13715
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Notícias e manchetes

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Fundamental sobre notícias e manchetes

Plano 01 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Maria Caroline Silveira

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia e no campo de atuação vida pública. A aula faz parte do módulo de leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Computador com acesso à internet; projetor multimídia, caixas de som; cópias dos materiais listados nas orientações (quantidades de acordo com o número de alunos).

Informações sobre o gênero: O gênero notícia pode ser entendido como um texto no qual se divulga um fato ou acontecimento, veiculado principalmente por jornais, revistas e rádios, impressos, eletrônicos ou televisivos. Por ser um gênero massivo de comunicação atinge a todas as camadas da população, trazendo informações e contribuindo para a formação de opinião. Esses textos são dinâmicos, atuais e periódicos, e, como não é qualquer fato que vira notícia, ele deve ser marcado pelo ineditismo, gerar interesse e identificação no leitor. Tendo em vista que há diversos públicos que leem os jornais, cada linha editorial se adequa ao que entende que chamará mais a atenção de seu público alvo, determinando assim seu vocabulário, extensão do texto, temáticas e o nível de parcialidade no tratamento das informações. A notícia é composta por três partes: título, lead e corpo. O título e subtítulo (quando houver) deve despertar o interesse no leitor, títulos com maior destaque em uma publicação são conhecidos também como manchetes; o lead (1º parágrafo do texto) deve apresentar as informações essenciais do fato: o quê, quem, quando, onde, como, por quê; tais informações serão mais detalhadas no corpo do texto. As fotos e legendas também são marcas desse gênero e servem como um resumo da notícia. Os alunos devem saber que para se escolher a notícia que se vai ler, dentre tantas em um jornal, é comum se ater ao título e a imagem, por isso essas escolhas são feitas com muito critério pelos jornais.

Dificuldades antecipadas: Muitas crianças do 4º ano ainda estão ganhando fluência na leitura, para aumentar a possibilidade de compreensão sobre a notícia apresentada, sugere-se que essa leitura seja compartilhada. Para isso, leia a notícia e peça que as crianças acompanhem o texto projetado no quadro ou em cópias impressas.

Referências sobre o assunto:

ARAUJO, Djario Dias. Extra! Extra! Notícias na sala de aula! In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.197 – 206. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf>.

Jornal Joca, disponível em: https://jornaljoca.com.br/portal/ (Visite o site para conhecer o jornal e ler algumas notícias escritas para jovens e crianças).

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Inicie a aula lendo o tema.
  • Questione os alunos sobre o que eles acham que aprenderão neste dia, mas sem falar que a aula será sobre o gênero notícia.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 14 minutos

Orientações:

  • Acesse o site do jornal Joca. É interessante que as crianças acompanhem como você faz busca pelo jornal na internet e depois como localiza a notícia em questão. Outra alternativa é clicar diretamente no link (você deve comunicar para eles que existe essa possibilidade).
  • Em um segundo momento, faça com os alunos uma leitura global, atentando para a manchete, para a foto da menina e legenda, para fragmentos do texto que estão em negrito (ainda não precisa ler esses fragmentos, apenas note que algo foi colocado em destaque), e para elementos como data e meio de veiculação. É importante que as crianças criem expectativa sobre o que vão ler.
  • Caso não tenha acesso à internet, imprima cópias da notícia e entregue para que todos leiam.

Materiais complementares:

Para acessar a notícia na íntegra pelo jornal digital clique aqui .

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Inicie uma roda de conversa, perguntando para as crianças o que entenderam e o que acharam do que foi lido.

2. Siga com os questionamentos do slide. Caso você não tenha acesso a recursos tecnológicos, escreva as questões de discussão no quadro para que todos possam acompanhar.

3. Dicas para mediar as discussões:

a. O que nós lemos? Espera-se que os alunos cheguem às seguintes conclusões: Uma notícia/ reportagem (notícia e reportagem não são sinônimos, ambas são do gênero jornalístico, mas enquanto a notícia tende a ser mais objetiva e tratar de fatos novos, a reportagem pode ser mais extensa, relacionando fatos correlatos, como causas e desdobramentos de um acontecimento que pode ter ocorridos a qualquer momento. Entretanto isso não precisa ser dito para os alunos nesse momento). Caso os alunos respondam apenas “lemos um texto”, questione: que tipo de texto? É, por exemplo, um conto, uma lenda? É importante fazê-los refletir que o texto lido trouxe uma notícia, narrou um acontecimento da vida real.

b. Porque foi escrito? Resposta esperada: Para contar um acontecimento. Continue investigando: Textos que contam um acontecimento, tem um nome específico? Como são chamados? Alguém sabe? Resposta esperada: São as notícias. Caso os alunos não saibam, não responda por eles, explique que vai retomar a pergunta no final da aula.

c. Por quem foi escrito? Resposta esperada: por um jornalista. Pode ser que os alunos respondam que foi escrito por um jornal. Pergunte quem são as pessoas que trabalham em um jornal: pode ser que digam jornalistas, repórteres, fotógrafos, editor, revisor.

d. Vocês já conheciam a história da Stheffany? Se alguém responder que sim, pergunte onde ouviu sobre essa história. Vocês já estarão elencando os meios por onde circulam as notícias, como rádio, jornal impresso e digital, telejornal. O que é assunto para a próxima pergunta.

e. Como essa história chegou até nós? Resposta esperada: por meio de um jornal.

f. Para quem esse texto foi escrito? É possível que nomeiem os diferentes públicos que podem ter acesso a um jornal (adultos, crianças…). Valide se disserem que, em geral, o jornal é escrito para adultos, mas comunique que tem exceções, como o Jornal Joca. Diga para que se lembrem que ao lado do nome do jornal estavam os dizeres “Joca: o único jornal para jovens e crianças”. Siga investigando: em que textos feitos para adultos se diferem dos feitos para jovens e crianças?

4. Encerre a discussão, dizendo que a seguir eles terão acesso a outros textos desse mesmo gênero, também escritos para crianças.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

  • Antecipadamente, imprima o material do jogo, recorte e cole as peças em uma cartolina, para facilitar o manuseio dos alunos. As “cartas de personagem” podem estar coladas em uma cartolina de cor diferente das “cartas de acontecimentos”. Isso também vai facilitar o entendimento do jogo.
  • Divida a turma em grupos de 3 ou 4 alunos.
  • Entregue um jogo para cada grupo.
  • Caso você não tenha acesso a recursos tecnológicos, exponha as instruções oralmente.
  • Leia para a turma o objetivo e as instruções do jogo.
  • O objetivo didático desse jogo é que as crianças percebam que acontecimentos podem virar notícias, mas você não deve dizer isso para eles, espera-se que ao final da aula eles possam fazer por si mesmo essa relação.
  • Nesse jogo, foram utilizadas histórias infantis, em sua maioria “contos de fadas”, essa escolha foi feita tendo em vista que os alunos em geral têm maior familiaridade com esse gênero. Contos têm em seu centro um conflito, e é esse conflito que, no jogo, virou notícia. Uma das muitas diferenças que há entre contos e notícias é que enquanto contos narram, fundamentalmente, um acontecimento atípico vivido por um personagem, notícias narram acontecimentos da vida real.

Materiais complementares: Para acessar o material do jogo clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Peça para que cada grupo diga os pares de cartas que foram formados no jogo, cada grupo pode contar sobre um par por vez, justificando suas escolhas. Se as escolhas dos grupos forem semelhantes, não é preciso que cada grupo comente sobre cada par. Garanta que todos grupos comentem ao menos sobre um par.
  • Questione-os para que percebam o que os fez relacionar uma determinada história com um determinado acontecimento. As perguntas do slide servem para apoiar a socialização do jogo, veja alguns comentários:
  • “Como vocês podem ter certeza que esse fato/acontecimento tem relação com essa história?” Espera-se que eles respondam algo como ”na história de João e Maria, os dois irmãos se perdem na floresta, fato que também aparece nessa notícia”.
  • “Algum grupo chegou a uma resposta diferente?” Deixe que as duplas argumentem sobre suas escolhas.

  • Após responderem a pergunta final “Que tipo de texto nos conta dos acontecimentos reais ocorridos no Brasil e no mundo?”, você pode seguir investigando: “Alguém aqui lê notícias no jornal ou assiste na TV?”. Provavelmente, os alunos farão ligação com os pais e familiares que assistem telejornais. Complemente as respostas deles, dizendo que algumas pessoas assistem telejornais ou leem jornais, mas as notícias são feitas para que todos nós saibamos dos acontecimentos à nossa volta. Estimule a reflexão acerca da diferença entre os gêneros. Lemos contos para nos distrairmos, para nos entretermos, darmos risadas e nos emocionarmos. Não são textos que retratam a realidade. Já as notícias são lidas para que saibamos de acontecimentos reais que estão ocorrendo no mundo. Solicite que passem a ficar mais atentos às notícias e que tragam para aula fatos noticiados que tenham lhes chamado a atenção.

  • Para conclusão dessa aula, é importante levá-los a compreender que sempre que um fato/acontecimento é dado para um grande público, em diferentes mídias, chamamos isso de notícia. Se for necessário, retome o slide anterior, para verificar que se todas as perguntas da discussão foram respondidas. Tenha em mente que: a função das notícias é nos informar sobre acontecimentos; que em um jornal (impresso ou televisivo) há diversas funções, mas que em geral são os jornalistas e repórteres que colhem as informações, escrevem as notícias e entrevistam as pessoas; que no telejornal quem dá a notícia são os “âncoras”, que não necessariamente são as mesmas pessoas que escreveram a notícia.

  • O tempo de socialização da atividade vai depender muito do nível de compreensão e familiaridade da turma com o gênero notícia. Pode acontecer dos alunos nomearem o gênero desde o primeiro slide de apresentação da aula. E de não ter havido dúvidas ao agrupar os pares de cartas no jogo. Caso isso ocorra, preparamos um vídeo para finalizar a aula, que trará mais elementos para incrementar a discussão sobre o gênero. Esse vídeo é uma outra versão da notícia do início da aula, agora, veiculada em um programa de televisão disponível no Youtube (a reportagem inicia a partir de 1 minuto de visualização). A comparação de um mesmo acontecimento veiculado por diferentes meios de comunicação é bastante interessante, pois pode-se notar como o nível de informatividade vai variar, se adequando ao meio em que circula e ao público alvo. Em programas televisivos como o do vídeo é comum vermos “reportagens”, que como já dissemos podem trazer mais informações do que as notícias. Nesse momento você pode expor essa diferença para os alunos. Outro ponto de reflexão importante é o de que o jornal impresso vem perdendo seu espaço para os jornais digitais e para outros veículos de comunicação, que atualmente também são responsáveis por divulgar notícias para a sociedade de uma forma mais interativa.

Caso não seja possível assistir ao vídeo, haverá, ao longo da sequência, nova oportunidade para aprofundar essa reflexão.

Materiais complementares:

1. Para acessar a resolução do jogo, clique aqui.

2.Para acessar a notícia gravada em um programa de televisão clique aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia e no campo de atuação vida pública. A aula faz parte do módulo de leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

Materiais necessários: Computador com acesso à internet; projetor multimídia, caixas de som; cópias dos materiais listados nas orientações (quantidades de acordo com o número de alunos).

Informações sobre o gênero: O gênero notícia pode ser entendido como um texto no qual se divulga um fato ou acontecimento, veiculado principalmente por jornais, revistas e rádios, impressos, eletrônicos ou televisivos. Por ser um gênero massivo de comunicação atinge a todas as camadas da população, trazendo informações e contribuindo para a formação de opinião. Esses textos são dinâmicos, atuais e periódicos, e, como não é qualquer fato que vira notícia, ele deve ser marcado pelo ineditismo, gerar interesse e identificação no leitor. Tendo em vista que há diversos públicos que leem os jornais, cada linha editorial se adequa ao que entende que chamará mais a atenção de seu público alvo, determinando assim seu vocabulário, extensão do texto, temáticas e o nível de parcialidade no tratamento das informações. A notícia é composta por três partes: título, lead e corpo. O título e subtítulo (quando houver) deve despertar o interesse no leitor, títulos com maior destaque em uma publicação são conhecidos também como manchetes; o lead (1º parágrafo do texto) deve apresentar as informações essenciais do fato: o quê, quem, quando, onde, como, por quê; tais informações serão mais detalhadas no corpo do texto. As fotos e legendas também são marcas desse gênero e servem como um resumo da notícia. Os alunos devem saber que para se escolher a notícia que se vai ler, dentre tantas em um jornal, é comum se ater ao título e a imagem, por isso essas escolhas são feitas com muito critério pelos jornais.

Dificuldades antecipadas: Muitas crianças do 4º ano ainda estão ganhando fluência na leitura, para aumentar a possibilidade de compreensão sobre a notícia apresentada, sugere-se que essa leitura seja compartilhada. Para isso, leia a notícia e peça que as crianças acompanhem o texto projetado no quadro ou em cópias impressas.

Referências sobre o assunto:

ARAUJO, Djario Dias. Extra! Extra! Notícias na sala de aula! In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.197 – 206. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf>.

Jornal Joca, disponível em: https://jornaljoca.com.br/portal/ (Visite o site para conhecer o jornal e ler algumas notícias escritas para jovens e crianças).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Inicie a aula lendo o tema.
  • Questione os alunos sobre o que eles acham que aprenderão neste dia, mas sem falar que a aula será sobre o gênero notícia.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 14 minutos

Orientações:

  • Acesse o site do jornal Joca. É interessante que as crianças acompanhem como você faz busca pelo jornal na internet e depois como localiza a notícia em questão. Outra alternativa é clicar diretamente no link (você deve comunicar para eles que existe essa possibilidade).
  • Em um segundo momento, faça com os alunos uma leitura global, atentando para a manchete, para a foto da menina e legenda, para fragmentos do texto que estão em negrito (ainda não precisa ler esses fragmentos, apenas note que algo foi colocado em destaque), e para elementos como data e meio de veiculação. É importante que as crianças criem expectativa sobre o que vão ler.
  • Caso não tenha acesso à internet, imprima cópias da notícia e entregue para que todos leiam.

Materiais complementares:

Para acessar a notícia na íntegra pelo jornal digital clique aqui .

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Inicie uma roda de conversa, perguntando para as crianças o que entenderam e o que acharam do que foi lido.

2. Siga com os questionamentos do slide. Caso você não tenha acesso a recursos tecnológicos, escreva as questões de discussão no quadro para que todos possam acompanhar.

3. Dicas para mediar as discussões:

a. O que nós lemos? Espera-se que os alunos cheguem às seguintes conclusões: Uma notícia/ reportagem (notícia e reportagem não são sinônimos, ambas são do gênero jornalístico, mas enquanto a notícia tende a ser mais objetiva e tratar de fatos novos, a reportagem pode ser mais extensa, relacionando fatos correlatos, como causas e desdobramentos de um acontecimento que pode ter ocorridos a qualquer momento. Entretanto isso não precisa ser dito para os alunos nesse momento). Caso os alunos respondam apenas “lemos um texto”, questione: que tipo de texto? É, por exemplo, um conto, uma lenda? É importante fazê-los refletir que o texto lido trouxe uma notícia, narrou um acontecimento da vida real.

b. Porque foi escrito? Resposta esperada: Para contar um acontecimento. Continue investigando: Textos que contam um acontecimento, tem um nome específico? Como são chamados? Alguém sabe? Resposta esperada: São as notícias. Caso os alunos não saibam, não responda por eles, explique que vai retomar a pergunta no final da aula.

c. Por quem foi escrito? Resposta esperada: por um jornalista. Pode ser que os alunos respondam que foi escrito por um jornal. Pergunte quem são as pessoas que trabalham em um jornal: pode ser que digam jornalistas, repórteres, fotógrafos, editor, revisor.

d. Vocês já conheciam a história da Stheffany? Se alguém responder que sim, pergunte onde ouviu sobre essa história. Vocês já estarão elencando os meios por onde circulam as notícias, como rádio, jornal impresso e digital, telejornal. O que é assunto para a próxima pergunta.

e. Como essa história chegou até nós? Resposta esperada: por meio de um jornal.

f. Para quem esse texto foi escrito? É possível que nomeiem os diferentes públicos que podem ter acesso a um jornal (adultos, crianças…). Valide se disserem que, em geral, o jornal é escrito para adultos, mas comunique que tem exceções, como o Jornal Joca. Diga para que se lembrem que ao lado do nome do jornal estavam os dizeres “Joca: o único jornal para jovens e crianças”. Siga investigando: em que textos feitos para adultos se diferem dos feitos para jovens e crianças?

4. Encerre a discussão, dizendo que a seguir eles terão acesso a outros textos desse mesmo gênero, também escritos para crianças.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

  • Antecipadamente, imprima o material do jogo, recorte e cole as peças em uma cartolina, para facilitar o manuseio dos alunos. As “cartas de personagem” podem estar coladas em uma cartolina de cor diferente das “cartas de acontecimentos”. Isso também vai facilitar o entendimento do jogo.
  • Divida a turma em grupos de 3 ou 4 alunos.
  • Entregue um jogo para cada grupo.
  • Caso você não tenha acesso a recursos tecnológicos, exponha as instruções oralmente.
  • Leia para a turma o objetivo e as instruções do jogo.
  • O objetivo didático desse jogo é que as crianças percebam que acontecimentos podem virar notícias, mas você não deve dizer isso para eles, espera-se que ao final da aula eles possam fazer por si mesmo essa relação.
  • Nesse jogo, foram utilizadas histórias infantis, em sua maioria “contos de fadas”, essa escolha foi feita tendo em vista que os alunos em geral têm maior familiaridade com esse gênero. Contos têm em seu centro um conflito, e é esse conflito que, no jogo, virou notícia. Uma das muitas diferenças que há entre contos e notícias é que enquanto contos narram, fundamentalmente, um acontecimento atípico vivido por um personagem, notícias narram acontecimentos da vida real.

Materiais complementares: Para acessar o material do jogo clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Peça para que cada grupo diga os pares de cartas que foram formados no jogo, cada grupo pode contar sobre um par por vez, justificando suas escolhas. Se as escolhas dos grupos forem semelhantes, não é preciso que cada grupo comente sobre cada par. Garanta que todos grupos comentem ao menos sobre um par.
  • Questione-os para que percebam o que os fez relacionar uma determinada história com um determinado acontecimento. As perguntas do slide servem para apoiar a socialização do jogo, veja alguns comentários:
  • “Como vocês podem ter certeza que esse fato/acontecimento tem relação com essa história?” Espera-se que eles respondam algo como ”na história de João e Maria, os dois irmãos se perdem na floresta, fato que também aparece nessa notícia”.
  • “Algum grupo chegou a uma resposta diferente?” Deixe que as duplas argumentem sobre suas escolhas.

  • Após responderem a pergunta final “Que tipo de texto nos conta dos acontecimentos reais ocorridos no Brasil e no mundo?”, você pode seguir investigando: “Alguém aqui lê notícias no jornal ou assiste na TV?”. Provavelmente, os alunos farão ligação com os pais e familiares que assistem telejornais. Complemente as respostas deles, dizendo que algumas pessoas assistem telejornais ou leem jornais, mas as notícias são feitas para que todos nós saibamos dos acontecimentos à nossa volta. Estimule a reflexão acerca da diferença entre os gêneros. Lemos contos para nos distrairmos, para nos entretermos, darmos risadas e nos emocionarmos. Não são textos que retratam a realidade. Já as notícias são lidas para que saibamos de acontecimentos reais que estão ocorrendo no mundo. Solicite que passem a ficar mais atentos às notícias e que tragam para aula fatos noticiados que tenham lhes chamado a atenção.

  • Para conclusão dessa aula, é importante levá-los a compreender que sempre que um fato/acontecimento é dado para um grande público, em diferentes mídias, chamamos isso de notícia. Se for necessário, retome o slide anterior, para verificar que se todas as perguntas da discussão foram respondidas. Tenha em mente que: a função das notícias é nos informar sobre acontecimentos; que em um jornal (impresso ou televisivo) há diversas funções, mas que em geral são os jornalistas e repórteres que colhem as informações, escrevem as notícias e entrevistam as pessoas; que no telejornal quem dá a notícia são os “âncoras”, que não necessariamente são as mesmas pessoas que escreveram a notícia.

  • O tempo de socialização da atividade vai depender muito do nível de compreensão e familiaridade da turma com o gênero notícia. Pode acontecer dos alunos nomearem o gênero desde o primeiro slide de apresentação da aula. E de não ter havido dúvidas ao agrupar os pares de cartas no jogo. Caso isso ocorra, preparamos um vídeo para finalizar a aula, que trará mais elementos para incrementar a discussão sobre o gênero. Esse vídeo é uma outra versão da notícia do início da aula, agora, veiculada em um programa de televisão disponível no Youtube (a reportagem inicia a partir de 1 minuto de visualização). A comparação de um mesmo acontecimento veiculado por diferentes meios de comunicação é bastante interessante, pois pode-se notar como o nível de informatividade vai variar, se adequando ao meio em que circula e ao público alvo. Em programas televisivos como o do vídeo é comum vermos “reportagens”, que como já dissemos podem trazer mais informações do que as notícias. Nesse momento você pode expor essa diferença para os alunos. Outro ponto de reflexão importante é o de que o jornal impresso vem perdendo seu espaço para os jornais digitais e para outros veículos de comunicação, que atualmente também são responsáveis por divulgar notícias para a sociedade de uma forma mais interativa.

Caso não seja possível assistir ao vídeo, haverá, ao longo da sequência, nova oportunidade para aprofundar essa reflexão.

Materiais complementares:

1. Para acessar a resolução do jogo, clique aqui.

2.Para acessar a notícia gravada em um programa de televisão clique aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 4º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano