14809
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 5º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Discurso direto e indireto - Introdução

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 5º ano do EF sobre Discurso direto e indireto - Introdução

Plano 07 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Janira Alencar Vieira De Sousa

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Crônica e no campo de atuação Artístico-literário/Vida cotidiana. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística / Semiótica.

Materiais necessários: Cópias da atividade escrita para todos os alunos. Lápis de cor.

Informações sobre o gênero: A palavra Crônica vem do grego, Chronos, e o gênero, de fato, possui uma ligação direta com o tempo, pois tem por base fatos simples, do cotidiano, expostos em linguagem literária. Os textos se caracterizam por serem narrativas curtas, com tempo, espaço e personagens reduzidos e predominância de linguagem coloquial. Nesta aula, será trabalhada uma crônica humorística, que lança mão da ironia e do humor como forma de criticar aspectos da sociedade, política, cultura ou economia, garantindo uma leitura envolvente e a reflexão acerca dessas questões.

Dificuldades antecipadas: A alteração do discurso direto para indireto requer habilidades de leitura e escrita, como analisar e compreender o contexto dialogal, empregar adequadamente a pontuação e compreender o uso dos verbos de elocução. Essa atividade exigirá observação e apoio mais intensos do professor.

Referências sobre o assunto:

Tipos de discurso, Ana Paula de Araújo, disponível em: https://www.infoescola.com/redacao/tipos-de-discurso/. Acesso em 07 de outubro de 2018.

Os discursos na narração, disponível em: https://cejarj.cecierj.edu.br/pdf/Unidade7_LC.pdf. Acesso em 15 de outubro de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o slide para os alunos e faça uma breve introdução do assunto de que a aula irá tratar: Explique-lhes que, em um texto, a fala das personagens pode aparecer de diferentes maneiras - ditas por elas mesmas ou proferidas pelo narrador. Diga, ainda, que nesta aula, iremos analisar as situações discursivas em que as personagens têm voz, e falam em uma situação dialogal (discurso direto), bem como a estrutura desses discursos e os verbos de elocução.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Leia para o grupo a questão inicial, lançada no slide 3, para que voluntariamente exponham suas respostas e conhecimentos.
  • À medida que os alunos forem respondendo, lance outros questionamentos, a fim de ampliar a discussão. Por exemplo, questione como são expostas as falas/depoimentos em uma notícia ou reportagem, pois, embora esses gêneros não tenham personagens, apresentam situações de fala, geralmente marcadas pelo uso das aspas - recurso que também é utilizado em alguns textos narrativos. É possível que alguns alunos citem o uso do discurso indireto, ainda que não o nomeiem.
  • Para situá-los no tema da aula e despertar o seu interesse, explique-lhes que nesta aula eles conhecerão outra maneira de se construir a fala das personagens em narrativas, que devem ser escolhidas de acordo com a intenção comunicativa ou com o sentido que pretendem transmitir ao leitor.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 34 minutos

Orientações:

  • Distribua o tempo da seguinte maneira: 20 minutos para a resolução e correção das questões 1, 2 e 3 + 14 minutos para a resolução e socialização da questão 4.
  • Organize a sala em duplas e entregue uma cópia da atividade escrita para cada uma. Explique que a crônica A Bola, de Luís Fernando Veríssimo, com a qual trabalharam nas duas últimas aulas, será retomada nesta, porém, não mais com o foco na história, mas na construção dos diálogos.
  • Solicite que respondam às questões 1, 2 e 3 da atividade, expostas nos slides 4 a 6. Os alunos deverão trocar ideias e discutir soluções para chegarem a um consenso nas respostas.
  • Durante a resolução, circule entre as duplas, a fim de observar as hipóteses e conclusões a que chegaram e fazer as intervenções necessárias. No que se refere ao item C da questão 1, é importante que as crianças percebam que, diferente do que muitas vezes vemos nos textos narrativos, esses diálogos não são introduzidos pelo narrador por meio de verbos de elocução.
  • Após a elaboração das três primeiras questões, promova um momento de socialização das respostas, durante o qual deve-se enfocar o raciocínio e as estratégias dos alunos para responder às perguntas.
  • A questão 4, a que irão responder neste momento, é a mais desafiadora e, portanto, a que vai exigir mais atenção e apoio durante a realização. Haverá duas opções de propostas, que serão divididas entre as duplas de alunos. Determine, ao explicar a questão, quem reescreverá o trecho 1 e quem reescreverá o trecho 2.
  • É importante, caso os alunos não se atenham às adaptações necessárias, chamar a atenção deles para aspectos como: estrutura paragrafal, eliminação do travessão e mudança das demais pontuações, acréscimo dos verbos de elocução e da conjunção ‘que’, dentre outros.
  • Os trechos a serem reescritos são:
  • Trecho 1: Parágrafos 2, 3, 4, 5, 6
  • Trecho 2: Parágrafos 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17

  • As duplas deverão ler para os colegas os trechos que reescreveram. Durante esse momento valide, comente ou corrija suas construções. É importante destacar e levá-los a perceber os traços de fala, de personalidade e a emoção transmitidas por meio do discurso direto.

Materiais complementares:

  • Acesse a atividade escrita: aqui
  • Caso deseje acessar as respostas da atividade escrita, acesse aqui

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Continuação do texto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Continuação do texto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Continuação do texto.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Ainda trabalhando em duplas, os alunos devem responder ao questionamento exposto no slide 8, que visa ao fechamento e construção da ideia de discurso direto e indireto. Espera-se que eles associem o discurso direto à construção em que as personagens têm voz e, assim, dialogam diretamente com o leitor, e o discurso indireto à construção em que a voz da personagem é reportada pelo narrador.
  • Abra um espaço de escuta para as duplas que se manifestarem e, ao longo da correção, questione quem concorda ou discorda da resposta dada. Dessa forma, você possibilita a troca de conhecimentos e das conclusões a que chegaram, para construir coletivamente o conceito de discurso direto e indireto.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Crônica e no campo de atuação Artístico-literário/Vida cotidiana. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística / Semiótica.

Materiais necessários: Cópias da atividade escrita para todos os alunos. Lápis de cor.

Informações sobre o gênero: A palavra Crônica vem do grego, Chronos, e o gênero, de fato, possui uma ligação direta com o tempo, pois tem por base fatos simples, do cotidiano, expostos em linguagem literária. Os textos se caracterizam por serem narrativas curtas, com tempo, espaço e personagens reduzidos e predominância de linguagem coloquial. Nesta aula, será trabalhada uma crônica humorística, que lança mão da ironia e do humor como forma de criticar aspectos da sociedade, política, cultura ou economia, garantindo uma leitura envolvente e a reflexão acerca dessas questões.

Dificuldades antecipadas: A alteração do discurso direto para indireto requer habilidades de leitura e escrita, como analisar e compreender o contexto dialogal, empregar adequadamente a pontuação e compreender o uso dos verbos de elocução. Essa atividade exigirá observação e apoio mais intensos do professor.

Referências sobre o assunto:

Tipos de discurso, Ana Paula de Araújo, disponível em: https://www.infoescola.com/redacao/tipos-de-discurso/. Acesso em 07 de outubro de 2018.

Os discursos na narração, disponível em: https://cejarj.cecierj.edu.br/pdf/Unidade7_LC.pdf. Acesso em 15 de outubro de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o slide para os alunos e faça uma breve introdução do assunto de que a aula irá tratar: Explique-lhes que, em um texto, a fala das personagens pode aparecer de diferentes maneiras - ditas por elas mesmas ou proferidas pelo narrador. Diga, ainda, que nesta aula, iremos analisar as situações discursivas em que as personagens têm voz, e falam em uma situação dialogal (discurso direto), bem como a estrutura desses discursos e os verbos de elocução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Leia para o grupo a questão inicial, lançada no slide 3, para que voluntariamente exponham suas respostas e conhecimentos.
  • À medida que os alunos forem respondendo, lance outros questionamentos, a fim de ampliar a discussão. Por exemplo, questione como são expostas as falas/depoimentos em uma notícia ou reportagem, pois, embora esses gêneros não tenham personagens, apresentam situações de fala, geralmente marcadas pelo uso das aspas - recurso que também é utilizado em alguns textos narrativos. É possível que alguns alunos citem o uso do discurso indireto, ainda que não o nomeiem.
  • Para situá-los no tema da aula e despertar o seu interesse, explique-lhes que nesta aula eles conhecerão outra maneira de se construir a fala das personagens em narrativas, que devem ser escolhidas de acordo com a intenção comunicativa ou com o sentido que pretendem transmitir ao leitor.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 34 minutos

Orientações:

  • Distribua o tempo da seguinte maneira: 20 minutos para a resolução e correção das questões 1, 2 e 3 + 14 minutos para a resolução e socialização da questão 4.
  • Organize a sala em duplas e entregue uma cópia da atividade escrita para cada uma. Explique que a crônica A Bola, de Luís Fernando Veríssimo, com a qual trabalharam nas duas últimas aulas, será retomada nesta, porém, não mais com o foco na história, mas na construção dos diálogos.
  • Solicite que respondam às questões 1, 2 e 3 da atividade, expostas nos slides 4 a 6. Os alunos deverão trocar ideias e discutir soluções para chegarem a um consenso nas respostas.
  • Durante a resolução, circule entre as duplas, a fim de observar as hipóteses e conclusões a que chegaram e fazer as intervenções necessárias. No que se refere ao item C da questão 1, é importante que as crianças percebam que, diferente do que muitas vezes vemos nos textos narrativos, esses diálogos não são introduzidos pelo narrador por meio de verbos de elocução.
  • Após a elaboração das três primeiras questões, promova um momento de socialização das respostas, durante o qual deve-se enfocar o raciocínio e as estratégias dos alunos para responder às perguntas.
  • A questão 4, a que irão responder neste momento, é a mais desafiadora e, portanto, a que vai exigir mais atenção e apoio durante a realização. Haverá duas opções de propostas, que serão divididas entre as duplas de alunos. Determine, ao explicar a questão, quem reescreverá o trecho 1 e quem reescreverá o trecho 2.
  • É importante, caso os alunos não se atenham às adaptações necessárias, chamar a atenção deles para aspectos como: estrutura paragrafal, eliminação do travessão e mudança das demais pontuações, acréscimo dos verbos de elocução e da conjunção ‘que’, dentre outros.
  • Os trechos a serem reescritos são:
  • Trecho 1: Parágrafos 2, 3, 4, 5, 6
  • Trecho 2: Parágrafos 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17

  • As duplas deverão ler para os colegas os trechos que reescreveram. Durante esse momento valide, comente ou corrija suas construções. É importante destacar e levá-los a perceber os traços de fala, de personalidade e a emoção transmitidas por meio do discurso direto.

Materiais complementares:

  • Acesse a atividade escrita: aqui
  • Caso deseje acessar as respostas da atividade escrita, acesse aqui

Slide Plano Aula

Orientações: Continuação do texto.

Slide Plano Aula

Orientações: Continuação do texto.

Slide Plano Aula

Orientações: Continuação do texto.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Ainda trabalhando em duplas, os alunos devem responder ao questionamento exposto no slide 8, que visa ao fechamento e construção da ideia de discurso direto e indireto. Espera-se que eles associem o discurso direto à construção em que as personagens têm voz e, assim, dialogam diretamente com o leitor, e o discurso indireto à construção em que a voz da personagem é reportada pelo narrador.
  • Abra um espaço de escuta para as duplas que se manifestarem e, ao longo da correção, questione quem concorda ou discorda da resposta dada. Dessa forma, você possibilita a troca de conhecimentos e das conclusões a que chegaram, para construir coletivamente o conceito de discurso direto e indireto.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 5º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 5º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP30 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano