12490
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Literatura e sociedade I

POR: Nathália Gasparini 30/08/2018
Código: ING8_02UND05

8º ano / Inglês

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF08LI19) Investigar de que forma expressões, gestos e comportamentos são interpretados em função de aspectos culturais.

(EF08LI06) Apreciar textos narrativos em língua inglesa (contos, romances, entre outros, em versão original ou simplificada), como forma de valorizar o patrimônio cultural produzido em língua inglesa.

Plano de aula de Inglês com atividades para 8o ano do EF sobre Literatura e sociedade I

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano, bem como os planos 06 e 07 desta unidade, desenvolvem as habilidades EF08LI06 e EF08LI19 da BNCC; por isso, seguem uma sequência de atividades que estão interligadas. Além disso, esta aula se relaciona com a aula anterior (Unidade 02, Plano 04), tanto tematicamente (amor e relacionamentos) quanto em termos de complexidade dos textos (na aula anterior, foram trabalhados aspectos textuais que permitem, mesmo em narrativas e diálogos, realizar inferências sobre a opinião dos interlocutores sobre determinados assuntos). Ainda que o Plano 04 possa ser utilizado de forma independente, recomenda-se que antes da sequência que começa com esta aula sejam trabalhadas as habilidades daquele Plano.

Neste plano, você encontra?á também um texto em português. O objetivo deste texto é a integração do conhecimento dos alunos e de sua trajetória em termos de letramento literário (incluindo aí seu conhecimento sobre o gênero literário romance) em língua portuguesa com o início do desenvolvimento desses conhecimentos e da criação desse repertório também em inglês. É importante notar, no entanto, que as atividades priorizam tanto a análise do texto em inglês quanto a realização das tarefas de leitura utilizando a língua estrangeira.

Objective select-down

Tempo sugerido: 2 minutos.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula com a turma.
Orientações: Leia o objetivo da aula. Explique que essa aula será de leitura de trechos de romances que tratam de amor e casamento.

Context select-down

Tempo sugerido: 15 minutos

Propósito: Mobilizar o conhecimento dos alunos acerca do gênero literário romance.

Expectativa: Que os alunos reconheçam o romance como uma categoria mais ou menos estável entre os gêneros literários e percebam que ele expressa um conhecimento de mundo, veiculando ideias e valores, além de histórias.

Orientações: Mostre esse slide para os alunos. Pergunte o que são esses objetos e, a partir da ideia do “objeto livro”, questione-os sobre o tipo de conteúdo que veiculam: São histórias que aconteceram de fato? Eles conhecem essas histórias? São longas ou curtas?

Esse momento pode ser enriquecido se forem levados para a sala de aula romances presentes na biblioteca escolar ou do seu acervo pessoal. Nesse caso, peça para explorarem os livros, lendo a quarta capa e a orelha, a quantidade de páginas e seu resumo, para, a partir daí, fazer os questionamentos. É interessante pensar que a seleção de livros em inglês, se possível, é muito importante, já que a ideia é, justamente, expor brevemente o romance como um gênero utilizado para veicular narrativas em diversas línguas. Além disso, é também interessante observar a diversidade que podemos concretizar nesse momento: pode-se levar narrativas de diferentes épocas, escritas por homens e mulheres, por pessoas de diferentes raças/etnias, para públicos de idades diferentes e a partir de temáticas e estilos também diversos. Assim, aproxima-se o aluno do gênero aberto a tantas possibilidades de que se trata o romance.

Context select-down

Tempo sugerido: 15 minutos

Propósito: Sintetizar o que caracteriza o gênero romance.

Orientações: Leia o texto do slide. Enquanto lê, você pode solicitar que os alunos deem exemplos de narrativas não-ficcionais e de narrativas curtas, para fim de contraste e avaliação da compreensão da descrição. Você pode, ainda, pedir que citem títulos de romances românticos, realistas, de horror, de mistério, de acordo com o letramento literário da turma.

Material complementar:
São diversas - e algumas vezes divergentes - as definições de romance (o texto do slide se trata de um resumo de muitos debates presentes na bibliografia indicada abaixo). No entanto, o papel desse momento não é descrever tecnicamente todas as características desse tipo de literatura, apenas introduzir o papel importante que esse gênero tem na cultura ocidental, bem como seus atributos mais básicos. Se você quiser se preparar para um estudo mais aprofundado do gênero, recomenda-se um trabalho em conjunto com os professores de Língua Portuguesa e Literatura de onde você trabalha e a preparação para a leitura extensiva de um romance, ou, ainda, um trabalho comparativo com os professores de outras línguas estrangeiras, caso estejam presentes no currículo da sua escola. Você também pode ler mais sobre a história do romance nos sites abaixo:
https://www.theguardian.com/books/booksblog/2010/jul/23/novel-centuries-olderhttps://www.britannica.com/art/novelOu, ainda, nos seguintes livros:
Mimesis - Eric Auerbach
Como funciona a ficção - James Wood

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Construir o conhecimento lexical necessário para a leitura do texto e para o output.

Expectativa: Que seja introduzido o vocabulário a ser mobilizado para leitura e sistematização da compreensão do texto.

Orientações: Imprima as cartelas desse slide. Elas são três cartelas para realizar um jogo de bingo. Distribua uma das três para cada um dos alunos, e imprima e recorte ou escreva em um papel a lista das palavras que eles apresentam. Sorteie as palavras e faça o jogo de bingo. Explique que essas palavras estarão presentes no texto a ser lido, e verifique se os alunos as conhecem. Conforme os alunos forem “ganhando”, no bingo, você pode pedir que eles mesmos sorteiem as próximas palavras e leiam para os colegas.

Lista de palavras: In love - single woman - single man - family - daughters - marriage - husband - wife - possession - want - truth - neighborhood - large fortune

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Utilizar o vocabulário para uma primeira aproximação com a temática do texto.

Orientações: Explique que serão realizadas duas leituras durante a aula, e que ambos os textos abordam o mesmo tema: marriage and love. Peça para que se juntem em trios, de modo que em cada grupo tenha um aluno com uma cartela de bingo diferente dos demais, assim proporcionando acesso ao vocabulário completo da atividade. Distribua uma cópia da tabela do slide para cada um (ou peça que desenhem a tabela no caderno). Solicite que escrevam na primeira coluna seu nome, ano e país. Em seguida, na mesma coluna, peça que, consultando a sua cartela e dos colegas, escolham palavras que, para eles, têm relação com casamento e amor na época em que vivemos. Você pode sugerir que os alunos listem outras palavras de seu conhecimento, além das apresentadas no jogo.

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Introduzir a leitura orientando para o objetivo da tarefa de leitura.

Orientações: Leia o texto e verifique se os alunos entendem a proposição do slide.

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Mobilizar o conhecimento dos alunos em literatura brasileira sobre a temática e introduzir o trecho do romance a ser lido.

Expectativa: Que seja realizada uma leitura comparativa que demonstra que o romance pode servir como uma demonstração, na literatura, de valores culturais de determinadas épocas e que, por isso, servem como testemunha da mudança de pensamento e de comportamento humano. Nos textos deste plano, o amor e o casamento são retratados como em muitos dos romances do século XIX: estão profundamente conectados e aparecem mediados pela relação de posse, pelo dinheiro e pela família. Por isso, serão comparados dois trechos de romances da mesma época: Senhora, de José de Alencar, escritor brasileiro, e Pride and Prejudice, de Jane Austen, escritora inglesa. Embora diferentes em muitos aspectos, ambos demonstram como o amor, o casamento e o dinheiro eram conceitos conectados e apareciam enfocados em conjunto nesses romances.

Orientações: Leia o texto do slide.

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos.

Propósito: Realizar a leitura do texto canônico da literatura brasileira do século XIX.

Orientações: Explique que esse excerto é de um romance brasileiro do século XIX, retirado do meio do livro (abaixo você encontra um breve resumo da história). Realize uma leitura compartilhada, em voz alta, do texto, projetando-o ou distribuindo cópias impressas (o mesmo documento contém esse trecho e o do romance Pride and Prejudice, trabalhado no slide 12). Destaque o título da obra, seu autor e a data de publicação. Como o objetivo dessa etapa é demonstrar que certos atributos literários transpassam o limite das línguas, você pode solicitar que o/a professor(a) de Língua Portuguesa e/ou Literatura proceda com uma análise mais profunda do texto, ou, ainda, realize a leitura do romance na íntegra. Na primeira ou na segunda leitura, faça perguntas de compreensão do texto, explorando as personagens, seus sentimentos e a concepção de marido e casamento subjacente ao diálogo. O objetivo é proporcionar a compreensão do texto, a partir do debate oral. Na pergunta d), chame atenção para o fato de as falas serem marcadas por travessões, chamadas, em inglês, de long dash. Isso será importante na comparação com a marca de entrada de falas no texto seguinte.

  • Quem são os personagens que aparecem aqui?
  • Quem é “ela”, que aparece no primeiro parágrafo do texto?
  • No primeiro parágrafo, Aurélia estava com “o olhar rendido”. O que ela estava sentindo?
  • Que sinal marca, no texto, a fala dos personagens?
  • Quem faz a primeira pergunta do diálogo?
  • E quem responde? Como é possível identificar?
  • A que se refere a palavra “senhor” na 5ª fala do diálogo?
  • O uso da palavra senhor denota proximidade ou distância do casal?
  • Por que Aurélia considera Seixas um homem vendido?
  • Na 6ª fala, Seixas se sente “ferido dentro d’alma”. O que ele estava sentindo em relação às perguntas de Aurélia?
  • Que concepção de marido tem Aurélia?

Material complementar

Senhora é um romance canônico da literatura brasileira, pois foi escrito durante um momento histórico em que a literatura do país começou a se consolidar em termos de público leitor, temáticas e coletivos de autores (período chamado na história da literatura de Romantismo). O romance narra a história de Aurélia, moça pobre, que se ressente de Seixas, que havia resolvido casar com outra moça em troca de um dote de 30 contos. Aurélia recebe uma herança inesperada e oferece um dote de 100 contos para Seixas se casar com ela. O matrimônio ocorre e é atravessado por esse embate sobre a relação entre amor e dinheiro, como ilustrado pelo trecho. Essa é uma temática presente em outros romances da época, por ter relação com a transformação da visão sobre vários aspectos da vida no século XIX, como o amor, que passa a ser visto como algo individual e sentimental, em vez de um acordo social que independe dos desejos do indivíduo.

Fontes:

Literatura e sociedade - Antônio Cândido

Senhora - José de Alencar. Edição: Biblioteca ZH.

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Sistematizar as visões sobre amor e casamento presentes no texto literário em português.

Orientações: Retome a tabela com os alunos. Preencha coletivamente os dados sobre o texto (autoria, data e país de publicação). Em seguida, peça para que, nos mesmos trios formados anteriormente e usando ainda as cartelas do jogo de bingo, listem 5 palavras que os personagens do romance parecem conectar ao amor e o casamento. Nesse momento, destaque como, no século XIX, amor e casamento estavam sempre ligados na narrativa dos romances. Você pode explicar que, ao longo da sequência das aulas, os alunos verão outras visões sobre o amor sendo expressas nos textos, graças às mudanças culturais que a literatura nos permite observar.

Input select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: introduzir o trecho do romance a ser lido, construindo um paralelo (de gênero e de época) com o texto anterior.

Orientações: Leia o texto do slide. Explique que, agora, o trecho do romance será lido em inglês. Você pode apresentar brevemente a autora, dizendo que é inglesa e que escrevia mais ou menos na mesma época que José de Alencar escrevia no Brasil.

Input select-down

Tempo sugerido: 25 minutos.

Propósito: Ler o trecho do romance autonomamente e interpretar a concepção de amor e casamento a partir da seleção de palavras-chave.

Expectativa: Que os alunos percebam as semelhanças no tratamento do tema em ambos os textos.

Orientações: Distribua o trecho do romance , uma cópia para cada aluno. Ele acompanha um glossário. Explique que se trata do parágrafo de abertura do livro e que, em geral, romances começam com uma ambientação, uma caracterização do cenário ou das personagens. Contextualize esse início: a trama gira em torno da relação de uma família de 5 filhas com seus futuros e possíveis pretendentes, e o romance se inicia com a chegada de um homem desconhecido à vizinhança desta família, descrita pela narradora. Em seguida, acontece um diálogo entre Mrs. Bennet e Mr. Bennet, pais das 5 filhas, sobre o homem desconhecido. Chame atenção para o fato de as palavras do bingo estarem em negrito, e convide-os a relembrar os sentidos dessas palavras, discutidos durante o jogo. Permita que os alunos se aproximem do texto realizando uma leitura silenciosa. Em seguida, realize uma leitura em voz alta, fazendo perguntas para guiar a compreensão. Na pergunta c), chame atenção para o fato de que as marcas de diálogo são diferentes nesse texto; em vez de long dashes, são utilizadas quotation marks.

  • In the first paragraph, the narrator tells us there is a “truth universally acknowledged”: what is this “truth”?
  • According to this narrator, a single man with fortune is considered something by the families in a neighborhood. What is that?
  • What marks are used to show there is a dialogue in the text?
  • What is the difference between a “Mr.” and a “Mrs”? How do we call this in Portuguese?
  • Choose a different color to mark Mr. Bennet and Mrs. Bennet speech.
  • What is the name of the new man in the neighborhood?
  • What does Mrs. Bennet want to know about Bingley?
  • Does Mrs. Bennet think Bingley is a good thing? Why?

Material complementar:

A obra de Jane Austen é um patrimônio celebrado pela cultura britânica. Por isso, caso você queira estender este trabalho, há diversas relações intertextuais possíveis, bem como versões adaptadas dos seus romances para leitores jovens (além de releituras contemporâneas) e filmes inspirados em sua obra. Nos links abaixo você encontra alguns materiais possíveis de serem explorados para realizar essa expansão:

https://janeaustensworld.wordpress.com/teacherstudent/

  • Mashups com obras da autora:

https://abqlibrary.org/c.php?g=19245&p=108728

  • Lista de adaptações de Jane Austen para várias idades:

https://sarahemsley.com/jane-austen-for-kids/

Output select-down

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Sintetizar e conclur a tarefa de leitura.

Expectativa: Que os alunos socializem o resultado de suas reflexões e de suas conclusões de leitura, percebendo que o contraste entre as palavras que escreveram sobre amor e casamento podem diferir, já que o pensamento sobre o comportamento humano muda através do tempo; que percebam, ainda, que as palavras relacionadas a amor e casamento interpretadas a partir de ambas as leituras são próximas, pois ambos os textos destacam a relação do casamento com posse e dinheiro.

Orientações: Peça para que os alunos socializem, em trios, o resultado de sua tabela. Solicite que percebam se há diferenças entre as palavras que hoje eles relacionam a amor e casamento e as palavras que os trechos dos romances permitem interpretar. Peça, ainda, que notem se há palavras repetidas entre a segunda e a terceira coluna: O que há de comum em ambos os textos no que diz respeito ao modo como os narradores e personagens vêem o amor? É importante que os alunos mantenham essa tabela consigo e/ou você recolha após a tarefa, a fim de utilizá-la na sequência presente no Plano 06 dessa unidade.

Algumas respostas possíveis:

Estas são algumas possíveis à tarefa. Trata-se de um trabalho interpretativo, então podem surgir outras palavras, tanto retiradas do texto quanto elaboradas a partir do conhecimento prévio dos alunos.

According to text 1

Author: José de Alencar

Year: 1875

Country: Brazil

Money

Possession

Wife

Husband

Want

Kiss

Sell

Buy

Price

According to text 2

Author: Jane Austen

Date: 1813

Place: England

Family

Neighborhood

Property

Single man of possession of good fortune

Wife

Feedback select-down

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Organizar os saberes ativados durante a leitura e o estudo dos textos.

Expectativa: Que os alunos percebam que um dos aspectos da literatura é que ela pode ser testemunho cultural ao longo do tempo; que nomeiem os aspectos básicos do romance e o percebam também como veículo de ideias sobre o comportamento humano, tanto na língua materna quanto em inglês, e que um desses comportamentos são as relações amorosas; que os diálogos são marcados nos textos por aspas e travessões e podem revelar características dos personagens, de como são, pensam e agem.

Orientações: Encerre a aula com uma sistematização do conteúdo trabalhado. Você pode fazer essa sistematização em uma conversa coletiva (os alunos vão falando e você registra) ou, então, apresentar esse slide final já com as respostas. Considerando que, na sequência desse plano, há dois planos que se conectam com esse e que lidam com contos e romances de outras épocas sobre a mesma temática, você pode imprimir essa sistematização ou escrevê-la em papel cartaz, deixando espaço para a sistematização das próximas aulas. Assim, ao final, você poderá retomar a sequência como um todo.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano, bem como os planos 06 e 07 desta unidade, desenvolvem as habilidades EF08LI06 e EF08LI19 da BNCC; por isso, seguem uma sequência de atividades que estão interligadas. Além disso, esta aula se relaciona com a aula anterior (Unidade 02, Plano 04), tanto tematicamente (amor e relacionamentos) quanto em termos de complexidade dos textos (na aula anterior, foram trabalhados aspectos textuais que permitem, mesmo em narrativas e diálogos, realizar inferências sobre a opinião dos interlocutores sobre determinados assuntos). Ainda que o Plano 04 possa ser utilizado de forma independente, recomenda-se que antes da sequência que começa com esta aula sejam trabalhadas as habilidades daquele Plano.

Neste plano, você encontra?á também um texto em português. O objetivo deste texto é a integração do conhecimento dos alunos e de sua trajetória em termos de letramento literário (incluindo aí seu conhecimento sobre o gênero literário romance) em língua portuguesa com o início do desenvolvimento desses conhecimentos e da criação desse repertório também em inglês. É importante notar, no entanto, que as atividades priorizam tanto a análise do texto em inglês quanto a realização das tarefas de leitura utilizando a língua estrangeira.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula com a turma.
Orientações: Leia o objetivo da aula. Explique que essa aula será de leitura de trechos de romances que tratam de amor e casamento.

Tempo sugerido: 15 minutos

Propósito: Mobilizar o conhecimento dos alunos acerca do gênero literário romance.

Expectativa: Que os alunos reconheçam o romance como uma categoria mais ou menos estável entre os gêneros literários e percebam que ele expressa um conhecimento de mundo, veiculando ideias e valores, além de histórias.

Orientações: Mostre esse slide para os alunos. Pergunte o que são esses objetos e, a partir da ideia do “objeto livro”, questione-os sobre o tipo de conteúdo que veiculam: São histórias que aconteceram de fato? Eles conhecem essas histórias? São longas ou curtas?

Esse momento pode ser enriquecido se forem levados para a sala de aula romances presentes na biblioteca escolar ou do seu acervo pessoal. Nesse caso, peça para explorarem os livros, lendo a quarta capa e a orelha, a quantidade de páginas e seu resumo, para, a partir daí, fazer os questionamentos. É interessante pensar que a seleção de livros em inglês, se possível, é muito importante, já que a ideia é, justamente, expor brevemente o romance como um gênero utilizado para veicular narrativas em diversas línguas. Além disso, é também interessante observar a diversidade que podemos concretizar nesse momento: pode-se levar narrativas de diferentes épocas, escritas por homens e mulheres, por pessoas de diferentes raças/etnias, para públicos de idades diferentes e a partir de temáticas e estilos também diversos. Assim, aproxima-se o aluno do gênero aberto a tantas possibilidades de que se trata o romance.

Tempo sugerido: 15 minutos

Propósito: Sintetizar o que caracteriza o gênero romance.

Orientações: Leia o texto do slide. Enquanto lê, você pode solicitar que os alunos deem exemplos de narrativas não-ficcionais e de narrativas curtas, para fim de contraste e avaliação da compreensão da descrição. Você pode, ainda, pedir que citem títulos de romances românticos, realistas, de horror, de mistério, de acordo com o letramento literário da turma.

Material complementar:
São diversas - e algumas vezes divergentes - as definições de romance (o texto do slide se trata de um resumo de muitos debates presentes na bibliografia indicada abaixo). No entanto, o papel desse momento não é descrever tecnicamente todas as características desse tipo de literatura, apenas introduzir o papel importante que esse gênero tem na cultura ocidental, bem como seus atributos mais básicos. Se você quiser se preparar para um estudo mais aprofundado do gênero, recomenda-se um trabalho em conjunto com os professores de Língua Portuguesa e Literatura de onde você trabalha e a preparação para a leitura extensiva de um romance, ou, ainda, um trabalho comparativo com os professores de outras línguas estrangeiras, caso estejam presentes no currículo da sua escola. Você também pode ler mais sobre a história do romance nos sites abaixo:
https://www.theguardian.com/books/booksblog/2010/jul/23/novel-centuries-olderhttps://www.britannica.com/art/novelOu, ainda, nos seguintes livros:
Mimesis - Eric Auerbach
Como funciona a ficção - James Wood

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Construir o conhecimento lexical necessário para a leitura do texto e para o output.

Expectativa: Que seja introduzido o vocabulário a ser mobilizado para leitura e sistematização da compreensão do texto.

Orientações: Imprima as cartelas desse slide. Elas são três cartelas para realizar um jogo de bingo. Distribua uma das três para cada um dos alunos, e imprima e recorte ou escreva em um papel a lista das palavras que eles apresentam. Sorteie as palavras e faça o jogo de bingo. Explique que essas palavras estarão presentes no texto a ser lido, e verifique se os alunos as conhecem. Conforme os alunos forem “ganhando”, no bingo, você pode pedir que eles mesmos sorteiem as próximas palavras e leiam para os colegas.

Lista de palavras: In love - single woman - single man - family - daughters - marriage - husband - wife - possession - want - truth - neighborhood - large fortune

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Utilizar o vocabulário para uma primeira aproximação com a temática do texto.

Orientações: Explique que serão realizadas duas leituras durante a aula, e que ambos os textos abordam o mesmo tema: marriage and love. Peça para que se juntem em trios, de modo que em cada grupo tenha um aluno com uma cartela de bingo diferente dos demais, assim proporcionando acesso ao vocabulário completo da atividade. Distribua uma cópia da tabela do slide para cada um (ou peça que desenhem a tabela no caderno). Solicite que escrevam na primeira coluna seu nome, ano e país. Em seguida, na mesma coluna, peça que, consultando a sua cartela e dos colegas, escolham palavras que, para eles, têm relação com casamento e amor na época em que vivemos. Você pode sugerir que os alunos listem outras palavras de seu conhecimento, além das apresentadas no jogo.

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Introduzir a leitura orientando para o objetivo da tarefa de leitura.

Orientações: Leia o texto e verifique se os alunos entendem a proposição do slide.

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Mobilizar o conhecimento dos alunos em literatura brasileira sobre a temática e introduzir o trecho do romance a ser lido.

Expectativa: Que seja realizada uma leitura comparativa que demonstra que o romance pode servir como uma demonstração, na literatura, de valores culturais de determinadas épocas e que, por isso, servem como testemunha da mudança de pensamento e de comportamento humano. Nos textos deste plano, o amor e o casamento são retratados como em muitos dos romances do século XIX: estão profundamente conectados e aparecem mediados pela relação de posse, pelo dinheiro e pela família. Por isso, serão comparados dois trechos de romances da mesma época: Senhora, de José de Alencar, escritor brasileiro, e Pride and Prejudice, de Jane Austen, escritora inglesa. Embora diferentes em muitos aspectos, ambos demonstram como o amor, o casamento e o dinheiro eram conceitos conectados e apareciam enfocados em conjunto nesses romances.

Orientações: Leia o texto do slide.

Tempo sugerido: 30 minutos.

Propósito: Realizar a leitura do texto canônico da literatura brasileira do século XIX.

Orientações: Explique que esse excerto é de um romance brasileiro do século XIX, retirado do meio do livro (abaixo você encontra um breve resumo da história). Realize uma leitura compartilhada, em voz alta, do texto, projetando-o ou distribuindo cópias impressas (o mesmo documento contém esse trecho e o do romance Pride and Prejudice, trabalhado no slide 12). Destaque o título da obra, seu autor e a data de publicação. Como o objetivo dessa etapa é demonstrar que certos atributos literários transpassam o limite das línguas, você pode solicitar que o/a professor(a) de Língua Portuguesa e/ou Literatura proceda com uma análise mais profunda do texto, ou, ainda, realize a leitura do romance na íntegra. Na primeira ou na segunda leitura, faça perguntas de compreensão do texto, explorando as personagens, seus sentimentos e a concepção de marido e casamento subjacente ao diálogo. O objetivo é proporcionar a compreensão do texto, a partir do debate oral. Na pergunta d), chame atenção para o fato de as falas serem marcadas por travessões, chamadas, em inglês, de long dash. Isso será importante na comparação com a marca de entrada de falas no texto seguinte.

  • Quem são os personagens que aparecem aqui?
  • Quem é “ela”, que aparece no primeiro parágrafo do texto?
  • No primeiro parágrafo, Aurélia estava com “o olhar rendido”. O que ela estava sentindo?
  • Que sinal marca, no texto, a fala dos personagens?
  • Quem faz a primeira pergunta do diálogo?
  • E quem responde? Como é possível identificar?
  • A que se refere a palavra “senhor” na 5ª fala do diálogo?
  • O uso da palavra senhor denota proximidade ou distância do casal?
  • Por que Aurélia considera Seixas um homem vendido?
  • Na 6ª fala, Seixas se sente “ferido dentro d’alma”. O que ele estava sentindo em relação às perguntas de Aurélia?
  • Que concepção de marido tem Aurélia?

Material complementar

Senhora é um romance canônico da literatura brasileira, pois foi escrito durante um momento histórico em que a literatura do país começou a se consolidar em termos de público leitor, temáticas e coletivos de autores (período chamado na história da literatura de Romantismo). O romance narra a história de Aurélia, moça pobre, que se ressente de Seixas, que havia resolvido casar com outra moça em troca de um dote de 30 contos. Aurélia recebe uma herança inesperada e oferece um dote de 100 contos para Seixas se casar com ela. O matrimônio ocorre e é atravessado por esse embate sobre a relação entre amor e dinheiro, como ilustrado pelo trecho. Essa é uma temática presente em outros romances da época, por ter relação com a transformação da visão sobre vários aspectos da vida no século XIX, como o amor, que passa a ser visto como algo individual e sentimental, em vez de um acordo social que independe dos desejos do indivíduo.

Fontes:

Literatura e sociedade - Antônio Cândido

Senhora - José de Alencar. Edição: Biblioteca ZH.

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: Sistematizar as visões sobre amor e casamento presentes no texto literário em português.

Orientações: Retome a tabela com os alunos. Preencha coletivamente os dados sobre o texto (autoria, data e país de publicação). Em seguida, peça para que, nos mesmos trios formados anteriormente e usando ainda as cartelas do jogo de bingo, listem 5 palavras que os personagens do romance parecem conectar ao amor e o casamento. Nesse momento, destaque como, no século XIX, amor e casamento estavam sempre ligados na narrativa dos romances. Você pode explicar que, ao longo da sequência das aulas, os alunos verão outras visões sobre o amor sendo expressas nos textos, graças às mudanças culturais que a literatura nos permite observar.

Tempo sugerido: 30 minutos

Propósito: introduzir o trecho do romance a ser lido, construindo um paralelo (de gênero e de época) com o texto anterior.

Orientações: Leia o texto do slide. Explique que, agora, o trecho do romance será lido em inglês. Você pode apresentar brevemente a autora, dizendo que é inglesa e que escrevia mais ou menos na mesma época que José de Alencar escrevia no Brasil.

Tempo sugerido: 25 minutos.

Propósito: Ler o trecho do romance autonomamente e interpretar a concepção de amor e casamento a partir da seleção de palavras-chave.

Expectativa: Que os alunos percebam as semelhanças no tratamento do tema em ambos os textos.

Orientações: Distribua o trecho do romance , uma cópia para cada aluno. Ele acompanha um glossário. Explique que se trata do parágrafo de abertura do livro e que, em geral, romances começam com uma ambientação, uma caracterização do cenário ou das personagens. Contextualize esse início: a trama gira em torno da relação de uma família de 5 filhas com seus futuros e possíveis pretendentes, e o romance se inicia com a chegada de um homem desconhecido à vizinhança desta família, descrita pela narradora. Em seguida, acontece um diálogo entre Mrs. Bennet e Mr. Bennet, pais das 5 filhas, sobre o homem desconhecido. Chame atenção para o fato de as palavras do bingo estarem em negrito, e convide-os a relembrar os sentidos dessas palavras, discutidos durante o jogo. Permita que os alunos se aproximem do texto realizando uma leitura silenciosa. Em seguida, realize uma leitura em voz alta, fazendo perguntas para guiar a compreensão. Na pergunta c), chame atenção para o fato de que as marcas de diálogo são diferentes nesse texto; em vez de long dashes, são utilizadas quotation marks.

  • In the first paragraph, the narrator tells us there is a “truth universally acknowledged”: what is this “truth”?
  • According to this narrator, a single man with fortune is considered something by the families in a neighborhood. What is that?
  • What marks are used to show there is a dialogue in the text?
  • What is the difference between a “Mr.” and a “Mrs”? How do we call this in Portuguese?
  • Choose a different color to mark Mr. Bennet and Mrs. Bennet speech.
  • What is the name of the new man in the neighborhood?
  • What does Mrs. Bennet want to know about Bingley?
  • Does Mrs. Bennet think Bingley is a good thing? Why?

Material complementar:

A obra de Jane Austen é um patrimônio celebrado pela cultura britânica. Por isso, caso você queira estender este trabalho, há diversas relações intertextuais possíveis, bem como versões adaptadas dos seus romances para leitores jovens (além de releituras contemporâneas) e filmes inspirados em sua obra. Nos links abaixo você encontra alguns materiais possíveis de serem explorados para realizar essa expansão:

https://janeaustensworld.wordpress.com/teacherstudent/

  • Mashups com obras da autora:

https://abqlibrary.org/c.php?g=19245&p=108728

  • Lista de adaptações de Jane Austen para várias idades:

https://sarahemsley.com/jane-austen-for-kids/

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Sintetizar e conclur a tarefa de leitura.

Expectativa: Que os alunos socializem o resultado de suas reflexões e de suas conclusões de leitura, percebendo que o contraste entre as palavras que escreveram sobre amor e casamento podem diferir, já que o pensamento sobre o comportamento humano muda através do tempo; que percebam, ainda, que as palavras relacionadas a amor e casamento interpretadas a partir de ambas as leituras são próximas, pois ambos os textos destacam a relação do casamento com posse e dinheiro.

Orientações: Peça para que os alunos socializem, em trios, o resultado de sua tabela. Solicite que percebam se há diferenças entre as palavras que hoje eles relacionam a amor e casamento e as palavras que os trechos dos romances permitem interpretar. Peça, ainda, que notem se há palavras repetidas entre a segunda e a terceira coluna: O que há de comum em ambos os textos no que diz respeito ao modo como os narradores e personagens vêem o amor? É importante que os alunos mantenham essa tabela consigo e/ou você recolha após a tarefa, a fim de utilizá-la na sequência presente no Plano 06 dessa unidade.

Algumas respostas possíveis:

Estas são algumas possíveis à tarefa. Trata-se de um trabalho interpretativo, então podem surgir outras palavras, tanto retiradas do texto quanto elaboradas a partir do conhecimento prévio dos alunos.

According to text 1

Author: José de Alencar

Year: 1875

Country: Brazil

Money

Possession

Wife

Husband

Want

Kiss

Sell

Buy

Price

According to text 2

Author: Jane Austen

Date: 1813

Place: England

Family

Neighborhood

Property

Single man of possession of good fortune

Wife

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Organizar os saberes ativados durante a leitura e o estudo dos textos.

Expectativa: Que os alunos percebam que um dos aspectos da literatura é que ela pode ser testemunho cultural ao longo do tempo; que nomeiem os aspectos básicos do romance e o percebam também como veículo de ideias sobre o comportamento humano, tanto na língua materna quanto em inglês, e que um desses comportamentos são as relações amorosas; que os diálogos são marcados nos textos por aspas e travessões e podem revelar características dos personagens, de como são, pensam e agem.

Orientações: Encerre a aula com uma sistematização do conteúdo trabalhado. Você pode fazer essa sistematização em uma conversa coletiva (os alunos vão falando e você registra) ou, então, apresentar esse slide final já com as respostas. Considerando que, na sequência desse plano, há dois planos que se conectam com esse e que lidam com contos e romances de outras épocas sobre a mesma temática, você pode imprimir essa sistematização ou escrevê-la em papel cartaz, deixando espaço para a sistematização das próximas aulas. Assim, ao final, você poderá retomar a sequência como um todo.

8º ANO

Contents

  1. INPUT: Excerpts of novels: Senhora and Pride and Prejudice
  2. OUTPUT: Table

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

(EF08LI06) Apreciar textos narrativos em língua inglesa (contos, romances, entre outros, em versão original ou simplificada), como forma de valorizar o patrimônio cultural produzido em língua inglesa.

(EF08LI19) Investigar de que forma expressões, gestos e comportamentos são interpretados em função de aspectos culturais.

Professor-autor: Nathália Gasparini

Mentor: Newton Murce

Especialista: Celina Fernandes


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes