15987
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Nossa peça teatral: Cenário, figurino e sonoplastia

Nesta proposta, as crianças dão continuidade à realização de uma peça, construindo alguns elementos em pequenos grupos.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Maria de Lourdes Carvalho Pereira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para o desenvolvimento desta proposta é importante que o grupo já tenha escutado os áudios e conversado sobre os desenhos elaborados no plano Nossa peça teatral: Descrevendo personagens e cenários, com a descrição dos cenários e personagens do conto escolhido pelas crianças para produzir a peça teatral. Solicite previamente às famílias doações de roupas e sapatos usados, perucas, chapéus, acessórios variados, painéis, objetos e elementos de decoração de festa infantil que não utilizam mais, para serem aproveitados pelas crianças na caracterização do cenário, figurinos e sonoplastia. Colete também materiais na própria escola de peças teatrais realizadas pela equipe.

Assim como na atividade anterior, vamos utilizar como exemplo o conto A Bela e Fera. Você irá reorganizar o planejamento a partir do conto escolhido por seu grupo. Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Nossa peça teatral: Definindo o conto de fadas

Nossa peça teatral: Descrevendo personagens e cenários

Nossa peça teatral: cenário, figurino e sonoplastia

Nossa peça teatral: O roteiro e falas das personagens

Nossa peça teatral: Ensaiar, convidar, apresentar

Materiais:

Sugestão de material previamente coletado para planejamento de:

Cenografia - caixas e cilindros de papelão de diversos tamanhos, tecidos diversos, cortinas usadas, painéis e objetos decorativos, entre outros.

Figurino - fantasias e máscaras de personagens, tecidos, roupas, sapatos e acessórios (perucas, colares, gravatas, chapéus, lenços, etc.).

Sonoplastia - Instrumentos e brinquedos sonoros, materiais de largo alcance como tubos de pvc, latinhas, pedaços de madeira, para serem explorados na produção de efeitos sonoros. Aparelho de som, celular. CDs disponíveis na escola para trilhas sonoras.

Áudio e Livro do conto de fadas escolhido pelas crianças para teatralizar (Nossa peça teatral: Definindo o conto de fadas) e, se tiver disponibilidade, ofereça outras versões do mesmo conto para ampliar as pesquisas. Jogos de montar, massa de modelar, fantasias e fantoches para brincarem nos espaços de atividades autônomas.

Folhas sulfites, lápis de cor, canetinhas, pincéis atômicos, fitas adesivas e cartolinas.

Espaços:

A atividade ocorrerá na própria sala do grupo. Planeje na sala um espaço maior para a proposta de caracterização do cenário, figurinos e sonoplastia. Componha estações nas quais as crianças irão se movimentar e explorar para conhecer os elementos de uma peça teatral. Organize um varal com itens de figurino: fantasias, tecidos, acessórios etc. Em uma mesa, organize os materiais para planejamento da sonoplastia: aparelho de som e CDs, instrumentos da bandinha, brinquedos sonoros e materiais de largo alcance que produzem sons. Em outro canto, disponha partes de cenários, mobiliários, caixas de papelão de diversos tamanhos etc. Como a proposta é desenvolvida em pequenos grupos, organize outros espaços para as demais crianças estarem em atividades autônomas, como jogos e massinha de modelar. Disponha em outra mesa os livros e materiais de suporte para as produções, como papéis, canetinhas, cola, fitas etc.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1hora e 30 min.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que forma as crianças organizam as ideias de caracterização dos elementos necessários para a montagem da peça teatral? Como planejam sobre a elaboração dos cenários, figurinos e sonoplastia ?

2. Que recursos são sugeridos pelas crianças para a criação dos efeitos sonoros da peça teatral? Como consideram brinquedos e instrumentos, materiais de largo alcance, sons produzidos com o corpo e outros para expressar sons e emoções diversas do conto?

3. Como as crianças usam o corpo para caracterizar as personagens do conto e suas emoções? De que forma exploram as expressões faciais, mímicas e entonação de voz como recursos da representação?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança. Esta proposta oferece possibilidades de escolhas que favorecem o envolvimento de todo o grupo, tanto nas caracterizações do cenário, figurino e sonoplastia, quanto nas atividades autônomas. Favoreça a colaboração e ajuda mútua, propondo que as crianças desenvolvam as atividades em duplas e tendo o cuidado de promover parcerias entre crianças que se identificam e se auxiliam quando aparecem dificuldades.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide o grande grupo para sentar em roda com você no espaço previamente elaborado com os materiais que serão explorados para a caracterização dos elementos da peça teatral. Compartilhe com as crianças que, neste momento de construção da peça, vocês irão preparar o cenário, figurinos das personagens e a sonoplastia. Para isso você deixou alguns objetos separados para elas conhecerem, explorarem e decidirem o que usar. Retome com as crianças os registros que elaboraram na atividade Nossa peça teatral: Descrevendo personagens e cenários e as descrições que fizeram dos cenários e das personagens da história por meio dos áudios e desenhos. Conversem sobre o que elas conhecem a respeito de cenário, figurinos e sonoplastia. instigando-as a pensar sobre estes elementos de uma peça teatral.


2

Convide as crianças para conhecerem os materiais de cada estação que você organizou. Diga que, durante a exploração dos objetos, elas precisam pensar em todas as coisas que já conhecem a respeito do conto de fadas A Bela e a Fera, para identificarem objetos que podem ser usados e em qual momento da história. Percorram juntos as estações, conversando a respeito dos materiais. Fomente as ideias da turma com comentários e perguntas a respeito dos objetos disponíveis. Passando pela estação de “figurino”, pode dizer: “O que temos aqui? Em que usamos esta coisa no teatro? Vejam este tecido florido, para que ele vai servir? Aqui tem roupas, sapatos, perucas e estes enfeites que vocês trouxeram de casa, de que forma vamos usar tudo isso?” Passando pela estação da “sonoplastia”: “E estes instrumentos e objetos sonoros, como vamos usar na nossa peça?E pela estação dos “cenários”: “Vejam este painel, que local que se passa a história que podemos usá-lo?” Esteja atento às observações e falas das crianças para conversarem mais a respeito no momento de produção nos pequenos grupos. Mostre os materiais de suporte para as produções, como papéis, canetinhas, cola, fitas, e combine que solicitem caso necessitem de mais algum material.


3

Após a exploração inicial das estações, retome o grande grupo e partilhe com as crianças que poderão escolher que elementos do teatro desejam elaborar. Proponha que se organizem em pequenos grupos conforme suas preferências e decidam juntos como garantir que tenha crianças para cada trabalho, pois a peça teatral precisa ter todos estes elementos.Auxilie na formação dos grupos, para que as crianças que necessitam de apoio encontrem parcerias produtivas e se ajudem. Diga que você já deixou um espaço preparado na sala com atividades que são capazes de realizar sozinhas, enquanto você estará com um pequeno grupo por vez. Faça combinados com as crianças para que as atividades fluam com tranquilidade, como, por exemplo, falar gentilmente com o colega se quiserem usar ou mexer em algum objeto que ele estiver usando. Os momentos entre professor e pequeno grupo para o planejamento e produções do cenário, figurino e sonoplastia, acontecerão no decorrer da semana, podendo se estender por mais dias, para que o professor dê atenção e auxílio necessários a cada grupo. Você pode definir com as crianças quais atividades autônomas irão realizar e selecionar os materiais que irão precisar. Combine que, quando os pequenos grupos tiverem terminado de elaborar os elementos da peça teatral, vocês terão um momento para que cada grupo apresente suas produções.


4

Com os pequenos grupos definidos, acompanhe um grupo enquanto os outros fazem as atividades autônomas. Reúna-se com as crianças em torno dos materiais de cenário. Exponha o livro de contos de fadas selecionado por elas na atividade Nossa peça teatral: Definindo o conto de fadas, e outras versões, se tiver disponível, para o grupo visualizar e explorar as possibilidades de encontrar materiais parecidos com o que a ilustração da história propõe. Tenha o áudio do conto e aparelho para reproduzí-lo, caso as crianças desejem ouvir novamente a história ou alguns trechos.Retome os registros e descrições elaboradas nos planos anteriores para lembrarem dos locais em que a história acontece. Problematize sobre quais precisam ser representados e o que podem usar para isto. Combinem o que cada criança do grupo ficará responsável por fazer. Sugira que atuem em duplas ou trios, para produzir diferentes cenários, cada parceria fica incumbida de organizar um. Por exemplo, a casa do pai da Bela, a sala do castelo da Fera, o jardim ou a biblioteca da Bela. Converse com as crianças sobre as possibilidades de uso dos materiais disponíveis para que planejem como vão utilizá-los.

Possíveis falas do professor: A Bela usa um espelho para ver seu pai. Como não temos este objeto, alguém tem alguma ideia para fazermos um? O que vocês acham destas caixas, nós precisamos de uma mesa para o jantar da Bela e da Fera, elas podem servir? De que jeito?


5

Convide o grupo que vai elaborar o cenário para explorar os objetos e criar os locais de cena onde a peça irá acontecer. Enquanto elas exploram os materiais, dialogue sobre os cenários que precisam elaborar. Observe, perceba suas necessidades de apoio propondo auxílio entre o grupo e faça intervenções, problematizando as ações das crianças para que pensem em elementos importantes para caracterizarem os locais da história, o que precisam buscar ou produzir.Uma alternativa interessante para compor um cenário de forma simples é utilizar alguns panos de cores escolhidas de acordo com o ambiente que se quer criar e as próprias crianças compõem e representam os elementos do cenário, como árvores, flores, pedras, animais etc. Desenhos realizados pelas crianças em A3 podem fazer composições, com destaques para algumas partes dos locais em que se passa a história. Organize com as crianças combinados sobre a produção dos cenários, indicando o que já está pronto e onde será guardado, o que falta concluir que será feito em outro dia e o que precisam antecipar para terminar. Por exemplo, que locais temos prontos? A sala do castelo? O jardim? O que ainda precisamos fazer? Onde podemos conseguir o que falta?


6

No momento de elaborar com outro pequeno grupo a caracterização dos figurinos das personagens, reúna-se com as crianças em torno dos materiais disponíveis para figurinos. Recorde com o grupo quais personagens aparecem no conto e as descrições que já realizaram no desenvolvimento do plano Nossa peça teatral: Descrevendo personagens e cenários desta sequência. Faça uso dos livros com o conto de fadas, dos registros e dos desenhos e áudios que as crianças elaboraram para contextualizar as personagens. Diga que agora é o momento do grupo montar os figurinos para a peça teatral, explorando as possibilidades ao combinar e experimentar as peças de roupas, sapatos, echarpes, chapéus, perucas, entre outros materiais, coletados com a colaboração das famílias.


7

Durante a exploração e seleção dos materiais, as crianças experimentam as roupas, os acessórios e brincam de ser as personagens da história. A ordem para a caracterização é improvisar de forma espontânea e simples, utilizando as roupas e adereços disponíveis, sem necessidade de pintura no rosto ou máscaras. A proposta consiste em organizar uma estrutura cênica em que o destaque está na encenação das crianças. Registre as manifestações e narrativas para aproveitá-las nas próximas atividades desta sequência, como na produção do roteiro onde serão definidas as falas das personagens. No final das caracterizações, proponha ao grupo que deem sugestões de como será registrada a forma que eles construíram os figurinos das personagens, para poderem compor novamente no dia da apresentação da peça. As crianças podem oferecer diferentes possibilidades, como: desenhos ou fotografias dos colegas vestindo os figurinos prontos ou separar cada figurino em cabides com o nome da personagem. Decida com as crianças o que elas preferem fazer e auxilie-as neste registro e organização.


8

Para elaborar com o último pequeno grupo a sonoplastia para a peça teatral, convide as crianças para a estação com os objetos que podem ajudar na sonorização de alguns elementos do conto e na escolha da trilha sonora.Diga que elas vão pensar como acrescentar sons e músicas à história da nossa peça teatral. Sugira que escutem novamente o áudio do conto de fadas (utilizado no plano Nossa peça teatral: Descrevendo personagens e cenários ) e diga que você fará paradas estratégicas para observarem situações na história que podem ser sonorizadas. Proponha que sinalizem onde acham que precisam marcar a história com algum som ou música, nas mudanças de ambiente, nos barulhos de algum objeto ou animal, nas emoções das personagens etc.


9

Após apontarem essas marcações, subdivida o grupo para que, em duplas, cuidem da produção da sonoplastia. Algumas duplas exploram livremente os materiais para investigar os sons que produzem, selecionar e decidir o que vão usar para realizar os efeitos sonoros que precisam. Acompanhe as experiências das crianças ao testarem os instrumentos e objetos. Problematize as situações que elas sinalizaram para serem demarcadas com sons e instigue-as a explorarem as diversas possibilidades sonoras que mais combinam com o efeito que desejam. Lembre-as que é possível utilizar também sons produzidos com o próprio corpo. Podem gravar o efeitos sonoros que produziram ou combinar como farão a reprodução no momento do teatro. Outras duplas selecionam a trilha sonora a partir de algumas músicas (CDs ou gravações) oferecidas pelo professor, como uma valsa para o momento de um baile, a música específica de um personagem e um rock pop para dar um ritmo inovador ao conto. As crianças ouvem e selecionam suas preferências para a apresentação.

Possíveis ações das crianças nesse momento: Ao explorar os cocos, uma criança relaciona seu som com o trote do cavalo e outra pega um sino da bandinha para ser a campainha do castelo da Fera.


Para finalizar: Após todos os pequenos grupos terem concluído a proposta, organize um momento para que cada um conte o que elaborou e como foi feita a construção de cada elemento da peça. As crianças que construíram os figurinos podem ficar caracterizadas, outro grupo mostrar os cenários preparados e o grupo da sonoplastia apresentar as músicas gravadas ou promover um reconto da história. Nesse momento de interação, as crianças, espontaneamente, podem criar pequenas cenas da peça teatral, representando alguns movimentos e trazendo algumas falas das personagens. Após cada pequeno grupo apresentar sua produção, diga para o grande grupo comentar, fazer sugestões e pensar no que está faltando providenciar para acontecer a apresentação teatral. Enquanto as crianças apresentam suas produções, faça registros fotográficos deste momento, para compor o painel de roteiro de ações da peça teatral iniciado no plano “Nossa peça teatral: Definindo o conto de fadas”.

Desdobramentos

Conforme citado no decorrer do plano, as caracterizações do cenário, figurinos e sonoplastia, acontecerão em mais de um dia, para que você possa acompanhar a construção das crianças e dar atenção adequada a cada pequeno grupo. Se alguma criança manifestar interesse em participar dos três momentos de apropriação dos componentes da peça teatral, fique aberto a isto para propiciar que ela se encontre no assunto que mais se identifica. Conforme as produções vão sendo realizadas nos pequenos grupos, organize um canto da sala com os elementos já criados, para que todas conheçam, sugiram coisas e possam colaborar com os outros grupos.

Engajando as famílias

Elabore com o grupo um bilhete para fazer uma campanha com as famílias e toda comunidade escolar solicitando doações de materiais necessários para a realização da proposta desta atividade. Aproveite para contar como anda a montagem da peça teatral, o que já fizeram e os passos que ainda terão.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03TS01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano