Educação Infantil: 13 planos de atividade para explorar o faz de conta a distância

Através das histórias, as crianças liberam sua criatividade para reinventar o que ouviram e com isso desenvolvem sua compreensão do mundo e de tudo que as rodeia

POR:
Camila Cecílio
É muito importante brincar de faz de conta com os pequenos e dar asas à imaginação, criando contextos e participando ativamente das brincadeiras       Crédito: Getty Images

Faz de conta que o quarto é um consultório médico, o adulto é o paciente e a criança é o profissional de saúde de plantão. Ou vice e versa. Faz de conta que a dor de garganta não é nada sério e que a recomendação é se alimentar bem e beber bastante água. Em tempos de pandemia, essa é uma das brincadeiras que mais têm permeado o imaginário infantil, segundo Karina Rizek, especialista do Time de Autores NOVA ESCOLA nos planos de aula para a Educação Infantil. “É um jeito que a criança encontrou de simbolizar, significar e dar sentido ao momento que estamos vivendo”, afirma. 

Para a educadora, é muito importante brincar de faz de conta com os pequenos e dar asas à imaginação, criando contextos e participando ativamente das brincadeiras o que vale tanto para as famílias quanto para os professores. Ela ressalta que a importância do faz de conta é reforçada por documentos de referência nacional, como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e as Diretrizes Curriculares Nacionais, mas que, no dia a dia, isso também é visto, pois é comum que as crianças façam de conta e experimentem situações simbólicas a partir de suas vivências.

A brincadeira é algo estruturante na vida das crianças, especialmente nas pequenas e nas bem pequenas, de acordo com a especialista. Trata-se, segundo Karina Rizek, de uma ação exploratória e, ao mesmo tempo, uma forma de compreender o mundo e lidar com as questões do seu entorno. “Não é à toa que as crianças começam suas ações de função simbólica, de faz de conta, imitando a mãe e ações de pessoas que fazem parte do seu cotidiano”, explica. 

Para te ajudar a colocar em prática brincadeiras de faz de conta remotamente, a especialista sugere procurar por livros que estão disponíveis na internet e que possam ser facilmente acessados pelas famílias. Outra dica é gravar vídeos contando histórias e utilizando elementos como sucatas e fantoches. E, por fim, manter o diálogo com as famílias e proximidade com as crianças. 

A seguir você encontra 13 planos sobre o faz de conta, que trazem atividades desenvolvidas por professores e especialistas da NOVA ESCOLA. Os materiais contam com sugestões de adaptação ao ensino remoto e dicas para envolver as famílias nessas dinâmicas. Confira:

 

O cuidado e o faz de conta: banho de bonecos

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Este plano é bom para ser realizado em casa por proporcionar um momento de brincadeira que, além de divertir e envolver muito as crianças, integrará a família. Envie para as famílias, via WhatsApp ou outra plataforma de comunicação, algumas imagens de crianças brincando de faz de conta com bonecos, para inspirar a brincadeira. Dê orientações de como poderão organizar o ambiente e desenvolver a proposta. Com bacias e água, as crianças vão realizar jogos simbólicos que remetem ao cuidado de si e dos outros.

Faz de conta na floresta: sentimentos e expressões

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Nesta sequência, você vai propor à família a construção do álbum das expressões faciais. Para isso, algumas atividades com expressões serão importantes. Para começar, grave um vídeo explicando para as crianças que as nossas expressões faciais mostram como nos sentimos, de acordo com as situações. Como exemplo, use suas próprias expressões. Ainda no vídeo, sugira que as famílias conversem com as crianças, mostrando que você lhes enviou fotos para que elas vejam, explorem, imitem e para que possam, a partir delas, construir um álbum das expressões da família. 

Brincando de faz de conta

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Para realizar essa atividade, você pode incentivar os familiares a ler para a criança histórias sobre princesas e príncipes de sua preferência. O clima do faz de conta vai precisar também de objetos, roupas ou panos que possam ser usados como acessórios da história. Oriente as famílias a explorar bastante os elementos das histórias, tais como imagens, personagens, cenários, acessórios usados pelos personagens etc. Após a leitura da história, convide os familiares a brincar de faz de conta com a criança, oferecendo a ela os adereços de casa separados previamente e permitindo que explore o espaço preparado com vários objetos para brincar e utilizar como quiser.

Narração de história

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Convide as famílias a sentar com a criança para ouvir a história “A Linda Rosa Juvenil”, baseada em uma antiga cantiga de roda, que você poderá compartilhar pelo WhatsApp, Telegram ou outra plataforma de comunicação que a rede esteja utilizando. Após a história, oriente que a família converse com a criança sobre o que ouviu, comentando sobre os personagens. Em seguida, a criança deve ser convidada a representar a história, permitindo que escolha os personagens que deseja interpretar e deixando-a à vontade para se expressar. Oriente que a família brinque junto com a criança, validando suas ações e apoiando sua criatividade. 

Revisitando histórias

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Nesse plano de atividade, a ideia é que os familiares relembrem com a criança, por meio de imagens de livros ou encontradas na internet, histórias que ela já conhece e que possam organizar brincadeiras a partir delas. As brincadeiras podem ser organizadas de acordo com uma lista construída juntamente com a criança sobre o que foi lembrado nas histórias. Enquanto a criança cita os elementos dos quais se lembra, um adulto poderá ser o seu escriba. É interessante que a lista fique acessível à criança, para que possa ser revisitada sempre que houver necessidade; por exemplo, para investir nas próximas brincadeiras.
 

História com teatro

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Para colocar esta aula em prática, sugira que os familiares assistam junto com a criança à peça teatral “Rapunzel”, do Grupo Furunfunfum, exibido pela TV Cultura, e que, para isso, é interessante que seja preparado um ambiente aconchegante. Como a duração da peça é de mais ou menos 50 minutos, oriente os familiares a ficarem atentos ao nível de interesse da criança e que, caso ela demonstre sinais de desinteresse, vale fazer uma pausa na atividade e retomar em outro momento. 
 

Encontro de contações de histórias

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Nessa atividade, combine com os familiares para que ajudem a criança a escolher uma história preferida sobre príncipes e princesas para contar aos amigos no dia do encontro virtual. É interessante que os familiares leiam a história para a criança antes do encontro. Oriente que deixem a criança à vontade para escolher como quer contar a história e dê sugestões: usando fantoches, desenhos, imagens, apenas a voz etc. Para o encontro virtual, combine com os familiares qual o melhor horário para cada família e informe que esse momento será realizado em pequenos grupos, a fim de garantir a participação de todas as crianças.

Brincando com a história dos três porquinhos

Indicado para: Educação Infantil/Creche 
Nessa atividade, as crianças irão ouvir a contação de história “Os Três Porquinhos” e, depois, em família, atuarão como os personagens. Para fazer isso, grave um vídeo e o envie para as famílias via WhatsApp, Telegram, Messenger ou outra plataforma de comunicação, contando a história. Comece o vídeo com uma música que marque o início do momento e utilize fantoches e outros adereços para realizar a contação. Capriche na entonação da voz e nas expressões faciais. 
 

Explorando personagens em uma história de repetição

Indicado para: Educação Infantil/Creche
As crianças participam ativamente da leitura proposta neste plano de atividade, antecipando as partes que já conhecem e que se repetem. Para isso, envie para as famílias o link da história “Bruxa, bruxa, venha à minha festa” (ou outro título que tem uma estrutura que se repete com vários personagens) e passe as orientações por áudio que poderá ser enviado via WhatsApp ou outra plataforma de comunicação que a rede esteja utilizando. Explique que há duas formas de conhecer e brincar com a história, sendo a primeira para ouvir a contação completa e a segunda para as crianças participarem fazendo uma parte da contação em cada página. Depois de ouvirem a história juntos, oriente a família a incentivar a criança a usar a história para brincar com os familiares.

Criando novas partes de uma história de repetição

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Essa atividade envolve uma história de repetição como referência para que as crianças, com base no texto, criem novas falas e brincadeiras inspiradas nele. Grave um áudio e o envie para as famílias via WhatsApp ou outra plataforma de comunicação, explicando a atividade. Conte que as crianças irão ouvir a história de repetição “Quer brincar de pique-esconde?”, de Isabella Carpaneda. Explique, também, que depois de ouvi-la, elas poderão criar outras falas para os personagens da história a partir da brincadeira com bonecos. Para finalizar, você pode propor que crianças e familiares brinquem de esconde-esconde em casa.

Atuando como personagem das histórias

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Aqui, a ideia é a seguinte: as crianças ouvirão uma história e depois farão uma reencenação. Grave um vídeo contando a história "Chapeuzinho Vermelho" para as crianças. No vídeo, conte que elas ouvirão uma história conhecida, mas de uma maneira diferente. Fique à vontade para escolher os recursos que usará para contar a história, caprichando também nas expressões faciais e entonação da voz. Depois de realizar a contação, ainda no vídeo, diga para as crianças que elas poderão brincar de encenar a história junto com os familiares.

Produzindo um cenário e vestimentas para brincar

Indicado para: Educação Infantil/Creche
Para dar asas à imaginação dos pequenos, esta atividade parte de uma história para criar uma brincadeira de faz de conta. Grave um áudio lendo a história de “Cinderela” para as crianças e envie para as famílias. Antes de iniciar a leitura da história, convide as crianças a escolher um cantinho tranquilo da casa para que possam ouvir bem o áudio. Leia a história tranquilamente, fazendo as devidas pausas e alterações na voz para representar as falas de cada personagem. Por fim, depois que finalizar a leitura, convide as crianças a brincar de faz de conta com os seus familiares, produzindo um cenário para imitar as cenas que preferirem da história.

Um novo final para uma história

Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Para colocar este plano de atividade em prática, grave um vídeo lendo uma das histórias preferidas das crianças e, ao final, faça perguntas que instiguem as famílias a pensar em um novo final para a história. Envie-o por WhatsApp ou outra plataforma de comunicação com as famílias e faça o convite: “Se essa história não tivesse esse final, qual vocês acham que seria?” Ao final da atividade, você pode reunir diferentes versões em um Padlet ou PPT e compartilhar com todos.

Tags

Guias

Tags

Guias