15922
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Jogando um jogo novo

Nesta atividade, proponha que as crianças experimentem um jogo que ainda não conhecem e explorem os materiais e as regras dele.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Adriana Mitiko do Nascimento Takeuti

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Revisite em seus registros o que foi falado e jogado nas outras atividades desta sequência. Depois, consulte as sugestões na lista para jogos novos e escolha alguns deles entre esses, ou outros que as crianças não citaram conhecer. Considere preparar no mínimo dois e no máximo quatro jogos, de forma que você consiga interagir nos agrupamentos. Escolha ao menos um jogo de movimentação corporal.

Para se inspirar, assista ao vídeo Nova Escola Educação - Lino de Macedo fala sobre a importância dos jogos da Nova Escola.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Sondagem dos jogos conhecidos pelas crianças

Escolha dos jogos preferidos

Jogando um jogo novo

Construção de um jogo de percurso

Ampliação de repertório: os jogos das famílias

Materiais:

Para os jogos: vão variar de acordo com o que for escolhido nos Contextos prévios. Exemplos são bolas, cordas, bambolês, caixas, giz, blocos de madeira, elementos da natureza, cartas impressas com desenhos, fitas e coletes de cores diferentes (para separação de times) e manuais de jogos. Atente-se para ter uma quantidade suficiente, para que todas as crianças possam brincar, e certifique-se de que não existam formas ou materiais que possam oferecer riscos às crianças. Consulte também as opções na lista para jogos novos, na qual foram reunidos nomes de jogos para pesquisa, confecção ou compra deles.

Caso esteja seguindo a sequência de planos, a sugestão de materiais para o livro são: papel canson A3, ou outro grande e grosso; caneta, canetas hidrocor, gizes, cola, tesoura, tintas etc. Se preferir, computador e projetor para registrar as falas.

Para demais registros: aparelho fotográfico e de gravação de vídeo e áudio.

Espaços:

Em um espaço amplo, que permita tanto a movimentação como que algumas crianças possam ficar sentadas, elas se organizarão para realizar atividades com os jogos escolhidos pelo professor. Depois, em uma sala, vão elaborar o livro da turma.

Tempo sugerido:

Cerca de uma hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. As crianças levantam quais hipóteses ao tentar entender um jogo novo? E como elas expressam suas estratégias para superar dificuldades e desafios que esses jogos trazem?

2. Em quais momentos dos jogos as crianças envolveram-se em conflitos? Quais atitudes demonstram que elas levam em consideração suas orientações para resolver esses conflitos?

3. Quais conceitos básicos de tempo, ou outras estratégias, elas demonstram utilizar ao relembrar os jogos que já conhecem, ao avaliar as jogadas atuais ou ao planejar novas jogadas?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. É interessante escolher ao menos um jogo de movimentação e outro de mesa para apoiar os diferentes interesses das crianças. Selecione materiais diversificados em texturas e cores, encontre opções maiores de peças pequenas e faça relevos em desenhos com tinta de cola, barbantes, terra, papéis etc. Converse com as crianças sobre as regras, procurando adaptá-las, para que todas possam jogar e se divertir.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Diga para todo o grupo que a atividade de hoje será bastante desafiadora: descobrir e jogar jogos novos nunca antes jogados na escola!

Disponibilize os jogos pré-selecionados no espaço, deixando-os acessíveis para todos.

Combine um tempo para que as crianças imaginem para que serve cada material. Desafie-as a conversar sobre eles ou a olhar manuais, se estiverem disponíveis, para que possam levantar hipóteses sobre seus usos e sobre as regras dos jogos. Nesse momento, procure realizar uma escuta atenta e perceba como as crianças interagem, quais ideias surgem e como argumentam diante das hipóteses dos colegas.

Faça registros fotográficos e de vídeo para relembrar essas ações com as crianças e para complementar a construção do livro.


2

Percorra o espaço entre as crianças ouvindo o que elas descobriram sobre os jogos. Complemente a explicação das regras quando for necessário.

Solicite que os pequenos se organizem em pequenos grupos (no mínimo dois no máximo quatro, um para cada jogo), de acordo com sua pré-seleção.

Combine mais um tempo para que eles possam jogar os jogos com liberdade, escolhendo seus pares. Garanta que eles também escolham qual jogo querem jogar, de forma a evitar direcionamentos como colocar as meninas em jogos mais tranquilos e os meninos nos mais agitados.

Possíveis falas do professor neste momento: Nós já jogamos um jogo parecido com esse antes? Quando? O que você vai fazer depois de organizar esse material? É possível jogar outro jogo com esse mesmo material? Esse jogo é para até esse número de jogadores. Vamos contar juntos? Quem quer jogar agora? E quem vai jogar depois que acabar essa partida?

Possíveis ações da criança neste momento: Mostrar como jogar com os materiais, explicar quais são suas hipóteses sobre as regras do jogo, escutar as explicações e imitar gestos seus e das outras crianças, se concentrar para fazer uma jogada, ficar irritada ou triste ao perceber que fez uma jogada errada, ou que perdeu; se divertir com uma boa jogada, avisar a outra criança que ela não está cumprindo uma regra.


3

Se for solicitado, ou se houver conflitos, auxilie na divisão de pequenos grupos e na organização do espaço, de modo que as crianças que estiverem nos jogos de movimento se desloquem com liberdade, mas que também haja um local para que as que estão nos jogos de mesa possam jogar sem intervenções. Pergunte aos grupos se você pode jogar entre as partidas. Nesses momentos, encoraje as crianças a relembrar como jogar o jogo, mesmo que elas te consultem.


4

Algumas crianças podem não querer jogar, ou podem brincar com os materiais da forma como imaginaram no início da atividade, sem seguir as regras do jogo. Respeite se elas quiserem brincar individualmente, mas reflitam juntos se as demais crianças não estão sentindo falta do material para seguir com a proposta combinada com todas e verifiquem se é pertinente compartilhar tal material.


5

Diga para as crianças quanto tempo falta para para os jogos acabarem e sugira que aquelas que querem testar jogar jogos diferentes troquem de grupos.


6

Ao encerrar o tempo combinado, ou se notar que as crianças não estão mais jogando, solicite que todo o grupo colabore com a organização do espaço e dos materiais. Vocês podem cantar uma música para deixar esse momento mais divertido.


7

Proponha um momento de conversas sobre os jogos. Grave, ou anote os pontos principais das falas as crianças e utilize esses registros como um material de apoio para a escrita do livro.


Para finalizar:

Realize a construção do livro em outro dia, como um desdobramento, se considerar mais adequado à rotina das crianças e seus interesses.

Se for dar continuidade logo em seguida, em sala, diga para todo o grupo que essa é a última parte da atividade, a construção do livro de jogos. Proponha que seja escrito: 1. Se elas recomendam que outras pessoas joguem cada jogo novo; 2. A justificativa da resposta, dizendo, por exemplo, quais foram as maiores dificuldades, o que foi divertido, o que mais gostaram, como são as regras etc. Separe as crianças em pequenos grupos (uma sugestão é pelos jogos que jogaram) para que elas possam conversar sobre essas questões e acompanhe as ideias que surgem.

Depois desse momento de conversas, diga que você iniciará a escrita. Apoie a negociação entre os grupos, para que todas as crianças possam decidir quais informações querem colocar coletivamente. Faça o registro utilizando um computador ou cartaz acessível para que te acompanhem enquanto escreve. Respeite a forma como se expressam e leve em consideração, além das falas, os gestos. Assim, tente interpretar as opiniões que surgem e confirme com elas se o que você escreveu está adequado. Gravar essa conversa pode te ajudar a comparar o que foi falado com o que foi escrito.

Seguindo a sequência de planos, aproveite para dizer que, em outros momentos, vocês poderão descobrir e inventar jogos novos.

Desdobramentos

É interessante que os materiais fiquem disponíveis nos momentos de brincadeira para que as crianças tenham outras oportunidades de jogar os jogos que não tiveram tempo de jogar nesse dia. Incentive-as a conversar com outras crianças da escola nos momentos de interações coletivas e a perguntar se elas conhecem jogos novos. Se elas descobrirem como jogar um jogo novo, podem compartilhá-lo com você e as demais crianças da turma. Convide demais adultos e crianças da escola para explicarem para vocês como jogar esses jogos. Complementem as informações do livro.

Engajando as famílias

Compartilhe, em um local de passagem, fotografias das crianças brincando com os jogos desta atividade e incentive que elas relatem aos familiares o que estavam fazendo nas imagens, ou que identifiquem a si mesmas. Se você está seguindo a sequência de planos, conte para as famílias que, na próxima atividade, você e as crianças irão construir um tabuleiro gigante. Elabore com os pequenos e envie aos responsáveis uma lista de materiais para a construção desse tabuleiro. Solicite a colaboração de todos para reuni-los e combinem um ou mais dias para as entregas.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET06 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EO07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EO02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano