9470
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Longe ou perto?

POR: Juliana Portella de Freitas 16/07/2018
Código: MAT1_08GEO01

1º ano / Matemática / Geometria

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF01MA11) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

Plano de aula de Matemática com atividades para 1º ano do Fundamental sobre Posicionar objetos e identificá-los utilizando a linguagem posicional.

 

Objetivo select-down

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Juliana Portella de Freitas

Mentor:  Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira



Habilidade da BNCC

(EF01MA11) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial.

Objetivos específicos

Posicionar objetos e identificá-los utilizando a linguagem posicional.

Conceito-chave

Longe e Perto

Materiais Necessários:

  • Papel manilha, pardo ou cartolina;
  • Imagem de castelo (impressa conforme o modelo outra);
  • Lápis de cor ou canetinha;
  • Impressão da atividade de raio-x.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projetar ou ler o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Aquecimento select-down

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Colar um castelo no quadro para que todos possam visualizar (para acessar um modelo de castelo clique aqui), se preferir pode projetar o slide.

Para iniciar, o professor deve fazer a leitura da história do Rei Esquisito.

Fazer algumas perguntas para as crianças referente ao que está perto e/ou longe da referência que determinar (o professor pode criar suas perguntas ou utilizar as sugestões de perguntas abaixo).

Sugestão de perguntas:

  • A porta está perto ou longe do quadro?
  • E a sua carteira está perto ou longe da porta?
  • A sua cadeira está longe da sua mesa?

Possíveis soluções:

  • As soluções variam conforme a disposição da sala de aula.

Propósito: Antecipar os conhecimentos da turma sobre a temática.

Atividade Principal select-down

Tempo sugerido: 15 minutos.

O que é necessário: Para realização dessa atividade é necessário que o professor prepare algumas folhas grandes (papel pardo, cartolina ou papel manilha) com a imagem de um castelo colada ao centro da folha.

Orientações: Essa atividade será realizada em grupos de até 5 crianças.

Organizar os grupos.

O professor deve ler o contexto da atividade (se preferir pode projetar o slide do contexto).

Pedir que o grupo converse sobre quais elementos podem fazer parte de uma cena medieval. Nesse momento o professor deve passar pelos grupos fazendo perguntas sobre os conhecimentos que eles possuem, bem como, ajudando-os a formular ideias.

Sugestão de perguntas:

  • Quem mora num castelo?
  • O que pode ter ao redor?
  • O que mais será que tem haver com castelo?

Chamar a atenção da turma e pedir para que cada grupo fale quais elementos pensaram.

O professor deve anotar no quadro os elementos relatados pelos grupos (para que utilizem como apoio na realização da atividade).

Sugestões de elementos:

  • Dragão;
  • Príncipe/princesa;
  • Rei/rainha;
  • Soldados;
  • Canhão/catapulta;
  • Fosso;
  • Ponte;
  • Torre;
  • Cavaleiro;
  • Árvores;
  • Arqueiros;
  • Gigantes;
  • Muralha.

Em seguida distribuir a folha grande com a imagem do castelo colada para cada grupo.

Orientar os grupos que cada integrante deve desenhar um elemento para formar a cena, considerando se o elemento desenhado ficará perto ou longe do castelo.

A partir do momento que começarem a desenhar, o professor deve circular pelos grupos fazendo as intervenções necessárias.

Sugestão de intervenções:

  • Você acha que o que está desenhando fica melhor perto ou longe do castelo?
  • O que o grupo acha que tem perto de um castelo? E longe?

As perguntas podem variar conforme o desenvolvimento do grupo em relação a elaboração da cena.

Propósito: Proporcionar aos alunos reflexão sobre a posição de objetos a partir de um ponto de referência, bem como, utilizar a linguagem posicional.

Materiais Complementares:

Atividade Principal

Resolução da atividade principal

Guia de intervenção

Discussão das soluções select-down

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Cada grupo fará a apresentação da sua cena. Orientar a turma que para apresentar a sua cena terão que utilizar a linguagem posicional perto ou longe com referência no castelo. Chamar um grupo de cada vez à frente da sala e cada integrante do grupo apresentará o elemento que desenhou, falando se está perto ou longe do castelo. Ao final das apresentações, fixar a solução de cada grupo em um local onde a turma toda possa visualizar.

Comparando: Observar os elementos em comum no desenho dos grupos.

Fazer comparações com esses elementos.

Sugestão de comparação:

  • Todos os grupos desenharam um dragão, em qual grupo ele está longe do castelo?
  • Todos desenharam uma princesa, em qual ou quais grupos ela está perto do castelo?

O professor pode fazer comparações utilizando outro ponto de referência além do castelo.

Propósito: Comparar as soluções dos grupos e problematizá-las.

Materiais Complementares:

Para acessar a resolução dessa atividade clique aqui.

Sistematização do conceito select-down

Tempo sugerido: 3 minutos.

Conceito principal: longe e perto

Para localizar pessoas ou objetos num determinado espaço é necessário determinar um referencial. Sendo assim, só consigo localizar se uma pessoa e/ou objeto está longe ou perto quando tenho um referencial.

Orientações: Agora é hora de sistematizar o que foi aprendido. O professor deve ler o slide (se preferir pode projetar) para os alunos.

Após a leitura, o professor deve concluir com os alunos que só conseguimos determinar a posição de algo quando temos uma referência, então, é necessário sempre perguntar “tal coisa está perto ou longe do quê?”

Indicação:

SMOLE, Katia Stocco; DINIZ, Maria Ignez; CANDIDO, Patricia. Figuras e Formas, 2. ed. rev - Porto Alegre:Penso, 2014.

Encerramento select-down

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: O professor deve retomar os conceitos longe e perto para encerrar o plano.

Propósito: Retomar o conceito da aula perto e longe.

Raio X select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Essa atividade será individual, cada aluno receberá uma folha para resolução.

O professor deverá ler o contexto da atividade (poderá também projetar o slide do contexto como recurso), em seguida distribuirá a folha impressa com o desenho da mesinha para o aluno desenhar os materiais do Cauê, conforme as orientações. No próximo momento, o professor pode tanto usar as instruções sugeridas aqui ou elaborar a suas própria questões.

Ler uma instrução e esperar os alunos resolverem para então seguir para a próxima.

  • A tesoura está perto do lápis;
  • A régua está longe da tesoura;
  • O caderno está longe da régua;
  • A calculadora está perto do lápis.

Propósito: Observar se os alunos conseguem registrar a posição dos objetos a partir de informações.

O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram atingir o conteúdo proposto, então procure identificar e anotar os comentários de cada um, bem como as suas observações para as futuras ações.

Materiais Complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projetar ou ler o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Juliana Portella de Freitas

Mentor:  Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira



Habilidade da BNCC

(EF01MA11) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial.

Objetivos específicos

Posicionar objetos e identificá-los utilizando a linguagem posicional.

Conceito-chave

Longe e Perto

Materiais Necessários:

  • Papel manilha, pardo ou cartolina;
  • Imagem de castelo (impressa conforme o modelo outra);
  • Lápis de cor ou canetinha;
  • Impressão da atividade de raio-x.

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Colar um castelo no quadro para que todos possam visualizar (para acessar um modelo de castelo clique aqui), se preferir pode projetar o slide.

Para iniciar, o professor deve fazer a leitura da história do Rei Esquisito.

Fazer algumas perguntas para as crianças referente ao que está perto e/ou longe da referência que determinar (o professor pode criar suas perguntas ou utilizar as sugestões de perguntas abaixo).

Sugestão de perguntas:

  • A porta está perto ou longe do quadro?
  • E a sua carteira está perto ou longe da porta?
  • A sua cadeira está longe da sua mesa?

Possíveis soluções:

  • As soluções variam conforme a disposição da sala de aula.

Propósito: Antecipar os conhecimentos da turma sobre a temática.

Tempo sugerido: 15 minutos.

O que é necessário: Para realização dessa atividade é necessário que o professor prepare algumas folhas grandes (papel pardo, cartolina ou papel manilha) com a imagem de um castelo colada ao centro da folha.

Orientações: Essa atividade será realizada em grupos de até 5 crianças.

Organizar os grupos.

O professor deve ler o contexto da atividade (se preferir pode projetar o slide do contexto).

Pedir que o grupo converse sobre quais elementos podem fazer parte de uma cena medieval. Nesse momento o professor deve passar pelos grupos fazendo perguntas sobre os conhecimentos que eles possuem, bem como, ajudando-os a formular ideias.

Sugestão de perguntas:

  • Quem mora num castelo?
  • O que pode ter ao redor?
  • O que mais será que tem haver com castelo?

Chamar a atenção da turma e pedir para que cada grupo fale quais elementos pensaram.

O professor deve anotar no quadro os elementos relatados pelos grupos (para que utilizem como apoio na realização da atividade).

Sugestões de elementos:

  • Dragão;
  • Príncipe/princesa;
  • Rei/rainha;
  • Soldados;
  • Canhão/catapulta;
  • Fosso;
  • Ponte;
  • Torre;
  • Cavaleiro;
  • Árvores;
  • Arqueiros;
  • Gigantes;
  • Muralha.

Em seguida distribuir a folha grande com a imagem do castelo colada para cada grupo.

Orientar os grupos que cada integrante deve desenhar um elemento para formar a cena, considerando se o elemento desenhado ficará perto ou longe do castelo.

A partir do momento que começarem a desenhar, o professor deve circular pelos grupos fazendo as intervenções necessárias.

Sugestão de intervenções:

  • Você acha que o que está desenhando fica melhor perto ou longe do castelo?
  • O que o grupo acha que tem perto de um castelo? E longe?

As perguntas podem variar conforme o desenvolvimento do grupo em relação a elaboração da cena.

Propósito: Proporcionar aos alunos reflexão sobre a posição de objetos a partir de um ponto de referência, bem como, utilizar a linguagem posicional.

Materiais Complementares:

Atividade Principal

Resolução da atividade principal

Guia de intervenção

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Cada grupo fará a apresentação da sua cena. Orientar a turma que para apresentar a sua cena terão que utilizar a linguagem posicional perto ou longe com referência no castelo. Chamar um grupo de cada vez à frente da sala e cada integrante do grupo apresentará o elemento que desenhou, falando se está perto ou longe do castelo. Ao final das apresentações, fixar a solução de cada grupo em um local onde a turma toda possa visualizar.

Comparando: Observar os elementos em comum no desenho dos grupos.

Fazer comparações com esses elementos.

Sugestão de comparação:

  • Todos os grupos desenharam um dragão, em qual grupo ele está longe do castelo?
  • Todos desenharam uma princesa, em qual ou quais grupos ela está perto do castelo?

O professor pode fazer comparações utilizando outro ponto de referência além do castelo.

Propósito: Comparar as soluções dos grupos e problematizá-las.

Materiais Complementares:

Para acessar a resolução dessa atividade clique aqui.

Tempo sugerido: 3 minutos.

Conceito principal: longe e perto

Para localizar pessoas ou objetos num determinado espaço é necessário determinar um referencial. Sendo assim, só consigo localizar se uma pessoa e/ou objeto está longe ou perto quando tenho um referencial.

Orientações: Agora é hora de sistematizar o que foi aprendido. O professor deve ler o slide (se preferir pode projetar) para os alunos.

Após a leitura, o professor deve concluir com os alunos que só conseguimos determinar a posição de algo quando temos uma referência, então, é necessário sempre perguntar “tal coisa está perto ou longe do quê?”

Indicação:

SMOLE, Katia Stocco; DINIZ, Maria Ignez; CANDIDO, Patricia. Figuras e Formas, 2. ed. rev - Porto Alegre:Penso, 2014.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: O professor deve retomar os conceitos longe e perto para encerrar o plano.

Propósito: Retomar o conceito da aula perto e longe.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Essa atividade será individual, cada aluno receberá uma folha para resolução.

O professor deverá ler o contexto da atividade (poderá também projetar o slide do contexto como recurso), em seguida distribuirá a folha impressa com o desenho da mesinha para o aluno desenhar os materiais do Cauê, conforme as orientações. No próximo momento, o professor pode tanto usar as instruções sugeridas aqui ou elaborar a suas própria questões.

Ler uma instrução e esperar os alunos resolverem para então seguir para a próxima.

  • A tesoura está perto do lápis;
  • A régua está longe da tesoura;
  • O caderno está longe da régua;
  • A calculadora está perto do lápis.

Propósito: Observar se os alunos conseguem registrar a posição dos objetos a partir de informações.

O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram atingir o conteúdo proposto, então procure identificar e anotar os comentários de cada um, bem como as suas observações para as futuras ações.

Materiais Complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da complementar

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Juliana Portella de Freitas

Mentor:  Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira



Habilidade da BNCC

(EF01MA11) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial.

Objetivos específicos

Posicionar objetos e identificá-los utilizando a linguagem posicional.

Conceito-chave

Longe e Perto

Materiais Necessários:

  • Papel manilha, pardo ou cartolina;
  • Imagem de castelo (impressa conforme o modelo outra);
  • Lápis de cor ou canetinha;
  • Impressão da atividade de raio-x.

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes