12035
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - O brilho da Lua e suas fases

Plano de Aula de ciência com atividades para 8º Ano do EF sobre O brilho da Lua e suas fases

Plano 02 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Hederson Vinicius de Souza

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Nesta aula, serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade do eixo Terra e universo “(EF08CI12). Justificar, por meio da construção de modelos e da observação da Lua no céu, a ocorrência das fases da Lua e dos eclipses, com base nas posições relativas entre Sol, Terra e Lua”. Você observará que a habilidade não será contemplada em sua totalidade e que as propostas terão continuidade em aulas subsequentes. Esta pode ser considerada uma aula inicial e como uma atividade diagnóstica para identificar as concepções dos alunos sobre as fases da Lua.

Materiais necessários para a aula: Folha de sulfite A4, lápis, tesoura, régua, cola, caixa de papelão, bolinha de isopor, lanternas e suportes para a bolinha e a lanterna.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Leia o tema da aula e comente com os alunos que eles irão compreender e explicar como ocorrem as fases da Lua.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Organize os alunos em um semicírculo. Em seguida levante as seguintes questões: Vocês já repararam que em algumas noites podemos ver as estrelas, mas não vemos a Lua ou vemos apenas uma pequena parte dela? Vocês conseguem imaginar o porquê? Vocês observaram a Lua ontem? Como ela estava?

É importante lembrar que às vezes podemos não ver a Lua devido às condições meteorológicas, como a presença de densas nuvens no céu.

Em seguida, comente sobre as atividades que eles irão realizar: Hoje vocês irão planejar e construir uma caixa para simular as diferentes fases da Lua.
Para saber mais acesse: https://www.youtube.com/watch?v=N2wTtaJEtNY

Questão disparadora select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Ainda em semicírculo peça para que os alunos reflitam sobre a pergunta Como ocorrem as fases da Lua? e relatem quais fases da Lua eles já observaram. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e levantem possíveis explicações sobre como ocorrem as fases da Lua. Explique que tanto a Terra quanto a Lua se movimentam em torno do Sol e esses movimentos ocasionam as diferentes fases da Lua e, nesta aula, eles irão demonstrar como são formadas as fases da Lua.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Organize a turma em grupos de, pelo menos, cinco alunos. Explique para a turma que a atividade será realizada em duas etapas diferentes. Para esta primeira etapa apresente os materiais que serão utilizados para o planejamento e a construção de uma caixa que explique as fases da Lua (lápis, folha de papel A4, régua, lanterna, caixa de papelão, tesoura, bolinha de isopor e um suporte para a bolinha e outro para a lanterna). Caso a escola não possua algum desses materiais, peça para que os alunos tragam para a aula esses materiais ou equivalentes, como caixa de sapato, bolinha de pingue-pongue, materiais que sirvam de suporte, entre outros). Explique a atividade que os alunos irão fazer: Vocês terão 10 minutos para discutir em grupo e planejar uma caixa que simula a Lua e suas diferentes fases e terão mais 20 minutos para construir essa caixa. Leia para os alunos o Roteiro para a construção das fases da Lua para orientá-los sobre a construção da caixa.

Materiais necessários: Impressão do Roteiro para a construção das fases da Lua, lápis, folha de papel A4, régua, lanterna, caixa de papelão, tesoura, bolinha de isopor e um suporte para a bolinha e outro para a lanterna.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Depois do planejamento pronto, peça para que os alunos dos grupos construam a caixa para visualizar as fases da Lua e oriente que um aluno de cada grupo visite os outros grupos e discuta formas de construção desta caixa. Depois de pronta a caixa, peça para que os alunos liguem a lanterna e observem, pelos orifícios feitos nas laterais da caixa, como ocorre a reflexão da luz na bolinha de isopor, esquematizando como eles observam o brilho refletido na bolinha e discutindo como este modelo pode explicar as fases da Lua. Oriente os alunos por meio das perguntas reflexivas: A luz emitida pela lanterna e refletida na bolinha de isopor pode ser vista em toda a bolinha ou alguma parte da bolinha não reflete esta luz? A reflexão da luz que vocês estão vendo é semelhante a alguma fase da Lua que vocês já observaram? Em qual orifício o brilho ocasionado pela reflexão da luz na bolinha de isopor representa a Lua cheia? E a Lua nova, apresenta algum brilho?

Materiais necessários: Lápis, folha de papel A4, régua, lanterna, caixa de papelão, tesoura, bolinha de isopor e um suporte para a bolinha e outro para a lanterna.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Recolha e guarde os materiais utilizados e proponha uma roda de conversa para que os alunos possam compartilhar o que aprenderam durante a atividade. Peça para que um dos integrantes de cada grupo explique os esquemas das observações feitas da reflexão da luz na bolinha de isopor relacionando-as às fases da Lua. É importante, neste momento, não julgar e incentivar a participação dos demais alunos com perguntas, por exemplo: Como vocês observaram a reflexão da luz na bolinha de isopor vista pelo orifício próximo à lanterna? Qual fase da Lua pode ser inferida? E na lateral oposta, vocês visualizaram reflexão da luz da lanterna na bolinha de isopor? Que fase da Lua pode ser representada?

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Retome a Questão disparadora e construa, no quadro, um esquema semelhante ao da imagem mostrada no slide, considerando as anotações e discussões dos alunos durante as atividades. Neste esquema as figuras ao lado da caixa mostram a visualização, por meio dos orifícios nas laterais da caixa, da reflexão da luz da lanterna na bolinha de isopor (parte clara) e o nome da fase lunar que ela representa. Suscite as reflexões por meio das perguntas: Como vocês visualizaram a reflexão da luz da lanterna na bolinha de isopor nos diferentes orifícios? As representações que vocês fizeram ao visualizar os orifícios nas laterais são semelhantes às representações das Luas colocadas no entorno da imagem? Quais fases da Lua vocês identificaram? Entre duas fases lunares podem existir outras fases? Durante as reflexões com os alunos é importante inserir termos científicos como lunação ou mês sinódico (intervalo de tempo médio entre duas fases iguais consecutivas, que leva, aproximadamente, 29,5 dias), o nome das fases e suscitar a reflexão sobre a observação da reflexão da luz solar na Lua a partir de um observador na Terra e fora dela. Explique que tradicionalmente são nomeados apenas as quatro fases mais características do ciclo, mas a porção que vemos iluminada da Lua, que é a sua fase, varia de dia para dia. Outro ponto a ser observado com os alunos refere-se ao emprego da palavra QUARTO nas fases quarto crescente ou quarto minguante. Nestes dois casos o observador na Terra vê a metade de um disco lunar, a qual corresponde à metade da metade iluminada da superfície lunar. Por isso, o uso fracionário; um quarto (1/4) da superfície lunar é visto refletindo luz para o observador terrestre. Finalize a discussão organizando um texto coletivo que pode ser feito no quadro ou em outro material a ser disposto na sala de aula com as informações geradas pelas reflexões dos alunos. Solicite que os alunos, após validarem o texto coletivo, façam correções, se necessário, anotando o texto coletivo em seu caderno.

Para saber mais sobre o assunto é recomendada a seguinte leitura: http://www.cdcc.usp.br/cda/aprendendo-basico/fases-lunares/fases-lunares.htm

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Nesta aula, serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade do eixo Terra e universo “(EF08CI12). Justificar, por meio da construção de modelos e da observação da Lua no céu, a ocorrência das fases da Lua e dos eclipses, com base nas posições relativas entre Sol, Terra e Lua”. Você observará que a habilidade não será contemplada em sua totalidade e que as propostas terão continuidade em aulas subsequentes. Esta pode ser considerada uma aula inicial e como uma atividade diagnóstica para identificar as concepções dos alunos sobre as fases da Lua.

Materiais necessários para a aula: Folha de sulfite A4, lápis, tesoura, régua, cola, caixa de papelão, bolinha de isopor, lanternas e suportes para a bolinha e a lanterna.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Leia o tema da aula e comente com os alunos que eles irão compreender e explicar como ocorrem as fases da Lua.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Organize os alunos em um semicírculo. Em seguida levante as seguintes questões: Vocês já repararam que em algumas noites podemos ver as estrelas, mas não vemos a Lua ou vemos apenas uma pequena parte dela? Vocês conseguem imaginar o porquê? Vocês observaram a Lua ontem? Como ela estava?

É importante lembrar que às vezes podemos não ver a Lua devido às condições meteorológicas, como a presença de densas nuvens no céu.

Em seguida, comente sobre as atividades que eles irão realizar: Hoje vocês irão planejar e construir uma caixa para simular as diferentes fases da Lua.
Para saber mais acesse: https://www.youtube.com/watch?v=N2wTtaJEtNY

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Ainda em semicírculo peça para que os alunos reflitam sobre a pergunta Como ocorrem as fases da Lua? e relatem quais fases da Lua eles já observaram. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e levantem possíveis explicações sobre como ocorrem as fases da Lua. Explique que tanto a Terra quanto a Lua se movimentam em torno do Sol e esses movimentos ocasionam as diferentes fases da Lua e, nesta aula, eles irão demonstrar como são formadas as fases da Lua.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Organize a turma em grupos de, pelo menos, cinco alunos. Explique para a turma que a atividade será realizada em duas etapas diferentes. Para esta primeira etapa apresente os materiais que serão utilizados para o planejamento e a construção de uma caixa que explique as fases da Lua (lápis, folha de papel A4, régua, lanterna, caixa de papelão, tesoura, bolinha de isopor e um suporte para a bolinha e outro para a lanterna). Caso a escola não possua algum desses materiais, peça para que os alunos tragam para a aula esses materiais ou equivalentes, como caixa de sapato, bolinha de pingue-pongue, materiais que sirvam de suporte, entre outros). Explique a atividade que os alunos irão fazer: Vocês terão 10 minutos para discutir em grupo e planejar uma caixa que simula a Lua e suas diferentes fases e terão mais 20 minutos para construir essa caixa. Leia para os alunos o Roteiro para a construção das fases da Lua para orientá-los sobre a construção da caixa.

Materiais necessários: Impressão do Roteiro para a construção das fases da Lua, lápis, folha de papel A4, régua, lanterna, caixa de papelão, tesoura, bolinha de isopor e um suporte para a bolinha e outro para a lanterna.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Depois do planejamento pronto, peça para que os alunos dos grupos construam a caixa para visualizar as fases da Lua e oriente que um aluno de cada grupo visite os outros grupos e discuta formas de construção desta caixa. Depois de pronta a caixa, peça para que os alunos liguem a lanterna e observem, pelos orifícios feitos nas laterais da caixa, como ocorre a reflexão da luz na bolinha de isopor, esquematizando como eles observam o brilho refletido na bolinha e discutindo como este modelo pode explicar as fases da Lua. Oriente os alunos por meio das perguntas reflexivas: A luz emitida pela lanterna e refletida na bolinha de isopor pode ser vista em toda a bolinha ou alguma parte da bolinha não reflete esta luz? A reflexão da luz que vocês estão vendo é semelhante a alguma fase da Lua que vocês já observaram? Em qual orifício o brilho ocasionado pela reflexão da luz na bolinha de isopor representa a Lua cheia? E a Lua nova, apresenta algum brilho?

Materiais necessários: Lápis, folha de papel A4, régua, lanterna, caixa de papelão, tesoura, bolinha de isopor e um suporte para a bolinha e outro para a lanterna.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Recolha e guarde os materiais utilizados e proponha uma roda de conversa para que os alunos possam compartilhar o que aprenderam durante a atividade. Peça para que um dos integrantes de cada grupo explique os esquemas das observações feitas da reflexão da luz na bolinha de isopor relacionando-as às fases da Lua. É importante, neste momento, não julgar e incentivar a participação dos demais alunos com perguntas, por exemplo: Como vocês observaram a reflexão da luz na bolinha de isopor vista pelo orifício próximo à lanterna? Qual fase da Lua pode ser inferida? E na lateral oposta, vocês visualizaram reflexão da luz da lanterna na bolinha de isopor? Que fase da Lua pode ser representada?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Retome a Questão disparadora e construa, no quadro, um esquema semelhante ao da imagem mostrada no slide, considerando as anotações e discussões dos alunos durante as atividades. Neste esquema as figuras ao lado da caixa mostram a visualização, por meio dos orifícios nas laterais da caixa, da reflexão da luz da lanterna na bolinha de isopor (parte clara) e o nome da fase lunar que ela representa. Suscite as reflexões por meio das perguntas: Como vocês visualizaram a reflexão da luz da lanterna na bolinha de isopor nos diferentes orifícios? As representações que vocês fizeram ao visualizar os orifícios nas laterais são semelhantes às representações das Luas colocadas no entorno da imagem? Quais fases da Lua vocês identificaram? Entre duas fases lunares podem existir outras fases? Durante as reflexões com os alunos é importante inserir termos científicos como lunação ou mês sinódico (intervalo de tempo médio entre duas fases iguais consecutivas, que leva, aproximadamente, 29,5 dias), o nome das fases e suscitar a reflexão sobre a observação da reflexão da luz solar na Lua a partir de um observador na Terra e fora dela. Explique que tradicionalmente são nomeados apenas as quatro fases mais características do ciclo, mas a porção que vemos iluminada da Lua, que é a sua fase, varia de dia para dia. Outro ponto a ser observado com os alunos refere-se ao emprego da palavra QUARTO nas fases quarto crescente ou quarto minguante. Nestes dois casos o observador na Terra vê a metade de um disco lunar, a qual corresponde à metade da metade iluminada da superfície lunar. Por isso, o uso fracionário; um quarto (1/4) da superfície lunar é visto refletindo luz para o observador terrestre. Finalize a discussão organizando um texto coletivo que pode ser feito no quadro ou em outro material a ser disposto na sala de aula com as informações geradas pelas reflexões dos alunos. Solicite que os alunos, após validarem o texto coletivo, façam correções, se necessário, anotando o texto coletivo em seu caderno.

Para saber mais sobre o assunto é recomendada a seguinte leitura: http://www.cdcc.usp.br/cda/aprendendo-basico/fases-lunares/fases-lunares.htm

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Terra e Universo do 8º ano :

MAIS AULAS DE Ciências do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08CI12 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Ciências

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano