15050
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Oralidade

Plano de aula - Performance de uma exposição oral

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre Performance de uma exposição oral

Plano 12 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Manuela Sousa Da Conceição

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero exposição oral e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: computador com internet, data show, quadro e pincel para quadro branco. Caso esteja seguindo a ordem desta sequência, os alunos já realizaram o planejamento desta exposição oral e também já ensaiaram. Esta exposição está relacionada à temática da "Natureza Estranha", então solicite que tragam o material elaborado em aulas anteriores, como: anotações, cartazes e slides para servir como material de apoio no momento das exposições orais.

Informações sobre o gênero: a exposição oral é um gênero textual público, relativamente formal e específico, no qual um expositor especialista dirige-se a um auditório, de maneira estruturada, para lhe transmitir informações, descrever ou lhe explicar alguma coisa. O expositor deve, também, ao longo de sua exposição, avaliar a novidade e a dificuldade daquilo que expõe permanecendo atento aos sinais que lhe são enviados pelo auditório, e na medida do necessário reformular o modo de se expressar.

Dificuldades antecipadas: o aluno pode sentir dificuldades de avaliar a exposição oral (sua e dos colegas) por falta de hábito em seguir critérios objetivos que estabeleçam o bom andamento do gênero. Também pode apresentar bastante insegurança antes e durante a apresentação, pois nesta fase do desenvolvimento, é comum que sinta muita vergonha dos colegas e expor-se sempre é um desafio.

Referências sobre o assunto:

CAVALCANTE, Marianne Bezerra; MELO, Cristina Teixeira Vieira de. Superando os obstáculos de avaliar a oralidade. In MARCUSCHI, Beth e SUASSUNA, Lívia (orgs.). Avaliação em língua portuguesa: contribuições para a prática pedagógica. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p: 75-93.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Fala e escrita. In: Ler e escrever: estratégias de produção textual. São Paulo: Contexto, 2012. cap. 1, p. 13-28.

TEIXEIRA, Ana Paula; BLASQUE, Roberta Garcia; SANTOS, Célia Dias dos. A exposição oral na sala de aula. in Anais do 7° seminário de pesquisa em ciências humanas de 17 à 19 de setembro de 2008. Londrina : Eduel, 2008. Disponível em:

<http://www.uel.br/eventos/sepech/sepech08/arqtxt/resumos-anais/AnaPTTeixeiraRobertaGBlasque.pdf>. Acesso em: 7 nov 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Converse com a turma sobre a importância de saber ouvir com atenção e respeito as equipes que apresentarão os trabalhos . É necessário desenvolver essa sensibilidade nos estudantes, porque um aluno que já é tímido, quando vai apresentar um trabalho e é vítima de críticas por parte dos colegas, não consegue cumprir sua tarefa com êxito. Portanto, é indispensável estabelecer acordos previamente. Saber escutar é significativo para a compreensão do que está sendo estudado em sala.
  • Exponha que é normal sentir-se inseguro no momento das apresentações, mas encoraje os alunos dizendo que eles se prepararam para essa ocasião por meio de pesquisas, discussões em grupos, seleção de informações contidas nos slides etc., portanto, eles irão conduzir a apresentação da melhor forma possível.
  • Proponha dois exercícios bem simples que ajudam a relaxar e a se concentrar para o que irão realizar:
  • Peça que todos façam o barulho de “brrr”, como se estivessem com frio. Isso irá aquecer as cordas vocais.
  • Depois, peça que inspirem e expirem bem devagar 10 vezes, enchendo bem o pulmão e esvaziando-o bem devagarinho. Esse exercício relaxa e ajuda a focar, pois reduz a ansiedade.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Destine um tempo para comentar a respeito da importância do público ouvinte prestar atenção nas apresentações que serão feitas, anotando as dúvidas e perguntas para serem expostas no final de cada apresentação. Esse momento é muito significativo, pois a troca de informações encoraja os estudantes que, possivelmente, estavam inseguros no ato das exposições orais.
  • Logo em seguida, estabeleça a ordem das apresentações do grupo. Caso a escola possua outro espaço, como uma sala multimídia ou um auditório, a realização do trabalho poderá ser feita nesses locais.
  • Agora, distribua para todos a Rubrica de Qualidade. O ideal é que a Rubrica tenha sido previamente construída com os alunos em outro momento, ou seja: a sugestão é que, em outra aula, todos tenham participado de uma discussão de quais critérios seriam avaliados nesta Exposição Oral. Observe que, na primeira linha do documento sugerido como rubrica de qualidade, há uma avaliação mais geral do grupo e, nas linhas seguintes, a avaliação passa a ser individual. É importante, nesta fase do desenvolvimento, os alunos começarem a construir a capacidade de fazer críticas construtivas e de recebê-las de uma forma tranquila também, entendendo que é para o seu próprio crescimento e para o crescimento dos colegas.
  • Explique que cada aluno irá avaliar o colega de acordo com os critérios previamente discutidos para esta exposição e depois, em outro momento, estas avaliações serão compartilhadas e discutidas.
  • Oriente que os alunos avaliem as exposições orais dos colegas depois do término da exposição de cada grupo, embasados nos critérios que dispõem nas mãos, sem esquecer de anotar também as perguntas e as possíveis dúvidas que podem surgir durante a exposição dos grupos.
  • Decida, junto com eles, o tempo de exposição de cada grupo e defina uma ordem com um critério que seja justo para todos (exemplos: ordem alfabética ou sorteio). Não esqueça de contabilizar no tempo de exposição o tempo para perguntas, que podem ser feitas ao final de todas as apresentações ou ao final de cada exposição (importante estabelecer isto antes, também). Caso não seja possível realizar todas as exposições nesta aula, reserve outras aulas para que todos os grupos possam expor.

Materiais complementares

Clique aqui para acessar link da proposta de rubrica de qualidade destinada a esta exposição oral.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações:

  • Inicie a apresentação dos trabalhos dentro da ordem estabelecida. Para realizar este plano, é desejável que os alunos já tenham estudado o gênero Exposição Oral e que já tenham planejado e ensaiado suas exposições em outros momentos. Lembramos que este é o terceiro plano do módulo de oralidade: os planos anteriores propõem um estudo detalhado do gênero Exposição Oral e instruções de como planejar e ensaiar para este momento.
  • Controle o tempo das apresentações. Tente ser o mais cuidadoso possível no momento de interrompê-los para falar acerca da duração do trabalho, visto que os alunos já estão sob a pressão de estarem sendo avaliados. Como sugestão, combine sinais com os alunos ou faça cartazes em folha de ofício mostrando os minutos finais da apresentação.
  • Se achar interessante, grave as apresentações para analisar, posteriormente e junto com a turma, o desempenho oral dos estudantes. É uma boa técnica para os discentes perceberem se conseguiram atingir os critérios estabelecidos ou não.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Coordene o momento das perguntas da plateia, para que os membros da equipe tenham a oportunidade de falar de forma mais espontânea possível, fugindo de uma possível fala muito presa ao texto escrito. Se houver um número muito grande de perguntas, limite-as a um certo número.
  • Oriente os alunos para que sejam cordiais com os colegas, respeitosos, e façam perguntas relevantes quanto ao conteúdo apresentado. Evite dar as respostas pelo grupo, deixe os alunos responderem de acordo com o que pesquisaram. Faça o mínimo de intervenções possível, para que os alunos sintam-se donos de seu espaço de fala.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Encerre a aula fazendo uma rápida rodada de auto-avaliação. Peça para que cada expositor diga, em poucas palavras, no que acha que se saiu bem e no que acha que não se saiu tão bem durante a exposição oral.
  • Alinhe os pontos em comum trazidos pelos alunos (tanto positivos quanto negativos) e faça um fechamento resumindo em poucas palavras o que você percebeu de positivo nas exposições e o que pode ainda melhorar, destacando para os discentes que eles estão no sétimo ano e que ainda terão muitas outras oportunidades de realizar exposições como esta para se aperfeiçoarem cada vez mais. Possivelmente, ainda haverá muitos alunos que ficarão presos ao texto escrito, lendo ao invés de falar, e alunos que não conseguirão projetar a voz devido à timidez. Isso é perfeitamente normal neste ano-ciclo, e é importante apontar caminhos para estes alunos superarem essas dificuldades, como destacamos no plano anterior a este.
  • Parabenize a todos pelo trabalho e, como sugestão, faça um “momento fama” com os alunos, tirando fotos para serem postadas nas redes sociais oficiais da escola.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero exposição oral e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: computador com internet, data show, quadro e pincel para quadro branco. Caso esteja seguindo a ordem desta sequência, os alunos já realizaram o planejamento desta exposição oral e também já ensaiaram. Esta exposição está relacionada à temática da "Natureza Estranha", então solicite que tragam o material elaborado em aulas anteriores, como: anotações, cartazes e slides para servir como material de apoio no momento das exposições orais.

Informações sobre o gênero: a exposição oral é um gênero textual público, relativamente formal e específico, no qual um expositor especialista dirige-se a um auditório, de maneira estruturada, para lhe transmitir informações, descrever ou lhe explicar alguma coisa. O expositor deve, também, ao longo de sua exposição, avaliar a novidade e a dificuldade daquilo que expõe permanecendo atento aos sinais que lhe são enviados pelo auditório, e na medida do necessário reformular o modo de se expressar.

Dificuldades antecipadas: o aluno pode sentir dificuldades de avaliar a exposição oral (sua e dos colegas) por falta de hábito em seguir critérios objetivos que estabeleçam o bom andamento do gênero. Também pode apresentar bastante insegurança antes e durante a apresentação, pois nesta fase do desenvolvimento, é comum que sinta muita vergonha dos colegas e expor-se sempre é um desafio.

Referências sobre o assunto:

CAVALCANTE, Marianne Bezerra; MELO, Cristina Teixeira Vieira de. Superando os obstáculos de avaliar a oralidade. In MARCUSCHI, Beth e SUASSUNA, Lívia (orgs.). Avaliação em língua portuguesa: contribuições para a prática pedagógica. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p: 75-93.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Fala e escrita. In: Ler e escrever: estratégias de produção textual. São Paulo: Contexto, 2012. cap. 1, p. 13-28.

TEIXEIRA, Ana Paula; BLASQUE, Roberta Garcia; SANTOS, Célia Dias dos. A exposição oral na sala de aula. in Anais do 7° seminário de pesquisa em ciências humanas de 17 à 19 de setembro de 2008. Londrina : Eduel, 2008. Disponível em:

<http://www.uel.br/eventos/sepech/sepech08/arqtxt/resumos-anais/AnaPTTeixeiraRobertaGBlasque.pdf>. Acesso em: 7 nov 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Converse com a turma sobre a importância de saber ouvir com atenção e respeito as equipes que apresentarão os trabalhos . É necessário desenvolver essa sensibilidade nos estudantes, porque um aluno que já é tímido, quando vai apresentar um trabalho e é vítima de críticas por parte dos colegas, não consegue cumprir sua tarefa com êxito. Portanto, é indispensável estabelecer acordos previamente. Saber escutar é significativo para a compreensão do que está sendo estudado em sala.
  • Exponha que é normal sentir-se inseguro no momento das apresentações, mas encoraje os alunos dizendo que eles se prepararam para essa ocasião por meio de pesquisas, discussões em grupos, seleção de informações contidas nos slides etc., portanto, eles irão conduzir a apresentação da melhor forma possível.
  • Proponha dois exercícios bem simples que ajudam a relaxar e a se concentrar para o que irão realizar:
  • Peça que todos façam o barulho de “brrr”, como se estivessem com frio. Isso irá aquecer as cordas vocais.
  • Depois, peça que inspirem e expirem bem devagar 10 vezes, enchendo bem o pulmão e esvaziando-o bem devagarinho. Esse exercício relaxa e ajuda a focar, pois reduz a ansiedade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Destine um tempo para comentar a respeito da importância do público ouvinte prestar atenção nas apresentações que serão feitas, anotando as dúvidas e perguntas para serem expostas no final de cada apresentação. Esse momento é muito significativo, pois a troca de informações encoraja os estudantes que, possivelmente, estavam inseguros no ato das exposições orais.
  • Logo em seguida, estabeleça a ordem das apresentações do grupo. Caso a escola possua outro espaço, como uma sala multimídia ou um auditório, a realização do trabalho poderá ser feita nesses locais.
  • Agora, distribua para todos a Rubrica de Qualidade. O ideal é que a Rubrica tenha sido previamente construída com os alunos em outro momento, ou seja: a sugestão é que, em outra aula, todos tenham participado de uma discussão de quais critérios seriam avaliados nesta Exposição Oral. Observe que, na primeira linha do documento sugerido como rubrica de qualidade, há uma avaliação mais geral do grupo e, nas linhas seguintes, a avaliação passa a ser individual. É importante, nesta fase do desenvolvimento, os alunos começarem a construir a capacidade de fazer críticas construtivas e de recebê-las de uma forma tranquila também, entendendo que é para o seu próprio crescimento e para o crescimento dos colegas.
  • Explique que cada aluno irá avaliar o colega de acordo com os critérios previamente discutidos para esta exposição e depois, em outro momento, estas avaliações serão compartilhadas e discutidas.
  • Oriente que os alunos avaliem as exposições orais dos colegas depois do término da exposição de cada grupo, embasados nos critérios que dispõem nas mãos, sem esquecer de anotar também as perguntas e as possíveis dúvidas que podem surgir durante a exposição dos grupos.
  • Decida, junto com eles, o tempo de exposição de cada grupo e defina uma ordem com um critério que seja justo para todos (exemplos: ordem alfabética ou sorteio). Não esqueça de contabilizar no tempo de exposição o tempo para perguntas, que podem ser feitas ao final de todas as apresentações ou ao final de cada exposição (importante estabelecer isto antes, também). Caso não seja possível realizar todas as exposições nesta aula, reserve outras aulas para que todos os grupos possam expor.

Materiais complementares

Clique aqui para acessar link da proposta de rubrica de qualidade destinada a esta exposição oral.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações:

  • Inicie a apresentação dos trabalhos dentro da ordem estabelecida. Para realizar este plano, é desejável que os alunos já tenham estudado o gênero Exposição Oral e que já tenham planejado e ensaiado suas exposições em outros momentos. Lembramos que este é o terceiro plano do módulo de oralidade: os planos anteriores propõem um estudo detalhado do gênero Exposição Oral e instruções de como planejar e ensaiar para este momento.
  • Controle o tempo das apresentações. Tente ser o mais cuidadoso possível no momento de interrompê-los para falar acerca da duração do trabalho, visto que os alunos já estão sob a pressão de estarem sendo avaliados. Como sugestão, combine sinais com os alunos ou faça cartazes em folha de ofício mostrando os minutos finais da apresentação.
  • Se achar interessante, grave as apresentações para analisar, posteriormente e junto com a turma, o desempenho oral dos estudantes. É uma boa técnica para os discentes perceberem se conseguiram atingir os critérios estabelecidos ou não.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Coordene o momento das perguntas da plateia, para que os membros da equipe tenham a oportunidade de falar de forma mais espontânea possível, fugindo de uma possível fala muito presa ao texto escrito. Se houver um número muito grande de perguntas, limite-as a um certo número.
  • Oriente os alunos para que sejam cordiais com os colegas, respeitosos, e façam perguntas relevantes quanto ao conteúdo apresentado. Evite dar as respostas pelo grupo, deixe os alunos responderem de acordo com o que pesquisaram. Faça o mínimo de intervenções possível, para que os alunos sintam-se donos de seu espaço de fala.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Encerre a aula fazendo uma rápida rodada de auto-avaliação. Peça para que cada expositor diga, em poucas palavras, no que acha que se saiu bem e no que acha que não se saiu tão bem durante a exposição oral.
  • Alinhe os pontos em comum trazidos pelos alunos (tanto positivos quanto negativos) e faça um fechamento resumindo em poucas palavras o que você percebeu de positivo nas exposições e o que pode ainda melhorar, destacando para os discentes que eles estão no sétimo ano e que ainda terão muitas outras oportunidades de realizar exposições como esta para se aperfeiçoarem cada vez mais. Possivelmente, ainda haverá muitos alunos que ficarão presos ao texto escrito, lendo ao invés de falar, e alunos que não conseguirão projetar a voz devido à timidez. Isso é perfeitamente normal neste ano-ciclo, e é importante apontar caminhos para estes alunos superarem essas dificuldades, como destacamos no plano anterior a este.
  • Parabenize a todos pelo trabalho e, como sugestão, faça um “momento fama” com os alunos, tirando fotos para serem postadas nas redes sociais oficiais da escola.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP38 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano