15880
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Leitura/Escuta

Plano de aula - A oralidade característica dos contos de humor

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do Ensino Fundamental sobre reconhecer as marcações de oralidade presentes no conto e os efeitos produzidos.

Plano 03 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Mariana do Nascimento Ramos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a terceira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos de humor e no campo de atuação artístico literário. A aula faz parte do módulo de Leitura.

Materiais necessários:

  • Material em sala de aula: computador com conexão a internet, projetor, equipamento de som, internet, fotocópias do conto de humor Lixo, de Luis Fernando Veríssimo (recomendado 1 para cada aluno).

Informações sobre o gênero: O conto é uma narrativa breve escrita em prosa e que, embora tenha os mesmos elementos de um romance ou uma novela - enredo, personagem, tempo e espaço, é mais curto e apresenta ideias concisas e precisão narrativa. Os contos de humor, especificamente, utilizam as características do que é considerado divertido e cômico para a estruturação de sua narrativa e constroem o humor por meio de mecanismos linguísticos, figuras de linguagem, quebra de expectativa e conhecimentos de mundo que são mobilizados na interação entre autor, texto e leitor.

Dificuldades antecipadas: Possível resistência de alguns alunos em participar da atividade de leitura em voz alta; dificuldade para reconhecer a diferença entre informalidade e oralidade.

Referências sobre o assunto:

  • BERGSON, Henri. O riso. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1983.
  • COSTA, Flavio Moreira da. Os 100 melhores contos de humor da literatura universal. Ediouro: Rio de Janeiro, 2001.
  • DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Textos Humorísticos "; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/textos-humoristicos.htm>. Acesso em 03 de agosto de 2018

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Leia previamente o conto de humor O Lixo, de Luis Fernando Veríssimo, e assista ao curta-metragem O Lixo, baseado na mesma obra.

2. Inicie a aula mostrando essa frase à turma e estimule os alunos a comentarem livremente: O que você espera escutar quando alguém começa uma frase assim?

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • O professor deve dividir a turma em grupos, para melhor aproveitamento das atividades. Sugestão: grupos de no máximo 4 alunos.
  • Pergunte aos alunos se eles já passaram por alguma situação muito engraçada relacionada à imagem que estão vendo.
  • Peça para os grupos se articularem e pensarem em uma situação engraçada relacionada ao tema “lixo”, e que “daria” um conto de humor.
  • O objetivo das perguntas é provocar os alunos de modo que eles possam entender como a articulação linguística necessária para a consolidação de um conto de humor tende a utilizar marcações orais para salientar a comicidade em questões cotidianas. Se necessário, ajude-os dando dicas como: quando aconteceu essa situação, quem são os personagens, onde se passa essa história, etc.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo total sugerido: 37 minutos

Orientações:

- Pergunte aos alunos se conhecem o significado da palavra "homônimo". Permita que levantem hipóteses. Caso não cheguem a uma resposta correta, apresente a eles o significado:

adj sm

1 Diz-se de ou pessoa, coisa ou lugar que tem o mesmo nome de outra: Paris, a capital da França, e Paris, lugarejo no Texas, são cidades homônimas. Seu homônimo causava-lhe transtornos com dívidas e falcatruas.

2 Diz-se de ou o que tem similaridades, pontos de correspondência; homólogo.

(https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/hom%C3%B4nimo/) acesso em 29/07/2020

  • Explique que os alunos assistirão a um vídeo e que, durante a exibição, eles devem fazer algumas anotações sobre sobre a maneira com a qual cada personagem se expressa - procure pontuar os seguintes temas: escolha lexical, entonação, pontuação, pausas, expressão facial.
  • Mostre o vídeo O Lixo, cujo roteiro é baseado no texto homônimo de Luís Fernando Veríssimo.
  • Depois de assistir ao vídeo, questione os alunos, tendo como base as seguintes perguntas:
  • Você diria que esse roteiro foi adaptado de um conto contemporâneo ou mais antigo? Por quê?
  • O que vocês anotaram/observaram em relação às escolhas de palavras, entonação, pontuação, expressão facial dos atores?
  • Você se lembra de alguma marcação específica de oralidade ao longo do vídeo?
  • Por que o discurso dos personagens do vídeo se dá de maneira tão informal?
  • A ideia é que os próprios alunos, conduzidos por perguntas que o professor fará, cheguem a expor como se dão as marcas de oralidade (por pausas mais longas ou mais curtas, por entonação ascendeste ou descendente; por suspensão da fala, por alongamento de vogais, por aumento ou diminuição na velocidade/ritmo da fala para que, posteriormente, os alunos possam entender os efeitos de sentido dessas marcas da modalidade oral de um conto de humor, fazendo a transposição também para a modalidade escrita.
  • Tempo sugerido para essa atividade: 13 minutos

  • Você pode acessar o link do vídeo aqui. Acesso em 22 de março de 2019

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • O professor distribuirá, para cada aluno, uma fotocópia do conto O lixo, de Luís Fernando Veríssimo. Antes de fazer as cópias do texto, você deve retirar toda a pontuação do conto. Peça para que os alunos se atentem a isso.
  • A turma fará uma leitura em voz alta do conto, usando os mesmos recursos discutidos na atividade anterior (entonação, pontuação, pausas etc). A ideia é que os alunos, durante a leitura, usem as marcações de oralidade estudadas mesmo sem ter certeza da pontuação do conto. É importante que todos os alunos participem da leitura, ainda que o conto precise ser lido mais de uma vez.
  • Depois de feita a leitura, peça para cada grupo pontuar o conto a partir do vídeo e das leituras feitas.
  • Lance as seguintes perguntas para ajudá-los nesta tarefa:
  • Que sinais de pontuação são utilizados para marcar pausas longas e breves?
  • Como marcamos na escrita a entonação ascendente?
  • E a entonação descendente?
  • Em que marcação da oralidade usamos as reticências? Há muitas marcações na produção oral desse texto para os quias na escrita que na escrita usaremos as reticências? Justifique a sua resposta.
  • Por que os contos de humor necessitam de muitas marcações na modaloidade oral? E como utilizamos a mesma estratégia para produção escrita do conto de humor?
  • Depois de concluída a atividade, corrija o texto, identificando os efeitos de sentidos da pontuação neste conto.
  • Atenção: apenas projete o slide com o texto pontuado depois que os alunos completarem a atividade.
  • Tempo sugerido para essa atividade: 24 minutos

Material complementar:

  • Você pode acessar o link do vídeo aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Use um dos exemplos de situação cômica citada pelos alunos e deixe os alunos concluírem como algumas marcações de oralidade típicas do gênero contos de humor poderiam se aplicar nesse caso. Utilize as anotações teóricas feitas na atividade do slide 4 para construir esse exercício final. Espera-se que os alunos percebam a transformação de situações cômicas do cotidiano em temas de literatura, por meio do tratamento literário da linguagem.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a terceira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos de humor e no campo de atuação artístico literário. A aula faz parte do módulo de Leitura.

Materiais necessários:

  • Material em sala de aula: computador com conexão a internet, projetor, equipamento de som, internet, fotocópias do conto de humor Lixo, de Luis Fernando Veríssimo (recomendado 1 para cada aluno).

Informações sobre o gênero: O conto é uma narrativa breve escrita em prosa e que, embora tenha os mesmos elementos de um romance ou uma novela - enredo, personagem, tempo e espaço, é mais curto e apresenta ideias concisas e precisão narrativa. Os contos de humor, especificamente, utilizam as características do que é considerado divertido e cômico para a estruturação de sua narrativa e constroem o humor por meio de mecanismos linguísticos, figuras de linguagem, quebra de expectativa e conhecimentos de mundo que são mobilizados na interação entre autor, texto e leitor.

Dificuldades antecipadas: Possível resistência de alguns alunos em participar da atividade de leitura em voz alta; dificuldade para reconhecer a diferença entre informalidade e oralidade.

Referências sobre o assunto:

  • BERGSON, Henri. O riso. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1983.
  • COSTA, Flavio Moreira da. Os 100 melhores contos de humor da literatura universal. Ediouro: Rio de Janeiro, 2001.
  • DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Textos Humorísticos "; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/textos-humoristicos.htm>. Acesso em 03 de agosto de 2018

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Leia previamente o conto de humor O Lixo, de Luis Fernando Veríssimo, e assista ao curta-metragem O Lixo, baseado na mesma obra.

2. Inicie a aula mostrando essa frase à turma e estimule os alunos a comentarem livremente: O que você espera escutar quando alguém começa uma frase assim?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • O professor deve dividir a turma em grupos, para melhor aproveitamento das atividades. Sugestão: grupos de no máximo 4 alunos.
  • Pergunte aos alunos se eles já passaram por alguma situação muito engraçada relacionada à imagem que estão vendo.
  • Peça para os grupos se articularem e pensarem em uma situação engraçada relacionada ao tema “lixo”, e que “daria” um conto de humor.
  • O objetivo das perguntas é provocar os alunos de modo que eles possam entender como a articulação linguística necessária para a consolidação de um conto de humor tende a utilizar marcações orais para salientar a comicidade em questões cotidianas. Se necessário, ajude-os dando dicas como: quando aconteceu essa situação, quem são os personagens, onde se passa essa história, etc.

Slide Plano Aula

Tempo total sugerido: 37 minutos

Orientações:

- Pergunte aos alunos se conhecem o significado da palavra "homônimo". Permita que levantem hipóteses. Caso não cheguem a uma resposta correta, apresente a eles o significado:

adj sm

1 Diz-se de ou pessoa, coisa ou lugar que tem o mesmo nome de outra: Paris, a capital da França, e Paris, lugarejo no Texas, são cidades homônimas. Seu homônimo causava-lhe transtornos com dívidas e falcatruas.

2 Diz-se de ou o que tem similaridades, pontos de correspondência; homólogo.

(https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/hom%C3%B4nimo/) acesso em 29/07/2020

  • Explique que os alunos assistirão a um vídeo e que, durante a exibição, eles devem fazer algumas anotações sobre sobre a maneira com a qual cada personagem se expressa - procure pontuar os seguintes temas: escolha lexical, entonação, pontuação, pausas, expressão facial.
  • Mostre o vídeo O Lixo, cujo roteiro é baseado no texto homônimo de Luís Fernando Veríssimo.
  • Depois de assistir ao vídeo, questione os alunos, tendo como base as seguintes perguntas:
  • Você diria que esse roteiro foi adaptado de um conto contemporâneo ou mais antigo? Por quê?
  • O que vocês anotaram/observaram em relação às escolhas de palavras, entonação, pontuação, expressão facial dos atores?
  • Você se lembra de alguma marcação específica de oralidade ao longo do vídeo?
  • Por que o discurso dos personagens do vídeo se dá de maneira tão informal?
  • A ideia é que os próprios alunos, conduzidos por perguntas que o professor fará, cheguem a expor como se dão as marcas de oralidade (por pausas mais longas ou mais curtas, por entonação ascendeste ou descendente; por suspensão da fala, por alongamento de vogais, por aumento ou diminuição na velocidade/ritmo da fala para que, posteriormente, os alunos possam entender os efeitos de sentido dessas marcas da modalidade oral de um conto de humor, fazendo a transposição também para a modalidade escrita.
  • Tempo sugerido para essa atividade: 13 minutos

  • Você pode acessar o link do vídeo aqui. Acesso em 22 de março de 2019

Slide Plano Aula

Orientações:

  • O professor distribuirá, para cada aluno, uma fotocópia do conto O lixo, de Luís Fernando Veríssimo. Antes de fazer as cópias do texto, você deve retirar toda a pontuação do conto. Peça para que os alunos se atentem a isso.
  • A turma fará uma leitura em voz alta do conto, usando os mesmos recursos discutidos na atividade anterior (entonação, pontuação, pausas etc). A ideia é que os alunos, durante a leitura, usem as marcações de oralidade estudadas mesmo sem ter certeza da pontuação do conto. É importante que todos os alunos participem da leitura, ainda que o conto precise ser lido mais de uma vez.
  • Depois de feita a leitura, peça para cada grupo pontuar o conto a partir do vídeo e das leituras feitas.
  • Lance as seguintes perguntas para ajudá-los nesta tarefa:
  • Que sinais de pontuação são utilizados para marcar pausas longas e breves?
  • Como marcamos na escrita a entonação ascendente?
  • E a entonação descendente?
  • Em que marcação da oralidade usamos as reticências? Há muitas marcações na produção oral desse texto para os quias na escrita que na escrita usaremos as reticências? Justifique a sua resposta.
  • Por que os contos de humor necessitam de muitas marcações na modaloidade oral? E como utilizamos a mesma estratégia para produção escrita do conto de humor?
  • Depois de concluída a atividade, corrija o texto, identificando os efeitos de sentidos da pontuação neste conto.
  • Atenção: apenas projete o slide com o texto pontuado depois que os alunos completarem a atividade.
  • Tempo sugerido para essa atividade: 24 minutos

Material complementar:

  • Você pode acessar o link do vídeo aqui.

Slide Plano Aula
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Use um dos exemplos de situação cômica citada pelos alunos e deixe os alunos concluírem como algumas marcações de oralidade típicas do gênero contos de humor poderiam se aplicar nesse caso. Utilize as anotações teóricas feitas na atividade do slide 4 para construir esse exercício final. Espera-se que os alunos percebam a transformação de situações cômicas do cotidiano em temas de literatura, por meio do tratamento literário da linguagem.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP28 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano