A Matemática da cozinha

Atividades que envolvem receitas ou situações cotidianas são propostas interessantes para alunos do Fundamental no ensino remoto

POR:
Victor Santos
Crédito: Getty Images

Quando fazemos compra no supermercado, medimos um espaço ou cozinhamos as refeições, a Matemática está presente. Utilizar a realidade para ensinar conteúdos do componente é uma forma interessante de engajar os alunos e tornar a aprendizagem significativa. Com as crianças em casa, aproveite para unir receitas e outras experiências a conceitos de capacidade, massa, razão e proporção.

Pode até parecer simples, mas propor atividades na cozinha é um desafio. “É preciso uma adaptação em relação às próprias modelagens das atividades, para que se possa usar elementos disponíveis em casa, e efetivamente, possibilitar uma aprendizagem ativa”, ressalta Fábio Menezes, professor de Pedagogia e Licenciatura em Matemática na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e mentor do Time de Autores de NOVA ESCOLA. No entanto, é a oportunidade de evidenciar a presença da Matemática no dia a dia e uma forma de buscar metodologias diferentes para garantir a aprendizagem dos alunos. 

Para ajudar você, professor, a propor atividades com elementos da cozinha, separamos seis planos de aula de Matemática para o Ensino Fundamental que envolvem o trabalho com receitas. Confira:

Medidas de massa e suas equivalências (5º ano)

Esta atividade trabalha com a conversão de medidas padronizadas - como grama e litro - para medidas não convencionais, como xícara e colher. Para adaptar a proposta para o ensino remoto, sugestão é trabalhar com a quantidade de copos, xícaras e potes de água necessários para completar uma garrafa vazia, a partir de palpites dos estudantes. Para saber mais, confira

a aba #NovaEscolaEmCasa

Problematizando com as proporções diretas (5º ano)

Neste plano, o trabalho é com proporções. A proposta original, seguindo a habilidade prevista na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) de resolver problemas com variação de proporcionalidade direta, traz situações-problema que envolvem a alteração de ingredientes de receitas. 

Na adaptação para realizar a atividade em casa, a sugestão é que os alunos sejam desafiados a dividir ingredientes, como bolachas ou pedaços de uma barra de chocolate, seguindo diferentes critérios matemáticos. Mais detalhes aqui.

Descobrindo a razão no preparo de uma receita (6º ano)

Este plano de aula propõe explorar a razão entre as partes e a parte com o todo em divisões desiguais. Na atividade, os alunos precisam resolvem uma situação-problema com quantidades diferentes de polpas para preparar um litro de suco. “É possível que o professor proponha reflexões, seja por áudio, vídeo ou texto, relacionadas ao aumento das pessoas que irão consumir o que está na receita”, comenta Fernando Barnabé, formador de professores, diretor da Edu.co Ensino Consultoria e especialista do Time de Autores NOVA ESCOLA.

Saúde, o açúcar e o sódio em alimentos (7º ano)
Esta atividade propõe que os alunos analisem rótulos de embalagens para verificar a quantidade de açúcar e sódio presente na composição de cada produto. Para usar este plano de aula a distância, o educador pode sugerir que os alunos verifiquem essas informações nos alimentos que tem em casa para resolverem situações-problema. “Nesse caso, a discussão sobre a porcentagem de sódio e açúcar pode ser feita, inclusive, com o uso da calculadora”, aponta Fernando.

Medidas de massa na alimentação (7º ano)

Este plano de aula também trabalha com rótulos de embalagens. Os estudantes devem observar a tabela nutricional nos rótulos de alimentos que consomem com frequência. A ideia é verificar a quantidade de nutrientes em cada porção, e o quanto isso corresponde ao total da embalagem. “É importante que o professor indique um ou mais tipos de alimentos bem comuns”, destaca Fernando, “assim, os alunos podem socializar as suas descobertas posteriormente, seja virtualmente ou por registro escrito e enviado ao professor”.

Proporções na cozinha (8º ano)

A partir de situações-problema envolvendo ingredientes de receitas, a turma deve perceber a relação entre a variação de grandezas diretamente proporcionais. Para adaptar o plano para o ensino remoto, o professor pode propor que os alunos elaborem um livro de receitas com os ingredientes que variem para render porções que sirvam de uma a dez pessoas. Para saber mais, confira aqui.

Tags

Guias

Tags

Guias