13716
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 4º ano > Leitura/Escuta

Plano de aula - A mesma notícia por pontos de vistas diferentes

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Fundamental sobre uma notícia vista por diferentes ângulos

Plano 02 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Maria Caroline Silveira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia e no campo de atuação vida pública. A aula faz parte do módulo de leitura.

Materiais necessários: Computador on-line; projetor multimídia, caixas de som; cópias dos materiais listados nas orientações (quantidades de acordo com o número de alunos).

Informações sobre o gênero: O gênero notícia pode ser entendido como um texto no qual se divulga um fato ou acontecimento, veiculado principalmente por jornais, revistas e rádios, impressos, eletrônicos ou televisivos. Por ser um gênero massivo de comunicação atinge a todas as camadas da população, trazendo informações e contribuindo para a formação de opinião. Esses textos são dinâmicos, atuais e periódicos, e, como não é qualquer fato que vira notícia, ele deve ser marcado pelo ineditismo, gerar interesse e identificação no leitor. Tendo em vista que há diversos públicos que leem os jornais, cada linha editorial se adequa ao que entende que chamará mais a atenção de seu público alvo, determinando assim seu vocabulário, extensão do texto, temáticas e o nível de parcialidade no tratamento das informações. A notícia é composta por três partes: título, lead e corpo. O título e subtítulo (quando houver) devem despertar o interesse no leitor, títulos com maior destaque em uma publicação são conhecidos também como manchetes; o lead (1º parágrafo do texto) deve apresentar as informações essenciais do fato: o quê, quem, quando, onde, como, por quê; tais informações serão mais detalhadas no corpo do texto. As fotos e legendas também são marcas desse gênero e servem como um resumo da notícia. Os alunos devem saber que para se escolher a notícia que se vai ler, dentre tantas em um jornal, é comum se ater ao título e a imagem, por isso essas escolhas são feitas com muito critério pelos jornais.

Dificuldades antecipadas: Algumas crianças dessa faixa etária podem ter dificuldades para interpretar e analisar os textos de forma autônoma, alguns porque podem estar em processo de compreensão do sistema de escrita e outros porque estão aprendendo a opinar e articular suas ideias.

Referências sobre o assunto:

ARAUJO, Djario Dias. Extra! Extra! Notícias na sala de aula! In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.197 – 206. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf>.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula lendo o tema.
  • Questione os alunos sobre: O que é “ponto de vista”?

Possíveis respostas: é o que “achamos” sobre alguma coisa. Caso os alunos não saibam responder ou respondam apenas “é o que achamos”, complemente a resposta explicando que ponto de vista se refere à uma opinião, pensamento que as pessoas podem ter sobre um determinado assunto/acontecimento e os pontos de vistas podem ser diferentes.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

1. Inicie uma roda de conversa, perguntando para os alunos se eles conhecem a história dos 3 porquinhos.

2. Peça para eles recontarem brevemente o que acontece nessa história. Se precisar, ajude-os a lembrar: chegando na idade adulta, 3 porquinhos decidem construir suas casas, a mãe lhes avisa para tomar cuidado com o Lobo Mau que vive na floresta. O 1º decide construir uma casa de palha, o 2º, uma de madeira. E só o 3º, que é mais precavido, constrói uma casa mais estruturada, feita de tijolos. O Lobo Mau aparece e derruba as duas primeiras casas com um sopro, os porquinhos correm para casa de tijolos do irmão. O Lobo, percebendo que não conseguirá destruir essa casa com um sopro, decide entrar pela chaminé. Debaixo da chaminé os porquinhos colocam um caldeirão quente e ao entrar o Lobo se queima e foge, ficando os 3 porquinhos a salvo).

3. Pergunte se eles conhecem outra versão dessa história e se eles acham que esse pode ser apenas “um ponto de vista” sobre a história. Pergunte quem eles acham que contou ou escreveu essa história pela primeira vez.

4. Fale para os alunos que a seguir eles irão assistir a um vídeo com essa mesma história sendo contada por um outro personagem, de um outro “ponto de vista”.

Materiais complementares: Para acessar o vídeo clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Assistam ao vídeo, clicando no link dos materiais complementares.

  • Depois de assistirem ao vídeo, questione os alunos:

a) Quais as diferenças entre esta história e a história dos 3 porquinhos que conhecemos?
Respostas possíveis: Nesta história o lobo não é mau. Ou, nesta história o objetivo do lobo era diferente do objetivo do lobo na história que conhecemos.
b) O que acharam do ponto de vista do Lobo?
Respostas possíveis: Ele foi vítima de um porco mau, de armação (ou de um mal entendido) e de um repórter interessado em dar mais popularidade à sua notícia; Parece que o lobo está mentindo para se safar, pois afinal comeu 2 porquinhos e tentava invadir a casa do terceiro.
c) Por que os jornalistas acharam que a história de um lobo resfriado pedindo açúcar não era emocionante?
Respostas possíveis: Porque esse não é nenhum grande acontecimento para virar notícia; Porque isso é apenas uma situação corriqueira, que pode acontecer a qualquer um.

d) Agora, se o lobo tivesse escrito a manchete da notícia, como poderia ser?
Respostas possíveis: “Lobo gripado sai para pedir açúcar e é vítima de armação pelos irmãos porcos.“

3. Amplie o slide para ver os detalhes das imagens com os alunos (o print da tela do vídeo mostra dois jornais). No topo da 1ª imagem está escrito “Diário do Lobo” , dando a entender que esse seria um jornal (diário) para lobos. Nesse jornal, o título (ou manchete) é “A verdadeira história dos três porquinhos!” escrita “Por A. Lobo”, chamada que tem apelo junto ao público alvo (lobos). Já na 2ª vemos no alto “Diário do Porco (notícias do chiqueiro) ” e o título da notícia é “Lobo Feroz!”. Há também uma imagem com a legenda “A.T.Lobo: Mau”. Leve os alunos a refletirem que algumas notícias e jornais podem ser tendenciosos, tendo em vista gerar mais empatia em seu público alvo. Contudo, esclareça que o jornalismo sério não é tendencioso, e que o ideal é que haja imparcialidade nesse gênero textual, ou seja que se noticie apenas os fatos, sem interpretá-los. Uma notícia “imparcial” sobre o acontecimento poderia ser “ Casas de porcos caem e polícia apura responsabilidades”. Você pode usar esse exemplo para que os alunos entendam melhor o que é “imparcialidade”.

4. Encerre a discussão, dizendo que a seguir eles terão acesso a uma notícia verdadeira sobre um Lobo.

Materiais complementares: Para acessar o vídeo clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Providencie antecipadamente as cópias da notícia sobre o lobo-guará.
  • Divida os alunos em duplas.
  • Entregue uma cópia da notícia para cada aluno.
  • Escolha um aluno para ler o título e subtítulo da notícia projetada no quadro.
  • Destaque para os alunos que o jornal que estão vendo é um jornal online, ou seja, disponibilizado por uma página da internet.
  • Pergunte aos alunos se identificam o nome do jornal. Resposta esperada: G1 (Campinas e região). Caso não identifiquem o nome do jornal, aponte para os alunos que o nome do jornal é escrito de forma destacada no topo da página.
  • Inicie a leitura da notícia completa, compartilhada em voz alta, ou seja, todos terão o mesmo texto e cada criança lê um trecho (pode ser uma frase).
  • Peça para que os alunos grifem na notícia palavras-chave ou ideias importantes, enquanto acompanham a leitura.

Materiais complementares: Para imprimir a notícia clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos retornem ao texto e circulem as palavras que se referem ao lobo.
  • Em seguida, questione os alunos sobre algumas questões lexicais, da seguinte forma:
  • Quais as palavras que vocês identificaram? Resposta esperada: cão selvagem, espécie, animal, bicho.
  • Alguém sabe porque o autor do texto preferiu utilizar essas palavras, ao invés de usar apenas a palavra lobo? Resposta esperada: Para evitar repetições desnecessárias da palavra lobo. Caso os alunos não saibam responder, leia para os alunos uma frase da notícia, trocando as palavras do slide pela palavra lobo, para que percebam o excesso de repetições. Diga ainda que essas substituições apoiam a continuidade do texto e recuperam o referente, por exemplo “Este animal” recupera “Lobo”.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Em seguida será o momento de sintetizar as principais ideias da notícia, identificando a ideia central do texto, participantes da notícia e relevância do fato noticiado.
  • Fale para os alunos que algumas ideias do texto que eles grifaram podem se encaixar nessa atividade.
  • Faça duplas e distribua folhas de papel sulfite (ou ofício).
  • Para sintetizar as informações, proponha que os alunos elaborem um “mapa conceitual” respondendo as perguntas do slide e colocando, se quiserem, outras informações importantes da notícia (eles podem ou não copiar as perguntas, mas, caso não copiem, as respostas devem ser completas, exemplo: “o Lobo- Guará é confundido com o lobo mau porque…”).
  • Caso ache que seus alunos podem ter mais autonomia na construção desse mapa conceitual, use o slide como exemplo, e oriente que criem um mapa utilizando as informações mais relevantes para o entendimento da notícia.
  • Socializem os mapas feitos, verificando quem colocou informações adicionais no mapa e quais foram elas. Questione as escolhas que fizeram: “o que acharam mais relevante da notícia?” . Peça ainda uma devolutiva sobre a construção de uma mapa conceitual: “ O que acharam de sintetizar informações dessa maneira? Facilita a visualização do que é mais importante?”.
  • Diante das perguntas espera-se como resposta:

Quem é o foco nessa notícia? O lobo-guará.

Descreva algumas de suas características: (são muitas características, oriente que escolham apenas algumas) Tem pelagem avermelhada, orelhas grandes e patas negras. É magro e distinto. É dócil e inofensivo ao homem.

Onde essa espécie é comum? O lobo-guará é comum no Brasil.

Por que ele é confundido com o lobo-mau? Porque o lobo é mau em algumas histórias infantis.

Qual a importância social dessa notícia? (“importância social” entendemos também como “relevância”) Divulgar que o lobo-guará está ameaçado de extinção.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Relembre os alunos sobre a aula:
  • No início da aula foi apresentada a “verdadeira” história dos 3 porquinhos, na qual conhecemos o ponto de vista do lobo sobre o acontecimento da história.
  • Depois, vimos uma notícia sobre o Lobo-guará, explicando que para alguns ele é visto como um animal malvado, devido às histórias.
  • Diante disso, o que vocês aprenderam sobre ponto de vista? Qual o ponto de vista de vocês sobre o lobo?

2. Peça para que os alunos escrevam a resposta em uma frase.

3. Cada aluno deve ler sua resposta em voz alta para que todos percebam os pontos de vistas diferentes.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia e no campo de atuação vida pública. A aula faz parte do módulo de leitura.

Materiais necessários: Computador on-line; projetor multimídia, caixas de som; cópias dos materiais listados nas orientações (quantidades de acordo com o número de alunos).

Informações sobre o gênero: O gênero notícia pode ser entendido como um texto no qual se divulga um fato ou acontecimento, veiculado principalmente por jornais, revistas e rádios, impressos, eletrônicos ou televisivos. Por ser um gênero massivo de comunicação atinge a todas as camadas da população, trazendo informações e contribuindo para a formação de opinião. Esses textos são dinâmicos, atuais e periódicos, e, como não é qualquer fato que vira notícia, ele deve ser marcado pelo ineditismo, gerar interesse e identificação no leitor. Tendo em vista que há diversos públicos que leem os jornais, cada linha editorial se adequa ao que entende que chamará mais a atenção de seu público alvo, determinando assim seu vocabulário, extensão do texto, temáticas e o nível de parcialidade no tratamento das informações. A notícia é composta por três partes: título, lead e corpo. O título e subtítulo (quando houver) devem despertar o interesse no leitor, títulos com maior destaque em uma publicação são conhecidos também como manchetes; o lead (1º parágrafo do texto) deve apresentar as informações essenciais do fato: o quê, quem, quando, onde, como, por quê; tais informações serão mais detalhadas no corpo do texto. As fotos e legendas também são marcas desse gênero e servem como um resumo da notícia. Os alunos devem saber que para se escolher a notícia que se vai ler, dentre tantas em um jornal, é comum se ater ao título e a imagem, por isso essas escolhas são feitas com muito critério pelos jornais.

Dificuldades antecipadas: Algumas crianças dessa faixa etária podem ter dificuldades para interpretar e analisar os textos de forma autônoma, alguns porque podem estar em processo de compreensão do sistema de escrita e outros porque estão aprendendo a opinar e articular suas ideias.

Referências sobre o assunto:

ARAUJO, Djario Dias. Extra! Extra! Notícias na sala de aula! In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.197 – 206. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf>.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula lendo o tema.
  • Questione os alunos sobre: O que é “ponto de vista”?

Possíveis respostas: é o que “achamos” sobre alguma coisa. Caso os alunos não saibam responder ou respondam apenas “é o que achamos”, complemente a resposta explicando que ponto de vista se refere à uma opinião, pensamento que as pessoas podem ter sobre um determinado assunto/acontecimento e os pontos de vistas podem ser diferentes.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

1. Inicie uma roda de conversa, perguntando para os alunos se eles conhecem a história dos 3 porquinhos.

2. Peça para eles recontarem brevemente o que acontece nessa história. Se precisar, ajude-os a lembrar: chegando na idade adulta, 3 porquinhos decidem construir suas casas, a mãe lhes avisa para tomar cuidado com o Lobo Mau que vive na floresta. O 1º decide construir uma casa de palha, o 2º, uma de madeira. E só o 3º, que é mais precavido, constrói uma casa mais estruturada, feita de tijolos. O Lobo Mau aparece e derruba as duas primeiras casas com um sopro, os porquinhos correm para casa de tijolos do irmão. O Lobo, percebendo que não conseguirá destruir essa casa com um sopro, decide entrar pela chaminé. Debaixo da chaminé os porquinhos colocam um caldeirão quente e ao entrar o Lobo se queima e foge, ficando os 3 porquinhos a salvo).

3. Pergunte se eles conhecem outra versão dessa história e se eles acham que esse pode ser apenas “um ponto de vista” sobre a história. Pergunte quem eles acham que contou ou escreveu essa história pela primeira vez.

4. Fale para os alunos que a seguir eles irão assistir a um vídeo com essa mesma história sendo contada por um outro personagem, de um outro “ponto de vista”.

Materiais complementares: Para acessar o vídeo clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Assistam ao vídeo, clicando no link dos materiais complementares.

  • Depois de assistirem ao vídeo, questione os alunos:

a) Quais as diferenças entre esta história e a história dos 3 porquinhos que conhecemos?
Respostas possíveis: Nesta história o lobo não é mau. Ou, nesta história o objetivo do lobo era diferente do objetivo do lobo na história que conhecemos.
b) O que acharam do ponto de vista do Lobo?
Respostas possíveis: Ele foi vítima de um porco mau, de armação (ou de um mal entendido) e de um repórter interessado em dar mais popularidade à sua notícia; Parece que o lobo está mentindo para se safar, pois afinal comeu 2 porquinhos e tentava invadir a casa do terceiro.
c) Por que os jornalistas acharam que a história de um lobo resfriado pedindo açúcar não era emocionante?
Respostas possíveis: Porque esse não é nenhum grande acontecimento para virar notícia; Porque isso é apenas uma situação corriqueira, que pode acontecer a qualquer um.

d) Agora, se o lobo tivesse escrito a manchete da notícia, como poderia ser?
Respostas possíveis: “Lobo gripado sai para pedir açúcar e é vítima de armação pelos irmãos porcos.“

3. Amplie o slide para ver os detalhes das imagens com os alunos (o print da tela do vídeo mostra dois jornais). No topo da 1ª imagem está escrito “Diário do Lobo” , dando a entender que esse seria um jornal (diário) para lobos. Nesse jornal, o título (ou manchete) é “A verdadeira história dos três porquinhos!” escrita “Por A. Lobo”, chamada que tem apelo junto ao público alvo (lobos). Já na 2ª vemos no alto “Diário do Porco (notícias do chiqueiro) ” e o título da notícia é “Lobo Feroz!”. Há também uma imagem com a legenda “A.T.Lobo: Mau”. Leve os alunos a refletirem que algumas notícias e jornais podem ser tendenciosos, tendo em vista gerar mais empatia em seu público alvo. Contudo, esclareça que o jornalismo sério não é tendencioso, e que o ideal é que haja imparcialidade nesse gênero textual, ou seja que se noticie apenas os fatos, sem interpretá-los. Uma notícia “imparcial” sobre o acontecimento poderia ser “ Casas de porcos caem e polícia apura responsabilidades”. Você pode usar esse exemplo para que os alunos entendam melhor o que é “imparcialidade”.

4. Encerre a discussão, dizendo que a seguir eles terão acesso a uma notícia verdadeira sobre um Lobo.

Materiais complementares: Para acessar o vídeo clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Providencie antecipadamente as cópias da notícia sobre o lobo-guará.
  • Divida os alunos em duplas.
  • Entregue uma cópia da notícia para cada aluno.
  • Escolha um aluno para ler o título e subtítulo da notícia projetada no quadro.
  • Destaque para os alunos que o jornal que estão vendo é um jornal online, ou seja, disponibilizado por uma página da internet.
  • Pergunte aos alunos se identificam o nome do jornal. Resposta esperada: G1 (Campinas e região). Caso não identifiquem o nome do jornal, aponte para os alunos que o nome do jornal é escrito de forma destacada no topo da página.
  • Inicie a leitura da notícia completa, compartilhada em voz alta, ou seja, todos terão o mesmo texto e cada criança lê um trecho (pode ser uma frase).
  • Peça para que os alunos grifem na notícia palavras-chave ou ideias importantes, enquanto acompanham a leitura.

Materiais complementares: Para imprimir a notícia clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos retornem ao texto e circulem as palavras que se referem ao lobo.
  • Em seguida, questione os alunos sobre algumas questões lexicais, da seguinte forma:
  • Quais as palavras que vocês identificaram? Resposta esperada: cão selvagem, espécie, animal, bicho.
  • Alguém sabe porque o autor do texto preferiu utilizar essas palavras, ao invés de usar apenas a palavra lobo? Resposta esperada: Para evitar repetições desnecessárias da palavra lobo. Caso os alunos não saibam responder, leia para os alunos uma frase da notícia, trocando as palavras do slide pela palavra lobo, para que percebam o excesso de repetições. Diga ainda que essas substituições apoiam a continuidade do texto e recuperam o referente, por exemplo “Este animal” recupera “Lobo”.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Em seguida será o momento de sintetizar as principais ideias da notícia, identificando a ideia central do texto, participantes da notícia e relevância do fato noticiado.
  • Fale para os alunos que algumas ideias do texto que eles grifaram podem se encaixar nessa atividade.
  • Faça duplas e distribua folhas de papel sulfite (ou ofício).
  • Para sintetizar as informações, proponha que os alunos elaborem um “mapa conceitual” respondendo as perguntas do slide e colocando, se quiserem, outras informações importantes da notícia (eles podem ou não copiar as perguntas, mas, caso não copiem, as respostas devem ser completas, exemplo: “o Lobo- Guará é confundido com o lobo mau porque…”).
  • Caso ache que seus alunos podem ter mais autonomia na construção desse mapa conceitual, use o slide como exemplo, e oriente que criem um mapa utilizando as informações mais relevantes para o entendimento da notícia.
  • Socializem os mapas feitos, verificando quem colocou informações adicionais no mapa e quais foram elas. Questione as escolhas que fizeram: “o que acharam mais relevante da notícia?” . Peça ainda uma devolutiva sobre a construção de uma mapa conceitual: “ O que acharam de sintetizar informações dessa maneira? Facilita a visualização do que é mais importante?”.
  • Diante das perguntas espera-se como resposta:

Quem é o foco nessa notícia? O lobo-guará.

Descreva algumas de suas características: (são muitas características, oriente que escolham apenas algumas) Tem pelagem avermelhada, orelhas grandes e patas negras. É magro e distinto. É dócil e inofensivo ao homem.

Onde essa espécie é comum? O lobo-guará é comum no Brasil.

Por que ele é confundido com o lobo-mau? Porque o lobo é mau em algumas histórias infantis.

Qual a importância social dessa notícia? (“importância social” entendemos também como “relevância”) Divulgar que o lobo-guará está ameaçado de extinção.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Relembre os alunos sobre a aula:
  • No início da aula foi apresentada a “verdadeira” história dos 3 porquinhos, na qual conhecemos o ponto de vista do lobo sobre o acontecimento da história.
  • Depois, vimos uma notícia sobre o Lobo-guará, explicando que para alguns ele é visto como um animal malvado, devido às histórias.
  • Diante disso, o que vocês aprenderam sobre ponto de vista? Qual o ponto de vista de vocês sobre o lobo?

2. Peça para que os alunos escrevam a resposta em uma frase.

3. Cada aluno deve ler sua resposta em voz alta para que todos percebam os pontos de vistas diferentes.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 4º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP06 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04LP14 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano