14700
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 2º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Relação entre grafemas e fonemas

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do EF sobre Relação entre grafemas e fonemas

Plano 01 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Regivane Dos Santos Brito

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é compreender a relação entre grafemas e fonemas de palavras com correspondências regulares diretas.

Materiais necessários: Trava-língua: “Se o papa papasse papa, se o papa papasse pão, se o papa tudo papasse, seria um papa-papão” impresso, trava-línguas com a predominância das letras P/B, F/V, T/D impressos, tabela de registro, lápis, borracha, quadro, caneta piloto, pen drive, data show, notebook.

Dificuldades antecipadas: Os alunos poderão ter dificuldade para fazer a relação entre grafema-fonema dos pares mínimos F/V, T/D, P/B por conta da pronúncia, pois apesar de cada uma dessas letras expressar um determinado som, esses pares mínimos são pronunciados de forma muito parecida, o que pode confundir as crianças em processo de alfabetização.

Referências sobre o assunto:

SILVA, A. Ortografia na sala de aula. (org) SILVA, A.; MORAIS, A. G.; MELO, K. L. R. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

MORAIS, A. G. Sistema de escrita alfabética. São Paulo:Melhoramentos, 2012.

LEITE, T. M.; MORAIS, A. G. O conhecimento do nome das letras e sua relação com a apropriação do sistema de escrita alfabética. Atos de pesquisa em educação. Blumenau: FURB, v.6, pp.6-24, 2011.

ESPECIAL ORTOGRAFIA REFLEXIVA: Caminhos entre letras e sons. Disponível em: <http://www.plataformadoletramento.org.br/hotsite/especial-ortografia-reflexiva/>. Acesso em: 04 de outubro de 2018.

Glossário Ceale. Disponível em: <http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/ortografia>. Acesso em: 06 de outubro de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Projete ou registre no quadro o tema desta aula e apresente-o para os alunos, explicando que eles irão analisar alguns trava-línguas que possuem palavras com correspondências regulares diretas entre letras/grafemas e sons/fonemas.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula perguntando: alguém sabe o que são trava-línguas?

Caso os alunos tenham dificuldade para explicar, o professor pode dizer que trava-línguas são textos que servem para se divertir e que possuem frases com muitas sílabas difíceis de pronunciar, ou sílabas formadas com os mesmos sons e que devem ser pronunciadas de forma rápida e clara, o que se torna um desafio.

Quem conhece algum trava-língua?

Espera-se que os alunos citem alguns exemplos, caso eles não consigam, o professor pode citar - nos materiais complementares do slide 4 você encontra alguns exemplos.

  • Entregue para os alunos o trava-língua: “Se o papa papasse papa, se o papa papasse pão, se o papa tudo papasse, seria um papa-papão”.
  • Faça a leitura do trava-língua e, em seguida, peça que os alunos tentem memorizá-lo para conseguir falar bem rápido sem errar.
  • Oriente que, primeiro, memorizem palavra por palavra e depois leia todo trava-língua devagar até conseguir dizê-lo rapidamente.
  • Organize a sala em círculo e peça que alguns alunos, um de cada vez, tente dizer o trava-língua de forma bem rápida.
  • Depois dessa brincadeira, organize a turma em grupos com quatro alunos cada, de modo que os alunos que já leem fluentemente possam estar distribuídos nos grupos e ajudem os colegas não alfabéticos.

Materiais complementares: Clique aqui para acessar o trava-línguas para impressão.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Entregue dois trava-línguas para cada grupo. É interessante selecionar trava-línguas que tenham as letras P/B, F/V, T/D, para que os alunos possam observar o som dessas letras. Nesse caso, um grupo recebe um trava-línguas com a predominância da letra P e um com a predominância da letra B; o outro grupo recebe um trava-línguas com a predominância da letra F e um com a predominância da letra V, e assim sucessivamente.
  • Solicite aos grupos que façam a leitura dos dois trava-línguas e localizem as letras que aparecem várias vezes e que apresentam sons semelhantes.
  • Peça que os alunos registrem em uma tabela algumas informações dos trava-línguas, tais como: a palavra que mais se repete, as palavras que são iniciadas com a mesma letra da palavra que mais se repete, a letra predominante e as palavras que possuem a letra predominante em diferentes posições, para que os alunos percebam que o grafema predominante representam um único fonema. Por exemplo, se o grupo ficou com o trava-língua: “O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo tempo tem”, a palavra que mais se repete (tempo), as palavras que são iniciadas com a mesma letra da palavra que se repete (tempo - tem, tanto), a letra predominante (t) e as palavras que possuem a letra predominante em diferentes posições (perguntou, quanto).
  • Circule pela sala, observando as discussões nos grupos e faça intervenções quando os alunos apresentarem dificuldades. Por exemplo, não conseguirem identificar a predominância de determinada letra no trava-língua, principalmente quando a letra estiver em posições diferentes nas palavras. Nesse caso, você pode ler o trava-língua, pausadamente, e pedir que os alunos prestem atenção no som das letras de cada palavra.
  • Observe o desempenho dos alunos durante a atividade e faça anotações que possam lhe ajudar a analisar os avanços e as dificuldades de cada criança, descobrir quais os agrupamentos que trabalharam bem em parceria e quais agrupamentos precisarão ser reorganizados em outras aulas/atividades.

Materiais complementares: Clique aqui para acessar alguns trava-línguas com os pares de letras P/B, F/V, T/D. Clique aqui para acessar o modelo da tabela de registro.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Solicite que um representante de cada grupo, socialize os seus trava-línguas.
  • Escolha alguns grupos e pergunte: qual foi a letra cujo som mais apareceu nos trava-línguas de vocês? Espera-se que os alunos respondam que foram as letras T/D, F/V ou P/B, letras escolhidas como predominantes nos trava-línguas.

Vocês perceberam alguma semelhança entre essas letras?

Espera-se que os alunos respondam que esses pares de letras possuem sons parecidos.

Essas letras representam sons diferentes em diferentes palavras?

Espera-se que os alunos respondam que não porque cada grafema representa um único fonema e vice-versa, independente da posição que essas letras aparecem nas palavras.

  • Anote as respostas no quadro.
  • Explique aos alunos que os pares de letras P/B, F/V, T/D são pronunciadas de forma muito parecida, mas cada uma dessas letras representa um único som/fonema, ou seja, não há outra letra ou grupo de letras competindo com o som delas. Isso significa que há uma correspondência regular direta entre grafemas e fonemas e vice-versa. Aqui você pode citar um exemplo de um grafema que representa mais de um fonema para que os alunos percebam a diferença, por exemplo, a letra G em GIRAFA possui o mesmo som da letra J, da palavra JILÓ, JOELHO, JOANINHA, etc.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é compreender a relação entre grafemas e fonemas de palavras com correspondências regulares diretas.

Materiais necessários: Trava-língua: “Se o papa papasse papa, se o papa papasse pão, se o papa tudo papasse, seria um papa-papão” impresso, trava-línguas com a predominância das letras P/B, F/V, T/D impressos, tabela de registro, lápis, borracha, quadro, caneta piloto, pen drive, data show, notebook.

Dificuldades antecipadas: Os alunos poderão ter dificuldade para fazer a relação entre grafema-fonema dos pares mínimos F/V, T/D, P/B por conta da pronúncia, pois apesar de cada uma dessas letras expressar um determinado som, esses pares mínimos são pronunciados de forma muito parecida, o que pode confundir as crianças em processo de alfabetização.

Referências sobre o assunto:

SILVA, A. Ortografia na sala de aula. (org) SILVA, A.; MORAIS, A. G.; MELO, K. L. R. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

MORAIS, A. G. Sistema de escrita alfabética. São Paulo:Melhoramentos, 2012.

LEITE, T. M.; MORAIS, A. G. O conhecimento do nome das letras e sua relação com a apropriação do sistema de escrita alfabética. Atos de pesquisa em educação. Blumenau: FURB, v.6, pp.6-24, 2011.

ESPECIAL ORTOGRAFIA REFLEXIVA: Caminhos entre letras e sons. Disponível em: <http://www.plataformadoletramento.org.br/hotsite/especial-ortografia-reflexiva/>. Acesso em: 04 de outubro de 2018.

Glossário Ceale. Disponível em: <http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/ortografia>. Acesso em: 06 de outubro de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Projete ou registre no quadro o tema desta aula e apresente-o para os alunos, explicando que eles irão analisar alguns trava-línguas que possuem palavras com correspondências regulares diretas entre letras/grafemas e sons/fonemas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula perguntando: alguém sabe o que são trava-línguas?

Caso os alunos tenham dificuldade para explicar, o professor pode dizer que trava-línguas são textos que servem para se divertir e que possuem frases com muitas sílabas difíceis de pronunciar, ou sílabas formadas com os mesmos sons e que devem ser pronunciadas de forma rápida e clara, o que se torna um desafio.

Quem conhece algum trava-língua?

Espera-se que os alunos citem alguns exemplos, caso eles não consigam, o professor pode citar - nos materiais complementares do slide 4 você encontra alguns exemplos.

  • Entregue para os alunos o trava-língua: “Se o papa papasse papa, se o papa papasse pão, se o papa tudo papasse, seria um papa-papão”.
  • Faça a leitura do trava-língua e, em seguida, peça que os alunos tentem memorizá-lo para conseguir falar bem rápido sem errar.
  • Oriente que, primeiro, memorizem palavra por palavra e depois leia todo trava-língua devagar até conseguir dizê-lo rapidamente.
  • Organize a sala em círculo e peça que alguns alunos, um de cada vez, tente dizer o trava-língua de forma bem rápida.
  • Depois dessa brincadeira, organize a turma em grupos com quatro alunos cada, de modo que os alunos que já leem fluentemente possam estar distribuídos nos grupos e ajudem os colegas não alfabéticos.

Materiais complementares: Clique aqui para acessar o trava-línguas para impressão.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Entregue dois trava-línguas para cada grupo. É interessante selecionar trava-línguas que tenham as letras P/B, F/V, T/D, para que os alunos possam observar o som dessas letras. Nesse caso, um grupo recebe um trava-línguas com a predominância da letra P e um com a predominância da letra B; o outro grupo recebe um trava-línguas com a predominância da letra F e um com a predominância da letra V, e assim sucessivamente.
  • Solicite aos grupos que façam a leitura dos dois trava-línguas e localizem as letras que aparecem várias vezes e que apresentam sons semelhantes.
  • Peça que os alunos registrem em uma tabela algumas informações dos trava-línguas, tais como: a palavra que mais se repete, as palavras que são iniciadas com a mesma letra da palavra que mais se repete, a letra predominante e as palavras que possuem a letra predominante em diferentes posições, para que os alunos percebam que o grafema predominante representam um único fonema. Por exemplo, se o grupo ficou com o trava-língua: “O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo tempo tem”, a palavra que mais se repete (tempo), as palavras que são iniciadas com a mesma letra da palavra que se repete (tempo - tem, tanto), a letra predominante (t) e as palavras que possuem a letra predominante em diferentes posições (perguntou, quanto).
  • Circule pela sala, observando as discussões nos grupos e faça intervenções quando os alunos apresentarem dificuldades. Por exemplo, não conseguirem identificar a predominância de determinada letra no trava-língua, principalmente quando a letra estiver em posições diferentes nas palavras. Nesse caso, você pode ler o trava-língua, pausadamente, e pedir que os alunos prestem atenção no som das letras de cada palavra.
  • Observe o desempenho dos alunos durante a atividade e faça anotações que possam lhe ajudar a analisar os avanços e as dificuldades de cada criança, descobrir quais os agrupamentos que trabalharam bem em parceria e quais agrupamentos precisarão ser reorganizados em outras aulas/atividades.

Materiais complementares: Clique aqui para acessar alguns trava-línguas com os pares de letras P/B, F/V, T/D. Clique aqui para acessar o modelo da tabela de registro.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Solicite que um representante de cada grupo, socialize os seus trava-línguas.
  • Escolha alguns grupos e pergunte: qual foi a letra cujo som mais apareceu nos trava-línguas de vocês? Espera-se que os alunos respondam que foram as letras T/D, F/V ou P/B, letras escolhidas como predominantes nos trava-línguas.

Vocês perceberam alguma semelhança entre essas letras?

Espera-se que os alunos respondam que esses pares de letras possuem sons parecidos.

Essas letras representam sons diferentes em diferentes palavras?

Espera-se que os alunos respondam que não porque cada grafema representa um único fonema e vice-versa, independente da posição que essas letras aparecem nas palavras.

  • Anote as respostas no quadro.
  • Explique aos alunos que os pares de letras P/B, F/V, T/D são pronunciadas de forma muito parecida, mas cada uma dessas letras representa um único som/fonema, ou seja, não há outra letra ou grupo de letras competindo com o som delas. Isso significa que há uma correspondência regular direta entre grafemas e fonemas e vice-versa. Aqui você pode citar um exemplo de um grafema que representa mais de um fonema para que os alunos percebam a diferença, por exemplo, a letra G em GIRAFA possui o mesmo som da letra J, da palavra JILÓ, JOELHO, JOANINHA, etc.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 2º ano :

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 2º ano:

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF02LP03 da BNCC

2º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano