15139
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Explorando o texto da receita

Nesta atividade, organize pequenas rodas de conversa e permita que as crianças explorem características do gênero receitas

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Helena Cristina Cintra Eher

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

1. A proposta de um livro de receitas

2. Explorando o texto da receita

3. Escolha das receitas que vão para o livro

4. Fazendo uma receita

5. Ilustrando o livro de receitas

Materiais:

Separe as receitas trazidas pelas crianças e escolha uma para cada pequeno grupo montar. Para isso escreva-a ou digite-a e imprima uma cópia dela (com letra de forma maiúscula) e a corte em partes (título, ingredientes, modo de fazer, ilustração), seguindo este modelo. Leve cola, papel para colar a receita montada e papéis com outros tipos de texto (como cartas, narrativas, parlendas, tirinhas etc). Providencie material para anotação e, se preferir, equipamento para gravar as falas das crianças e transcrevê-las depois. Disponibilize materiais para as atividades de livre escolha, como massinha, uma cozinha com diferentes utensílios e embalagens (para brincarem de faz de conta) e jogos de montar. Providencie aparelho de som ou celular se quiser usar a sugestão de música do Para Finalizar.

Espaços:

Para esta atividade, as crianças estarão divididas de duas maneiras: a maioria estará transitando livremente pelas atividades de livre escolha enquanto você trabalha com um pequenogrupo (com cerca de 4 crianças). Para isso, organize na sala os diferentes cantos com opções de atividades que as crianças possam realizar com autonomia. Se possível, vá com o pequeno grupo para uma outra sala ou outro ambiente mais silencioso, no qual as crianças possam conversar e interagir. Se não tiver um outro professor que possa ficar com os pequenos na sala, organize um canto para fazer a roda e trabalhar com o pequeno grupo próximo às atividades de livre escolha. Deixe os materiais para as atividades com as receitas próximos à roda.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 30 minutos para cada grupo.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como é a atitude das crianças durante a leitura? Têm interesse em ouvir? Conversam sobre o texto (comentam, questionam, fazem relações com sua realidade)? Tentam lê-lo? Que estratégias usam para isso?

2. Como as crianças interagem com os textos? Como os exploram? Que estratégias usam para identificar as receitas? Comparam os diferentes textos apontando semelhanças e diferenças?

3. As crianças identificam as partes da receita? Se manifestam sobre o que vai em cima e embaixo? O que vem antes e depois (no texto e na preparação da receita)? Como expressam essas relações?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Na roda de conversa, incentive a participação de todas as crianças fazendo comentários e perguntas, valorizando o que comunicam, possibilitando que todas tenham espaço para se expressar, sempre respeitando as individualidades de cada uma. Fique atento às diferentes maneiras como expressam suas hipóteses e conclusões, busque compreendê-las e valorizar sua contribuição.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças e diga que você preparou diversas atividades para que elas escolham as de sua preferência. Comente que elas poderão escolher e mudar de atividade livremente. Enquanto isso, você vai chamar um pequeno grupo (com cerca de quatro crianças) para conversar sobre as receitas. Explique que todas passarão pelo grupo da receita. Transite com os pequenos pelo espaço mostrando os cantos que você organizou para elas, que podem ser, por exemplo, massinha, uma cozinha com diferentes utensílios e embalagens (para brincarem de faz de conta) e jogos de montar. Se houver a possibilidade, peça que outro professor fique com as crianças nas atividades de livre escolha e saia com o pequeno grupo para um ambiente mais silencioso, no qual vocês possam conversar com mais facilidade. Se não for possível, fique em um canto da sala onde consiga observar todas as crianças.


2

Sente-se em roda com o pequeno grupo e diga que trouxe algumas receitas enviadas pelos familiares. Pegue uma receita para começar. Leia o título, os ingredientes e o modo de preparo, apontando enquanto lê. Converse sobre a receita.A criança que a trouxe pode identificá-la e levantar, ou levantar a mão, ou expressar seu contentamento com a situação. Acolha sua manifestação e garanta às outras que vocês ainda verão as receitas que elas trouxeram também. Deixe que contem se já comeram aquilo, se gostam ou não, se conhecem os ingredientes, se alguém que conhecem costuma preparar essa receita etc. Valorize suas ideias e aproveite-as para ampliar a conversa. É importante que as crianças sintam-se seguras para se expressar e que desenvolvam a habilidade de ouvir o outro também. Faça questionamentos que estimulem a conversa e que ajudem as crianças mais tímidas a se expressarem, mas sempre respeitando as que preferirem só ouvir. Ao longo de todo esse trabalho com o pequeno grupo, faça anotações de seus comentários, das hipóteses que levantam, de suas conclusões e questionamentos para depois usar no cartaz do Engajando as famílias. Se preferir, você pode gravá-los para transcrevê-los em outro momento.


3

Pegue diversas folhas (algumas com as receitas trazidas pelas crianças e outras com outros textos, como cartas, narrativas, parlendas, tirinhas) e leve para a roda. Diga que você se confundiu na hora de arrumar a bolsa e acabou misturando os papéis das receitas com outros textos que tinha guardado. Sugira que te ajudem a separar as receitas. Pergunte se lembram como elas devem ser e quais as partes que elas têm. Mostre a primeira receita que você leu para que possam usar como modelo para consultar. Não se adiante, espere e dê a elas o tempo necessário para observar, perguntar, sugerir e discutir. Se for necessário, faça questionamentos que ampliem seu olhar, ajude-as a observar determinado aspecto e aponte para a receita que elas têm de modelo mostrando determinada característica.

Possíveis falas do professor neste momento: Vocês acham que esse texto é uma receita? Por que? Lembram-se de quando li a receita do bolo? O que tinha no começo dela? Isso mesmo, ovo, farinha... os ingredientes. Será que nesse texto tem essa parte dos ingredientes? Vou ler como ele começa para vocês conferirem.


4

Depois que tiverem terminado de separar, mostre ao grupo as outras receitas. Deixe que as crianças as manuseiem e conversem sobre elas. Não precisa ler todas. Leia os títulos, aponte alguns ingredientes mais conhecidos, pergunte se gostam daquele prato, fale sobre algumas partes do modo de preparo, por exemplo: Será que o bolo fica pronto se não for para o forno?" O que será que vem primeiro nesse modo de preparo: mexer os ingredientes ou colocar o doce na geladeira? E outras questões que aproximem as crianças desses textos.

Possíveis ações das crianças neste momento: Algumas podem levantar para ver a receita mais de perto; podem procurar a receita que trouxeram e querer mostrar para os amigos ou pedir que você a leia; podem tentar ler uma receita, apontando as palavras com o dedo e seguindo o seu modelo de leitor; podem querer segurar a receita que mais gostaram; podem querer contar diversos fatos ligados à culinária que vivenciaram em casa.


5

Diga às crianças que você trouxe um desafio. Brinque e faça uma encenação dizendo que é um desafio muito difícil, que você acabou cortando uma das receitas que elas trouxeram e que precisa de ajuda para montá-la de volta. Mostre os pedaços da receita (título, ilustração, ingredientes e modo de fazer). Neste documento, você encontra uma sugestão de receita em pedaços para usar como modelo ou como uma opção para imprimir e usar com as crianças. Observe e ouça como tentam resolver o problema. Valorize suas ideias, questione suas soluções e faça perguntas investigativas para que montem a receita e a colem em outro papel. (A ilustração não tem lugar certo, elas podem escolher onde querem colocar).

Possíveis falas do professor neste momento: Você acha que esse é o título? Por quê? É mesmo, só tem uma linha. Vou ler: Bolo de Milho. É o título mesmo! E onde o colocamos? Todos concordam que é em cima? Na receita que lemos estava em cima mesmo. Qual parte vem depois? Como começava aquela receita que eu li hoje? Isso, com a lista do que precisa para fazer a receita. Qual dessas partes deve ser a lista de ingredientes? Essa? Por que? Todos concordam que é porque tem um escrito embaixo do outro?. É uma boa dica!


6

Quando montarem a receita, mostre para as crianças o quanto ficou feliz com o resultado. Leia a receita, apontando com o dedo enquanto lê, e pergunte se ficou bom e se está igual às outras receitas que vocês viram. Se as crianças ainda estiverem interessadas no assunto, deixe que liderem a conversa e participe com uma escuta atenta, respondendo ativamente às suas contribuições. Quando terminarem, diga que chamará o próximo grupo para ver as receitas e que elas irão para as atividades de livre escolha.


Para finalizar:

Repita a atividade com todas as crianças. Quando tiver terminado com o último grupo, sinalize que terão mais alguns minutos para brincar nas atividades de livre escolha. Participe das brincadeiras das crianças, observe as interações e explorações e ouça as conversas delas. Esses momentos do brincar livre são ótimas oportunidades para você entender algumas relações, ideias e visões de mundo da criança e para planejar suas próximas atividades. Avise novamente quando faltar cinco minutos. Quando terminar o tempo, peça que ajudem a organizar a sala. Neste momento, cante uma música que já usa nos momentos de arrumação. (Sugestão: cante ou coloque a música Tudo tem seu lugar, disponível aqui, a partir de 0:54).

Desdobramentos

A partir das receitas montadas pelos pequenos grupos e das referências de portadores reais (livros de receita), converse com as crianças em roda para que escolham o padrão das receitas que vão compor o livro (que parte vem primeiro, como vai chamar cada trecho, por exemplo, Modo de preparo ou Modo de fazer, se vai ter subtítulo ou não, se vai ter o nome da criança, onde irá a ilustração etc). Você também pode, depois da produção do livro, criar receitas imaginárias com o grupo (por exemplo: uma poção de bruxa, uma receita de sopa de dragão etc), as crianças ditam e você escreve com letra de forma maiúscula em um cartaz que elas podem ilustrar depois.

Engajando as famílias

Faça um painel na entrada da sala com as receitas montadas pelos pequenos grupos e algumas frases ditas pelas crianças durante a conversa sobre as receitas. Coloque pelo menos uma frase de cada uma, buscando exemplificar hipóteses que levantaram, questionamentos, exemplos e conclusões.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano