15210
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Conhecendo diferentes ritmos musicais

Nesta atividade, as crianças irão ouvir ritmos diversos e pensar em como dançá-los.

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Josiane Souza do Porto

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Conhecendo diferentes ritmos musicais

Os traços marcantes da dança

Dançando como as águas

Passe a dança

Planejando uma apresentação de dança

A proposta convida as crianças a conhecerem diversos estilos musicais e se expressarem por meio da dança. É fundamental que você se aproprie de diferentes ritmos musicais antes de propor o contexto para as crianças. Acessando aqui você encontrará informações sobre como diversos ritmos se apresentam. Neste outro link você acessará uma sugestão de playlist que preparamos para você. Escolha algo em torno de oito ou dez músicas para a realização da atividade com o seu grupo.*

h

Materiais:

Esta atividade envolve a reprodução de músicas, por isso, reserve um notebook, uma caixa de som e o arquivo com as músicas.Separe também equipamento de fotografia e filmagem para fazer registros da vivência das crianças.

Espaços:

Preveja que a atividade deva ocorrer em um espaço amplo, de preferência em ambiente externo e que ele disponha de tomadas, para que seja possível o uso do equipamento de som. É fundamental que você teste os equipamentos e os arquivos antes de propor a vivência para o grupo. Considere que o espaço esteja livre de mobiliários e atenda os pequenos grupos, que deverão se movimentar, criando uma dança. Permita que os grupos se organizem acordo com as próprias preferências de estilos e ritmos musicais, sendo possível e interessante que as equipes possam se modificar a cada música proposta.

.

Tempo sugerido:

Aproximadamente uma hora e 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais critérios as crianças utilizaram para discriminar o estilo apresentado? Atentaram-se ao ritmo, à melodia? Associaram com outras músicas do mesmo estilo? O que alcançou maior destaque em suas percepções?

2. Como as crianças estão criando seus gestos e movimentos em relação aos ritmos vivenciados? Buscam fazê-los junto aos pares? Repetem os mesmos movimentos em ritmos diferentes? Cuidam para que ele, mesmo igual, seja conforme o ritmo, por exemplo, girar o braço rápido em um ritmo e devagar em outro? m

3. Como ascrianças interagiram com a proposta? Evidenciaram preferência por um ritmo? O que fez com que você percebesse isso?

Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Transite pelo espaço observando as manifestações corporais das crianças nos momentos da dança.Observe quem são aquelas que preferem não participar da atividade. Nesse caso, busque respeitá-las, fazendo o convite para que ela aprecie os colegas dançando. Você pode ainda convidá-la para fazer registros fotográficos, por exemplo, e dizer que ela pode interromper essa tarefa a qualquer momento, caso queira entrar na dança.

tos

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se sentar em roda junto a você e diga a elas que você hoje reservou um momento para que experimentem dançar diferentes ritmos musicais. Investigue junto a elas quais músicas elas gostam de dançar e por que. Instigue-as a dar informações, da forma que preferirem, explicando sobre os gestos ou demonstrando-os para os colegas. Vá descobrindo quais são os ritmos já conhecidos pelo grupo. Acolha de forma positiva as expressões dos pequenos, valorizando-as, de modo que as crianças percebam essas ações. Ainda nessa conversa, investigue junto ao grupo as percepções sobre as expressões diversas da dança como uma representação cultural, apoiando-se em vivências das crianças em festas culturais e também nas possíveis diversidades regionais existentes no grupo.ê.


2

Depois de as crianças terem se expressado, trazendo aquilo que já conhecem sobre a dança, convide-as para apreciar a playlist que você preparou e peça que se expressem por meio da dança. Conte a elas que você selecionou algumas músicas para apresentar a elas estilos musicais variados. Engaje-as dizendo que as músicas as convidarão para as ouvirem, sentirem e dança-las com todo o corpo. Diga ainda que esse primeiro convite é individual, sendo assim, peça que cada criança fique livre para encontrar a melhor maneira de sentir a música e de criar os movimentos que ela a convida a fazer.

. o. eám.


3

Sugira que as crianças se organizem em pequenos grupos no espaço que você preparou e convide-as para entrar na dança. Faça alguns acordos com o grupo, para que neste primeiro momento, por exemplo, evitem conversas com os pares, pois, como a música faz o convite para todo o nosso corpo, ele precisa estar atento. Portanto, a conversa pode fazer com que percamos partes importantes do convite da música. Entretanto, diga que se alguma música os convidarem para dançar em duplas ou em grupos, eles podem aceitar esse convite, contudo, unindo-se em gestos e não pela fala.

Enquanto as crianças constroem percepções e movimentos, observe-as, verificando quais expressões estão emergindo, como os corpos delas estão respondendo ao convite da música, que movimentos criam e ressignificam. Atente-se também para o que as expressões faciais revelam neste momento, como ocorrem as interações das crianças, como oferecem apoio umas às outras e como exploram o espaço, cuidando para não interferir a criação ou tropeçar no colega.


a.o.

4

Continue a observar as relações que as crianças estão estabelecendo, inclusive se optarem por formarem novos agrupamentos. Faça mediações apenas se de fato encontrar necessidade. Caso observe que alguma criança não está envolvida com a proposta, antes de fazer qualquer inferência à sua postura, busque observá-la por um tempo, a fim de investigar qual relação ela está construíndo. Seu olhar, sua expressão, o movimento de seus olhos pode indicar que ela está apreciando o momento de vivência dos pares. Considere permitir que ela viva esse momento, registre-o e busque envolvê-la na partilha de ações, contando o que sentiu ao apreciar a proposta.

Durante sua observação, faça registros fotográficos, a fim de construir memórias de aprendizagens para o seu grupo e reflexões para você investigar ainda mais as pistas de aprendizagens das crianças. Observe o tempo que planejou para o momento e também a interação do grupo com a proposta, podendo ampliá-lo ou reduzi-lo. Faltando cerca de 30 segundos para finalizar, vá abaixando aos poucos a música, indicando ao grupo a finalização do momento com o silêncio total da canção.

os-se


5

Após as crianças terem vivenciado a dança dos ritmos preparados por você, convide a turma para se reunir novamente em roda. Neste momento, instigue as crianças a expressar suas impressões e sentimentos acerca da vivência. Investigue junto a elas as percepções dos diversos ritmos presentes, buscando descobrir sobre como se movimentaram em cada um deles. Permita que falem sobre quais foram os convites para que se movimentassem rápido, quais foram para dançar devagar e de forma leve, quais chamaram o corpo para pular, se algum convidou para se unir a um colega, dentre outras questões que julgar interessantes, pautadas em sua observações. Aja de forma responsiva acolhendo, aprofundando e apoiando as sistematizações das descobertas e curiosidades que emergem do grupo.

*o.


Para finalizar:

Ainda em roda, conte às crianças que elas vivenciarão outras propostas que as convidarão para momentos divertidos de expressão pela dança. Em seguida, engaje-as na organização do espaço. Proponha que dancem enquanto o organizam, colocando uma música divertida para o momento. Ao terminarem, convide-as para que vivenciem a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Realize esta atividade utilizando tecidos leves para as crianças comporem suas danças. A proposta é que, além de utilizarem o corpo para expressarem os ritmos, elas possa, se apoiar nos tecidos, criando com eles novas formas e composições para as danças.

Engajando as famílias

Utilize o registro fotográfico das crianças dançando e monte uma exposição com as imagens. Organize o espaço de modo que convide as famílias a transitar pelo ambiente, dispondo as fotos nas paredes, penduradas em varais ou em tecidos. Coloque à disposição equipamentos de som com as faixas reproduzidas na atividade e conecte a eles fones de ouvido. Deixe ainda um cartaz em branco e uma mensagem próxima a ele, convidando os familiares para registrar nomes de músicas que gostam para a composição de uma playlist coletiva.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03TS03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano