-mulher-cmulher/seminarios-e-outros-eventos/diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/edicao-2018-diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/resumo-alzira-soriano. Acesso em: 19 de março de 2019.

CORREIA, Alanna de Oliveira. Mulheres no Mercado de Trabalho. Labor Memória Viva do TST. Disponível em: http://www.tst.jus.br/documents/10157/3600569/Labor+Maria+Carolina+17-04.pdf. Acesso em: 19 de março de 2019.

ANTONIETA DE BARROS (1901-1952). Heróis de Todo Mundo. Disponível em: http://antigo.acordacultura.org.br/herois/heroi/antonietadebarros. Acesso em: 19 de março de 2019.

NUNES, Emily Canto. Margaret Hamilton: a mãe da engenharia de software. Intel. Disponível em: https://iq.intel.com.br/margaret-hamilton-mae-da-engenharia-de-software/. Acesso em: 20 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo da aula para os alunos. Diga que vocês vão conversar sobre algumas mulheres que tiveram coragem de fazer aquilo que gostavam mesmo que a sociedade achasse que era uma tarefa só para os homens.

Nesta aula, espera-se que os alunos conheçam algumas mulheres com profissões que já foram consideradas masculinas e que desconstruam a ideia de que a profissão está ligada ao gênero. É preciso desenvolver a consciência de que as mulheres ainda são minoria em muitas profissões e em cargos gerenciais e que elas tiveram que lutar para conquistar o espaço que ocupam hoje.

Para você saber mais:

BASTOS, Mariana. Mulheres avançam em profissões dominadas por homens. Gênero e Número. Disponível em: http://www.generonumero.media/mulheres-avancam-em-profissoes-dominadas-por-homens/. Acesso em: 18 de março de 2019.

BARATA, Germana. Por mais mulheres em todas as profissões. Jornal da Unicamp. Disponível em: https://www.unicamp.br/unicamp/ju/artigos/germana-barata/por-mais-mulheres-em-todas-profissoes. Acesso em: 18 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Faça uma lista de profissões com os alunos. Você pode fazer isso de diferentes maneiras dependendo do estágio de alfabetização em que eles estiverem. Sugestões:

  • Fazer uma lista coletiva em um cartaz e pedir que cada um escreva uma profissão (você pode fazer mais de uma rodada dependendo do número de alunos).
  • Pedir que cada aluno escreva uma ou mais profissões em um cartão, depois os cartões são lidos para a turma e fixados em um painel.
  • Fazer uma brincadeira, como "batata quente" ou "lá em cima do piano", e quem for selecionado fala uma nova profissão.
  • Pedir que cada um dite uma profissão enquanto você escreve na lista.

Depois de listar diferentes profissões, pergunte aos alunos: "Existe profissão de homem e profissão de mulher?".

Ouça suas opiniões sobre o assunto. Deixe que se expressem, que compartilhem suas experiências e que defendam suas ideias, mas use este momento para desconstruir a ideia de que há profissões específicas para um ou outro gênero. Em algumas profissões há a predominância de um deles, muitas vezes por preconceitos e estereótipos sociais, mas deixe claro que qualquer profissão pode ser exercida por ambos.

Problematize a ideia de que determinada profissão é para homens ou mulheres por meio de exemplos e perguntas que os levem a refletir sobre essa declaração, por exemplo: "Por que essa profissão é só para os homens? O que é preciso para exercer essa profissão? E as mulheres não têm isso? Todos os homens são iguais? Todas as mulheres são iguais?"

Conte a eles que antigamente algumas profissões eram exercidas apenas por homens, porque as mulheres não eram aceitas, mas que, aos poucos, a sociedade foi mudando e hoje há mulheres médicas, advogadas, militares, policiais, motoristas, gerentes, etc, mas que ainda há muito o que mudar para que as mulheres tenham a mesma aceitação, as mesmas oportunidades e condições de trabalho que os homens.

Fonte das imagens: Getty Images. Acesso em 18 de março de 2019.

Para você saber mais:

CORREIA, Alanna de Oliveira. Mulheres no Mercado de Trabalho. Labor Memória Viva do TST. Disponível em: http://www.tst.jus.br/documents/10157/3600569/Labor+Maria+Carolina+17-04.pdf. Acesso em: 19 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: Mostre o vídeo "Mulheres Revolucionárias", que fala sobre Margaret Hamilton (cientista da computação e engenheira de software que desenvolveu o programa de voo usado no projeto da Apollo 11) e Antonieta de Barros (primeira deputada estadual negra do país e primeira deputada mulher do estado de Santa Catarina).

MULHERES REVOLUCIONÁRIAS | QUINTAL DA CULTURA. Quintal da Cultura. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Vl-tY2N4sjE. Acesso em: 18 de março de 2019.

Se não puder mostrar o vídeo, conte a história dessas mulheres para os alunos.

Slide Plano Aula

Orientações: Após o vídeo, converse com a turma sobre os feitos dessas duas mulheres. Mostre a foto delas (no data show ou impressas).

Margaret Hamilton e Antonieta de Barros -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/2njFfPDPxX37xvMCXSPmsAmvtsqRZa3dxRNn7MXRpxMb9YSbgaHT7wv5GGRe/his2-02und03-margaret-hamilton-e-antonieta-de-barros.pdf

Sugestões para discussão:

  • O que vocês acharam da história dessas mulheres?
  • Por que é importante conhecermos sua história?
  • Qual a importância do que elas fizeram?
  • Será que outras mulheres antes delas quiseram exercer profissões que eram consideradas só para homens? O que pode ter acontecido com elas?
  • Será que a situação das mulheres (nessas e em outras profissões) mudou depois disso?
  • Vocês conhecem outras mulheres que tiveram dificuldade para conseguir seu emprego?
  • Vocês conhecem outras mulheres que exercem uma profissão onde os homens são a maioria?

Fonte das imagens:

Margaret Hamilton 1995. Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Margaret_Hamilton_1995.jpg. Acesso em: 20 de março de 2019.

Antonieta de Barros (1901-1952). Acervo do Museu da Escola Catarinense da Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis. Disponível em: http://www1.udesc.br/?id=2678. Acesso em: 28 de fevereiro de 2019.

Para você saber mais:

ANTONIETA DE BARROS (1901-1952). Heróis de Todo Mundo. Disponível em: http://antigo.acordacultura.org.br/herois/heroi/antonietadebarros. Acesso em: 19 de março de 2019.

NUNES, Emily Canto. Margaret Hamilton: a mãe da engenharia de software. Intel. Disponível em: https://iq.intel.com.br/margaret-hamilton-mae-da-engenharia-de-software/. Acesso em: 20 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Mostre aos alunos outras brasileiras que foram mulheres pioneiras em suas profissões no nosso país. Inspire-os contando um pouco sobre suas histórias, sua coragem e suas conquistas (mais informações no "Para você saber mais"). Mostre o slide no data show ou leve as imagens impressas.

Brasileiras revolucionárias -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/C74V2VzXqhtYbtjkrfsUPkeDmEJnmfR4U58skJtdC7HVeEMyepBz6THrzRH7/his2-02und03-brasileiras-revolucionarias.pdf

Abra espaço para que façam perguntas e comentários, para que falem sobre essas e outras profissões, sobre os diferentes papéis das mulheres na sociedade, sobre preconceitos e estereótipos e para que tragam suas próprias vivências para a discussão.

Fonte das imagens:

Chiquinha 6a. Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Chiquinha_6a.jpg. Acesso em 20 de março de 2019.

Bia figueiredo (piloto). Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bia_figueiredo_(piloto).JPG. Acesso em 20 de março de 2019.

Como adequar à sua realidade: Pesquise mulheres que fizeram/fazem história em sua região. Elas não precisam necessariamente ser pioneiras na profissão, mas podem contribuir com suas histórias de conquista em áreas predominantemente masculinas. Leve imagens e conte seus feitos para os alunos. Se possível, agende algumas visitas de mulheres à escola para realizar uma entrevista com elas (ou leve os alunos ao seu local de trabalho).

Para você saber mais:

SANTANA, Ana Elisa. Chiquinha Gonzaga: a vanguarda da mulher na música brasileira. EBC. Disponível em: http://www.ebc.com.br/cultura/2015/02/80-anos-sem-chiquinha-gonzaga. Acesso em: 19 de março de 2019.

MARUM, Pedro Henrique; DE VIVO, Nathalia. 'As pioneiras': Bia Figueiredo - primeira brasileira na Indy e pilota de carreira internacional consolidada. Grande Prêmio. Disponível em: https://www.grandepremio.com.br/outras/noticias/as-pioneiras-bia-figueiredo---primeira-brasileira-na-indy-e-pilota-de-carreira-internacional-consolidada. Acesso em: 19 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Há muitas histórias de mulheres que conquistaram seu espaço no mercado de trabalho. Adapte e/ou acrescente a essa lista outras histórias mais próximas à realidade dos seus alunos. (Mais informações sobre essas e outras brasileiras no "Para você saber mais".)

Fonte das imagens:

Alzira Soriano 1929. Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Alzira_Soriano_1929.jpg. Acesso em 20 de março de 2019.

Anésia Pinheiro Machado (1922). Wikimedia commons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:An%C3%A9sia_Pinheiro_Machado_(1922).jpg. Acesso em 20 de março de 2019.

Para você saber mais:

LUÍZA ALZIRA TEIXEIRA SORIANO (IN MEMORIAM). Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/comissao-de-defesa-dos-direitos-da-mulher-cmulher/seminarios-e-outros-eventos/diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/edicao-2018-diploma-mulher-cidada-carlota-pereira-de-queiros/resumo-alzira-soriano. Acesso em: 19 de março de 2019.

ZWERDLING, Robert. Brasileiras pioneiras. Aero Magazine. Disponível em: https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/brasileiras-pioneiras_1014.html. Acesso em: 19 de março de 2019. (Sobre Anésia Pinheiro Machado)

MULHERES VENCEM O PRECONCEITO EM PROFISSÕES "DE HOMEM". Diário de Pernambuco. Disponível em: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2015/03/08/interna_vidaurbana,564787/mulheres-vencem-o-preconceito-em-profissoes-de-homem.shtml. Acesso em: 19 de março de 2019.

PIRES, Fátima. Primeira mulher do Brasil a ser caminhoneira de profissão. RankBrasil. Disponível em: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/06t6/Primeira_Mulher_Do_Brasil_A_Ser_Caminhoneira_De_Profissao. Acesso em: 19 de março de 2019.

DE MELO, Hildete Pereira; RODRIGUES, Ligia M. C. S. Pioneiras da Ciência no Brasil. Disponível em: http://cnpq.br/documents/10157/6c9d74dc-0ac8-4937-818d-e10d8828f261. Acesso em: 19 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Entregue uma folha A3 para cada aluno. Peça que escrevam como título: "Todo mundo pode ser" e que completem a frase com uma profissão que antes eles achavam que era só de homem ou só de mulher, mas que agora acreditam que pode ser exercida por qualquer pessoa, independente do gênero. Depois eles devem ilustrar seu cartaz com o desenho da profissão escolhida.

Sugira que utilizem os materiais de sua preferência para essa produção: lápis de cor, giz de cera, caneta hidrocor, papéis coloridos, revistas, tesoura, cola, etc.

Circule pela sala, observando e orientando quando necessário.

Convide os alunos que quiserem a mostrar seu cartaz pronto para a turma e explicar por que escolheram aquela profissão. Exponha todas as produções.

Fonte das imagens: Banco de Imagens da Nova Escola. Acesso em 21 de março de 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE A comunidade e seus registros do 2º ano :

MAIS AULAS DE História do 2º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF02HI02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano